A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Descrição Descrição n.f. 1. Ato ou efeito de descrever. 2. LP Momento de pausa numa narração. 3. LP Passagem de um texto onde se faz esse momento de pausa.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Descrição Descrição n.f. 1. Ato ou efeito de descrever. 2. LP Momento de pausa numa narração. 3. LP Passagem de um texto onde se faz esse momento de pausa."— Transcrição da apresentação:

1 Descrição Descrição n.f. 1. Ato ou efeito de descrever. 2. LP Momento de pausa numa narração. 3. LP Passagem de um texto onde se faz esse momento de pausa. Dicionário Escolar 2.º Ciclo de Português, Texto

2 Descrição Regista os principais aspetos que encontramos numa descrição: Apresentação do objeto, pessoa ou espaço a serem descritos; Utilização de recursos retóricos, tais como: adjetivação;  comparação;  metáfora;  (…) Uso dos tempos do presente e do pretérito imperfeito; Emprego de verbos de estado (ser, ficar, estar,...); Utilização de uma linguagem adequada ao público a que se dirige; Referência a emoções ou lembranças provocadas pelo objeto, pessoa ou espaço descrito.

3 Exemplo de um excerto de uma descrição No Inverno, se a neve andava no ar, Joe, o cão de pêlo cor de mel, despertava-nos com lastimosos latidos. O pobre animal afligia-se com a neve, não por causa do frio  na garagem o seu ninho era agasalhado, forrado de cobertores , mas, segundo parece, por causa do ruído monótono e triste dos flocos de gelo a tombar no pátio de lousa. Sally, que tinha dez anos, era, sem dúvida, uma menina corajosa. Nunca a ouvi falar em medo. Pelo contrário, gostava de percorrer comigo o jardim à noite, à procura de grilos, na Primavera. E saía, antes de mim, para o pátio, no pino do Inverno, para acalmar o cachorro Joe nas suas crises nocturnas de terror. Da cidade vinham todos os dias professores para dar a Sarah lições em casa. A minha amiguinha tinha uma doença nas pernas que a obrigava a caminhar de canadianas, e não a deixava ir à escola como as outras meninas. (…) O seu riso ecoava pelas salas e pelos jardins e, como os desportos lhe eram difíceis, devido à doença, distraía-se com jogos de mesa, com livros, a ouvir música, a conversar comigo.” Maria Ondina Braga, O Jantar Chinês e outros contos, Obra recomendada pelo Plano Nacional de Leitura (texto com supressões) Uso da adjetivação Comparação Utilização do pretérito imperfeito Lembranças provocadas no narrador Verbo de estado

4 Ficha de verificação Planificação ObjetivosSelecionei um objeto, personagem ou espaço a ser descrito. ConteúdosRecolhi as características, organizando-as. OrganizaçãoOrganizei as características, tendo em conta quem vai ler o texto. Textualização Articulação das diversas partes Os elementos da descrição fazem sentido. VocabulárioSelecionei vocabulário adequado à descrição. Organização do texto Organizei o texto em frases, períodos e parágrafos. Utilizei os conetores adequados. Utilizei a pontuação e os sinais auxiliares de escrita de forma adequada. Estrutura compositiva e formato adequado Recorri ao uso do presente e do pretérito imperfeito; utilizei verbos de estado. Recorri à utilização de recursos retóricos. Acordo ortográfico Utilizei um dicionário, quando tinha dúvidas sobre a ortografia de uma palavra. Revisão e reformulação Revisão de texto Revi os aspetos gráficos, ortográficos e de pontuação. Reorganizei e reescrevi partes do texto. Verifiquei se os elementos descritos faziam sentido.


Carregar ppt "Descrição Descrição n.f. 1. Ato ou efeito de descrever. 2. LP Momento de pausa numa narração. 3. LP Passagem de um texto onde se faz esse momento de pausa."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google