A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PLANO S. Função equipa PTE  Elaboração, coordenação e implementação do Plano Anual de acção para as TIC  Acompanhar e coordenar a implementação dos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PLANO S. Função equipa PTE  Elaboração, coordenação e implementação do Plano Anual de acção para as TIC  Acompanhar e coordenar a implementação dos."— Transcrição da apresentação:

1 PLANO S

2 Função equipa PTE  Elaboração, coordenação e implementação do Plano Anual de acção para as TIC  Acompanhar e coordenar a implementação dos Projectos PTE (Entidades, Escolas do Agrupamento, Departamentos, Projectos e Serviços)  Zelar pelo funcionamento dos equipamentos  Gestão espaços e equipamentos  Promover e apoiar a integração das TIC no ensino, na aprendizagem, na gestão e na segurança  Dinamização e apoio à Integração das TIC Técnica Pedagógica Despacho n.º 700/2009

3 Composição equipa PTE Coordenação Equipa PTE- Maria João Gama Coordenação Técnica PTE – João Carlos Diniz Coordenação Pedagógica PTE – Maria João Gama Andreia Marques Cristina Gama – Formação e apoio à coordenação Helena Mota – Administração do Moodle Margarida Sequeira Despacho n.º 700/2009

4 Plano Agrupamento Página do Agrupamento Biblioteca Digital Escola Moodle Regulamento –Regras e gestão salas TIC Alunos da Escola Projecto Computadores com Histórias para Contar Projecto Contadores de Histórias Projecto Kioske Professores do Agrupamento RELA – Sistema de Requisição das salas e equipamentos Oficinas de formação Apoio à Área de Projecto

5 Página do Agrupamento PAAE - Centro de Recursos - Moodle - / / Pojectos TIC - Biblioteca Digital - RELA- Sistema de requisição de salas e equipamentos TIC - Contadores de Histórias - Segurança na Internet - Centenário da República - Voltar

6 Biblioteca Digital Professores Responsáveis Departamento de Línguas Cristina Lameiro Departamento de Ciências Exactas e Experimentais Teresa Cabral Departamento se História e Ciências Sociais Margarida Sequeira Para se inscrever Margarida Sequeira João Carlos Diniz Voltar

7 Regimento TIC Regimento TIC- Consta do Regulamento do Agrupamento Em cada Sala no plackard há uma versão curta das regras Existem Dossiers com folhas de utilização e reporte de ocorrências Os trabalhos devem ser guardados nos Dados-eps (existe um atalho no ambiente de trabalho) na directoria do respectivo ano e pasta da turma Na sala TIC os alunos entram com o utilizador da turma e gravam na respectiva pasta Voltar

8 Moodle Professores Criar os seus utilizadores Verificar se os materiais foram passados Directores de Turma Recolher mails dos alunos Inscrever alunos das turmas – criar utilizadores alunos Passar à Helena Mota ( Coordenadora DT- 2º Ciclo) a folha com os mails dos alunos para confirmação Voltar

9 Regulamento TIC Em parceria com a Equipa de Ensino Especial Horário – 5ª Feira às 15 horas Professores Maria João Gama João Carlos Diniz Jorge Neves Alunos das Turmas 5ºB, C, E, G H, 6º A, B, D, F e G,7º A e B Objectivos Reconhecer, confrontar e harmonizar diversas linguagens para a comunicação de uma informação, de uma ideia, de uma intenção. Utilizar formas de comunicação diversificadas, adequando linguagens e técnicas aos contextos e às necessidades. Rentabilizar as tecnologias da informação e comunicação as tarefas de construção de conhecimento. Valorizar a realização de actividades intelectuais, artísticas e motoras que envolvam esforço, persistência, iniciativa e criatividade. Identificar, seleccionar e aplicar métodos de trabalho, numa perspectiva crítica e criativa. Voltar

10 Contadores de Histórias Professores Maria João Gama João Carlos Diniz Voltar

11 Kioske Horário às Teresa Cabral Belmira Alegre José Alberto Morais Objectivos Disponibilizar o uso do computador e da Internet para actividades de carácter lúdico, incluindo a navegação pela net, a criação de pessoal, o uso do Messenger e outras formas de comunicação on-line, supervisionando a sua utilização de forma a impedir práticas inconvenientes do uso destas ferramentas tecnológicas; Disponibilizar o uso do computador e do “software” de utilização mais comum, na realização de trabalhos escolares, fornecendo apoio à utilização do referido “software”. Permitir o acesso à Plataforma Moodle e realização das diferentes propostas de actividade nela existentes. Voltar

12 RELA Sistema de Requisição de Salas e Equipamentos TIC Kit portátil – Levantar na Direcção Salas Sala B118 – Portáteis e projecção Voltar

13 Oficinas de Formação Plano de Formação Interna Objectivos Apoiar os professores no desenvolvimento de projectos e construção de materiais Desenvolver competências na utilização das ferramentas TIC Equacionar questões pedagógicas da integração curricular das TIC Prioridade na formação em TIC Certificação TIC Avaliação de Professores Avaliação do Agrupamento Voltar

14 ÁREA DE PROJECTO O que é a Área de Projecto e finalidades? Decreto lei 6/2001 artigo 5º ponto 3 5- “…área de projecto, visando a concepção, realização e avaliação de projectos, através da articulação de saberes de diversas áreas curriculares, em torno de problemas ou temas de pesquisa ou de intervenção, de acordo com as necessidades e os interesses dos alunos;” Visa a concepção, realização e avaliação de projectos, através da articulação de saberes de diversas áreas curriculares, em torno de problemas ou temas de pesquisa ou de intervenção, de acordo com as necessidades e os interesses dos alunos; desenvolver aprendizagens que se concretizem na aquisição de competências de carácter transversal ajudar o aluno a adquirir métodos para organizar os seus trabalhos desenvolver autonomia (o saber fazer sozinho e formas de realizar as suas próprias aprendizagens) trabalhar em grupo. Voltar

15 ÁREA DE PROJECTO Como se avalia? Despacho normativo 30/2001 pontos 5 e As aprendizagens ligadas a componentes do currículo de carácter transversal ou de natureza instrumental, nomeadamente no âmbito da educação para a cidadania, da compreensão e expressão em língua portuguesa ou da utilização das tecnologias de informação e comunicação, constituem objecto de avaliação em todas as áreas curriculares e disciplinas Expressa-se de forma descritiva nas áreas curriculares não disciplinares, conduzindo, também, à atribuição de uma menção qualitativa (não satisfaz. satisfaz, satisfaz bem) no caso da Área de Projecto. Perfis de AvaliaçãoCritérios de avaliação AP Voltar

16 ÁREA DE PROJECTO Como se concretiza? Dividir a turma em grupos heterogéneos com um líder/porta voz Escolher um tema ou encontrar um problema ou necessidade. Distribuir responsabilidades/tarefas/subtemas. O projecto e sua avaliação desenvolvem-se em articulação com o projecto curricular de turma onde estão definidas as competência a desenvolver no âmbito da área de projecto. O aluno será orientado ao longo de todo o processo. O aluno é o “protagonista” actuando o professor como elemento orientador de todo o processo. Voltar

17 ÁREA DE PROJECTO Sugestões Discutir Regulamento TIC Discutir as questões de segurança na Internet ( site com materiais que podem ser explorados na página da escola). Insistir na referenciação das fontes consultadas Estabelecer com os alunos a metodologia de trabalho Optar por formas de apresentação de trabalhos em suporte digital com possibilidade de ser publicadas. Voltar


Carregar ppt "PLANO S. Função equipa PTE  Elaboração, coordenação e implementação do Plano Anual de acção para as TIC  Acompanhar e coordenar a implementação dos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google