A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A Inteligência Colaborativa como Ferramenta para Gestão de Redes e Análise de Patentes em Dengue: um estudo de caso aplicado à saúde pública Dr. Jorge.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A Inteligência Colaborativa como Ferramenta para Gestão de Redes e Análise de Patentes em Dengue: um estudo de caso aplicado à saúde pública Dr. Jorge."— Transcrição da apresentação:

1 A Inteligência Colaborativa como Ferramenta para Gestão de Redes e Análise de Patentes em Dengue: um estudo de caso aplicado à saúde pública Dr. Jorge Magalhães Pesquisador em Saúde Pública. FIOCRUZ, RJ Pós-doc Aix-Marseille Université jorgemagalhaes@fiocruz.br Dr. Luc Quoniam Professeur des Universités, France Aix-Marseille Université mail@quoniam.info

2 Mapa de alerta da saúde global em Dengue – cenário em dezembro/2012 Fonte: (HealthMap | Global Health, Local Knowledge, 2013)

3 Cenário da Dengue no mundo Fonte: WHO | Control of Neglected Tropical Diseases, 2013.

4 Número de papers em Dengue na base PubMed Fonte: “Home - PubMed - NCBI”, 2013

5 Mapa mundial de localização das instituições dos cientistas em Dengue nos últimos 40 anos Fonte: “Home - PubMed - NCBI”, 2013

6 Números de publicações em Dengue Vs Anos Vs Países Vs Cidades Fonte: “Home - PubMed - NCBI”, 2013

7 Distribuição de patentes depositadas por países Fonte: Wipo

8 Número de patentes em Dengue por ano de depósito e quantidade por empresa Fonte: Wipo

9 Considerações finais Mais de 1/3 da população mundial não possui condições de adquirir medicamentos essenciais para tratar suas doenças e em situação pior para as DN, pois os remédios são muito antigos e tóxicos. Esse fato se agrava em populações negligenciadas onde as doenças de alto impacto (câncer, diabetes etc.), quando associadas, eternizam a condição de pobreza dessas pessoas. Algumas bases de dados aderiram à democratização da web com o acesso aberto e liberação de indicadores que podem ser usados para auxiliar na gestão de problemas de doenças que não são do interesse dos laboratórios farmacêuticos mundiais.

10 Considerações finais O uso da Web 2.0 para analisar a pesquisa em prospecção tecnológica em Dengue demonstrou-se efetiva, podendo- se visualizar o crescimento científico e tecnológico na área em questão, o número de patentes e seus respectivos detentores, bem como local de proteção e os desenvolvimentos de países na ciência e tecnologia. O mapeamento de autores ou localização das parcerias permite um melhor planejamento da P,D&I para a captação do conhecimento pelas empresas e instituições. Assim, é possível analisar cada cientista, seu desempenho e suas linhas de pesquisa.

11 Considerações finais Países desenvolvidos aparecem no ranking das pesquisas em DN. Contudo, evidencia-se a prevalência de problemas em nações menos desenvolvidas e em desenvolvimento, as quais não se destacam em P,D&I, onde a Web 2.0 poderia auxiliar na democratização de indicadores, favorecendo assim a pesquisa na área para esses países. Países pioneiros em pesquisa são os que mais depositam patentes na área (USA) seguido pelo BRIC (Brazil, Russia, India and China).

12 mail@quoniam.info jorgemagalhaes@fiocruz.br Obrigado atenção!


Carregar ppt "A Inteligência Colaborativa como Ferramenta para Gestão de Redes e Análise de Patentes em Dengue: um estudo de caso aplicado à saúde pública Dr. Jorge."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google