A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Clube Europeu- Comenius Aluno: Carlos Miguel Nº:4 6º1M As figuras históricas de Portugal.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Clube Europeu- Comenius Aluno: Carlos Miguel Nº:4 6º1M As figuras históricas de Portugal."— Transcrição da apresentação:

1 Clube Europeu- Comenius Aluno: Carlos Miguel Nº:4 6º1M As figuras históricas de Portugal

2 D. Afonso I de Portugal, mais conhecido por D. Afonso Henriques (Guimarães, ca – Coimbra, 6 de Dezembro de 1185) foi o fundador do Reino de Portugal e o seu primeiro rei, cognominado Era filho de D. Henrique de Borgonha e de D.Teresa de Leão, condes de Portucale, um condado dependente do reino de Leão.[ Após a morte de seu pai, Afonso tomou uma posição política oposta à da mãe, que se aliara ao nobre galego Fernão Peres de Trava. Pretendendo assegurar o domínio do condado armou-se cavaleiro e após vencer a sua mãe na batalha de São Mamede em 1128, assumiu o governo. Concentrou então os esforços em obter o reconhecimento como reino. D.Afonso Henriques

3 Nasceu provavelmente em 1460 ou 1468 ou ainda 1469, em Sines, na costa sudoeste de Portugal, possivelmente numa casa perto da Igreja de Nossa Senhora das Salvas de Sines. Sines, um dos poucos portos da costa alentejana, era então uma pequena povoação habitada por pescadores. Era filho legítimo de Estêvão da Gama, que em 1460 era cavaleiro da casa de D. Fernando de Portugal, Duque de Viseu e Mestre da Ordem de Cristo. D. Fernando nomeara-o alcaide-mor de Sines e permitira- lhe receber uma pequena receita de impostos sobre a fabricação de sabão em Estremoz. Estêvão da Gama era casado com Dona Isabel Sodré, filha de João Sodré (também conhecido como João de Resende). Sodré, que era de ascendência Inglesa, tinha ligações à casa de D. Diogo, Duque de Viseu, filho de Fernando de Portugal, Duque de Viseu. Vasco da Gama

4 Henrique Dom Infante Infante Dom Henrique cognominado O Navegador profundamente religioso via as explorações portuguesas como um meio de propagar a fé cristã e prover o poderio econômico e político. Infante Dom Henrique fomentou grandes descobrimentos no século XV a partir de Sagres no extremo sudoeste de Portugal, nascido na Cidade do Porto em 1394 e morreu em 1460 em seu paço na ponta da Cidade de Sagres era o terceiro filho de Dom João I e de Dona Filipa de Lencastre, recebeu o titulo de Regedor da Ordem de Cristo.

5 D.Teresa de LeãoD.Henrique de Borgonha Pertencia à família ducal da Borgonha, sendo filho de Henrique, herdeiro do duque Roberto I com Beatriz ou Sibila de Barcelona, e irmão dos também duques Odo I e Hugo I. Sendo um filho mais novo, D. Henrique tinha poucas possibilidades de alcançar fortuna e títulos por herança, tendo por isso aderido à Reconquista da Península Ibérica. Ajudou o rei Afonso VI de Leão e Castela a conquistar o Reino da Galiza, recebendo como recompensa pelos seus serviços casamento com a filha ilegítima do monarca, Teresa de Leão. Alguns anos mais tarde, em 1096, D. Henrique recebeu de Afonso VI o Condado Portucalense, que passava a lhe prestar vassalagem directa. O rei de Leão e Castela pretenderia assim limitar o poder do conde Raimundo de Borgonha, casado com Urraca de Leão e Castela. Teresa era filha ilegítima do rei Afonso VI de Leão e Castela e de Ximena Moniz, uma nobre castelhana filha da condessa Mumadona Moniz e de Munio Moniz de Bierzo, conde de Bierzo. Viveu toda a infância na companhia da sua mãe e do seu avô materno, que a educaram, e da sua irmã Elvira. Em 1093 Teresa foi dada pelo seu pai em casamento a Henrique de Borgonha, um nobre francês que o tinha ajudado em muitas conquistas aos mouros. Teresa tinha à data treze anos e Henrique 24. Afonso VI doou-lhes então o Condado de Portucale, território entre o Minho e o Vouga que, a partir de 1096, se estenderia entre o Minho e o Tejo. D. Henrique teve vários filhos, mas poucos sobreviveram: o único varão que chegou a adulto foi Afonso Henriques, além das suas filhas Urraca, Sancha e Teresa Henriques. Pai e Mãe de D.Afonso Henriques

6 Luís Vaz de Camões é considerado o maior poeta português; nunca existiu, nem em Portugal nem em qualquer outra parte do mundo, poeta algum que igualasse nem muito menos superasse a dedicação que Camões deu à sua pátria por meio de uma tão próspera obra épica como são “Os Lusíadas”. “Os Lusíadas” são a culminação de toda uma cultura e de uma civilização. Camões é considerado um poeta fora do seu tempo, pois a sua modernidade e a sua portuguesidade são visíveis no modo como esta obra, tanto no estilo épico como no estilo lírico, se estrutura. Luiz Vaz de Camões

7 Afonso VI de Leão e Castela, o Bravo (1039 — 1 de Julho de 1109). Desde cedo no seu reinado, Afonso VI teve que lutar contra os desejos expansionistas do seu irmão Sancho. Assim que a rainha mãe morreu em 1067, este disputou o testamento do pai e tentou apoderar-se dos territórios herdados pelos seus irmãos. D.Afonso VI

8 D.Sancho I D. Sancho I de Portugal (Coimbra, 11 de Novembro de Coimbra, 26 de Março de 1211), cognominado o Povoador (pelo estímulo com que apadrinhou o povoamento dos territórios do país - destacando-se a fundação da cidade da Guarda, em 1199, e a atribuição de cartas de foral na Beira e em Trás-os-Montes: Gouveia (1186), Covilhã (1186), Viseu (1187), Bragança (1187), etc., povoando assim áreas remotas do reino, em particular com imigrantes da Flandres e Borgonha.

9 Cristiano Ronaldo dos Santos Aveiro, ou simplesmente Cristiano Ronaldo OIH (Santo António, Funchal, de fevereiro de 1985), é um futebolista português que joga como médio ala e extremo no Real Madrid e na Seleção Portuguesa, na qual é capitão. Ronaldo tornou-se no jogador mais caro da história do futebol após a sua transferência em 2009 do Manchester United para o Real Madrid, num acordo no valor de 80 milhões de libras esterlinas (94 milhões de euros). Este contrato estabeleceu a sua cláusula de rescisão em milhões de euros e estipulou uma quantia anual de 12 milhões de euros, o que faz dele um dos jogadores de futebol mais bem pagos do mundo. Em Abril de 2012 foi considerado o jogador de futebol mais valioso do mundo, após um estudo que atribuiu ganhos de 40 milhões de euros anuais ao jogador português. C.Ronaldo

10 Anderson Luís de Souza O IH, mais conhecido como Deco, (São Bernardo do Campo[4], 27 de agosto de 1977) é um futebolista naturalizado português, nascido no Brasil, e que atua como meia. Atualmente, joga pelo Fluminense. Jogou na Seleção Portuguesa de Futebol entre 2003 e Foi-lhe então atribuído o estatuto de playmaker na Seleção das Quinas nas Eurocopas de 2004 e 2008, e nas Copas do Mundo de 2006 e Curiosamente, seu empresário é Luizão, também futebolista que aposentou-se há alguns anos e também jogou uma Copa do Mundo. Deco

11 Zeca Afonso José Afonso, ou Zeca Afonso como ficou conhecido, nasceu em Aveiro mas cresceu entre Angola, Moçambique, Belmonte e Coimbra. Foi na cidade dos estudantes, onde frequentou o Liceu D. João III e a Faculdade de Letras, que Zeca Afonso procurou e se deixou descobrir pelo fado de Coimbra.

12 Amália da Piedade Rodrigues (Lisboa, 23 de Julho de 1920[3] — Lisboa, 6 de Outubro de 1999) foi uma fadista, cantora e actriz portuguesa, considerada o exemplo máximo do fado, comummente aclamada como a voz de Portugal e uma das mais brilhantes cantoras do século XX. Está sepultada no Panteão Nacional, entre os portugueses ilustres. Tornou-se conhecida mundialmente como a Rainha do Fado[4] e, por consequência, devido ao simbolismo que este género musical tem na cultura portuguesa, foi considerada por muitos como uma das suas melhores embaixadoras no mundo. Amália Rodrigues

13 Xutos e Pontapés Os Xutos & Pontapés são uma banda de rock portuguesa formada em No final de 1978, Zé Pedro, Kalú, Tim e Zé Leonel, formam os Xutos e Pontapés, dando o primeiro concerto a 13 de Janeiro de 1979, com Zé Leonel na voz, Tim no Baixo, Zé Pedro na guitarra e Kalú na bateria, na sala Alunos de Apolo para a comemoração dos 25 anos do Rock & Roll. Em 1981 entra para a banda o guitarrista Francis e sai Zé Leonel, assumindo Tim as funções de vocalista. Em 1982 sai o compacto , com músicas marcantes como "Sémen" e "Mãe". Em 1983 Francis sai da banda que passa a actuar com músicos convidados, entre os quais o saxofonista Gui, e no mesmo ano entra para a banda o guitarrista João Cabeleira. O primeiro álbum gravado por João Cabeleira em 1985 foi Cerco com as músicas "Barcos gregos" e "Homem do leme" que sairiam também em single.

14 Tony Carreira, de seu nome completo António Manuel Mateus Antunes (Armadouro, Pampilhosa da Serra, 30 de Dezembro de 1963) é um cantor português, muito popular entre as comunidades portuguesas de emigrantes em França e também em Portugal. O nome artístico de Tony Carreira foi escolhido em 1988, numa sessão de gravação em estúdio do seu primeiro disco, pelo seu produtor francês Patrick Oliver.[1] Nesse ano tinha participado no Prémio Nacional de Música, na Figueira da Foz, com a canção "Uma Noite A teu Lado", onde foi uma das 8 canções seleccionadas, com vista a escolher uma canção para o Festival RTP da Canção desse ano. Foi editado pela editora Transmédia o single com as canções "Uma Noite A Teu Lado" e "Amanhã". Grava novo single com as faixas "Uma Flor Vai Ficar" e "Aprender A Viver" em Toni Carreira

15 David Carreira avid Araújo Antunes (Dourdan, França, 30 de julho de 1991) mais conhecido pelo seu nome artístico David Carreira é um ator, modelo, cantor e compositor português. Durante sua juventude, ingressou nas categorias de base do Sporting Clube de Portugal, que após sofrer uma lesão não pode exercer à profissão. O seu primeiro trabalho artístico foi como modelo desfilando nos eventos Moda Lisboa e Portugal Fashion e participando das campanhas publicitárias da Cacharel. Conhecido por seu trabalho na série Morangos com Açúcar em 2010, David deu inicio à sua carreira como cantor em 2011 com o lançamento do seu álbum de estreia, Nº 1, que atingiu a primeira posição na tabela musical portuguesa compilada pela Associação Fonográfica Portuguesa e foi certificado de platina por vendas superiores a 20 mil cópias. Atualmente participa da telenovela Louco Amor.

16 Álvaro Magalhães No início dos anos 1980, Álvaro começou por publicar poesias e poemas. Em 1982, publicou o seu primeiro livro para crianças: Histórias com Muitas Letras. Desde então, construiu uma obra singular e diversificada, que conta actualmente com mais de três dezenas de títulos e integra contos, poesia, narrativas juvenis e textos dramáticos. Têm-lhe sido atribuídos vários prémios entre os quais se destacam os prémios atribuídos pela Associação Portuguesa de Escritores e pelo Ministério da Cultura entre 1981 e 1985, o Grande Prémio Calouste Gulbenkian de Literatura para Crianças e Jovens 2002 para o livro Hipopóptimos – Uma História de Amor e a nomeação para a Lista de Honra do IBBY (International Board on Books For Young People) em 2002, com O Limpa- Palavras e outros Poemas.

17 José Jorge Letria José Jorge Alves Letria (n. Cascais, 8 de junho de 1951) é um jornalista, político, poeta e escritor português. Estudou Direito, História e História de Arte na Universidade de Lisboa, sendo Pós-Graduado em Jornalismo Internacional e Mestre em "Estudos da Paz e da Guerra nas Relações Internacionais" pela Universidade Autónoma de Lisboa. José Jorge Letria além de ser escritor e poeta também é jornalista. Jornalista desde 1970 até dezembro de 2003, começou por colaborar nos suplementos Juvenil e A Mosca do Diário de Lisboa.

18 Alice de Jesus Vieira Vassalo Pereira da Fonseca (Lisboa, 20 de Março de 1943) é uma escritora e jornalista Portuguesa. Licenciou-se em Filologia Germânica pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Dedicou-se desde cedo ao jornalismo, tendo trabalhado nos jornais Diário de Lisboa (onde, juntamente com o seu marido, o jornalista e escritor Mário Castrim, dirigiu o suplemento "Juvenil"), Diário Popular e Diário de Notícias. Colabora com as revistas Activa e Audácia, dos Missionários Combonianos. Trabalhou em vários programas de televisão para crianças e é considerada uma das mais importantes autoras portuguesas de literatura infantojuvenil As suas obras foram traduzidas para várias línguas, como o alemão, o búlgaro, o basco, o castelhano, o galego, o catalão, o francês, o húngaro, o holandês, o russo, o italiano, o chinês, o servo-croata… Alice Vieira

19 António Torrado (Lisboa, 1939) é um escritor português voltado para a literatura infanto-juvenil. António Torrado nasceu em Lisboa em Licenciou-se em Filosofia pela Universidade de Coimbra. Dedicou-se à escrita desde muito novo, tendo começado a publicar aos 18 anos. A sua atividade profissional é diversa: escritor, pedagogo, jornalista, editor, produtor e argumentista para televisão. Tem trabalhado em parceria com Maria Alberta Menéres em diversos livros e programas de televisão. Atualmente, é Coordenador do Curso Anual de Expressão Poética e Narrativa no Centro de Arte Infantil da Fundação Calouste Gulbenkian. É o professor responsável pela disciplina de Escrita Dramatúrgica na Escola Superior de Teatro e Cinema. É dramaturgo residente na Companhia de Teatro Comuna em Lisboa. António Torrado

20 FIM


Carregar ppt "Clube Europeu- Comenius Aluno: Carlos Miguel Nº:4 6º1M As figuras históricas de Portugal."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google