A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

 PROFº ANDRE LUIZ LOPES DE OLIVEIRA  PROFª ARETUSA ARCANJO  PROFª WALKIRIA SHIMOYA BITTENCOURT.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: " PROFº ANDRE LUIZ LOPES DE OLIVEIRA  PROFª ARETUSA ARCANJO  PROFª WALKIRIA SHIMOYA BITTENCOURT."— Transcrição da apresentação:

1  PROFº ANDRE LUIZ LOPES DE OLIVEIRA  PROFª ARETUSA ARCANJO  PROFª WALKIRIA SHIMOYA BITTENCOURT

2

3

4 árvore brônquica

5 segmentação brônquica

6 segmentação pulmonar

7 projeção anteriorprojeção posterior projeção lateral direitaprojeção lateral esquerda

8  Posicionar o exame da forma correta seguindo as normas universais.  Observar a qualidade da imagem;  Observar a simetria das estruturas;  Fazer analise comparativa dos campos pulmonares;

9  Deve estar localizada do lado direito do paciente  Deve estar posicionado no negatoscopio do lado esquerdo.

10 Penetração  Hipotransparente  Hipertransparente  Normal Insuflação  Expirado  Hiperinsuflado  Normal

11

12

13

14 Básicas  PA  Perfil  AP Complementares  Ápico-lordóticas  Decúbito horizontal com raios horizontais  Oblíquas

15

16  Quando o paciente não consegue ficar na posição ortostática;  Magnificação do coração;

17  Crianças pequenas  Acamados  Pacientes debilitados

18  Sempre solicitada  Realizada juntamente com PA

19 PERFIL:  Estudar espaço retroesternal e retrocardíaco  Visualizar seios costofrenicos anteriores e posteriores  Identificar topografia das lesões  Avaliar o diafragma OBLÍQUAS:  Estudo dos arcos costais  Melhor localização ou caracterização de lesões parcialmente encobertas por outras estruturas

20 ÁPICO-LORDÓTICAS  Estudo dos ápices pulmonares  Estudo dos lobos medio e lingula INCIDENCIA LAURELL  Pesquisa de liquido na cavidade pleural

21

22 Laurell

23 Ápico-lordótica

24 De fora para dentro:  Tecidos moles  Gradil costal  Área pulmonar  Mediastino  Área cardíaca

25

26

27 TRAQUEIA

28 HILOS

29

30 SEIO CARDIOFRENICO SEIO COSTOFRENICO

31 TRAMA VASCULAR

32 Seio c ostofrênico Seio cardiofrênico

33  Apenas visualizações das imagens e avaliação radiológica não são capazes de definir o diagnóstico.  Diagnóstico é definido sempre associando-se o quadro clínico, ao exame físico e aos demais exames complementares.

34  NACIF, M.S.;FREITAS, L.O. Radiologia prática: para estudante de medicina.2v.ed. Revinter, Rio de Janeiro,  PRYOR, J.A.; WEBBER, B.A. Fisioterapia para problemas respiratórios e cardíacos. Rio de Janeiro: Guanabara e Koogan,  SARMENTO, G.J.V. O ABC da Fisioterapia Respiratória.São Paulo: Manole, 2009.

35


Carregar ppt " PROFº ANDRE LUIZ LOPES DE OLIVEIRA  PROFª ARETUSA ARCANJO  PROFª WALKIRIA SHIMOYA BITTENCOURT."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google