A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SWEBOK José Benito David Embiruçu Leandro barbosa Pablo Alessandro Sergio Sette.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SWEBOK José Benito David Embiruçu Leandro barbosa Pablo Alessandro Sergio Sette."— Transcrição da apresentação:

1 SWEBOK José Benito David Embiruçu Leandro barbosa Pablo Alessandro Sergio Sette

2 Roteiro Introdução KA’s  Software Requiremets  Software design  Software construction  Software testing  Software maintenance  Software configuration management  Software engineering management  Software engineering process  Software engineering tools and methods  Software quality Conclusão

3 Introdução Contexto  Cada vez mais profissionais na área da engenharia de software  Software agregando valor a sociedade  Recentemente a engeharia de software atingiu o status de uma disciplina da engenharia e uma profissão reconhecida

4 Introdução Engenharia de Software  Engenharia de Software é a uma área de interesse (disciplina) preocupada com a criação e manutenção de aplicações de software pela aplicação de tecnologias e práticas da ciência da computação, gerência de projetos, engenharia, domínios de aplicação e outros campos.

5 Introdução SWEBOK  Guide to the Software Engineering Body of Knowledge  Parceria entre a IEEE Computer Society e Association for Computing Machinery  Promover a profissionalização da engenharia de software  Criar um consenso sobre as áreas de conhecimento da engenharia de software e seu escopo

6 Introdução SWEBOK – Objetivos  Oferecer uma visão consistente da engenharia de software no âmbito mundial  Deixar claros os limites de engenharia de software com respeito a outras disciplinas como ciência da computação, gerência de projetos, matemática e outras  Caracterizar o conteúdo da disciplina de Engenharia de Software  Prover um acesso tópico ao corpo do conhecimento da engenharia de software  Prover uma base para desenvolvimento curricular e material de licença e certificação.

7 Introdução Audiência Pretendida  Organizações públicas e privadas  Sociedades profissionais  Corporações de criação de padrões  Estudantes de Engenharia de Software  Educadores e Instrutores

8 Introdução KA´s  Software Requiremets  Software design  Software construction  Software testing  Software maintenance  Software configuration management  Software engineering management  Software engineering process  Software engineering tools and methods  Software quality

9

10

11 Software Requiremets Responsável pela elicitação, análise, especificação e validação de requisitos Esta área é dividida em sete sub-áreas:  Fundamentos de requisitos de software  Processo de requisitos  Elicitação de requisitos  Análise de requisitos  Especificação dos requisitos  Validação dos requisitos  Considerações práticas.

12 Software Requiremets

13 Fundamentos de requisitos de software  Definições Básicas Requisitos de Software Requisitos de Produto e Software Requisitos Funcionais e não Funcionais Propriedades Emergentes Requesitos quantificáveis Requisitos de Sistema e de Software

14 Software Requiremets Requirements Process  Apresenta os processos de requisitos de software  Orientando as outras cinco subáreas  Mostra como o planejamento de requisitos se encaixa com o processo completo de planejamento de software  Se preocupa com modelos de processo, atores, suporte, gerenciamento de requisitos, melhoria e qualidade do processo.

15 Software Requiremets Requirements Elicitation  Se preocupa com a origem dos requisitos e como os engenheiros de software podem coletar eles  Primeiro estágio para o entendimento de como o problema poderá ser resolvido.  Identificar Fontes e definir as técnicas para extrair requisitos dos stakeholders

16 Software Requiremets Requirements Analysis  Detectar e resolver conflitos entre requisitos  Descobrir os limites do sistema e como ele deve interagir com o ambiente de operação  Aprimorar requisitos do sistema para requisitos de software.  Classificação dos requisitos

17 Software Requiremets Requirements Specification  Produção do documento de definição do sistema  Espeficicação dos requisitos do sistema e derivação dos requisitos de software a partir dos do sistema  Especifição dos compomentes de software

18 Software Requiremets Requirements Validation  Garantir o entendimento dos requisitos pelos engenheiros de software  Verificar se o documento de requisitos está conforme com os padrões da organização, estão consistentes e completos: Revisões Prototipação Testes de aceitação

19 Software Requiremets Pratical Considerations  Gerenciamento de mudança e manutenção dos requisitos  Atributos dos requisitos  Acompanhamento dos Requisitos  Avaliar o tamanho das mudanças em requisitos,e estimar o custo do desenvolvimento e manutenção da tarefa.

20 Software Design O projeto de software é a definição da arquitetura, dos componentes, das interfaces de um sistema ou dos seus componentes. Esta área é dividida em seis sub-áreas:  Fundamentos de design de software  Questões chave no design de software  Estrutura e arquitetura de software  Análise de qualidade e avaliação em design de software  Notações no design de software  Estratégias e métodos de design de software

21 Software Design

22 Fundamentos do design de software  Consiste em conceitos notações e terminologias que norteia e fazem compreender os papéis e o escopo do design de software.  Contexto do design de software.  Permissão de técnicas: Modularização Abstração Coesão...

23 Software Design Questões chave no design de software  Um certo número de questões fundamentais deve ser tratado no projeto de software. Algumas dizem respeito à qualidade, por exemplo, o desempenho.  Manipulação e controle de eventos.  Manipulação de exceções e tolerância a erros.  Interação e apresentação.

24 Software Design Estrutura e arquitetura de software  Uma descrição dos subsistemas e componentes de um sistema de software e as relações entre eles.  Estruturação e pontos de vista da Arquitetura.  Padrões de design.  Famílias de programas e frameworks. Permitem o reuso de software.

25 Software Design Análise de Qualidade e Avaliação do Projeto de Software  Inclui uma série de tópicos sobre qualidade e avaliação que estão especificamente relacionadas com a concepção do software.  Qualidade de Atributos Diversos atributos são geralmente considerados importantes para a obtenção de um desenho de software de boa qualidade.  Análise de Qualidade e Técnicas de avaliação Conjunto de ferramentas e técnicas que ajudam a assegurar a qualidade no projeto de software.  Medições Utilizadas para avaliar ou para estimar quantitativamente vários aspectos de um projeto de software.

26 Software Design Notações no design de software  Notações e linguagens usadas para descrever a organização estrutural do projeto ou representar o comportamento do software.

27 Software Design Estratégias e métodos de design de software  Conjunto de estratégias gerais que ajudam a guiar o processo de design. Design orientado à função (estruturado) Design orientado a objetos Design baseado em componentes Outros métodos

28 Software construction Embora a qualidade de software seja importante em todas as áreas de conhecimento (KA’s), o código é a ultima entrega de um projeto de software e, portanto a qualidade de software está intimamente ligada à construção de software. Esta área é dividida em três sub-áreas:  Fundamentos da construção de software  Gerenciando a construção de software  Considerações Práticas

29 Software construction

30 Fundamentos da Construção de software  Minimização da Complexidade que este é alcançado através da utilização de normas. Ela também é apoiada pela construção focada em técnicas de qualidade.  Antecipação as mudanças  Construção para verificação  Padrões em construção

31 Software construction Planejamento da Construção  É definida a ordem na qual componentes são criados e integrados, o processo de gestão de qualidade de software, a alocação de tarefas atribuídas para engenheiros de software específicos, e as outras tarefas, de acordo com o método escolhido.

32 Software construction Considerações Práticas  Na Qualidade na Construção exitem inúmeras técnicas para garantir a qualidade do código e como ele é construído. As principais técnicas utilizadas para construção incluem: Teste de unidade e testes de integração Teste do primeiro desenvolvimento Uso de asserções Depuração Analises técnicas Analise estática

33 Software testing Teste é uma atividade realizada para avaliar a qualidade de produto e, para melhorá-la, através da identificação de defeitos e problemas. Esta área é dividida em cinco sub-áreas:  Fundamentos de teste de software  Níveis de teste  Técnicas de teste  Medidas relacionadas ao teste  Processo de teste

34 Software testing

35 Fundamentos do teste de software  Usado para estudar as terminologias usadas nessa (KA).  Termos na engenharia de software descrevem mal funcionamento, defeito, falha, falta, erro e muitas outras.  Relacionamento entre teste e outras atividades.

36 Software testing Níveis de teste  O alvo dos testes. Teste de software são normalmente realizados em diferentes níveis ao longo dos processos de desenvolvimento e manutenção.  Objetivos do teste Testes são realizados tendo em vista um objetivo específico e têm diversos graus de precisão.

37 Software testing Técnicas de teste  Um dos objetivos dos testes é o de revelar o máximo possível do potencial de fracasso e muitas técnicas têm sido desenvolvidas para fazer isso: tentativas de "quebrar" o programa.  Testes ‘caixa preta’ e ‘caixa branca’.  Baseados na intuição e experiência do engenheiro de software.  Técnicas baseadas em especificação: Tabelas de decisão Baseada em máquina de estado finitos Testes aleatórios

38 Software testing Medidas relacionadas ao teste  A medição é geralmente considerada fundamental para a qualidade análise.  A medição pode também ser utilizado para otimizar o planejamento e execução dos testes.  Teste de gestão pode usar várias medidas para monitorar o progresso.

39 Software testing Processo de Teste  Considerações práticas Atitudes e programação em conjunto como um componente muito importante para o sucesso nos testes, visto que, atitudes colaborativas para testes e atividades de garantia de qualidade se mostram eficientes.  Atividades de teste Planejamento Geração de casos de teste Desenvolvimento do ambiente de testes Execução...

40 Conclusão Cada vez mais importante para a área da engenharia de software Definição da profissão Estabelecimento da engenharia de software como uma disciplina de engenharia Fundamentam profissional deTI Com a evolução da engenharia de software o guia precisará evoluir por isso o mesmo não é definitivo e não deve ser a única fonte de referências.

41 Referências SWEBOK - Guide to the Software Engineering Book of Knowledge – Thayssa Rocha Uma Introdução ao SWEBOK – Milena Rocha Uma Introdução ao SWEBOK – Jairo Oliveira Guide to the Software Engineering Book of Knowledge – 2004 Version


Carregar ppt "SWEBOK José Benito David Embiruçu Leandro barbosa Pablo Alessandro Sergio Sette."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google