A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

POTENCIALIDADES ECONÓMICAS, OPORTUNIDADES E DESAFIOS DA PROVÍNCIA

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "POTENCIALIDADES ECONÓMICAS, OPORTUNIDADES E DESAFIOS DA PROVÍNCIA"— Transcrição da apresentação:

1 POTENCIALIDADES ECONÓMICAS, OPORTUNIDADES E DESAFIOS DA PROVÍNCIA
República de Moçambique Governo da Província de Nampula POTENCIALIDADES ECONÓMICAS, OPORTUNIDADES E DESAFIOS DA PROVÍNCIA Angoche Eráti Lalaua Malema Meconta Mecuburi Memba Mogincual Mogovolas Moma Monapo Muecate Murrupula Nacala-Porto Nacala-A-Velha - Nacarôa Ribáuè Mossuril Ilha Moç. 1 1

2 I. NAMPULA-DIVISÃO ADMINISTRATIVA
21 Distritos; 7 Municípios (Nampula, Nacala, Angoche, Monapo, Ilha de Moçambique, Ribáuè e Malema); Território: km2 (cerca de 10,2% do território nacional); habitantes, dos quais mulheres (Censo 2007) estimativa actual é de hab; 80% da população é rural; 10,9% de crescimento médio global nos últimos 2 anos.

3 II. POSIÇÃO ESTRATÉGICA DE NAMPULA
Rotas de petróleos e seus derivados; Rotas de minérios incluindo o carvão; Rotas de mercadorias manufacturadas diversas. 3

4 II. POSIÇÃO ESTRATÉGICA DE NAMPULA
Rotas de produtos agrícolas industrializados; Rotas de insumos agrícolas (sementes, adubos, pesticidas e outros); Rotas de citrinos, banana e outras frutas; Rotas de oleaginosas. 4

5 III. REGIÕES AGRO-ECONÓMICAS
Chuvas moderadas, entre e mm. Solos são produtivos Mandioca, O milho, os feijões e nalguns casos a mapira e o arroz, Algodão. Precipitação entre e mm Solos produtivos Milho, mapira, feijões, hortícolas tabaco, algodão Memba Memba Erati Lalaua Mecuburi Nacaroa Nac. Porto Nac. Velha Muecate Malema Monapo Mossuril Ribaue Npl-Rapale Ilha Moc. Murrupula Meconta Inundações e ciclones Precipitação moderada entre 900 a mm Solos produtivos Mandioca, arroz, amendoim, feijões, castanha de cajú e copra Mogincual Chuvas erráticas e irregulares Solos arenosos a franco arenosos Estiagens e ciclones Mandioca, feijões Mapira Mogovolas Angoche Moma 5

6 IV. POTENCIALIDADES DA PROVÍNCIA
Agricultura ha, de terras aráveis. Clima: Variação média anual de 22 a 26º C Cultiva-se milho, castanha de caju, mandioca, algodão, feijões, amendoim, gergelim, banana, manga, batata-reno, soja. Soja

7 IV. POTENCIALIDADES DA PROVÍNCIA
Recursos Hídricos e Marinhos Rios, Barragens; Pesca. Minerais Pedras preciosas e semi-preciosas, ouro, calcário, fosfatos, ferro, areais pesadas. Corredor do Norte e Zona Económica Especial de Nacala

8 IV. POTENCIALIDADES DA PROVÍNCIA
7 Instituições de Ensino Superior Universidade Pedagógica – UP Universidade Católica de Moçambique – UCM; Universidade Mussa Bim Bique; Universidade Lúrio – Unilúrio; Universidade Politécnica – Apolitécnica; Academia Militar Samora Machel; Instituto Superior de Ciência e Gestão, em Nacala-Porto. 8

9 V. BENEFÍCIOS FISCAIS Regime Migratório especial, extensivo ao cônjuge e filhos menores dos investidores. Regime Fiscal e aduaneiro favorável que permite a importação isenta do pagamento de direitos desde que seja para utilização dentro da ZEE de Nacala. Regime laboral mais flexível, particularmente no que diz respeito a contratação de mão de obra estrangeira. 9

10 VI. INFRA-ESTRUTURAS DE SUPORTE
LINHA-FÉRREA O esteio para o desenvolvimento desta zona, é o Corredor de Desenvolvimento do Norte, que compreende a linha ferroviária e estradas conexas. Faz a ligação entre Nacala/porto oceânico e o Malawi, numa extensão de 533Km. 10

11 VI. INFRA-ESTRUTURAS DE SUPORTE
PORTO DE NACALA Porto com águas mais profundas na Costa Oriental de África; Serve como polo de desenvolvimento de toda a Região Norte de Moçambique e alguns Países do Interland (Malawi, Zâmbia e Zimbabwe). 11

12 VI. INFRA-ESTRUTURAS DE SUPORTE
AEROPORTOS Nacala Transformação em curso do actual aeroporto militar em aeroporto Civil e internacional que irá permitir a: Redução da distância e o tempo para Europa e Ásia; Interligação entre as cidades de Quelimane, Lichinga e Pemba; Acesso a Malawi, Zâmbia, Tanzânia e África Central. Nampula Aeroporto internacional – ligações a Johanesburg/RSA, Dar-es-Salam e Nairobi; Ligações internas às principais Províncias do norte, centro e sul; 12

13 VII. PROJECTOS ESTRUTURANTES EM CURSO PARA VIABILIZAÇÃO DE PROJECTOS
Reabilitação e alargamento da estrada N1 nos troços Rio Ligonha-Nampula (102 Km) e Namialo-Rio Lúrio (148 Km). Asfaltagem da Estrada N 13 no troço Nampula-Cuamba (350 km). Reabilitação e expansão da capacidade da barragem de Nacala. Reabilitação e expansão do sistemas de abastecimento água à cidade de Nampula. 13

14 VIII. PROJECTOS EM FUNCIONAMENTO
Projecto de areias Pesadas de Moma pela empresa Kenmare que iniciou suas actividades em 2006. Fábricas de Produção de Cervejas e de Refrescos na cidade de Nampula pelas empresas Cervejas de Moçambique (CDM) e Coca-Cola, respectivamente. Projecto de produção de banana em moldes comerciais pela empresa Matanuskha Lda. em Monapo, numa área total de ha, tendo plantado ha e iniciado exportações nos finais de 2009. Projecto de produção de banana pela empresa Jacaranda em Eráti numa área de ha, tendo plantado 50 ha e iniciado com as exportações em meados de 2012. 14

15 VIII. PROJECTOS EM FUNCIONAMENTO
Projecto de produção de minério de ferro (magnetite) pela empresa Damodar Ferro em Lalaua, desde 2011. Produção de processamento de mandioca como matéria prima para produção de cerveja, através da maquineta móvel em Ribáuè e Murrupula. Projecto de pesquisa de hidrocarbonetos em Memba pela Petronas. Projectos turísticos de 12 chalés em Nuarro-Memba e 9 chalés no Coral Lodge em Mossuril. Projectos de produção de frangos e ovos pelas empresas Novos Horizontes, Eggs for Africa e Gett Lda. Projectos hoteleiros de: construção de 2 hotéis e reabilitação de 2 hotéis na cidade de Nampula. 15

16 VIII. PROJECTOS EM FUNCIONAMENTO
Bakhresa: Processamento de farinha de trigo com capacidade de 250 ton/dia. Afromoagem Lda.: Processamento de farinha de milho com capacidade de 96 ton/dia. Processadora de mandioca para a produção de pão/IIAM. Processadora de mandioca para a produção de cerveja/Cervejas de Moçambique. 16

17 IX. PROJECTOS EM IMPLANTAÇÃO
Projecto de reflorestamento, pela empresa Lúrio Green Resources, numa área total de ha, dos quais 30% serão explorados pelas comunidades locais, tendo sido plantados acima de ha. Projecto de exploração de mina para produção de areias pesadas de Sangage-Angoche. Projecto de Fosfatos de Evate em Monapo para exploração de fosfatos e produção de fertilizantes, que abrange o Distrito de Nacala-a-Velha pela empresa VALE. Projecto turístico de construção de 26 lodges de 5 estrelas nas Ilhas Caldeira e Nejovo em Larde, Distrito de Moma 17

18 IX. PROJECTOS EM IMPLANTAÇÃO
Reabilitação da linha férrea ligando Malawi-Cuamba-Nacala incluindo construção de ramal para Nacala-a-Velha pela empresa VALE. Construção de terminal de carvão mineral de Moatize e importação de derivados para a produção de fertilizantes em Nacala-a-Velha pela empresa VALE. Projecto expansão do Porto de Nacala. Projecto de Desenvolvimento da Agricultura das Savanas Tropicais em Moçambique em parceria com o Japão e Brasil. 18

19 X. DESAFIOS Aumento da disponibilidade de água para consumo humano e agricultura e expansão de energia eléctrica para viabilização dos projectos; Capacitação institucional ao Governo para melhorar o mecanismo de ligação entre as grandes empresas e as micro e pequenas empresas; Formação do capital humano de qualidade (áreas técnico-profissionais) para fazer face a demanda dos grandes projectos; Capacitação e assistência técnica das micro e pequenas empresas para produção competitiva; Financiamento em equipamentos (maquicentros e tecnocentros) no sector produtivo, nomeadamente: agricultura, avicultura, pescas, turismo e construção civil). 19

20 “Nampula, potenciando o distrito para produzir riqueza”
20 Muito Obrigado 20


Carregar ppt "POTENCIALIDADES ECONÓMICAS, OPORTUNIDADES E DESAFIOS DA PROVÍNCIA"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google