A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

AS FUNÇÕES MENTAIS SUPERIORES PROGRAMA DO LIVRO TEXTO (PLT) Psicologia Jurídica FIORELLI, J.O & MANGINI, R..C. R. SENSAÇÃO E PERCEPÇÃO, p.11 SENSAÇÃO E.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "AS FUNÇÕES MENTAIS SUPERIORES PROGRAMA DO LIVRO TEXTO (PLT) Psicologia Jurídica FIORELLI, J.O & MANGINI, R..C. R. SENSAÇÃO E PERCEPÇÃO, p.11 SENSAÇÃO E."— Transcrição da apresentação:

1 AS FUNÇÕES MENTAIS SUPERIORES PROGRAMA DO LIVRO TEXTO (PLT) Psicologia Jurídica FIORELLI, J.O & MANGINI, R..C. R. SENSAÇÃO E PERCEPÇÃO, p.11 SENSAÇÃO E PERCEPÇÃO, p.11 FATORES QUE AFETAM A PERCEPÇÃO, p.12 FATORES QUE AFETAM A PERCEPÇÃO, p.12

2

3 “Para explicar as formas mais complexas da vida consciente do homem é imprescindível sair dos limites do organismo, buscar as origens desta vida consciente e do comportamento ‘categorial’, não nas profundidades do cérebro ou da alma, mas sim nas condições extremas da vida e, em primeiro lugar, da vida social, nas formas histórico-sociais da existência do homem.” L. S. VYGOTSKY L. S. VYGOTSKY

4 As funções mentais superiores (a síndrome de Pirandello) “As verdadeiras paisagens são as que nós mesmos criamos” Fernando Pessoa (2006,p.156 ) CORPO, CEREBRO E MENTE, p.11 A psicologia trabalha com a realidade psíquica, elaborada pelo indivíduo a partir dos conteúdos armazenados na mente. Portanto, antes de apresentar as principais teorias em psicologia, convém desenhar um panorama sintético dos elementos de que dispõe a mente para construir a sua realidade CORPO, CEREBRO E MENTE, p.11 A psicologia trabalha com a realidade psíquica, elaborada pelo indivíduo a partir dos conteúdos armazenados na mente. Portanto, antes de apresentar as principais teorias em psicologia, convém desenhar um panorama sintético dos elementos de que dispõe a mente para construir a sua realidade.... 4

5 António Damásio, chefe do departamento de neurologia da Universidade do Iowa, sintetiza a complexidade da investigação psicológica, quando afirma que “às vezes, usamos nossa mente não para descobrir fatos, mas para encobri-los.... Ainda que nem sempre de maneira intencional” (DAMÁSIO, 2000,p.49) António Damásio, chefe do departamento de neurologia da Universidade do Iowa, sintetiza a complexidade da investigação psicológica, quando afirma que “às vezes, usamos nossa mente não para descobrir fatos, mas para encobri-los.... Ainda que nem sempre de maneira intencional” (DAMÁSIO, 2000,p.49)5

6 Essas dificuldades torna o trabalho psicológico enriquecedor e deslumbrante. As técnicas de psicologia contribuem para que as pessoas identifiquem elementos desconhecidos por elas, que impulsionavam em direção a comportamentos indesejados, a incertezas e a angústias. Suas iniciativas de transformação bem- sucedidas constituem depoimentos da importância de se continuar a aperfeiçoar essa ciência, em franco desenvolvimento. 6 Essas dificuldades torna o trabalho psicológico enriquecedor e deslumbrante. As técnicas de psicologia contribuem para que as pessoas identifiquem elementos desconhecidos por elas, que impulsionavam em direção a comportamentos indesejados, a incertezas e a angústias. Suas iniciativas de transformação bem- sucedidas constituem depoimentos da importância de se continuar a aperfeiçoar essa ciência, em franco desenvolvimento. 6 p19 p19 MEMÓRIA, p.21. MEMÓRIA, p.21.

7 No capítulo, p.8 (PLT) se estabelece, pois como ponto de partida, uma visão sistêmica dos fenômenos mentais que concorrem para formar as imagens das quais o cérebro se vale para compor os conteúdos com os com quais o psiquismo trabalha. Inicia-se a ligação com o real do direito por meio de três casos, que retratam situações semelhantes a milhares de outras que ocorrem continuamente. 7

8 Por meio delas, o leitor poderá estabelecer um vínculo entre os comportamentos dos envolvidos nos conflitos nos relatados e o funcionamento dos mecanismos mentais no registro e interpretação dos estímulos que impressionam o cérebro e dão origem à realidade psíquica. 8 Por meio delas, o leitor poderá estabelecer um vínculo entre os comportamentos dos envolvidos nos conflitos nos relatados e o funcionamento dos mecanismos mentais no registro e interpretação dos estímulos que impressionam o cérebro e dão origem à realidade psíquica. 8

9 FENÔMENOS DA PERCEPÇÃO, p16 FENÔMENOS DA PERCEPÇÃO, p16 Dois fenômenos da percepção a seguir descrito têm especial interesse para a psicologia jurídica: a relação figura-e-fundo e a ilusão. Outros fenômenos encontram-se descrito em detalhe em Fiorelli (2006,p.62-67). Todos eles recebem notável influencia do aprendizado e do uso de substancias psicoativas.9 Dois fenômenos da percepção a seguir descrito têm especial interesse para a psicologia jurídica: a relação figura-e-fundo e a ilusão. Outros fenômenos encontram-se descrito em detalhe em Fiorelli (2006,p.62-67). Todos eles recebem notável influencia do aprendizado e do uso de substancias psicoativas.9

10 1.1 CORPO, CÉREBRO E MENTE Sem corpo não há mente, ensina Damásio(2004,p.226), contrariano Descarte (penso,logo,existo). Para a Ciência, e a psicologia, em particular, reconhecer que o humano constitui uma entidade total que inclui o corpo e a mente, na qual “o cérebro é a audiência cativa do corpo” Sem corpo não há mente, ensina Damásio(2004,p.226), contrariano Descarte (penso,logo,existo). Para a Ciência, e a psicologia, em particular, reconhecer que o humano constitui uma entidade total que inclui o corpo e a mente, na qual “o cérebro é a audiência cativa do corpo” ( DAMÀSIO,2000,p.196) estimula reflexões conceituais e metodológicas de grande significado para o entendimento dos mecanismo que comandam o comportamento. 10

11 O cérebro é o palco das funções mentais superiores; o que a mente comanda não ultrapassa os limites de funcionamento das estruturas cerebrais e as possibilidades dessas funções, por meio do processamento do que ali se encontra armazenamento. 11

12 As funções mentais superiores (separadas apenas por motivos didáticos, porque constituem um todo integrado) constituem uma espécie de programação por meio da qual os indivíduos desenvolvem imagens mentais de si mesmo e do mundo que os rodeia, interpretam os estímulos que recebem, elaboram a realidade psíquica e emitem comportamentos. Aqui, são apresentadas a percepção, a memória, o pensamento, a linguagem e a emoção, esta, o pensamento, a linguagem e a emoção, esta, o maestro na orquestração dos comportamentos. 12

13 ORGANIZAÇÃO PERPECTIVA DE FIGURA- E-FUNDO. ORGANIZAÇÃO PERPECTIVA DE FIGURA- E-FUNDO. A relação figura-e –fundo constitui uma tendência organizadora fundamental, comum a toda percepção. Ela possibilita, em qualquer conjunto de estímulo, eleger uma porção mais definida e organizada - afigura – com um coadjuvante. O cérebro sempre dá prioridade ao que ocupa o lugar de figura. 13 A relação figura-e –fundo constitui uma tendência organizadora fundamental, comum a toda percepção. Ela possibilita, em qualquer conjunto de estímulo, eleger uma porção mais definida e organizada - afigura – com um coadjuvante. O cérebro sempre dá prioridade ao que ocupa o lugar de figura. 13

14

15

16

17

18

19 O CONFLITO E AS PERCEPÇÕES, p.18 O CONFLITO E AS PERCEPÇÕES, p.18 Nos conflitos, existem diferenças fundamentais de percepção entre os litigantes (relativo a litígio Dicionário Aurélio). A figura de um pode ocultar-se no fundo percebido pelo outro ou, menos, existem diferenças marcantes de percepção a respeito do que seja a figura principal em uma demanda. Esse fenômeno aplica-se aos que conflitam e às eventuais testemunhas. (Fiorelli, Fiorelli e Malhadas 2006,p e 111 – 115) estudam essa questão em profundidade. 19

20 TENÇÃO, p19 TENÇÃO, p19 A cada momento inúmeros estímulos chegam ao cérebro. A atenção possibilita selecionar alguns e descartar os restantes, por meio de células cerebrais especializadas, denominadas detectores de padrão (HUFFMAN; VERNOY; VERNOY,2003,p.125)

21 Diversos fatores influenciam a atenção seletiva, como a emoção, a experiência, os interesses do individuo, as necessidades do momento etc. Tudo o que modifica a situação chama a atenção: um som mais alto, um movimento diferente, um brilho invulgar etc. Diversos fatores influenciam a atenção seletiva, como a emoção, a experiência, os interesses do individuo, as necessidades do momento etc. Tudo o que modifica a situação chama a atenção: um som mais alto, um movimento diferente, um brilho invulgar etc.

22 MEMÓRIA, p.21 A memória “ a faculdade de reproduzir conteúdos inconscientes” ( JUNG, 1991,p.18), é desencadeada por sinais, informações recebidas pelo sentidos, que despertam a atenção. Se esta não acontecer, a informação não ativa a memória. 22 MEMÓRIA, p.21 A memória “ a faculdade de reproduzir conteúdos inconscientes” ( JUNG, 1991,p.18), é desencadeada por sinais, informações recebidas pelo sentidos, que despertam a atenção. Se esta não acontecer, a informação não ativa a memória. 22


Carregar ppt "AS FUNÇÕES MENTAIS SUPERIORES PROGRAMA DO LIVRO TEXTO (PLT) Psicologia Jurídica FIORELLI, J.O & MANGINI, R..C. R. SENSAÇÃO E PERCEPÇÃO, p.11 SENSAÇÃO E."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google