A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A trajetória da Coreia do norte

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A trajetória da Coreia do norte"— Transcrição da apresentação:

1 A trajetória da Coreia do norte
historiativanet.wordpress.com

2 Entendendo a trajetória coreana
A Coreia estava sob a ocupação japonesa, desde 1905, depois da vitória do Japão na Guerra Russo Japonesa ( ) A dominação imperialista japonesa permaneceu até a 2ª Guerra Mundial historiativanet.wordpress.com

3 A divisão da Coreia após a 2ª Guerra
Às vésperas do final da 2ª Guerra, em 1943, os aliados prometeram aos coreanos que assim que o conflito terminasse a nação seria reunificada. A URSS entrou, em 1945, em guerra contra o Japão , demonstrando interesse em influenciar ideologicamente zonas imperialistas japonesas, como a Coreia. As forças soviéticas se uniram aos comunistas e nacionalistas coreanos, proclamando a República Popular da Coreia. O líder desse processo foi o primeiro governante, Kim Il Sung historiativanet.wordpress.com

4 Enquanto isso... Na Coreia do Sul
Os norte –americanos, temendo a expansão do socialismo, na região, propôs a divisão entre o norte e o sul. Dr. Syngman Rhee tornou-se o líder do sul, com orientação fortemente nacionalista e anticomunistas historiativanet.wordpress.com

5 Guerra da Coreia ( ) Os norte-americanos retiraram as tropas da Coreia do Sul, após a estabilização política da região. No entanto, a retirada das tropas estrangeiras levou a uma instabilidade militar que acabou culminando em uma violenta guerra. A Coreia do Norte invadiu o Sul com o objetivo de unificação das fronteiras. A Guerra não resolveu a questão, terminando em com o legado de 4 milhões de mortos, e relações políticas entre os dois lados por muitos anos rompidas. historiativanet.wordpress.com

6 O sonho de uma Coreia unificada
Em 1972, iniciou-se uma tentativa de aproximação das duas Coreias, no entanto Kim Il Sung não agiu conforme o acordado inviabilizando o projeto Kim propôs, em 1980 um Estado Federal onde norte e sul teriam representação igual. Esse projeto também não foi adiante Em 1983 e 1987 atentados acabaram com a vida de sul coreanos, sendo a responsabilidade atribuída aos norte coreanos Em 1991 conversações levaram ao anúncio de uma política de não violência. No entanto, mais uma vez Kim não mostrou-se leal a suas palavras. historiativanet.wordpress.com

7 Coreia do Norte – Dados Gerais
historiativanet.wordpress.com

8 A Coreia do Norte depois da guerra
Kim Il Sung desenvolveu um governo personalista, centralizada na onipresença de sua figura. Devido à precária condição agrícola foram realizados investimentos e coletivização da terra para que fosse alcançado a autossuficiência. Rígido controle da população, com domínio sobre os meios de comunicação, a força de trabalho e o setor militar “Autonomia na ideologia, independência na política, autossuficiência na economia e independência na defesa” No entanto, o padrão de vida da população é muito limitado e nos anos 90, com o fim da URSS, a situação agravou-se ainda mais. Kim Il Sung ( “Grande Líder”) morreu em 1994 e quem assumiu o poder foi seu filho, Kim Jong II (“Estimado Líder”) historiativanet.wordpress.com

9 Kim Il Sung – O grande Líder
historiativanet.wordpress.com

10 O governo de Kim Jong II Devido ás crises internas, Kim Jong, em muitos momentos, saiu do isolacionismo procurando melhorar as relações com a Coréia do Sul e os EUA. A situação social da Coreia do Norte agravou-se no inicio do século XXI, com crises de abastecimento e também do setor energético. As tentativas de melhorias nas relações diplomáticas alcançou altos e baixos, com a questão atômica sempre no centro das discussões. Um projeto conhecido como KEDO era visto como a saída para as divergências, uma vez que os EUA, Japão auxiliariam a Coreia do Norte a produzir energia utilizando reatores nucleares de água leve(que seriam doados). No entanto as negociações não avançaram e os problemas perduraram. historiativanet.wordpress.com

11 A questão nuclear Em seguida, os norte coreanos retiraram-se do Tratado de Não Proliferação de Armas Nucleares (1970) Em 2003, um porta voz norte- coreano afirmou que eles já estavam produzindo armas nucleares. Muitos analistas acreditam que tal medida foi um apelo para que os EUA firmassem um tratado de não agressão, seguido de ajuda econômica. O projeto Kedo não avançou, levando a uma série de atritos diplomáticos com os EUA. As pressões iniciaram em 2002, quando os EUA passaram a acusar a Coreia do Norte de possuir um programa de armamentos nucleares, sugerindo que inspeções fossem realizadas. historiativanet.wordpress.com

12 A questão Nuclear A partir de 2004 a Coreia do Norte passou a ameaçar , várias vezes, a Coreia do Sul, de forma a criar um ambiente de hostilidade que se estendeu até os dias de hoje. As ameaças de Kim Jong II ganharam grande repercussão na mídia, em 2013, mas analistas afirmam que, mais uma vez, esse possível conflito dificilmente chegue a se concretizar, sendo uma forma de atrair atenções e ajuda para o combalido regime norte- coreano. historiativanet.wordpress.com

13 Acompanhe o Historiativanet:
Blog: Curta nossa página no Facebook: Acompanhe nosso Twitter: https://twitter.com/historiativanet Assista vídeos em nosso canal do Youtube: historiativanet.wordpress.com


Carregar ppt "A trajetória da Coreia do norte"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google