A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 TCC1 Professora Michelle Luz AULA 9.  Kurt Lewin  1946  Abordagem pioneira  Geração da teoria com mudança social  Ação do pesquisador em um sistema.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 TCC1 Professora Michelle Luz AULA 9.  Kurt Lewin  1946  Abordagem pioneira  Geração da teoria com mudança social  Ação do pesquisador em um sistema."— Transcrição da apresentação:

1 1 TCC1 Professora Michelle Luz AULA 9

2  Kurt Lewin  1946  Abordagem pioneira  Geração da teoria com mudança social  Ação do pesquisador em um sistema social 2 Pesquisa-Ação

3 Pesquisa social com base empírica que é concebida e realizada em estreita associação com uma ação ou uma resolução de um problema coletivo e no qual os pesquisadores estão envolvidos de modo cooperativo ou participativo. ( Thiollent, 2005) 3 Pesquisa-Ação

4  Participação das pessoas implicadas no problema  Ação real dos participantes do problema  Observação participante  Relações comunicativas com pessoas / grupos da situação investigada 4 Pesquisa-Ação

5  Estudo da resolução de assuntos importantes  Processo cíclico Planejamento Planejamento Tomada da ação Tomada da ação Avaliação da ação Avaliação da ação 5 Características da Pesquisa-Ação PESQUISA COM AÇÃO AO INVÉS DE PESQUISA SOBRE AÇÃO

6  Participação ativa dos membros envolvidos no ciclo  Participante Entendimento adequado da realidade social ou organizacional Entendimento adequado da realidade social ou organizacional Compreensão do trabalho Compreensão do trabalho Reprodução do papel dos atores Reprodução do papel dos atores 6 Características da Pesquisa-Ação PARTICIPATIVA

7  Coleta de dados, realimentação de dados para interessados, análise de dados, planejamento de ações, tomada de ações, avaliação de ações, nova coleta de dados  Método científico na descoberta do fato e experimentação para os problemas práticos 7 Características da Pesquisa-Ação SEQUÊNCIA DE EVENTOS E UMA ABORDAGEM PARA A SOLUÇÃO DE PROBLEMAS

8  Solução de um problema  Contribuição para a ciência Aumentar o conhecimento do pesquisador e dos envolvidos Aumentar o conhecimento do pesquisador e dos envolvidos 8 Características da Pesquisa-Ação

9  Pesquisadores tomam ações e trabalham ativamente por elas  Cooperação entre pesquisador e pessoal da empresa  Visão holística Pesquisador com visão geral Pesquisador com visão geral 9 Características da Pesquisa-Ação

10  Pode incluir todos os tipos de técnica de coleta Quantitativas e qualitativas Quantitativas e qualitativas  Requer pré-entendimento do ambiente empresarial  Planejamento / entendimento / implementação de mudanças 10 Características da Pesquisa-Ação

11  Descrição do desdobramento de uma série de ações ao longo do tempo Como e porquê a ação de um membro pode mudar ou melhorar o trabalho Como e porquê a ação de um membro pode mudar ou melhorar o trabalho  Propósito Mudar um sistema organizacional no qual participantes estão envolvidos Mudar um sistema organizacional no qual participantes estão envolvidos 11 Pesquisa-Ação

12 Forma de investigação pautada em ações de seus participantes e em suas reflexões críticas a respeito das consequências de suas ações Forma de investigação pautada em ações de seus participantes e em suas reflexões críticas a respeito das consequências de suas ações 12 Pesquisa-Ação

13  Prático Contribuição para o equacionamento do problema central do estudo Contribuição para o equacionamento do problema central do estudo  Científico / conhecimento Obtenção de informações de difícil acesso por outros procedimentos Obtenção de informações de difícil acesso por outros procedimentos Aumento do conhecimento (teoria) em determinadas situações Aumento do conhecimento (teoria) em determinadas situações 13 Objetivos da Pesquisa-Ação

14 14 Implementação da Pesquisa-Ação Compreensão do contexto e da proposta Pré-passo  Coletar  Realimentar  Analisar  Planejar  Implementar  Avaliar Passos Principais Monitoramento Meta-passo

15 15 Implementação da Pesquisa-Ação

16 Por que o projeto é necessário ou desejável? 16 Compreensão do Contexto e da Proposta Quais são as forças econômicas, políticas, sociais e técnicas que governam a necessidade para ação?

17 Por que a ação é digna de ser estudada? 17 Compreensão do Contexto e da Proposta Qual a contribuição esperada para desenvolver o conhecimento?

18  Diferentes formas  Interação ativa entre pesquisador e objeto de estudo 18 Coleta de Dados DADOS “HARD” DADOS “SOFT” COLETA:  Estatística operacional  Informes financeiros  Relatórios d Marketing e COLETA:  Observação  Discussões  Entrevistas

19  Análise colaborativa Pesquisador + membros do sistema cliente Pesquisador + membros do sistema cliente  Clientes conhecem melhor a empresa O que vai funcionar? O que vai funcionar? Responsáveis por implementar e seguir as ações Responsáveis por implementar e seguir as ações 19 Análise de Dados

20  O que precisa mudar?  Em que partes da organização?  Que tipo de mudanças são necessárias?  Que tipo de apoio é necessário?  Qual é a resistência a ser gerada? 20 Planejamento da Ação

21  O que precisa ser feito ou transformado para solucionar determinado problema Realização de mudanças desejadas Realização de mudanças desejadas Cumprimento de planos de forma colaborativa Cumprimento de planos de forma colaborativa 21 Implementação da Ação

22  Reflexão sobre os resultados da ação  Revisão do processo para o próximo ciclo de planejamento  Chave para o aprendizado 22 Avaliação da Ação

23  Todos os ciclos  Cada ciclo da pesquisa-ação conduz a outro Aprendizagem contínua Aprendizagem contínua  Ciclos ocorrem periodicamente De acordo com a implementação das ações De acordo com a implementação das ações 23 Monitoramento

24  Propósito e racionalidade da pesquisa  Contexto  Método de investigação  Conteúdo e resultados  Auto-reflexão e aprendizagem do pesquisador  Extrapolação para conteúdo mais amplo 24 Construção da Teoria

25  Método de investigação dentro do sistema  Utilização Planejamento e implementação de mudanças Planejamento e implementação de mudanças Desenvolvimento de sistemas complexos Desenvolvimento de sistemas complexos 25 Soft System Methodology

26  Participação dos integrantes do sistema  Estruturação e organização do processo  Imaginação e inovação  Análise e lógica 26 Características da SSM

27 27 Principais Etapas da SSM

28 1) Examinar a situação problema  Exame preliminar do problema  Entendimento do funcionamento atual do sistema  Delimitação do escopo  Delimitação das pessoas a serem entrevistadas 28 Principais Etapas da SSM

29 2) Representar graficamente a situação  Coleta de dados para representação gráfica Entrevistas, observações e questionários Entrevistas, observações e questionários  Uso de fluxograma, mapofluxograma 29 Principais Etapas da SSM

30 3) Imaginar e nomear sistemas relevantes  Busca de novas formas de enxergar o problema  Elaboração da descrição de origem Descrição verbal da implicação da escolha do sistema relevante Descrição verbal da implicação da escolha do sistema relevante  Inclusão Clientes e atores Clientes e atores Restrições ambientais Restrições ambientais O que o sistema transforma O que o sistema transforma 30 Principais Etapas da SSM

31 4) Descrever o modelo conceitual  Como deveria ser o sistema Cumprimento dos requisitos definidos na etapa 3 Cumprimento dos requisitos definidos na etapa 3  Concordância entre pesquisadores e atores de que o modelo conceitual é útil para melhorar o sistema atual 31 Principais Etapas da SSM

32 5) Comparar a representação gráfica com o modelo conceitual  Etapas 2 e 4  Busca de atividades que fazem parte do modelo conceitual, mas não ocorrem no modelo real e vice-versa  Resultado: Lista de possíveis mudanças 32 Principais Etapas da SSM

33 6) Debater a lista de mudanças  Entre participantes do sistema  Mudanças desejáveis pelo sistema e culturalmente viáveis 33 Principais Etapas da SSM

34 7) Implementar as mudanças definidas 34 Principais Etapas da SSM


Carregar ppt "1 TCC1 Professora Michelle Luz AULA 9.  Kurt Lewin  1946  Abordagem pioneira  Geração da teoria com mudança social  Ação do pesquisador em um sistema."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google