A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Cuidado e Importância do Uniforme dos Profissionais da Saúde – NR32 Larissa Cavassin Comissão de Controle de Infecção Hospitalar.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Cuidado e Importância do Uniforme dos Profissionais da Saúde – NR32 Larissa Cavassin Comissão de Controle de Infecção Hospitalar."— Transcrição da apresentação:

1 Cuidado e Importância do Uniforme dos Profissionais da Saúde – NR32 Larissa Cavassin Comissão de Controle de Infecção Hospitalar

2 NR32 – Seguran ç a e Sa ú de no trabalho em Servi ç os de Sa ú de Finalidade desta Norma Regulamentadora: estabelecer medidas de prote ç ão à seguran ç a e à sa ú de dos trabalhadores dos servi ç os de sa ú de. Servi ç os de sa ú de: qualquer edifica ç ão destinada à presta ç ão de assistência à sa ú de da popula ç ão, e todas as a ç ões de promo ç ão, recupera ç ão, assistência, pesquisa e ensino em sa ú de em qualquer n í vel de complexidade. Larissa Cavassin

3 NR Das Disposi ç ões Gerais O empregador deve fornecer, sem ônus para o empregado, vestimenta de trabalho adequada aos riscos ocupacionais em condições de conforto, bem como responsabilizar-se por sua higienização Antes de sair do ambiente de trabalho, após o seu turno laboral, os trabalhadores devem retirar suas vestimentas e os equipamentos de proteção individual, que possam estar contaminados por agentes biológicos e colocá-los em locais para este fim destinados.

4 Defini ç ão Uniforme: padronização do vestuário social, de uso nas diversas áreas da Instituição. Exemplos: recepção, manutenção. Vestimenta de trabalho: vestimenta de uso privativo para execução de atividades de atenção ao paciente, com probabilidade de contato com matéria orgânica. Exemplos: Centro Cirúrgico e UTI. EPI: equipamento de proteção individual. Larissa Cavassin

5 Á reas assistenciais Uniforme e avental específico (branco) para profissionais da assistência - que prestam assistência ou que são apoio direto às áreas assistenciais. O uniforme e avental devem permanecer inteiramente abotoados. É proibido o uso de vestimentas de trabalho (roupa privativa) nas áreas sociais. Exemplos: refeitório, recepção.

6 Adornos Definição: todo acessório desnecessário às atividades profissionais. É proibido o uso de adornos para profissionais que atuam em áreas assistenciais, que têm contato direto com paciente ou com material potencialmente contaminado. Exemplos de adornos: anéis e alianças, pulseiras, brincos maiores que 2 cm, correntes, colares, broches, piercings expostos. Relógio: será permitido com pulseira de borracha ou de metal. Se for couro, deverá ficar no bolso.

7 Cuidados especiais Cabelos: deverão ser mantidos presos e dependendo da área (exemplo: serviço de nutrição), tem indicação do uso da presilha com rede de cabelo. Calçados: deverão ser fechados com proteção para o calcanhar, dedos e dorso do pé.

8 Informa ç ões importantes Terceiros: usarão uniformes da Empresa de origem. Não é permitido o uso de shorts, bermudas, camisetas sem manga, mini saias, mini blusas, decotes acentuados e jeans. Em qualquer área de atividade, se houver contato com matéria orgânica, o vestuário será substituído imediatamente e encaminhado para lavagem pela Instituição.

9 Porque todos esses cuidados?

10 Risco Indica a probabilidade de que um dano, um ferimento ou uma doença ocorra.

11 Risco Biol ó gico Risco decorrente da presença de um agente biológico e/ou seu produto parasitas, fungos, linhagens celulares, bactérias, clamídias, riquétsias, micoplasmas, vírus, prions e toxinas

12 VírusBactérias Fungos

13 Formas de transmissão Agente de transmissão hospedeiro suscept í vel Fonte Transmissão a é rea Transmissão por contato

14

15 PRECAUÇÕES PADRÃO São medidas de proteção que devem ser adotadas por todos os profissionais de saúde, no cuidado a qualquer paciente ou no manuseio de artigos contaminados, quando houver risco de contato com: sangue líquidos corporais, secreções e excreções (exceto suor) mucosas Têm por objetivo evitar a transmissão de infecções (conhecidas ou não) do paciente para o profissional de saúde.

16 Precauções Padrão Higienização das mãos Medidas de barreira - EPI Manuseio de material biológico e perfurocortante

17 Higieniza ç ão das Mãos Sabão: Sabão: neutro ou anti-séptico Álcool: Álcool: germicida de ação imediata

18 EPI Luvas de procedimento, estéril ou borracha Avental descartável, tecido, impermeável Proteção facial: máscara (comum ou especial) e óculos

19

20

21

22 Paramenta ç ão completa

23 Outras informa ç ões Esquecimento do uniforme: tolerância de 3 eventos por ano. Acima disso, haverá advertência. Substituição: deverão ser devolvidos ao setor de Uniformes para substituição nos prazos estipulados. Devolução: o uniforme deverá ser devolvido caso haja desligamento do profissional.

24 Obrigada!! Maio/2010


Carregar ppt "Cuidado e Importância do Uniforme dos Profissionais da Saúde – NR32 Larissa Cavassin Comissão de Controle de Infecção Hospitalar."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google