A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Aula – 23/10/12 – Redes de Computadores e Telecom 1.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Aula – 23/10/12 – Redes de Computadores e Telecom 1."— Transcrição da apresentação:

1 Aula – 23/10/12 – Redes de Computadores e Telecom 1

2 Exercícios ( ) 1- O que são os Serviços de Radiodifusão? 2- Quais são os Tipos de Serviço de Radiodifusão? 3- O que é cabeamento estruturado? 4- Quais são as características de uma Rede Estruturada? 5- Quais as principais vantagens oferecidas por um Cabeamento Estruturado? 6- Porque devemos usar um Cabeamento Estruturado?. 7- Cite as Organizações que desenvolveram normas para a padronização do Cabeamento Estruturado. 8- Quais são as normas mais comuns desenvolvidas? 2

3 Modelo de Referência-OSI Quando as redes de computadores surgiram, as soluções eram, namaioria das vezes, proprietárias, isto é uma determinada tecnologia só era suportada por seu fabricante. Não havia a possibilidade de se misturar soluções de fabricantes diferentes. Dessa forma um mesmo fabricante era responsável por construir praticamente tudo na rede. Para facilitar a interconexão de sistemas de computadores a ISO (International Standards Organization) desenvolveu um modelo de referência chamado OSI (Open Systems Interconnection), para que os fabricantes pudessem criar protocolos a partir desse modelo. Este modelo é dividido em camadas hierárquicas onde cada camada usa as funções da própria camada ou da camada anterior. Ao passar por cada uma dessas camadas são acopladas aos pacotes de dados informações de endereçamento, para que os pacotes de dados cheguem a seu destinatário com segurança. 3

4 Modelo de Referência-OSI 4

5 5

6 1- Camada Física Sua função é lidar com a transmissão pura de bits, níveis de tensão, duração de um bit, taxa de transmissão, comprimento máximo, construção dos conectores É responsável da transferência de bits num circuito de comunicação. Os dispositivos que operam nesta camada incluem: placas de rede, hubs, repetidores. Para isto, as questões a serem resolvidas neste nível são do tipo: Os modos de representação dos bits 0 e 1 de maneira a evitar ambigüidades ou confusões (valor da tensão em volts para a representação dos valores 0 e 1 dos bits, duração de cada sinal representando um bit, a codificação dos sinais, etc...); Os tipos de conectores a serem utilizados nas ligações (número de pinos utilizado, as funções associadas a cada pino,...); Modo de transmissão adotado (unidirecional, bidirecional,...); Modo de conexão adotado (ponto-a-ponto, multiponto,...); Modo de tratamento dos erros (detecção, tratamento, etc...). 6

7 1- Camada Física Os equipamentos, protocolos e dispositivos utilizados nesta camada são: Modem - É um dispositivo eletrônico que modula um sinal digital numa onda analógica, pronta a ser transmitida pela linha telefónica, e que demodula o sinal analógico e reconverte-o para o formato digital original.[[ RDSI ( Rede Digital de Sinais Integrados) – tecnologia de par metálico para transmissão de sibais digitais RS é um padrão para troca serial de dados binários entre um DTE (terminal de dados, de Data Terminal equipment) e um DCE (comunicador de dados, de Data Communication equipment). É comumente usado nas portas seriais dos PCs Bluetooth é uma especificação industrial para áreas de redes pessoais sem fio USB (Universal Serial Bus ) é um tipo de conexão "ligar e usar” (plug & play) que permite a conexão de periféricos sem a necessidade de desligar o computador. 7

8 2- Camada de Enlace de Dados Tem por função principal a transformação do meio de comunicação "bruto" em uma linha livre de erros de transmissão para a camada de Rede. Ela efetua esta função através do fracionamento das mensagens recebidas do emissor em unidades de dados denominadas quadros, que correspondem a algumas centenas de bytes. Estesquadros são transmitidos seqüencialmente e vão gerar quadros de reconhecimento enviados pelo receptor. Esta camada é responsável pela detecção e possível correção de erros que possam acontecer no nível físico. Também é responsável pela transmissão e recepção de quadros e pelo controle de fluxo. Para que isso seja possível ela usa o endereço físico que existe em cada placa de rede A camada de enlace é responsável por todo o processo de comutação. Após o recebimento dos bits, ela os converte de maneira inteligível, os transforma em unidade de dado, subtrai o endereço físico e encaminha para a camada de rede que continua o processo 8

9 2- Camada de Enlace de Dados Ela também estabelece um protocolo de comunicação entre sistemas diretamente conectados. Exemplo de protocolos nesta camada: PPP (Poit-to-Point Protocol), LAPB (Link Access Procedure Balanced) (do X.25),NetBios (Network Basic Input/Output System). Em redes do padrão IEEE 802 (uma colecção de standards que especificam as camadas física e a sub-camada MAC (Media Access Protocol) da camada de ligação de dados do Modelo OSI para o protocolo Ethernet, tipicamente uma tecnologia LAN com algumas aplicações WAN). E outras não IEEE 802 como a FDDI (Fiber Distributed Data Interface), esta camada é dividida em outras duas camadas: Controle de ligação lógica (LLC), que fornece uma interface para camada superior (rede), e controle de acesso ao meio físico (MAC), que acessa diretamente o meio físico e controla a transmissão de dados. As redes sem fio IEEE , que também são conhecidas como redes Wi-Fi ou wireless, foram uma das grandes novidades tecnológicas dos últimos anos. Atualmente, são o padrão de facto em conectividade sem fio para redes locais 9

10 3- Camada de Rede A camada de Rede é responsável pelo endereçamento dos pacotes. Ela é quem faz a conversão dos endereços físicos em endereços lógicos, de forma que os pacotes consigam chegar corretamente ao destino. Essa camada também determina a rota que os pacotes irão seguir para atingir o destino, baseada em fatores como condições de tráfego da rede e prioridades. São funções desta camada o encaminhamento, endereçamento, interconexão de redes, tratamento de erros, fragmentação de pacotes, controle de congestionamento e sequenciamento de pacotes Ela deve, finalmente, resolver todos os problemas relacionados à interconexão de redes heterogêneas, particularmente: incompatibilidades no endereçamento; incoerências em relação aos tamanhos das mensagens A partir de dispositivos como roteadores, ela decide qual o melhor caminho para os dados no processo, bem como o estabelecimento das rotas 10

11 3- Camada de Rede Exemplo de protocolos de endereçamento lógico são o IP (Internet Protocol) IPX (Internetwork Packet Exchange) IPX (Internetwork Packet Exchange) O IPX é um protocolo não orientado a conexão, ou seja, quando um processo que esta sendo executado em um nó da rede deseja comunicar-se com outro processo em outro nó da rede, nenhuma conexão entre os dois nodos é estabelecida. Desta forma, os pacotes IPX contendo dados são endereçados e enviados para o destinatário, sem nenhuma garantia ou verificação do sucesso na comunicação. A segurança na troca de pacotes é de responsabilidade dos protocolos implementados acima do IPX. As tarefas realizadas pelo protocolo IPX incluem endereçamento e roteamento possibilitando assim a movimentação de pacotes de dados entre nodos da rede. O protocolo IPX define esquemas de endereçamento inter-redes e intra-nós, confiando ao hardware da rede a definição do endereçamento dos nós. 11


Carregar ppt "Aula – 23/10/12 – Redes de Computadores e Telecom 1."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google