A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SISTEMA TEGUMENTAR. Características gerais  A pele é o maior órgão do corpo  Funções de:  Proteção  Secreção – glândulas  Excreção  Homeostase do.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SISTEMA TEGUMENTAR. Características gerais  A pele é o maior órgão do corpo  Funções de:  Proteção  Secreção – glândulas  Excreção  Homeostase do."— Transcrição da apresentação:

1 SISTEMA TEGUMENTAR

2 Características gerais  A pele é o maior órgão do corpo  Funções de:  Proteção  Secreção – glândulas  Excreção  Homeostase do cálcio  Locomoção – estruturas queratinizadas  Sensorial  Reflete processos patológicos internos e externos

3 Estruturas derivadas da pele:  Pêlos  Unhas  Garras  Penas  Cornos  Glândulas –sudoríparas, sebáceas e mamárias  Cascos

4 Forma e Função  A pele é dividida em camadas:  Epiderme – epitélio pavimentoso estratificado  Derme – Tecido conjuntivo frouxo a denso  Hipoderme – Tecido conjuntivo frouxo  Vasos sanguíneos, nervos e vasos linfáticos – derme e hipoderme

5

6 EPIDERME  Estrato basal – células cúbicas a prismáticas.Mitose  Estrato espinhoso – células poliédricas a pavimentosas – células de langerhaus/melanócitos  Estrato granuloso – células achatadas que possuem grânulos de querato-hialina  Estrato lúcido – várias camadas de células pavimentosas homogêneas e translúcidas (regiões epidérmicas muito espessas)  Estrato córneo – mais superficial, várias camadas de células queratinizadas – descamação de células mortas ocorrem nesta camada  Uma pele fina não possui estratos lúcido e granuloso

7

8 Corte histológico Fragmento de pele delgada. Coloração H&E. Aumento (400x) a: Camada córnea; b: Camada espinhosa; c: Camada basal; d: Papila dérmica.

9 DERME  Zona papilar – superficial – TCF - papilas dérmicas/ interdigitação com a epiderme  Zona Reticular – TCD – arranjo de fibras colágenas  Tecido linfático, glândulas sebáceas e sudoríparas e músculo liso também ocorrem na derme

10 HIPODERME  Camada subcutânea de tecido conjuntivo frouxo  A hipoderme une a pele às estruturas profundas, permitindo mobilidade – fáscia do periósteo ou pericôndrio  Quando infiltrada por células adiposas forma o panículo adiposo

11 PÊLOS  Funções de proteção, isolamento e recepção sensorial  Folículos pilosos se formam a partir da invaginação da epiderme para a derme subjacente – canal para o futuro pêlo  Formado por 3 regiões: cutícula, córtex e medula

12  Cutícula- camada de células queratinizadas anucleadas – escamas sobrepostas  Córtex- forma a maior parte do cilindro do pêlo – várias camadas de células achatadas e queratinizadas, pode ser pigmentado  Medula- células queratinizadas, cúbicas separadas por espaços de ar

13 Bulbo – dilatação dérmica – células germinativas que dão origem ao pêlo Bulbo – dilatação dérmica – células germinativas que dão origem ao pêlo Papila dérmica – se projeta no interior do bulbo piloso – melanócitos próximos a papila, entre as células matriciais – pigmento Papila dérmica – se projeta no interior do bulbo piloso – melanócitos próximos a papila, entre as células matriciais – pigmento Pêlos táteis – se limitam a região facial. Produzidos por grandes folículos inervados. Células de Merkel (receptores nervosos na região mais profunda da epiderme ) Pêlos táteis – se limitam a região facial. Produzidos por grandes folículos inervados. Células de Merkel (receptores nervosos na região mais profunda da epiderme )

14  Nutrição –leito vascular que circunda o folículo  Músculo eretor do pêlo – bainha de músculo liso, se insere no tecido conjuntivo associado ao folículo piloso  Contração – ergue o pêlo e ajuda a espremer as glândulas sebáceas

15

16

17 Diferenças entre espécies  Folículos únicos – equinos e ruminantes  Folículos únicos em grupos de 3 - suínos  Folículos compostos (folículo primário único e um número variável de folículos secundários) – carnívoros

18 Ciclo do pêlo  Crescimento e queda – fotoperíodo  3 estágios – anágeno, catágeno e telógeno. - Anágeno - crescimento - Anágeno - crescimento - Catágeno – transição - Catágeno – transição - Telógeno – repouso - Telógeno – repouso

19 Anágeno – período de crescimento  Atividade mitótica das células do bulbo piloso – produção de pêlos – durante o anágeno  Aposição contínua de novas células – alongamento do pêlo

20 Catágeno - transição  Bulbo piloso se torna uma massa sólida e queratinizada de células  Folículo se torna fino  Bulbo migra para o nível das glândulas sebáceas

21 Glândulas 1 – Glândulas sebáceas:  Depositam sua secreção diretamente nos folículos  Algumas diretamente na superfície da pele  Sebo- lipídios + degeneração das células secretoras = secreção holócrina – se espalha pela superfície da pele : diminui a entrada de microorganismos, diminui a perda de água, mantém os pelos e a superfície externa da pele macia e flexível  Áreas ausentes- coxins plantares, cascos, garras, cornos

22 Corte histológico Fragmento de pele delgada exibindo folículo piloso e glândula sebácea. Coloração H&E. Aumento (40x) Seta: Folículo piloso; Asterisco: Glândula sebácea.

23 2- Glândulas sudoríparas 2- Glândulas sudoríparas  Tubulares, simples ou enoveladas  Muito desenvolvidas em equinos e homem e ausentes nas aves  Restrita aos coxins plantares nos carnívoros, ao carpo dos suínos e à região nasolabial dos ruminantes e suínos  Drenam sua secreção no folículo

24 Corte histológico Fragmento de pele delgada exibindo detalhe de glândula sudorípara na derme. Coloração H&E. Aumento (40x) Seta: Glândula sudorípara.

25  Secreção constituída por água e alcalina  Funções de resfriamento  Merócrinas – produto secretório liberado por exocitose – epitélio cúbico – predominante no homem  Apócrinas – produto secretório liberado por pequenos desprendimentos do citoplasma da superfície da célula – epitélio prismático – predominantes nos animais domésticos

26 3- Glândulas mamárias  Glândula tubuloalveolar composta  Lipídios secretados pelo método apócrino  Proteínas e carboidratos secretados pelo método merócrino  Formada pelas tetas e úbere  Úbere - cápsula + TCintersticial + epitélio secretor + ductos excretores

27  Tetas- Ductos interlobulares – ductos lactíferos – seios lactíferos - canal da teta

28 Glândulas da região perianal  Anais – presentes nos cães, gatos e suínos – sudoríparas modificadas. Abrem-se no ânus. Secretam muco  Sacos anais – presentes nos carnívoros e roedores.Divertículos cutâneos laterais ao ânus, contém glândulas murais que neles se abrem.  Circum-anais – massas sólidas de células que se unem às glândulas sebáceas da região. cães – sebáceas atrofiadas

29 Regiões especializadas da pele  Coxins plantares - carnívoros, altamente queratinizados, espessados, pigmentados e desprovidos de pêlos. Glândulas sudoríparas  Escroto – pele mais fina do corpo. Derme e extrato córneo menos desenvolvidos. Glândulas apócrinas e sebáceas. Poucos pêlos e finos. Túnica dartos – regulação da temperatura

30  Nariz – Carnívoros – epiderme espessada, queratinizada e sem glândulas sebáceas. Bovinos – epiderme espessada, queratinizda, sem pêlos, glândulas merócrinas que umedecem a superfície Bovinos – epiderme espessada, queratinizda, sem pêlos, glândulas merócrinas que umedecem a superfície Suínos – queratinizado, glândulas merócrinas e alguns pêlos finos esparsos Suínos – queratinizado, glândulas merócrinas e alguns pêlos finos esparsos Equinos – pêlos finos e glândulas sebáceas, pele fina Equinos – pêlos finos e glândulas sebáceas, pele fina

31  Canal externo da orelha – meato auditivo externo. Revestido pela pele. Pequenos folículos pilosos, glândulas sebáceas, glândulas apócrinas modificadas- ceruminosas.  Cascos – é a epiderme e seus derivados queratinizados. Regiões epidérmicas e dérmicas interdigitadas são laminares Regiões histológicas- períoplo, coroa,barra,sola e ranilha  Garras – carnívoros – parede e sola  Cornos - osso cornual, cório e epiderme * Cascos, garras e cornos são espessamentos epidérmicos – queratina dura


Carregar ppt "SISTEMA TEGUMENTAR. Características gerais  A pele é o maior órgão do corpo  Funções de:  Proteção  Secreção – glândulas  Excreção  Homeostase do."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google