A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Concordância Verbal O que é? É o mecanismo linguístico pelo qual os verbos se modificam se adequarem às particularidades de número e pessoa do sujeito.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Concordância Verbal O que é? É o mecanismo linguístico pelo qual os verbos se modificam se adequarem às particularidades de número e pessoa do sujeito."— Transcrição da apresentação:

1

2 Concordância Verbal O que é? É o mecanismo linguístico pelo qual os verbos se modificam se adequarem às particularidades de número e pessoa do sujeito. Verbo Concorda Sujeito Número Pessoa Singular Plural 1ª (eu/nós) 2ª (tu/vós) 3ª (ele/eles)

3 Casos Especiais da Concordância Verbal 1º) Quando o sujeito é um plural aparente  Isso ocorre quando temos substantivos sigmáticos, que são aqueles que têm a mesma grafia tanto para o singular como para o plural por serem terminados por “s”. Nesse caso, essas palavras concordam em número com o determinante. Caso não exista determinante, utiliza-se a 3ª pessoa do singular.

4 Casos Especiais da Concordância Verbal 1º) Quando o sujeito é um plural aparente Os alunos fizeram o exercício. O aluno fez o exercício. Plural Sing.

5 Concordância Verbal 2°)Sujeito formado por coletivo O bando invadiu a praça. O bando de manifestantes invadiu/invadiram a praça.

6 Concordância Verbal 3°)Pronomes de tratamento Vossa Excelência precisa descansar. Vossas Excelências precisam descansar.

7 Casos Especiais da Concordância Verbal 4º) Quando há pronome relativo como sujeito  No caso do pronome “que”, o verbo concordará com o termo que o antecede. Fui eu que encomendei o bolo. Seremos nós que apresentaremos o trabalho. Sujeito 1ª pessoa singular 1ª pessoa singular Sujeito 1ª pessoa plural 1ª pessoa plural

8 Casos Especiais da Concordância Verbal 5º) Quando há pronome relativo como sujeito  Entretanto, quando utilizamos o pronome “quem”, o verbo pode ficar na 3ª pessoa do singular ou se flexionar de acordo com o antecedente. Fomos nós quem o bolo. Sujeito antecedente comeu comemos 3ª pessoa singular

9 Casos Especiais da Concordância Verbal 6º) Expressão “um(a) dos(as) que”  Quando utilizamos esta expressão, o verbo pode se flexionar de acordo com o pronome indefinido ou com o demonstrativo. Mateus foi um dos que o ar-condicionado. instalou instalaram

10 Casos Especiais da Concordância Verbal 7º) Expressões “mais de”, “menos de”, “cerca de”...  Há a concordância de número de acordo com a natureza do numeral. Cerca de dez mulheres protestaram. Mais de um homem foi preso.

11 Casos Especiais da Concordância Verbal Entretanto, quando a expressão mais de um vier repetida ou o verbo indicar reciprocidade, o verbo ficará no plural. Mais de um aluno, mais de um professor, mais de um coordenador participaram do evento. Mais de um amigo se abraçaram. Reflexivo Plural

12 Casos Especiais da Concordância Verbal 8º) nomes de lugar ou de obra Ex: Os Estados Unidos interferem em problemas mundiais. Os Lusíadas encantam muitos leitores. Ceará exporta muito caju. (sem artigo no plural)

13 Casos Especiais da Concordância Verbal 9º) Pronome Indefinido + de “nós” ou “vós”  Quando isso acontece, o verbo concorda em número de acordo com o pronome indefinido: Qual de nós comerá o último biscoito? Pron. indefinido singular

14 Casos Especiais da Concordância Verbal 10º) Pronome Indefinido + “nós” ou “vós”  Entretanto, quando pronome for plural, o verbo pode concordar em número com ele ou em pessoa e número com o “nós” ou “vós”: Quais de nós o último biscoito? comerão comeremos plural 1ª pessoa plural

15 Casos Especiais da Concordância Verbal 11º) Sujeito Oracional  Quando há oração subordinada substantiva subjetiva, o verbo da oração ficará obrigatoriamente na 3ª pessoa do singular Ficou acertado que estaremos na aula amanhã. 3ª pessoa singular sujeito

16 Casos Especiais da Concordância Verbal 12º) “Dar”, “bater” e “soar” + “horas”  Quando houver essa construção, o verbo concordará com o sujeito, seja “horas” seja o instrumento de marcação do tempo: Os sinos soaram onze horas. O celular deu meia-noite. Já bateram vinte horas. plural singular plural

17 Casos Especiais da Concordância Verbal 13º) Verbo “haver”  É invariável quando tem o sentido de “existir” ou de “acontecer” ou quando denota o passar do tempo. Ele também torna invariável o seu auxiliar em uma locução: Houve problemas no embarque das malas. Há trinta dias ele se foi. Deve ter havido problemas no embarque das malas. Singular (aconteceram) Singular (passar do tempo) Singular (aconteceram) Singular

18 Casos Especiais da Concordância Verbal 14º) Verbo “haver”  Quando tiver valor de “ter” e for auxiliar, ele é variável de acordo com o seu sujeito: Nós já havíamos lanchado quando ele chegou. Locução verbal 1ª pessoa Plural (tínhamos) sujeito 1ª pessoa plural

19 Casos Especiais da Concordância Verbal 15º) Verbo “fazer”  Normalmente varia de acordo com o sujeito, exceto no caso de indicar tempo decorrido ou fenômeno natural, nos quais fica invariável: Faz vinte anos que não vejo meu filho. Vai fazer seis meses que ele nasceu.

20 Casos Especiais da Concordância Verbal 16º) Verbo + partícula “se”  Quando o “se” é apassivador, ou seja, o sujeito sofre a ação, ele concorda com o núcleo que vem sem preposição. Vendem-se espetinhos de carne. Apassivador (são vendidos) plural

21 Casos Especiais da Concordância Verbal 17º) Verbo + partícula “se”  Entretanto, quando o “se” é índice de indeterminação do sujeito (IIS), ou seja, ele promove o desconhecimento da natureza do sujeito, fica invariável, no caso 3ª pessoa do singular. Precisa-se de empregados. IIS (Quem? Não se sabe)


Carregar ppt "Concordância Verbal O que é? É o mecanismo linguístico pelo qual os verbos se modificam se adequarem às particularidades de número e pessoa do sujeito."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google