A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Prof ª Larissa Nunes.  CONCEITOS GERAIS:  Solução é uma mistura homogênea composta de duas partes.  Solução é uma mistura homogênea composta de duas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Prof ª Larissa Nunes.  CONCEITOS GERAIS:  Solução é uma mistura homogênea composta de duas partes.  Solução é uma mistura homogênea composta de duas."— Transcrição da apresentação:

1 Prof ª Larissa Nunes

2  CONCEITOS GERAIS:  Solução é uma mistura homogênea composta de duas partes.  Solução é uma mistura homogênea composta de duas partes distintas: a) Soluto, que é a substância a ser dissolvida; b) Solvente líquido, no qual o soluto será dissolvido.

3  CONCEITOS GERAIS:  Suspensão é também composta por duas partes, mas difere da solução por ser heterogênea, o que significa que após centrifugação ou repouso, é possível separar os componentes, o que não ocorre na solução.

4  CONCEITOS GERAIS:  A concentração ou resistência de uma mistura é determinada pela quantidade de soluto numa proporção definida de solvente, e poderá ser expressa em porcentagem (%) ou em g/L.

5  CONCEITOS GERAIS:  Como exemplo temos que uma solução de glicose com 5g de glicose (soluto) dissolvida em 100 ml de água (solvente) é uma solução com concentração de 5%. Isso significa que a concentração é obtida pela divisão da massa (g) pelo volume, e é expressa em % ou g/L.

6  CONCEITOS GERAIS:  De acordo com a concentração ou osmolaridade, as soluções podem ser classificadas em: a) isotônica; b) hipertônica; c) hipotônica.

7  CONCEITOS GERAIS:  As concentrações das soluções são comparadas com a concentração de solutos no sangue, sendo portanto, definidas como respectivamente igual, maior ou menor que a do sangue que foi tratado como padrão.

8  CONCEITOS GERAIS:  As soluções glicosadas com concentração de 5% (soro glicosado) são consideradas isotônicas em relação ao sangue, acima desse valor encontraremos soluções hipertônicas, como a solução glicosada a 10%.

9  CONCEITOS GERAIS:  A Solução de cloreto de sódio (NaCl – soro fisiológico) a 0,9% é isotônica. A concentração inferior é considerada hipotônica, e acima deste nível é tomada como hipertônica.

10  CONCEITOS GERAIS:  A concentração das soluções pode ser expressa da seguinte maneira: a) em percentagem: exemplos: 5%, 10%, 20% - significa que, em cada 100 partes de solvente, há respectivamente, 5, 10 e 20 partes de soluto. Ou seja = 5g de glicose em 100 ml de soro.

11  CONCEITOS GERAIS:  Em nosso meio, as soluções para uso parenteral mais comumente encontradas são: a) solução glicosada ou soro glicosado a 5, 10, 20 e 50%; b) solução de NaCl ou soro fisiológico a 0,9%; c) soro cloretado a 20%; d) solução de glicose e cloreto de sódio ou soro glicofisiológico.

12  TRANSFORMANDO SOLUÇÕES:  Nem sempre temos disponível a concentração da solução desejada para satisfazer as necessidades imediatas do paciente. É comum termos o soro glicosado a 5%, e o paciente necessitar, de imediato, de um frasco a 10 ou 15%, não havendo tempo suficiente para solicitarmos do laboratório ou da farmácia (no caso, do nosso Hospital) que o prepare.

13  TRASNFORMAÇÃO DO SORO ISOTÔNICO EM HIPERTÔNICO:  Temos Soro glicosado a 5% e foi prescrito Soro glicosado a 10%:  Em primeiro lugar, teremos que verificar quanto foi prescrito, isto é, quanto contém um frasco a 10%. Encontrando a diferença, procuraremos supri-la, usando ampolas de glicosehipertônica.

14  1º passo:  100ml_______5g 500ml________X X = 500 x 5 = 25g ml de soro glicosado a 5% contém 25g de glicose

15  2º passo:  100ml_____10g 500ml_______X X = 500 x 10 = 50g ml de soro glicosado a 10% contém 50g de glicose.

16  3º passo:  Descobrir a quantidade de soluto que falta no soro que tenho para alcançar a concentração do soro prescrito: 50 – 25 = 25 Temos 25g, e a prescrição foi de 50g, faltam portanto, 25g.

17  4º passo:  Descobrir a concentração de soluto presente nas ampolas da substância que terei que adicionar:  Temos ampolas de glicose de 20ml a 50%. 100ml_____50g 20ml_______X X = 20 x 50 = 10g 100 Logo, cada ampola de 20ml a 50% contém 10g de glicose.

18  5º passo:  Calcular o volume/quantidades de ampolas que terei que adicionar ao soro que tenho para chegar a concentração de soro prescrito: 20ml_____10g X______25g X = 20 x 25 = 50ml 10 Terei que adicionar 50 ml de solução das ampolas ou 2 amploas e meia = 25g de soluto.

19  6º passo:  Então, colocaremos 50ml de glicose a 50%, ou seja, 2 ½ ampolas de 20ml no frasco de 500ml a 5%. Ficaremos com 550ml e 50g de glicose. Teremos, portanto, um soro glicosado a 10%!!!!!!

20  PONTOS RELEVANTES:  Caso eu necessite adicionar um volume de solução da ampola maior que o permitido no meu frasco de soro, é necessário desprezar o soro e atentar para repor a quantidade de soluto perdido ao desprezar. Ou seja, adicionar além do soluto necessário para chegar a concentração mais soluto que foi jogado fora.

21 “Não se preocupe com a distância entre seus sonhos e a realidade, se você pode sonhá-lo, pode realizá-lo”. Desconhecido


Carregar ppt "Prof ª Larissa Nunes.  CONCEITOS GERAIS:  Solução é uma mistura homogênea composta de duas partes.  Solução é uma mistura homogênea composta de duas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google