A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Pois é caros leitores, não houve engano na imagem que representa os Jerónimos, Galveias poderia ter algo de que se orgulhasse, se as diversas Juntas que.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Pois é caros leitores, não houve engano na imagem que representa os Jerónimos, Galveias poderia ter algo de que se orgulhasse, se as diversas Juntas que."— Transcrição da apresentação:

1 Pois é caros leitores, não houve engano na imagem que representa os Jerónimos, Galveias poderia ter algo de que se orgulhasse, se as diversas Juntas que geriram o Património legado pelo Senhor Comendador José Godinho Campos Marques, pensassem menos neles e mais em dar cumprimento à sua vontade, bem expressa no seu testamento.

2 Vamos analisar o caso do Monte do Cantarinho Quando o senhor Presidente diz: “Os senhores não conhecem a Junta nem Galveias”, é verdade, pois se conhecessem outro “Galo Cantaria” só de vê-las. Mas a partir de hoje não podem ignorar a realidade do vosso Património e depois decidam. Quanto ao “Amar-Galveias”, este propõem-se levar até às últimas consequências os abusos e prepotências dos culpados da degradação a que chegou o património do Povo de Galveias.

3 As imagens que a seguir apresentamos são o “ex Libris” de quem sabe ou soube governar ou de quem sabe e continua a governar-se. A partir de hoje, se nos calarmos somos todos cúmplices… que se faça justiça.

4 É importante que se diga, não são só os Presidentes, os Secretários e os Tesoureiros, das anteriores e actual Junta, são também os membros das diversas Assemblei- as, que sabiam que o Património de Galveias estava a saque e não o denunciaram ou porque lhes interessava ou por medo. Se foi por medo …”dos cobardes não reza a história”, se foi por interesse ainda estão a tempo de se redimir, cum- pram o vosso dever, sejam cidadãos honestos, ou sejam cúmplices com o vosso silêncio, a escolha é vossa

5 A partir de agora as imagens falarão por si.

6 Frondosa azinheira com idade desconhecida, talvez mais de 300 anos

7 Uma das muitas lagoas inseridas no Património de Galveias

8 Uma amostra das centenas de hectares cobertos de balsas (silvas)

9 O abandono é uma nota constante, antes de chegarmos ao edifício

10 Estrada de acesso ao edifício principal

11 Edifício principal do Cantarinho, o estado de degradação é notório que bom Hotel Rural poderia aqui ser construído

12 Telhado do edifico (sem comentários)

13 Entrada para o rés-do-chão

14 Outra entrada, pode ver-se parte do Brasão

15 Uma janela no rés-chão

16 Janela no primeiro andar

17 Escadas para o primeiro andar

18 Interior do primeiro andar

19 Quarto no primeiro andar

20 Outro quarto no primeiro andar

21 Recanto do primeiro andar

22 Sala no primeiro andar

23 Sala de Bilhar e respectivo bilhar

24 Vista interior da capela (altar-mor)

25 Valiosos baixos relevos

26 Brasão em baixo relevo na Capela

27 Pormenor do altar-mor

28 Mas a degradação não é só em Galveias em Lisboa acontece o mesmo

29 O nº 21 da Av. da liberdade

30 Ainda voltando ao discurso “Os senhores não conhecem a Junta nem Galveias”. Tem razão senhor Presidente! Mas a partir de agora muitos irão conhecer a realidade e tomarão consciência do “assassinato”, cultural e patrimonial que foi feito, pelo menos, nestes últimos 10 anos. Pela amostra já se sabe com que o Povo de Galveias pode contar na gestão do seu Património, um Presidente que já deu provas do que é capaz, (basta ver as fotos) e agora um Secretário, (nadador-salvador das piscinas de Galveias) a quem foi confiado o pelouro de gestão da Herdade da Torre. Qualquer deles com uma Moção de Censura. Gostaria de acreditar que as coisas irão ser diferentes no futuro, mas já começa a haver demasiadas decisões a “solo”.

31 A recusa de o senhor Presidente da Junta em fornecer elementos contabilísticos para análise a cidadãos que os desejam consultar, (como é de Lei), é a prova da que algo não vai bem nesta Junta, o que vem confirmar que as suspeitas de gestão danosa, peculato, perseguição a trabalhadores que não pactuam com o despudor de certos “mandantes”, manipulação da contabilidade etc. Senhor Presidente convido-o a reler o seu comunicado, (da CDU), ponto 14 (a vermelho).(a vermelho) Galveias, 11 de Abril 2010 P.Vasconcelos


Carregar ppt "Pois é caros leitores, não houve engano na imagem que representa os Jerónimos, Galveias poderia ter algo de que se orgulhasse, se as diversas Juntas que."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google