A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 TÓPICOS ESPECÍFICOS DE CONTABILIDADE CONTABILIDADE DA CONSTRUÇÃO CIVIL E ATIVIDADE IMOBILIÁRIA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ UNIVERSIDADE FEDERAL DO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 TÓPICOS ESPECÍFICOS DE CONTABILIDADE CONTABILIDADE DA CONSTRUÇÃO CIVIL E ATIVIDADE IMOBILIÁRIA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ UNIVERSIDADE FEDERAL DO."— Transcrição da apresentação:

1 1 TÓPICOS ESPECÍFICOS DE CONTABILIDADE CONTABILIDADE DA CONSTRUÇÃO CIVIL E ATIVIDADE IMOBILIÁRIA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ Setor de Ciências Sociais Aplicadas Departamento de Ciências Contábeis Luiz Panhoca, Dr. Fábio Miguel

2 2 UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ Setor de Ciências Sociais Aplicadas Departamento de Ciências Contábeis Exercício prático em Contrato de obras por empreitada

3 3 Exercício Prático  Considere os dados iniciais da Construtora Casa Nova, refere-se ao saldo das contas patrimoniais em 31/12/2008:

4 4 Exercício Prático

5 5  No inicio de 2009, a empresa foi contratada para construir um grande pavilhão de eventos em uma cooperativa agrícola em Bonito, Mato Grosso do Sul, no valor de R$ ,00 recebendo na assinatura do contrato a importância de R$ ,00, como adiantamento para financiar os gastos iniciais com a obra, cujo valor seria deduzido da primeira medição, tendo sido o valor depositado no Banco do Brasil.

6 6 E agora o que faremos ??

7 7 Exercício Prático D – BANCO – Banco do Brasil C – Adiantamento de clientes (Passivo)

8 8 Exercício Prático  No mês de JANEIRO: Compra de materiais de construção, a prazo, no valor de R$ ,00, postos diretamente na obra; D – Material direto (Custo) C - Fornecedores de Materiais

9 9 Exercício Prático  No mês de JANEIRO: Subempreitada de serviços no valor de R$ 6.000,00, executados no mês e pagos imediatamente à conclusão dos serviços. D – Subempreitada (Resultado/Custo) C - BANCO – Banco do Brasil

10 10 Exercício Prático  No mês de JANEIRO: Utilizou equipamentos alugados, a serem pagos no mês seguinte, no valor de R$ 2.000,00 D – Operação de Equipamento (Resultado/Custo) C - Fornecedores de Serviços

11 11 Exercício Prático  No mês de JANEIRO : Folha de pagamento do pessoal contratado para executar a obra, R$ 8.000,00, a ser pago no mês seguinte, montante este referente ao salário bruto do pessoal D – Mão-de-obra Direta (Custos) C - Salários a Pagar (Passivo)

12 12 Exercício Prático  No mês de JANEIRO: Folha de pagamento da obra, R$ 8.000,00 - PREVISÕES D – Salários a Pagar (Passivo) C – INSS a Recolher (Passivo) 8.000,00 x 8% = 640,00 Parte dos empregados

13 13 Exercício Prático  No mês de JANEIRO: Folha de pagamento da obra, R$ 8.000,00 - PREVISÕES D – Mão-de-obra Direta (Custos) C – INSS a Recolher (Passivo) 8.000,00 x 25% = 2.000,00 Parte da empresa

14  No mês de JANEIRO: Folha de pagamento da obra, R$ 8.000,00 - PREVISÕES D – Mão-de-obra Direta (Custos) C – FGTS a Recolher (Passivo) 8.000,00 x 8% = 640,00 14 Exercício Prático

15 15 Exercício Prático  No mês de JANEIRO: Folha de pagamento da obra, R$ 8.000,00 - PREVISÕES D – Mão-de-obra Direta (Custos) C – Provisão para 13° Salário (Passivo) D – Mão-de-obra Direta (Custos) C – Provisão para Férias (Passivo) 8.000,00 x 8,3% = 664,00

16 16 Exercício Prático  No mês de FEVEREIRO: Compra de materiais de construção, a prazo, no valor de R$ ,00, postos diretamente na obra; D – Material direto (Custo) C - Fornecedores de Materiais

17 17 Exercício Prático  No mês de FEVEREIRO: Pagamento ao fornecedor dos materiais adquiridos em janeiro no valor de R$ 8.000,00 D – Fornecedores de Materiais C - BANCO – Banco do Brasil

18 18 Exercício Prático  No mês de FEVEREIRO: Pagamento de salários líquidos no mês de janeiro (8.000,00 – 640,00 = 7.360,00) D – Salários a Pagar (Passivo) C - BANCO – Banco do Brasil

19 19 Exercício Prático  No mês de FEVEREIRO: Pagamento de aluguéis de equipamentos relativos a janeiro D – Fornecedores de Serviços C - BANCO – Banco do Brasil

20 20 Exercício Prático  No mês de FEVEREIRO: Folha de pagamento do pessoal contratado para executar a obra, R$ ,00, a ser pago no mês seguinte, montante este referente ao salário bruto do pessoal D – Mão-de-obra Direta (Custos) C - Salários a Pagar (Passivo)

21 21 Exercício Prático  No mês de FEVEREIRO: Folha de pagamento da obra R$ ,00 - PREVISÕES D – Salários a Pagar (Passivo) C – INSS a Recolher (Passivo) ,00 x 8% = 800,00 Parte dos empregados

22 22 Exercício Prático  No mês de FEVEREIRO: Folha de pagamento da obra, R$ ,00 - PREVISÕES D – Mão-de-obra Direta (Custos) C – INSS a Recolher (Passivo) ,00 x 25% = 2.500,00 Parte da empresa

23  No mês de FEVEREIRO: Folha de pagamento da obra R$ ,00 - PREVISÕES D – Mão-de-obra Direta (Custos) C – FGTS a Recolher (Passivo) ,00 x 8% = 800,00 23 Exercício Prático

24 24 Exercício Prático  No mês de FEVEREIRO: Folha de pagamento da obra, R$ ,00 - PREVISÕES D – Mão-de-obra Direta (Custos) C – Provisão para 13° Salário (Passivo) D – Mão-de-obra Direta (Custos) C – Provisão para Férias (Passivo) ,00 x 8,3% = 830,00

25 25 Exercício Prático  No mês de FEVEREIRO: Pagamento de conta de água no valor de R$ 600,00 consumida no mês D – Custos Indiretos (Custos) C - BANCO – Banco do Brasil

26 26 Exercício Prático  No mês de FEVEREIRO: Pagamento de conta de energia elétrica consumida no mês no valor de R$ 400,00 D – Custos Indiretos (Custos) C - BANCO – Banco do Brasil

27 27 Exercício Prático  No mês de FEVEREIRO: Efetuou medição, e o faturamento é R$ ,00 D – Clientes de obras por empreitada (Ativo) C - Receita de obras por empreitada (Resultado) Quitando os R$ ,00 de adiantamento D – Adiantamento de clientes (Passivo) C - Clientes de obras por empreitada (Ativo)

28 28 Exercício Prático  No mês de FEVEREIRO: O imposto sobre serviços incidente foi de R$ 800,00, a ser recolhido em março D – ISS S/ Obra (Despesa) C - ISS a pagar (Passivo)

29 29 Exercício Prático  No mês de FEVEREIRO: Desconto da duplicata no Banco do Brasil D – BANCO – Banco do Brasil C - Duplicata Descontada (Ativo)

30 30 Exercício Prático  No mês de FEVEREIRO: Referente ao Desconto da duplicata, juros de 5% (20.000,00 x 5% = 1.000,00) D – Juros S/ desconto de duplicata (Despesa) C - BANCO – Banco do Brasil

31 31 Exercício Prático  No mês de FEVEREIRO: Referente ao Desconto da duplicata, despesas bancárias de R$ 200,00 D – Despesa Bancária (Despesa) C - BANCO – Banco do Brasil

32 32 Exercício Prático  No mês de MARÇO: Pagamento de R$ ,00 ao fornecedor dos materiais adquiridos em janeiro D – Fornecedores de Materiais C - BANCO – Banco do Brasil

33 33 Exercício Prático  No mês de MARÇO: Pagamento dos salários líquidos de fevereiro ,00 – 800,00 = 9.200,00 D – Salários a Pagar (Passivo) C - BANCO – Banco do Brasil

34 34 Exercício Prático  No mês de MARÇO: Recolhimento ao INSS referente Janeiro (640, ,00) 2.640,00 x 5% = 132, , ,00 = 2.772,00 D – INSS a Recolher (Passivo) D - Despesa C/ Multa por atraso (Despesa) C - BANCO – Banco do Brasil

35 35 Exercício Prático  No mês de MARÇO: Recolhimento ao INSS referente Fevereiro 800, ,00 = 3.300,00 D – INSS a Recolher (Passivo) C - BANCO – Banco do Brasil

36 36 Exercício Prático  No mês de MARÇO: Recolhimento ao FGTS referente Janeiro 640,00 x 5% = 32,00 ( 640, ,00 = 272,00) D – FGTS a Recolher (Passivo) D - Despesa C/ Multa por atraso (Despesa) C - BANCO – Banco do Brasil

37 37 Exercício Prático  No mês de MARÇO: Recolhimento ao FGTS referente Fevereiro D – FGTS a Recolher (Passivo) C - BANCO – Banco do Brasil

38 38 Exercício Prático  No mês de MARÇO: Recolhimento do ISS de fevereiro D – ISS a pagar (Passivo) C - BANCO – Banco do Brasil

39 39 Exercício Prático  No mês de MARÇO: A conta de água, a ser paga em abril é de R$ 800,00 D – Custos Indiretos (Custos) C – Fornecedores de Serviço (Passivo)

40 40 Exercício Prático  No mês de MARÇO: Pagamento de conta de energia elétrica consumida no mês no valor de R$ 600,00 D – Custos Indiretos (Custos) C - BANCO – Banco do Brasil

41 41 Exercício Prático  No mês de MARÇO: Folha de pagamento do pessoal contratado para executar a obra, R$ ,00, a ser pago no mês seguinte, montante este referente ao salário bruto do pessoal D – Mão-de-obra Direta (Custos) C - Salários a Pagar (Passivo)

42 42 Exercício Prático  No mês de MARÇO: Folha de pagamento da obra R$ ,00 - PREVISÕES D – Salários a Pagar (Passivo) C – INSS a Recolher (Passivo) ,00 x 8% = 1.120,00 Parte dos empregados

43 43 Exercício Prático  No mês de MARÇO: Folha de pagamento da obra, R$ ,00 - PREVISÕES D – Mão-de-obra Direta (Custos) C – INSS a Recolher (Passivo) ,00 x 25% = 3.500,00 Parte da empresa

44  No mês de MARÇO: Folha de pagamento da obra R$ ,00 - PREVISÕES D – Mão-de-obra Direta (Custos) C – FGTS a Recolher (Passivo) ,00 x 8% = 1.120,00 44 Exercício Prático

45  No mês de MARÇO: Folha de pagamento da obra, R$ ,00 - PREVISÕES D – Mão-de-obra Direta (Custos) C – Provisão para 13° Salário (Passivo) D – Mão-de-obra Direta (Custos) C – Provisão para Férias (Passivo) ,00 x 8,3% = 1.162,00 45 Exercício Prático

46 46 Exercício Prático  No mês de MARÇO: Pagamento pelo cliente, no banco, da duplicata relativa à primeira medição D – Duplicata Descontada (Ativo) C - Clientes de obras por empreitada (Ativo)

47 47 Exercício Prático  No mês de MARÇO: Medição, cujo faturamento importou em R$ ,00, a receber em fins de abril D – Clientes de obras por empreitada (Ativo) C - Receita de obras por empreitada (Resultado)

48 48 Exercício Prático  No mês de MARÇO: O imposto sobre serviços incidente foi de R$ 400,00, a ser recolhido em março D – ISS S/ Obra (Despesa) C - ISS a pagar (Passivo)

49 49 Exercício Prático  No mês de MARÇO: Aumento do capital da empresa com o saldo da conta “Reservas”. D – Reserva de Corr. Monetária (PL) C - Capital (PL)

50 50 Exercício Prático  No mês de MARÇO: A depreciação dos equipamentos (método linear), sendo de 15% a.a. (20.000,00 x 15% = 3.000,00 / 12 x 3 = 750,00) D – Custos Indiretos (Custos) C - Depreciação Acumulada – Máq. e Equip.

51 51 Exercício Prático  No mês de MARÇO: A depreciação dos veículos (método linear), sendo de 20% a.a. ( ,00 x 20% = ,00 / 12 x 3 = 5.000,00) D – Custos Indiretos (Custos) C - Depreciação Acumulada – Veículos

52 52 Exercício Prático  No mês de MARÇO: Inventário final de materiais ainda não aplicados importou em R$ ,00. D – Depósito de Materiais (Ativo/Estoque) C - Material direto (Custo)

53 53 Exercício Prático  No mês de MARÇO: PIS de 0,65% (80.000,00 x 0,65% = 520,00) D – PIS S/ Obra por empreitada (Despesa) C - PIS a Pagar COFINS de 3% (80.000,00 x 3% = 2.400,00) D – COFINS S/ Obra por empreitada (Despesa) C - COFINS a Pagar PIS S/ OBRA ,00

54 54 Exercício Prático  No mês de MARÇO: Encerramento do balanço trimestral

55 55 Exercício Prático Encerramento do balanço trimestral – MARÇO 2009

56 56

57 57 UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ Setor de Ciências Sociais Aplicadas Departamento de Ciências Contábeis Luiz Panhoca, Dr. Fábio Miguel


Carregar ppt "1 TÓPICOS ESPECÍFICOS DE CONTABILIDADE CONTABILIDADE DA CONSTRUÇÃO CIVIL E ATIVIDADE IMOBILIÁRIA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ UNIVERSIDADE FEDERAL DO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google