A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

INTRODUÇÃO  TEXTO: Unidade linguística (sentido + intenção) oral ou escrita.  DISCURSO: Atividade comunicativa (texto + contexto). 1.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "INTRODUÇÃO  TEXTO: Unidade linguística (sentido + intenção) oral ou escrita.  DISCURSO: Atividade comunicativa (texto + contexto). 1."— Transcrição da apresentação:

1 INTRODUÇÃO  TEXTO: Unidade linguística (sentido + intenção) oral ou escrita.  DISCURSO: Atividade comunicativa (texto + contexto). 1

2  OS GÊNEROS E AS SITUAÇÕES COMUNICATIVAS Gêneros: Referem-se a materializações textuais conforme as situações comunicativas, ou seja, são textos com características funcionais e estilos definidos de acordo com a realização necessária/objetivada. Ex.: piada, bilhete, bula de remédio, carta, lista de compras, aula, edital, notícia, propaganda, editorial, romance, receita, etc. Há, portanto, gêneros textuais no âmbito da fala e no da escrita, e ainda os que se situam nos dois contínuos, como a notícia de jornal televisivo, que é produzido na forma escrita e divulgado na forma oral. Obs.: Quando um gênero assume a função de outro, trata-se de intergenericidade. Ex.: Artigo de opinião escrito em forma de poema. 2

3 Cada gênero tem uma intenção/função comunicativa. A essa “função” chamamos “tipo textual”.  AS TIPOLOGIAS/SEQUÊNCIAS TEXTUAIS São modos textuais ou sequências linguísticas que caracterizam a materialização do texto (aspectos lexicais, sintáticos, tempos verbais, relações lógicas, estilo) São 6 as tipologias textuais: 1.Dissertativa/Argumentativa 2.Narrativa (narrar = relatar) 3.Descritiva 4.Expositiva/Informativa 5.Injuntiva/Instrutiva 6.Dialogal 3

4 TIPO DE TEXTOFUNÇÃO/INTENÇÃO Argumentativo/Dissertativo Expressar opinião com argumentos que permitam o convencimento do interlocutor Narrativo Relatar histórias reais ou fictícias, situando-as no tempo e no espaço Descritivo Descrever lugares, pessoas ou objetos Expositivo/Informativo Transmitir conhecimento Injuntivo/Instrutivo Orientar ou prescrever comportamentos Dialogal Estabelecer diálogo 4

5 TIPO DE TEXTOGÊNERO TEXTUAL Argumentativo/ Dissertativo Anúncio; editorial; júri-simulado; resenha; textos científicos... Narrativo Biografia; B.O.; carta; crônica; confissão; diário; fábula; novela... Descritivo Bula; cardápio; anúncio; manual; nota fiscal; dicionário... Expositivo/Informativo Placas de preço; anúncio; atestado; bula; cheque; currículo... Injuntivo/Instrutivo Agenda; bula; receita; etiqueta de roupa; exercícios de L.D.... Dialogal Carta; debate; entrevista; reunião... 5

6 DOMÍNIOS DISCURSIVOS Domínio discursivo: “Esfera da vida social ou institucional [...] na qual se dão práticas que organizam formas de comunicação e respectivas estratégias de compreensão” (Marcuschi, 2005:121). Os domínios discursivos produzem modelos de ações comunicativas que se estabilizam e são transmitidas de acordo com propósitos e efeitos definidos e claros. Ex.: religioso, jornalístico, pedagógico, militar, familiar, político... 6

7 DOMÍNIOS DISCURSIVOS DOMÍNIOLINGUAGEM ESCRITALINGUAGEM ORAL Instrucional (científico/ educacional) artigos e relatórios científicos; tabelas; mapas; resenhas... conferências; aulas; debates; exames; seminários... Jornalístico editoriais; notícias; HQs; crônica... entrevistas; notícias (rádio e tv)... Religioso orações/rezas; cânticos/hinos... Sermões; confissão; cantos... Saúde Receitas; bulas; pareceres... Consulta; conselho; entrevista... Comercial Rótulos; faturas; notas fiscais... Publicidade (rádio, tv e alto-fal.) Industrial Manuais; avisos; instruções... Ordens 7

8 DOMÍNIOS DISCURSIVOS DOMÍNIOLINGUAGEM ESCRITALINGUAGEM ORAL Jurídico Contratos; certidões; editais... Declarações; inquéritos... Publicitário Anúncios; placas; folhetos... Publicidade (tv e rádio) Lazer/Lúdico Piadas; jogos; HQs; horóscopos... Piadas; adivinhações... Interpessoal Cartas; relatos; ; convites... Recados; telefonemas... Militar Roteiros; listas de tarefa; ordens... Ordens Ficcional Mitos; dramas; romances... Fábulas; contos; lendas... 8

9 SUPORTE TEXTUAL Espaço físico/virtual que comporta determinado gênero. Ex.: gênero carta: papel; gênero site da web Lembrete: Os gêneros normalmente têm mais de um tipo textual, mas um é predominante. 9

10 TESSITURA TEXTUAL O texto é um evento comunicativo em que se articulam 3 aspectos: 1.Aspectos linguísticos (ato verbal) 2.Aspectos sociais (situação comunicativa) 3.Aspectos cognitivos (conhecimentos investidos) Autor/Falante e leitor/ouvinte interferem no processo de produção e de recepção do texto. Ver ESQUEMA DE TEXTUALIZAÇÃO 10

11 ESQUEMA DE TEXTUALIDADE 11

12 TESSITURA TEXTUAL INTERTEXTUALIDADE INTENCIONALIDADE ACEITABILIDADE INFORMATIVIDADE SITUACIONALIDADE COESÃO COERÊNCIA 12

13 TESSITURA TEXTUAL INTERTEXTUALIDADE Concerne aos fatores que tornam a interpretação de um texto dependente da interpretação de outro(s). Cada texto constrói-se não isoladamente, mas em relação a outro, do qual abstrai-se alguns aspectos para dar-lhes outra feição. Obs.: E a citação da coletânea? (Tipos de citação) Ex. Artigo de opinião em forma de poema de Josias de Souza (MARCUSCHI, 2008, p ). 13

14 14 JOSÉ (Carlos Drummond) E agora, José? A festa acabou, a luz apagou, o povo sumiu, a noite esfriou, e agora, José? e agora, Você? Você que é sem nome, que zomba dos outros, Você que faz versos, que ama, protesta? e agora, José? Está sem mulher, está sem discurso, está sem carinho, já não pode beber, já não pode fumar, cuspir já não pode, a noite esfriou, o dia não veio, o bonde não veio, o riso não veio, não veio a utopia e tudo acabou e tudo fugiu e tudo mofou, e agora, José? E agora, José? sua doce palavra, seu instante de febre, sua gula e jejum, sua biblioteca, sua lavra de ouro, seu terno de vidro, sua incoerência, seu ódio, - e agora? Com a chave na mão quer abrir a porta, não existe porta; quer morrer no mar, mas o mar secou; quer ir para Minas, Minas não há mais. José, e agora? Se você gritasse, se você gemesse, se você tocasse, a valsa vienense, se você dormisse, se você cansasse, se você morresse... Mas você não morre, você é duro, José! Sozinho no escuro qual bicho-do-mato, sem teogonia, sem parede nua para se encostar, sem cavalo preto que fuja do galope, você marcha, José! José, para onde?

15 TESSITURA TEXTUAL INTENCIONALIDADE Refere-se ao esforço do produtor do texto em construir uma comunicação eficiente capaz de satisfazer os objetivos de ambos os interlocutores. Quer dizer, o texto produzido deve ser compatível com as intenções comunicativas de quem o produz. 15

16 TESSITURA TEXTUAL ACEITABILIDADE O texto produzido também deve ser compatível com a expectativa do leitor/ouvinte em colocar-se diante de um texto coerente, coeso, útil e relevante. O contrato de cooperação estabelecido pelos interlocutores permite que a comunicação apresente falhas de qualidade e de quantidade, sem que haja vazios comunicativos. Isso se dá porque o receptor esforça-se em compreender os textos produzidos. 16

17 TESSITURA TEXTUAL INFORMATIVIDADE É a medida na qual as ocorrências de um texto são esperadas ou não, conhecidas ou não, pelo receptor. Um discurso menos previsível tem mais informatividade. Sua recepção é mais trabalhosa, porém mais interessante, envolvente. O excesso de informatividade pode ser rejeitado pelo interlocutor, que pode não processá-la. O ideal é que o texto se mantenha num nível mediano de informatividade, que fale de informações que tragam novidades, mas que estejam ligadas a dados conhecidos. 17

18 TESSITURA TEXTUAL SITUACIONALIDADE É a adequação do texto a uma situação comunicativa, no contexto. A situação orienta o sentido do discurso, tanto na sua produção quanto na sua interpretação. [...] O homem serve de mediador, com suas crenças e ideias, recriando a situação. O mesmo objeto pode ser descrito por duas pessoas distintamente, pois elas o encaram de modo diverso. 18

19 Leitura/Análise de redação Fuvest (as melhores de 2012) “Política: nossa imagem lá fora” 19

20 20

21 21

22 22


Carregar ppt "INTRODUÇÃO  TEXTO: Unidade linguística (sentido + intenção) oral ou escrita.  DISCURSO: Atividade comunicativa (texto + contexto). 1."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google