A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

É sublime amar assim, sem poder se ver. É o amor manifesto com outra expressão. É puro amar assim, sem nada querer. Talvez seja esta uma legítima afeição.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "É sublime amar assim, sem poder se ver. É o amor manifesto com outra expressão. É puro amar assim, sem nada querer. Talvez seja esta uma legítima afeição."— Transcrição da apresentação:

1

2

3 É sublime amar assim, sem poder se ver. É o amor manifesto com outra expressão. É puro amar assim, sem nada querer. Talvez seja esta uma legítima afeição.

4 Não nos pertencemos e no entanto, nos temos. Nada esperamos e se esperamos, sofremos. Mas, lá no cerne do quanto nos queremos, sobrevive a tênue esperança de que ainda nos veremos.

5 São longinquas esperanças, remotos anseios... mas não temos vivido destes devaneios? Quando o amor é grande a gente não esquece.

6 Os ânimos se altercam, a chama arrefece, parece que vai morrer e de repente aquece. É que o“coração tem razões, que a própria razão desconhece”

7 Formatação: Tânia Gimol Autora: Fátima Irene Pinto Do Livro:“Murmúrios da Alma” http://www.fatimairene.prosaeverso.net Imagem: Pessoal Música: Eduardo Lages > Love Me Tender


Carregar ppt "É sublime amar assim, sem poder se ver. É o amor manifesto com outra expressão. É puro amar assim, sem nada querer. Talvez seja esta uma legítima afeição."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google