A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Salvador 2011. Salvador 2011 Estes produtos dão a ILUSÃO de que todos os problemas foram resolvidos. Depressoras Estimulantes Alucinantes.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Salvador 2011. Salvador 2011 Estes produtos dão a ILUSÃO de que todos os problemas foram resolvidos. Depressoras Estimulantes Alucinantes."— Transcrição da apresentação:

1 Salvador 2011

2 Salvador 2011

3 Estes produtos dão a ILUSÃO de que todos os problemas foram resolvidos. Depressoras Estimulantes Alucinantes

4 Na falta da droga estas pessoas são invadidas por sintomas desagradáveis, que vão do nervosismo, ansiedade e inquietação ao impulso incontrolável de obtê-la a qualquer custo. Neste estágio depende-se intensamente dos efeitos da droga.

5 Limita-se a experimentar a droga, por curiosidade, desejo de novas experiências, pressão do grupo. Utiliza um ou vários produtos, de vez em quando. Não rompe suas relações afetivas, profissionais e sociais. Faz uso freqüente da droga. Em sua vida já se observam sinais de rupturas a nível afetivo, profissional e social. Vive exclusivamente pela droga e para a droga.

6 Atenuam as reações químicas provocadoras da ansiedade. Uso Prolongado pode levar... Tolerância Dependência Crise de Abstinência Sintomas de Ansiedade Alterações da Percepção Ansiedade, irritabilidade, distúrbio do sono; Despersonalização, desrealização, sensações corporais, sensação de movimento anormal. Depressão, psicose, delirium tremens, são características mais raras.

7  Tranqüilidade, relaxamento, redução do interesse pelo meio externo (estágio inicial);  Depressão, ansiedade, labilidade emocional (aumento das doses);  Irritabilidade, depressão profunda, confusão mental e eventos psicóticos (uso prolongado).

8  Opióides é um grupo de drogas que inclui morfina, codeína e heroína. O uso médico dos opióides é principalmente devido a suas potentes ações analgésicas porém são usadas indevidamente devido a seus efeitos euforizantes e ansiolíticos. Analgesia do SNC Euforia Analgesia Bradicardia Hipotensão Depressão Respiratória Parada Cardíaca

9  Codeína- Sua substancia é encontrada geralmente em fármacos para diarréia e tosse. Principais Efeitos Psíquicos: Confusão e Sedação.  Heroína- É um tipo de opióide de síntese proibida usada geralmente com abuso. Possui absorção rápida e quando chega ao cérebro se transforma em morfina. Via de uso: Inalada, injetada, ingerida, através da pele e fumada. Principais Efeitos Psíquicos: Sentimento de leveza e euforia, sonolência e perda do controle humorístico (humor bipolar).

10 Estão relacionados às Síndromes Psiquiátricas que resultam do uso de: solventes colas e adesivos propelentes de aerosóis thinner e combustíveis São consideradas LEGAIS e baratas = consumo elevado entre jovens e pessoas pobres

11 Dependência e abuso: não é comum pois, a maioria das pessoas usa inalantes por um período curto. Intoxicação: o diagnóstico resume-se em alterações comportamentais mal adaptativas Delirium Demência persistente induzida por inalantes Transtorno Psicótico induzido por inalantes Transtornos de humor e de ansiedade induzido por inalantes Delirium Demência persistente induzida por inalantes Transtorno Psicótico induzido por inalantes Transtornos de humor e de ansiedade induzido por inalantes A tolerância para os inalantes é comum

12 Drogas Alucinantes A cocaína é a droga que mais rapidamente devasta o usuário. Potencializa os efeitos das estimulações dos nervos Estimulante do SNC Aumento da Excitabilidade Elevação da Pressão Sanguínea

13

14 PSICOSE TÓXICA ALUCINAÇÕES DELÍRIOS CONFUSÕES MENTAIS MEDO,DEPRESSÃO,PARANÓIA DE PERSEGUIÇÃO

15 A ação da anfetamina é estimulante provocando aceleração do funcionamento mental, aumentando a liberação e o tempo de atuação dos neurotransmissores dopamina e noradrenalina no cérebro. Insônia Inapetência Irritabilidade Euforia Fala Acelerada Astenia Executa uma atividade qualquer por mais tempo Derrames Isquemia Overdose Convulsões

16 A nicotina é a substância presente no tabaco que provoca dependência. O cigarro é uma das mais importantes causas potencialmente evitáveis de doenças e morte.

17 Droga mais consumida no mundo, é encontrada em uma grande quantidade de alimentos. a cafeína causa dependência física e psicológica. Efeitos: Aumento da atenção mental, aumento da concentração, melhoria do humor, diminuição da fadiga.

18 Seu princípio ativo é o THC ( tetraidrocanabinol) depressora do SNC. Prejudica a MEMÓRIA RAPIDEZ DE RACIOCINIO CONFUSÃO MENTAL MEDO DESESPERANÇA PERDA DO CONTROLE DE SI MESMO

19  Supermaconha é a espécie da maconha mais difundida no mundo, uma variação genética, produzida em laboratório, é cultivada em estufas com tecnologia hidropônica cresce mais rapidamente. Diminui a concentração, lapsos de memória e de coordenação motora, ansiedade, alucinações, e distúrbios na percepção de tempo e espaço.

20 Os cogumelos são usados há milhares de anos como alucinógenos. O grau de alucinação e de efeito dos cogumelos dependem de várias condições, como sensibilidade e personalidade do indivíduo.

21 São drogas sintéticas, e provocam distorções sérias no funcionamento cerebral. Alterações psíquicas do uso:  Transtornos persistentes da percepção;  Distorção visual;  Alucinações geométricas, de sons e vozes;  Lampejo de cor ;  Rastro de imagens de objetos em movimentos;  Macropsia e Micropsia;  Transtornos do humor;  Transtornos psicótico;  Transtorno de ansiedade (transtorno do pânico e agorafobia);  Ocorrência de sinestesia; *Ação ocorre dentro de 1 hora, atinge seu pico em 2 a 4 horas e dura 8 a 12 horas. *Bad Trip

22 AUMENTO DE CONSUMO PROCESSO DE ADAPTAÇÃO BIOLÓGICA À DROGA Para se obter aqueles efeitos iniciais esperados, o indivíduo tem que consumir quantidades cada vez maiores.

23  Conjunto de medidas utilizadas para impedir ou, pelo menos, reduzir o consumo abusivo, evitando que se estabeleça uma relação destrutiva de um sujeito com uma determinada droga, levando em consideração o seu contexto social, econômico e cultural.

24

25  BARCELLOS, V. H. Drogas - Como Compreender? O Que Fazer?. Disponível em: Acesso em: 26/10/11.  COSTA, A. M. Antidrogas. Disponível em: Acesso em: 26/10/11http://www.antidrogas.com.br/index.php  GELDER, M. G; MAYOU, R.; COWEN, P. Tratado de psiquiatria. 4.ed Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, P  KAPLAN, H. I.; SADOCK, V. A.; SADOCK, B. J. Compêndio de psiquiatria: ciência do comportamento e psiquiatria clínica. 9. ed. Porto Alegre: Artmed P


Carregar ppt "Salvador 2011. Salvador 2011 Estes produtos dão a ILUSÃO de que todos os problemas foram resolvidos. Depressoras Estimulantes Alucinantes."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google