A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Apoio Técnico: Jesús Martín - Paula Lopes - Pedro Falcão.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Apoio Técnico: Jesús Martín - Paula Lopes - Pedro Falcão."— Transcrição da apresentação:

1 Apoio Técnico: Jesús Martín - Paula Lopes - Pedro Falcão

2 “PARA LOUVOR” * de: [ * Louvar é AMAR (!) ] > DEUS - Pai, Criador do Universo, ao revelar-nos o Seu - Filho, Jesus Salvador, que nos dá o - Espírito Santo, Amor do Pai e do Filho. > MARIA, Mãe de Deus e nossa Mãe, que sempre nos inspirou e acarinhou, no silêncio maternal, como só as mães sabem fazer. elas e eles, imagens de Deus, que, no dia a dia de tantos suores e alegrias, foram “dando à luz” esta criatura. > aqueles/as [“autores”, anónimos ou não ] que “lançaram” para a Rede (Internet) as “suas criações”… com o objetivo de as partilhar com TODOS (e assim, também nós, beneficiarmos, neste Contributo coletivo)…

3 I maginar ou sonhar é património de cada indivíduo; R ealizar os sonhos imaginados só é possível - certamente - em comunidade… M esmo que apareçam “criadores” que se atribuam, a título individual, A autoria absoluta e total de qualquer realização – criação? – humana, O lhem, esses tais, à sua volta e descobrirão muitos mais co-autores… L embrem-se, os tais indivíduos, de toda a história precedente e verão que: U tilizaram – sem se aperceberem – outras muitas “criações” anteriores; I nconscientemente ou não, construíram sobre outras bases e alicerces… S ejamos nós agora, na verdade, sinceros, humildes e gratos que fizeram possível e realizável este Sonho ou Imaginação (?!). S ão inumeráveis os “realizadores” que, antes de nós, inovaram, criaram: A queles que, sem ir mais longe, inventaram o Sistema Informático e, nele, L avrado e polido, o “Power Point”, suporte direto deste nosso Serviço; etc. L egiões de artistas gráficos, designers, pintores que lançaram para as E stradas da Internet essa nuvem de imagens ( Clip/Word-Art... ) que nós usámos P ara ilustrar (“Google”…) convenientemente os «Diapositivos» deste “banco”… - da generosidade desses artistas, anónimos ou não, todos beneficiamos -. N ão podemos deixar de agradecer, aqui mais perto: a toda essa «Comunidade E m Movimento», que é a Pastoral.pt ; e, nela, o Processo Catecumenal La Salle ; T ambém: Sta Eugénia- RC / Coro: Abílio Araújo / Catequese: Susana Abreu / Grupo-Jovens…

4

5 Projeções Visuais ► A Coleção de Projeções Visuais (“Ppt’s”) que aqui apresentamos, bem como as “Folhas para imprimir” … (fruto de um trabalho “coletivo” de mais de 20 anos), é um contributo para ajudar a realçar e solenizar as «LITURGIAS DOMINICAIS » (e FESTIVAS ) do Povo de Deus, onde, semanalmente (e respeitando o “ritmo bíblico- litúrgico”) podemos – os cristãos e todo o homem fiel – nos alimentarmos com o “duplo” Alimento de: a PALAVRA DIVINA e o PÃO EUCARÍSTICO. ► O esquema geral de cada “projeção” (“ppt”) reflete as partes fundamentais da Eucaristia do Domingo (ou do Dia Festivo), incluindo as Respostas invariáveis da Assembleia. ► O Diapositivo que aparece como “Capa comum” no início de todas e cada uma das “Projeções”, pretende relembrar e centrar o Ciclo em que estamos (A, B ou C). ► Nesta Coleção de «Projeções», a utilização das CORES não é “indiferente”. Foi pensada para concentrar a atenção, quer no Tempo Litúrgico quer no Ciclo (A, B, C). Veja-se:

6 “Naquele tempo, realizou-se um casamento em Caná da Galileia e estava lá a Mãe de Jesus. Jesus e os seus discípulos foram também convidados para o casamento. A certa altura faltou o vinho. Então a Mãe de Jesus disse-Lhe: «Não têm vinho». Jesus respondeu-Lhe: «Mulher, que temos nós com isso? Ainda não chegou a minha hora». Sua Mãe disse aos serventes: «Fazei tudo o que Ele vos disser». Havia ali seis talhas de pedra, destinadas à purificação dos judeus, levando cada uma de duas a três medidas. Disse-lhes Jesus: «Enchei essas talhas de água». Eles encheram-nas até acima. A COR DESTES TÍTULOS (DE “CABEÇALHO”) INDICA O TEMPO LITÚRGICO EM QUE NOS ENCONTRAMOS: ROXO ADVENTOQUARESMA > ROXO : ADVENTO e QUARESMA VERDE TEMPO COMUM > VERDE : TEMPO COMUM BRANCO NATALPÁSCOA > BRANCO : NATAL e PÁSCOA SANTOS (e FESTAS DE SANTOS NÃO MÁRTIRES ) VERMELHO N.S. JESUS CRISTO > VERMELHO : FESTAS DE N.S. JESUS CRISTO MÁRTIRES TEMPO COMUM (e SANTOS MÁRTIRES)  Neste caso, ESTARÍAMOS EM : TEMPO COMUM Quando o Conteúdo de um Diapositivo CONTINUA no(s) seguinte(s): aparecem SETAS BRANCAS estas SETAS BRANCAS. AMARELAS Noutros casos, as AMARELAS. AVISAM da PASSAGEM IMEDIATA para o seguinte Diapositivo. A COR DOS OUTROS TÍTULOS OU SUBTÍTULOS INDICAM O CICLO ( A, B, C ) EM QUE ESTAMOS: VERMELHO Ciclo A [ PAI … ] > VERMELHO : Ciclo A [ PAI … ] VERDE Ciclo B [ FILHO … ] > VERDE : Ciclo B [ FILHO … ] AZUL Ciclo C [ ESPÍRITO … ] > AZUL : Ciclo C [ ESPÍRITO … ] Ciclo C  Portanto, neste caso, ESTARÍAMOS NO : Ciclo C

7 1 - S ÍMBOLO DO “M ISTÉRIO T RINITÁRIO ”. Para a representação do Mistério da Santíssima Trindade, os cristãos utilizamos diversos e variados símbolos que nos ajudam na aproximação – antropológica – de uma realidade que escapa à mente humana. No caso presente, escolhi esta simpática “criação gráfica” (de autor anónimo - Clipart / parabéns!) que muito me cativou desde a primeira vista. E porquê? Pois – já lá vão… – naquela minha primeira visita a um Delfinário, ficou bem gravada na minha memória aquela outra imagem ao contemplar as divertidas, simpáticas, curiosas… e espetaculares “acrobacias e habilidades” de dois, três ou mais golfinhos, livremente sincronizados ou não!… Ora, a meu ver, é a perfeita integração entre : uma imensa potência, uma aparente fragilidade, uma suave meiguice … Atributos esses – desde um sentido antropológico – que em DEUS, Trino e Uno, encontramos sublimados… Ou não?!… Oxalá que a nossa imagem de Deus vá por “esses atalhos”! Não é?... Desde logo, sabemos, ou intuímos, que o ser Humano – na sua essência Individual e Social – é “imagem” desta Trindade Claro que toda A L ITURGIA – no conjunto dos 3 Ciclos – «acontece em L OUVOR * DA T RINDADE », como não podia ser de outro modo. Isto não obstante, cada Ciclo (Ano) pode ser “dedicado de preferência” a cada uma das Pessoas Divinas, tal como aparece sugerido nos Ppt’s… 3 – Existem, ainda, algumas P ARTICULARIDADES a ter em atenção: ► Logo a seguir ao Título de cada ppt, no mesmo diapositivo, aparece, sintetizado numa frase, um dos conteúdos fundamentais de cada uma das Leituras. É bom reparar que a ordem em que as três frases (Leituras) aparecem é este: 1º)- O Evangelho [3ª Leitura] (como a principal e a que vai orientar o Tema da Celebração). 2º)- A 1ª Leitura, geralmente do AT (pois normalmente o seu conteúdo temático conecta com o do Evangelho. 3º)- A 2ª Leitura (de tema mais “livre”). ► No seguinte diapositivo vai uma possível síntese global ilustrada (da Liturgia da Palavra ). ► As Aclamações (após a CONSAGRAÇÃO), uma vez que apresentam três variantes, são distribuídas segundo os Tempos Litúrgicos (dentro de cada Ciclo); de modo facultativo. 4 – Para os dois Dispositivos de: Oração dos Fiéis e Ação de Graças :  Ver: Diapositivo explicativo, mais à frente. [ * Louvar é AMAR ( ! ) ]

8

9

10

11 - Vigilância… à espera do Senhor, que “vem” em todo o momento… [3ª L./ Evan. - Mt 24] - Temos sempre a Paz e a Luz de Deus, para caminharmos vigilantes… [1ª Leit. / Is 2] - Conversão é: vivermos as obras da Luz, revestidos de Cristo… [2ª Leit. / Rm 13]

12

13 É EVIDENTE (CONFORME SE INDICOU JÁ NO PRÓPRIO TÍTULO DESTA INTRODUÇÃO) QUE, ENTRE AS DIVERSAS PARTES DE CADA “PPT” SUSCETÍVEIS DE ADAPTAÇÃO OU «RE-CRIAÇÃO»… ESTÃO ESTES “CÂNTICOS/CANÇÕES” QUE APARECEM, A MODO DE SUGESTÃO, PARA SEREM CANTADOS [ASSEMBLEIA, CORO…]. É ÓBVIO QUE ESSAS PARTES SÓ PODEM TER SENTIDO PARA UMAS DETERMINADAS ZONAS… E, PORTANTO, TERÃO DE SER SUBSTITUÍDAS POR CANÇÕES CONVENIENTES, SEGUNDO OS CASOS E/OU OS LUGARES…

14 Oramos... a Deus Pai, que gera o Filho desde a Eternidade, para vir até nós na plenitude do Tempo. E assim, neste Advento, pedimos com fé e confiança: - para que a Igreja seja sinal de paz no Mundo... - para que os povos, em guerra, abandonem as armas… - para que sejamos sentinelas vigilantes, desde a oração... - pelas nossas famílias, adormecidas por motivos vários… ESCUTA-NOS, Ó PAI, NESTE NOVO ADVENTO! TER EM ATENÇÃO : Estes DOIS “DIAPOSITIVOS” semelhantes [o relativo à “ORAÇÃO DOS FIÉIS” e o referente à “AÇÃO DE GRAÇAS” ] CORRESPONDEM-SE COM UM OUTRO SUBSÍDIO AUXILIAR : UM TEXTO, PARA SER IMPRESSO EM FOLHAS, CUJO CONTEÚDO É RECITADO – NO MOMENTO PRÓPRIO – POR ALGUMA PESSOA, NOVA ou ADULTA. { Ver em: FOLHAS DE LEITURA - no Ciclo correspondente - A, B, C }


Carregar ppt "Apoio Técnico: Jesús Martín - Paula Lopes - Pedro Falcão."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google