A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Construindo tesauros Prof. José Antonio M. Nascimento.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Construindo tesauros Prof. José Antonio M. Nascimento."— Transcrição da apresentação:

1 Construindo tesauros Prof. José Antonio M. Nascimento

2 Tesauro – índice temático para identificar e recuperar documentos através de uma linguagem de indexação. Decisão intelectual para: -o assunto dos documentos. -selecionar os termos que resumem um assunto. -indicar as relações existentes entre os termos.

3 Tipos de relações entre os termos Relações sintáticas ou a posteriori: ex: pós-coordenação. Termos são recuperados independentes de associações. Relações de um tesauro ou a priori. Termos são recuperados por implicação em estruturas de referência.

4 Regras gerais da produção de tesauros Os tesauros são eficientes instrumentos de recuperação da informação a serviços nos quais profissionais da informação analisam documentos e expressam seus temas em termos de linguagem de indexação controlada.

5 Regras gerais da produção de tesauros Não são aplicáveis em serviços que utilizam unicamente técnicas automáticas de indexação. Ex: frequencia de ocorrência no texto. Pode ser uma ferramenta eficiente em sistemas que realizam buscas por termo livre.

6 Construindo tesauros a partir das Diretrizes para o estabelecimento de Tesauros Monolíngues – UNESCO Requisito básico: 6034: 2004 – elaboração e apresentação de índices.

7 Termos mais utilizados durante a produção de um tesauro Termo composto: componente que identifica a classe geral de conceitos à qual se refere o termo completo. Ex.: índices automatizados, discos de vinil etc. Podem ser separados nas seguintes partes: -Foco ou cabeça: componente que identifica a parte geral do conceito. Ex.: em índices impressos, a cabeça é indice -elemento modificador: componentes posteriores que servem para restringir a extensão do foco. Ex.: em índices impressos, impressos é o elemento modificador do termo.

8 Termos mais utilizados durante a produção de um tesauro Documento: qualquer item passível de catalogação ou indexação. Termo de indexação: representação escrita de um conceito em substantivo ou frase substantiva. Podem ser dos tipos: Termos preferidos: termos utilizados consistentemente para representar conceitos. É o mesmo que descritor. Termos não-preferidos: sinônimos ou quase sinônimos, de termos que são relacionados a um documento em um tesauro ou índice alfabético. Também conhecidos como não descritores. Ex.: USE, VEJA. Em índice afabético, ver.

9 Termos mais utilizados durante a produção de um tesauro Linguagem de Indexação: conjunto controlado de termos selecionados de linguagem natural usado para representar, de forma abreviada, os assuntos dos documentos. Rótulo nodal: termo falso não relacionado ao documento no processo de indexação, mas inserido na seção sistemática de tesauaros para se indicar a base lógica que se tenha dividido uma categoria. Também conhecido como indicador de facetas. Ex.: por ocupação, função, eras etc. Tesauro: vocabulário controlado de uma linguagem de indexação.

10 Abreviaturas utilizadas na produção de um tesauro TG = termo genérico: termo que se segue refere-se a um conceito com conotação mais ampla. TE = termo específico: termo que se segue refere-se a um termo com conotação mais específica. TR = termo relacionado: termo que se seque está associado, mas não é um sinônimo, nem um TG ou TE. NE = nota explicativa: nota que se junta ao termo para indicar seu significado específico dentro de uma linguagem de indexação.

11 Abreviaturas utilizadas na produção de um tesauro TGM = termo genérico maior: termo que se é o nome da classe mais ampla à qual pertence o conceito específico. Pode ser usado na seção alfabética de um tesauro. UP = usado para: termo que se é um sinônimo ou quase um sinônimo do termo preferido. USE = termo que se seque é o termo preferido quando se deve escolher entre sinônimos e quase sinônimos.

12 Tesauros – Primeiras regras gerais Termos preferidos – sempre em maiúscula. Ex.: MUNDO, ATMOSFERA etc. Termos não-preferidos – sempre em minúscula com a letra inicial em maiúscula, exceto quando for uma sigla que se deva imprimir totalmente em maiúscula. CARROS UP: Automóveis ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE UP: OMS Política de indexação Prática de indexação Política e prática de resumos Vocabulário empregado na indexação

13 Controlando vocabulários em tesauros – regras gerais -a aplicação dos termos se restringe aos significados selecionados. Cada termo em um tesauro está restrito a um único significado. - Quando o termo puder ser expresso por mais de um sinônimo, selecionar-se-á um destes como termo prerido.

14 Exemplos de termos de indexação que pertencem a categoria geral de termos Entidades concretas – coisas e suas partes físicas PÁSSAROS REGIÕES DESÉRTICAS Materiais PLÁSTICO ADESIVO Entidades abstratas – ações e eventos GOLFE BASQUETE

15 Exemplos de termos de indexação que pertencem a categoria geral de termos Entidades abstratas e propriedade de coisas, materiais ou ações NOTÍCIA VELOCIDADE Entidades individuais ou classes de um, expressas por substantivos próprios BRASIL CONSELHO FEDERAL DE BIBLIOTECONOMIA

16 Exemplos de termos de indexação que pertencem a categoria geral de termos Forma dos termos – substantivos e frases substantivas. Ex.: PÁSSAROS AMAZÔNICOS (frases adjetivas); BIBLIOTECAS PARA ARQUIVISTAS (frase preposicionada)

17 Uso de adjetivos em tesauros -Devem ser evitados. Pode ser utilizado nas seguintes situações: Quando se trata de uma língua onde os adjetivos geralmente precedem os sustantivos que eles modificam. Ex.: inglês. French literature, french art etc. Em línguas onde os substantivos são seguidos pelos adjetivos que os modificam. Ex.: francês. Crème Pasteurisé.

18 Uso de verbos em tesauros -Verbos no infinitivo e no particípio não devem ser usados isoladamente. As atividades devem ser representaas por substantivos ou substantivos verbais. Ex.: COZINHA (não cozinhar). -Se o uso de um substantivo para indicar uma atividade produz ambiguidade, deve-se acrescentar uma frase qualificativa a cada termo. Ex.: ADMINISTRAÇÃO (disciplina) GOVERNO (atividade) GOVERNO (pessoas) * A frase qualificativa deve vir entre parenteses). Pode ser utilizado nas seguintes situações: Quando se trata de uma língua onde os adjetivos geralmente precedem os sustantivos que eles modificam. Ex.: inglês. French literature, french art etc. Em línguas onde os substantivos são seguidos pelos adjetivos que os modificam. Ex.: francês. Crème Pasteurisé.

19 Uso de abreviaturas e siglas em tesauros -não devem ser utilizadas como termos preferidos. A forma completa do nome deve funcionar como termo preferido. ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS UP: ONU ONU USE ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS

20 Uso de abreviaturas e siglas em tesauros -não devem ser utilizadas como termos preferidos. A forma completa do nome deve funcionar como termo preferido. ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS UP: ONU ONU USE ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS

21

22


Carregar ppt "Construindo tesauros Prof. José Antonio M. Nascimento."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google