A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Tecnologia do produto Maria da graça Nogueira

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Tecnologia do produto Maria da graça Nogueira"— Transcrição da apresentação:

1 Tecnologia do produto Maria da graça Nogueira

2 DECISÕES DE PRODUTO DEFINIÇÃO DE PRODUTO: conjunto de atributos tangíveis e intangíveis, que proporciona benefícios reais ou percebidos, com a finalidade de satisfazer as necessidades e os desejos do consumidor PARTICIPAÇÃO ATIVA DE PROFISSIONAIS: marketing e designers PASSOS: concepção, fabricação, distribuição, propaganda e promoção, comercialização VALORES DE USO CLASSIFICAÇÃO: objetos naturais, objetos modificados da natureza, objetos de uso e objetos artísticos

3 Objetos naturais São os objetos em seu estado mais puro: flora, fauna, minérios. A natureza apresenta uma produção em massa. Objetos modificados da natureza Antecedem à transformação em objetos de uso. Decorrem do processo criativo do homem e, algumas vezes, da própria natureza

4 Objetos de uso São uma parte importante da estrutura econômica de uma sociedade e fornecem um retrato revelador das condições sociais de um povo (objetos funcionais e objetos de status) Objetos artísticos Classe especial de objetos que são portadores de informação. A adição de elementos estéticos a um objeto artístico, como forma, textura, cor, material e superfície, fornece ao observador um conteúdo representativo global

5 Decisões de produto Na vida empresarial, decisões de produto constituem a base de atuação de uma empresa. Em uma sociedade aberta, competitiva, o primeiro desafio, a primeira função de um empresário é prever as necessidades de um ou mais mercados no futuro imediato e a longo prazo. Portanto, não se constitui uma empresa sobre um produto; ao contrário, as empresas precisam descobrir seus produtos permanentemente.

6 As empresas precisam descobrir seus produtos permanentemente... Visão das necessidades da sociedade Senso para escolher a quais se pode atender Conhecimento sobre a atuação dos principais concorrentes Conhecimento sobre o estado da arte da tecnologia

7 DIMENSÕES DO PRODUTO DIMENSÃO ESTÉTICA: Relação que se dá entre um produto e um usuário, em termos de processos sensoriais. É uma das principais tarefas dos designers industriais. O uso sensorial de produtos industriais depende de dois fatores: Experiências anteriores com as características estéticas – forma, cor, textura, superfície, som, etc. Percepção consciente dessas características. Quando as funções práticas dos produtos é semelhante, a questão estética pode ser decisiva.

8 DIMENSÕES DO PRODUTO DIMENSÃO FUNCIONAL: Os atributos que garantem a funcionalidade dos produtos não se apresentam segmentados, mas formam um conjunto. Ex: cadeira Assento: suportar peso, conforto Arredondamentos de bordas que impedem má circulação Encosto: coluna e musculatura vertebral Largura e profundidade: deve permitir liberdade de movimentos e mudanças de posição

9 DIMENSÕES DO PRODUTO DIMENSÃO PSICOLÓGICA: Está em consonância com a estimativa de satisfação que eles podem gerar para seus usuários. Ex: frase de um pesquisador inglês de marcas “O que é fantástico em ser dono de uma BMW é saber que todas as outras pessoas que não tem meios de comprá-la sabem o que é ter um carro desses”.

10 TIPOS DE PRODUTOS Produtos de consumo: 1 Produtos de conveniência – economia de tempo, funcionalidade, simplificação de rotina (compras por impulso, as espontâneas e as desnecessárias) 2 Produtos de compra comparada – confrontação por preço e por padrões de qualidade (linha branca e marrom) 3 Produtos especiais – produtos que requerem algum tipo de esforço adicional dos consumidores: pagar mais, esperar ou procurá-los (valor subjetivos/exclusividade) 4 Produtos não procurados - não desejados ou desconhecidos – sua aquisição se dá involuntariamente: túmulos, seguro de vida, serviços odontológicos. 5 Serviços (intangibilidade, simultaneidade e perecibilidade)

11 TIPOS DE PRODUTOS Produtos industriais: 1 Instalações – instalações – bens de capital duradouro, como prédios, equipamentos fixos, linhas de produção. Normalmente produzidos sob encomenda com pouco valor fora do contexto; equipamentos – produtos de vida relativamente curta, que não se incorporam ao produto acabado 2 Matérias-primas – elementos que entram no processo produtivo e que algumas vezes apresentam sazonalidade. Recursos naturais renováveis (madeira, óleos, fibras), não renováveis (petróleo, carvão) e produtos agrícolas (leite, carnes) fazem parte do processo produtivo de inúmeros produtos

12 TIPOS DE PRODUTOS Produtos industriais: 3 Componentes – são as partes acabadas ou semi- acabadas de produtos que entram em um processo de produção, tornando-se parte de um produto final (motores, pneus, termômetros) 4 Suprimentos - não são agregados ao produto final, mas fornecem suporte a processos produtivos e administrativos: tinta, papel, óleo, prego. 5 Serviços – dividem-se em manutenção/reparos (serviço de pintura, marcenaria, reparo de máquinas) e serviços consultivos (assessorias em geral, contabilidade, finanças, pesquisa de mercado)

13 GERENCIAMENTO DAS CARACTERÍSTICAS DOS PRODUTOS QUALIDADE – capacidade de um produto para desempenhar suas funções; inclui a durabilidade geral do produto, sua confiabilidade, precisão, facilidade de operação Qualidade técnica (aspectos objetivos): durabilidade, confiabilidade, precisão, facilidade de operação Qualidade percebida (aspectos subjetivos): tem foco na subjetividade de quem compra.

14 GERENCIAMENTO DAS CARACTERÍSTICAS DOS PRODUTOS DESIGN – uma idéia, um projeto ou um plano relativo a um problema, cuja solução pode resultar em um produto industrial, passível de produção em série por uma organização Deve ser socialmente responsável. A combinação de anatomia, a cor, a forma, a luminosidade, a transparência, dentre outros aspectos, relativos ao produto identificam o produto e o distinguem dos demais

15 GERENCIAMENTO DAS CARACTERÍSTICAS DOS PRODUTOS SEGURANÇA – enquanto os profissionais de marketing concentram seus esforços para garantir a segurança dos produtos, o seguro de responsabilidade civil está se tornando um ingrediente essencial de qualquer estratégia de produto, principalmente dos novos, cujo manuseio/consumo o consumidor ainda desconhece Embalagem e rótulo têm papéis fundamentais Responsabilidade civil: danos pessoais e materiais


Carregar ppt "Tecnologia do produto Maria da graça Nogueira"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google