A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 TÓPICOS ESPECÍFICOS DE CONTABILIDADE CONTABILIDADE DA CONSTRUÇÃO CIVIL E ATIVIDADE IMOBILIÁRIA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ UNIVERSIDADE FEDERAL DO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 TÓPICOS ESPECÍFICOS DE CONTABILIDADE CONTABILIDADE DA CONSTRUÇÃO CIVIL E ATIVIDADE IMOBILIÁRIA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ UNIVERSIDADE FEDERAL DO."— Transcrição da apresentação:

1 1 TÓPICOS ESPECÍFICOS DE CONTABILIDADE CONTABILIDADE DA CONSTRUÇÃO CIVIL E ATIVIDADE IMOBILIÁRIA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ Setor de Ciências Sociais Aplicadas Departamento de Ciências Contábeis Luiz Panhoca, Dr. panhoca@ufpr.br Fábio Miguel fabiomgcosta@ufpr.br

2 2 UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ Setor de Ciências Sociais Aplicadas Departamento de Ciências Contábeis Exercício prático em Contrato de obras por empreitada

3 3 Exercício Prático  Considere os dados iniciais da Construtora Casa Nova, refere-se ao saldo das contas patrimoniais em 31/12/2008:

4 4 Exercício Prático

5 5  No inicio de 2009, a empresa foi contratada para construir um grande pavilhão de eventos em uma cooperativa agrícola em Bonito, Mato Grosso do Sul, no valor de R$ 200.000,00 recebendo na assinatura do contrato a importância de R$ 30.000,00, como adiantamento para financiar os gastos iniciais com a obra, cujo valor seria deduzido da primeira medição, tendo sido o valor depositado no Banco do Brasil.

6 6 E agora o que faremos ??

7 7 Exercício Prático D – BANCO – Banco do Brasil C – Adiantamento de clientes (Passivo)

8 8 Exercício Prático  No mês de JANEIRO: Compra de materiais de construção, a prazo, no valor de R$ 32.000,00, postos diretamente na obra; D – Material direto (Custo) C - Fornecedores de Materiais

9 9 Exercício Prático  No mês de JANEIRO: Subempreitada de serviços no valor de R$ 6.000,00, executados no mês e pagos imediatamente à conclusão dos serviços. D – Subempreitada (Resultado/Custo) C - BANCO – Banco do Brasil

10 10 Exercício Prático  No mês de JANEIRO: Utilizou equipamentos alugados, a serem pagos no mês seguinte, no valor de R$ 2.000,00 D – Operação de Equipamento (Resultado/Custo) C - Fornecedores de Serviços

11 11 Exercício Prático  No mês de JANEIRO : Folha de pagamento do pessoal contratado para executar a obra, R$ 8.000,00, a ser pago no mês seguinte, montante este referente ao salário bruto do pessoal D – Mão-de-obra Direta (Custos) C - Salários a Pagar (Passivo)

12 12 Exercício Prático  No mês de JANEIRO: Folha de pagamento da obra, R$ 8.000,00 - PREVISÕES D – Salários a Pagar (Passivo) C – INSS a Recolher (Passivo) 8.000,00 x 8% = 640,00 Parte dos empregados

13 13 Exercício Prático  No mês de JANEIRO: Folha de pagamento da obra, R$ 8.000,00 - PREVISÕES D – Mão-de-obra Direta (Custos) C – INSS a Recolher (Passivo) 8.000,00 x 25% = 2.000,00 Parte da empresa

14  No mês de JANEIRO: Folha de pagamento da obra, R$ 8.000,00 - PREVISÕES D – Mão-de-obra Direta (Custos) C – FGTS a Recolher (Passivo) 8.000,00 x 8% = 640,00 14 Exercício Prático

15 15 Exercício Prático  No mês de JANEIRO: Folha de pagamento da obra, R$ 8.000,00 - PREVISÕES D – Mão-de-obra Direta (Custos) C – Provisão para 13° Salário (Passivo) D – Mão-de-obra Direta (Custos) C – Provisão para Férias (Passivo) 8.000,00 x 8,3% = 664,00

16 16 Exercício Prático  No mês de FEVEREIRO: Compra de materiais de construção, a prazo, no valor de R$ 30.000,00, postos diretamente na obra; D – Material direto (Custo) C - Fornecedores de Materiais

17 17 Exercício Prático  No mês de FEVEREIRO: Pagamento ao fornecedor dos materiais adquiridos em janeiro no valor de R$ 8.000,00 D – Fornecedores de Materiais C - BANCO – Banco do Brasil

18 18 Exercício Prático  No mês de FEVEREIRO: Pagamento de salários líquidos no mês de janeiro (8.000,00 – 640,00 = 7.360,00) D – Salários a Pagar (Passivo) C - BANCO – Banco do Brasil

19 19 Exercício Prático  No mês de FEVEREIRO: Pagamento de aluguéis de equipamentos relativos a janeiro D – Fornecedores de Serviços C - BANCO – Banco do Brasil

20 20 Exercício Prático  No mês de FEVEREIRO: Folha de pagamento do pessoal contratado para executar a obra, R$ 10.000,00, a ser pago no mês seguinte, montante este referente ao salário bruto do pessoal D – Mão-de-obra Direta (Custos) C - Salários a Pagar (Passivo)

21 21 Exercício Prático  No mês de FEVEREIRO: Folha de pagamento da obra R$ 10.000,00 - PREVISÕES D – Salários a Pagar (Passivo) C – INSS a Recolher (Passivo) 10.000,00 x 8% = 800,00 Parte dos empregados

22 22 Exercício Prático  No mês de FEVEREIRO: Folha de pagamento da obra, R$ 10.000,00 - PREVISÕES D – Mão-de-obra Direta (Custos) C – INSS a Recolher (Passivo) 10.000,00 x 25% = 2.500,00 Parte da empresa

23  No mês de FEVEREIRO: Folha de pagamento da obra R$ 10.000,00 - PREVISÕES D – Mão-de-obra Direta (Custos) C – FGTS a Recolher (Passivo) 10.000,00 x 8% = 800,00 23 Exercício Prático

24 24 Exercício Prático  No mês de FEVEREIRO: Folha de pagamento da obra, R$ 10.000,00 - PREVISÕES D – Mão-de-obra Direta (Custos) C – Provisão para 13° Salário (Passivo) D – Mão-de-obra Direta (Custos) C – Provisão para Férias (Passivo) 10.000,00 x 8,3% = 830,00

25 25 Exercício Prático  No mês de FEVEREIRO: Pagamento de conta de água no valor de R$ 600,00 consumida no mês D – Custos Indiretos (Custos) C - BANCO – Banco do Brasil

26 26 Exercício Prático  No mês de FEVEREIRO: Pagamento de conta de energia elétrica consumida no mês no valor de R$ 400,00 D – Custos Indiretos (Custos) C - BANCO – Banco do Brasil

27 27 Exercício Prático  No mês de FEVEREIRO: Efetuou medição, e o faturamento é R$ 50.000,00 D – Clientes de obras por empreitada (Ativo) C - Receita de obras por empreitada (Resultado) Quitando os R$ 30.000,00 de adiantamento D – Adiantamento de clientes (Passivo) C - Clientes de obras por empreitada (Ativo)

28 28 Exercício Prático  No mês de FEVEREIRO: O imposto sobre serviços incidente foi de R$ 800,00, a ser recolhido em março D – ISS S/ Obra (Despesa) C - ISS a pagar (Passivo)

29 29 Exercício Prático  No mês de FEVEREIRO: Desconto da duplicata no Banco do Brasil D – BANCO – Banco do Brasil C - Duplicata Descontada (Ativo)

30 30 Exercício Prático  No mês de FEVEREIRO: Referente ao Desconto da duplicata, juros de 5% (20.000,00 x 5% = 1.000,00) D – Juros S/ desconto de duplicata (Despesa) C - BANCO – Banco do Brasil

31 31 Exercício Prático  No mês de FEVEREIRO: Referente ao Desconto da duplicata, despesas bancárias de R$ 200,00 D – Despesa Bancária (Despesa) C - BANCO – Banco do Brasil

32 32 Exercício Prático  No mês de MARÇO: Pagamento de R$ 12.000,00 ao fornecedor dos materiais adquiridos em janeiro D – Fornecedores de Materiais C - BANCO – Banco do Brasil

33 33 Exercício Prático  No mês de MARÇO: Pagamento dos salários líquidos de fevereiro 10.000,00 – 800,00 = 9.200,00 D – Salários a Pagar (Passivo) C - BANCO – Banco do Brasil

34 34 Exercício Prático  No mês de MARÇO: Recolhimento ao INSS referente Janeiro (640,00 + 2.000,00) 2.640,00 x 5% = 132,00 2.640,00 + 132,00 = 2.772,00 D – INSS a Recolher (Passivo) D - Despesa C/ Multa por atraso (Despesa) C - BANCO – Banco do Brasil

35 35 Exercício Prático  No mês de MARÇO: Recolhimento ao INSS referente Fevereiro 800,00 + 2.500,00 = 3.300,00 D – INSS a Recolher (Passivo) C - BANCO – Banco do Brasil

36 36 Exercício Prático  No mês de MARÇO: Recolhimento ao FGTS referente Janeiro 640,00 x 5% = 32,00 ( 640,00 + 32,00 = 272,00) D – FGTS a Recolher (Passivo) D - Despesa C/ Multa por atraso (Despesa) C - BANCO – Banco do Brasil

37 37 Exercício Prático  No mês de MARÇO: Recolhimento ao FGTS referente Fevereiro D – FGTS a Recolher (Passivo) C - BANCO – Banco do Brasil

38 38 Exercício Prático  No mês de MARÇO: Recolhimento do ISS de fevereiro D – ISS a pagar (Passivo) C - BANCO – Banco do Brasil

39 39 Exercício Prático  No mês de MARÇO: A conta de água, a ser paga em abril é de R$ 800,00 D – Custos Indiretos (Custos) C – Fornecedores de Serviço (Passivo)

40 40 Exercício Prático  No mês de MARÇO: Pagamento de conta de energia elétrica consumida no mês no valor de R$ 600,00 D – Custos Indiretos (Custos) C - BANCO – Banco do Brasil

41 41 Exercício Prático  No mês de MARÇO: Folha de pagamento do pessoal contratado para executar a obra, R$ 14.000,00, a ser pago no mês seguinte, montante este referente ao salário bruto do pessoal D – Mão-de-obra Direta (Custos) C - Salários a Pagar (Passivo)

42 42 Exercício Prático  No mês de MARÇO: Folha de pagamento da obra R$ 14.000,00 - PREVISÕES D – Salários a Pagar (Passivo) C – INSS a Recolher (Passivo) 14.000,00 x 8% = 1.120,00 Parte dos empregados

43 43 Exercício Prático  No mês de MARÇO: Folha de pagamento da obra, R$ 14.000,00 - PREVISÕES D – Mão-de-obra Direta (Custos) C – INSS a Recolher (Passivo) 14.000,00 x 25% = 3.500,00 Parte da empresa

44  No mês de MARÇO: Folha de pagamento da obra R$ 14.000,00 - PREVISÕES D – Mão-de-obra Direta (Custos) C – FGTS a Recolher (Passivo) 14.000,00 x 8% = 1.120,00 44 Exercício Prático

45  No mês de MARÇO: Folha de pagamento da obra, R$ 14.000,00 - PREVISÕES D – Mão-de-obra Direta (Custos) C – Provisão para 13° Salário (Passivo) D – Mão-de-obra Direta (Custos) C – Provisão para Férias (Passivo) 14.000,00 x 8,3% = 1.162,00 45 Exercício Prático

46 46 Exercício Prático  No mês de MARÇO: Pagamento pelo cliente, no banco, da duplicata relativa à primeira medição D – Duplicata Descontada (Ativo) C - Clientes de obras por empreitada (Ativo)

47 47 Exercício Prático  No mês de MARÇO: Medição, cujo faturamento importou em R$ 30.000,00, a receber em fins de abril D – Clientes de obras por empreitada (Ativo) C - Receita de obras por empreitada (Resultado)

48 48 Exercício Prático  No mês de MARÇO: O imposto sobre serviços incidente foi de R$ 400,00, a ser recolhido em março D – ISS S/ Obra (Despesa) C - ISS a pagar (Passivo)

49 49 Exercício Prático  No mês de MARÇO: Aumento do capital da empresa com o saldo da conta “Reservas”. D – Reserva de Corr. Monetária (PL) C - Capital (PL)

50 50 Exercício Prático  No mês de MARÇO: A depreciação dos equipamentos (método linear), sendo de 15% a.a. (20.000,00 x 15% = 3.000,00 / 12 x 3 = 750,00) D – Custos Indiretos (Custos) C - Depreciação Acumulada – Máq. e Equip.

51 51 Exercício Prático  No mês de MARÇO: A depreciação dos veículos (método linear), sendo de 20% a.a. (100.000,00 x 20% = 20.000,00 / 12 x 3 = 5.000,00) D – Custos Indiretos (Custos) C - Depreciação Acumulada – Veículos

52 52 Exercício Prático  No mês de MARÇO: Inventário final de materiais ainda não aplicados importou em R$ 22.000,00. D – Depósito de Materiais (Ativo/Estoque) C - Material direto (Custo)

53 53 Exercício Prático  No mês de MARÇO: PIS de 0,65% (80.000,00 x 0,65% = 520,00) D – PIS S/ Obra por empreitada (Despesa) C - PIS a Pagar COFINS de 3% (80.000,00 x 3% = 2.400,00) D – COFINS S/ Obra por empreitada (Despesa) C - COFINS a Pagar PIS S/ OBRA 51 520,00

54 54 Exercício Prático  No mês de MARÇO: Encerramento do balanço trimestral

55 55 Exercício Prático Encerramento do balanço trimestral – MARÇO 2009

56 56

57 57 UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ Setor de Ciências Sociais Aplicadas Departamento de Ciências Contábeis Luiz Panhoca, Dr. panhoca@ufpr.br Fábio Miguel fabiomgcosta@ufpr.br


Carregar ppt "1 TÓPICOS ESPECÍFICOS DE CONTABILIDADE CONTABILIDADE DA CONSTRUÇÃO CIVIL E ATIVIDADE IMOBILIÁRIA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ UNIVERSIDADE FEDERAL DO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google