A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Programa de Prevenção ao Alcoolismo. Alcoolismo = doença O alcoolismo é doença reconhecida formalmente pela Organização Mundial de Saúde (OMS). É uma.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Programa de Prevenção ao Alcoolismo. Alcoolismo = doença O alcoolismo é doença reconhecida formalmente pela Organização Mundial de Saúde (OMS). É uma."— Transcrição da apresentação:

1 Programa de Prevenção ao Alcoolismo

2 Alcoolismo = doença O alcoolismo é doença reconhecida formalmente pela Organização Mundial de Saúde (OMS). É uma enfermidade progressiva, incurável e fatal, que consta no Código Internacional de Doenças, caracterizada pelo consumo compulsivo de álcool, na qual o usuário se torna progressivamente tolerante à intoxicação produzida pela droga e desenvolve sinais e sintomas de abstinência, quando a mesma é retirada. São fases evolutivas da doença: adaptação (primeiras ingestões com sensação de bem estar), tolerância (aumento gradual da quantidade consumida e adaptação do sistema nervoso central à droga) e síndrome da abstinência (dependência física e emocional). O uso indiscriminado do álcool causa vários problemas clínicos, podendo afetar os sistemas nervoso, gastrintestinal e cardiovascular, e provocar queda nos desempenhos profissional e sexual e câncer.

3 Segundo pesquisa do CEBRID (Centro Brasileiro de Informações sobre Drogas) cerca de 11,2% da população é dependente de álcool, havendo certa predominância entre o sexo masculino. No Estado de São Paulo, 6,6% de seus habitantes entre 12 e 65 anos são alcoólatras. Segundo a ABEAD (Associação Brasileira de Álcool e Drogas), o alcoolismo é o terceiro maior motivo para as faltas ao trabalho do brasileiro. A doença é a oitava causa de concessões de auxílio doença e é responsável por 80% das internações psiquiátricas. Sendo uma doença, atualmente o alcoolismo não mais dá margem à despedida por justa causa, devendo o empregado ser afastado para tratamento médico. A prevenção é a grande chave para a diminuição desses números lamentáveis, podendo inclusive representar ganho financeiro ao empresário, que poderá contar com o comprometimento de seus colaboradores. Alcoolismo no Brasil

4 A Legislação Brasileira estabelece a responsabilidade da empresa em promover a segurança do colaborador no ambiente de trabalho, prevenindo riscos profissionais e promovendo sua saúde com um conjunto de medidas visando minimizar acidentes de trabalho, doenças ocupacionais, bem como proteger sua integridade e a capacidade de trabalho. O desempenho profissional do dependente é uma das áreas mais afetadas pelo alcoolismo, pois a doença acarreta várias mudanças de comportamento, como chegar atrasado ao trabalho ou sair mais cedo para beber; ingerir bebida alcoólica durante o expediente; não conseguir concluir tarefas; produzir menos e, até mesmo, colocar em risco sua vida e a de colegas ao provocar acidentes de trabalho. Assim sendo, as empresas são as melhores parceiras na promoção da prevenção do alcoolismo junto a seus colaboradores e no meio social em que eles estão inseridos. Prevenção no ambiente de trabalho

5 Segundo especialistas, a compreensão de que a dependência química é uma doença, e não um desvio de comportamento, é fundamental para estimular os investimentos na recuperação dos dependentes e na prevenção do problema. Programas de prevenção e recuperação de dependentes contribuem para a redução de até 91% das faltas, 88% dos problemas disciplinares e 97% dos casos de acidentes de trabalho. Dados do Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID mostram que, para cada dólar investido pelas empresas em tratamento a dependentes químicos, existe um ganho de US$ 3.

6 Parceria Instituto Souza Novaes  Fundado em 1991, no município de Campinas/SP, o ISN é uma entidade de utilidade pública federal sem fins lucrativos, devidamente registrada nos Conselho Municipal de Assistência Social e Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, reconhecida como líder na prevenção e recuperação de dependência química, que tem como objetivos principais: capacitar, treinar e formar pessoas para atuarem como multiplicadores em empresas, escolas, comunidades e equipamentos públicos; realizar programas de educação e prevenção ao uso abusivo de substâncias psicoativas; tratar e recuperar pessoas de ambos os sexos usuárias de álcool ou drogas.  Empresas parceiras: 3M do Brasil, American Airlines, Ashland, Banco Itaú, CBA/Grupo Votorantim, Dpaschoal, FEAC, GE-Dako, Motorola, Prefeitura Municipal de Campinas, Rigesa, Royal Palm Plaza Hotel, etc.

7 O alcoolismo, enquanto doença, é caracterizado pelo descontrole sobre o consumo de álcool, que se reflete negativamente no relacionamento social e familiar, afeta o desempenho profissional e conduz à degradação das condições econômicas do indivíduo, com consequências para todos aqueles que o rodeiam. A dependência química do álcool afeta o desempenho profissional da pessoa dependente, o que pode acarretar sérios problemas para sua empregadora. Por isso, é extremamente importante promover a sensibilização das pessoas, tanto dos colaboradores da empresa patrocinadora quanto da comunidade em geral, sobre às conseqüências do uso abusivo de álcool, evitando que eles desenvolvam a doença. Conclusões

8 Prevenir o uso abusivo de substâncias psicoativas, especialmente o álcool, pela população do município aonde o Programa será implantado. Objetivo Geral do Programa

9 Objetivo Específico do Programa Capacitar a população da cidade alvo do Programa a identificar, dentro e fora do ambiente de trabalho, casos de uso/abuso de substâncias psicoativas (álcool e drogas), bem como instruí-los a respeito da forma mais adequada de lidar com a doença, própria ou de terceiro.

10 Programa de Prevenção ao Alcoolismo O Programa é dividido em 2 fases independentes: Fase I: oficinas destinadas aos colaboradores da empresa patrocinadora Fase II: oficinas destinadas às famílias dos colaboradores da patrocinadora e à comunidade local

11 Programa de Prevenção ao Alcoolismo Fase I Na fase I, o Programa será dividido em 3 etapas, a fim de otimizar o trabalho e viabilizar sua implantação: Na etapa I, serão levantados os dados acerca do público alvo, bem como serão elaborados o cronograma das oficinas e os instrumentos de avaliação e monitoramento do Programa. A etapa II consistirá na realização das oficinas, ministradas pelos profissionais do ISN (conselheiros, médicos psiquiatras, psicólogos e assistentes sociais), e no monitoramento do Programa, para cumprimento do cronograma e alcance dos resultados previstos. Na etapa III, haverá a avaliação dos resultados do Programa, com entrega de relatório detalhado à empresa patrocinadora.

12 Programa de Prevenção ao Alcoolismo Fase II Estender o Programa às famílias dos colaboradores da empresa patrocinadora e à comunidade local, replicando as etapas descritas na fase I.


Carregar ppt "Programa de Prevenção ao Alcoolismo. Alcoolismo = doença O alcoolismo é doença reconhecida formalmente pela Organização Mundial de Saúde (OMS). É uma."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google