A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Qualidade Fazendo diferença Hospital Quando a qualidade realmente faz diferença Ano 2010 Se você pode sonhar, pode fazer Walt Disney Modulo II.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Qualidade Fazendo diferença Hospital Quando a qualidade realmente faz diferença Ano 2010 Se você pode sonhar, pode fazer Walt Disney Modulo II."— Transcrição da apresentação:

1 Qualidade Fazendo diferença Hospital Quando a qualidade realmente faz diferença Ano 2010 Se você pode sonhar, pode fazer Walt Disney Modulo II

2 Fazendo diferença “ Vender é tentar fazer com que as pessoas queiram o que você tem - Marketing é procurar ter o que as pessoas desejam” Terence Rynn

3 Fazendo diferença A realidade dos Hospitais são sempre de rotinas e movimentos intensos, onde todos acham que trabalham acima dos limites, sempre com o questionamento que as equipes são insuficientes e desta forma procurando justificar falhas nos atendimentos. Em algumas situações existe um distorção do valores que realmente são importantes e fazem diferença nos atendimentos. Cabe aos gestores dos serviços hospitalares definirem critérios de conduta e prioridades visando o equilíbrio das rotinas e a manutenção das bases solidas da qualidade. As prioridades definidas devem ser simples e objetivas de forma que todos os colaboradores entendam e se identifiquem.

4 Fazendo diferença Dentro do conceito de gestão atualizada com comprometimento com a qualidade e política de boas praticas podemos apresentar como base de prioridades os pontos: SEGURANÇA CORTESIA APRESENTAÇÃO EFICIÊNCIA

5 Fazendo diferença SEGURANÇA: Os critérios de entrada e saída de um hospital tem haver principalmente com a segurança, quando o paciente não esta seguro em nenhum outro lugar é para o hospital que ele é encaminhado. Da mesma forma quando os pacientes estão seguros (saúde equilibrada) podendo estar seguros em outro lugar, ele é liberado do hospital. Aos olhos dos pacientes e seus familiares o hospital representa o local mais seguro para a permanência durante o momento da doença, com expectativa direta e objetiva de estar recebendo o tratamento seguro, em boas condições e com qualidade (resultados).

6 Fazendo diferença CORTESIA: O conceito cortesia pode de inicio parecer subjetivo pela forma de ser mensurado, mas de forma geral quer dizer ser eficiente, seguro e bem apresentado com educação humanizada. Ter limites bem definidos nas rotinas não impede a cortesia no cumprimento das tarefas diárias do relacionamento com o paciente. De forma geral a preocupação com o bem estar do paciente gera melhoria em seu quadro clinico acelerando inclusive sua recuperação.

7 Fazendo diferença APRESENTAÇÃO: Na estrutura Hospitalar entende-se por apresentação a capacidade de oferecer um ambiente seguro, organizado e com conforto adequado a necessidade do paciente. Os conceitos da Biosegurança estão diretamente ligados a apresentação. Bem estar no ambiente hospitalar não significa luxo e sim conforto necessário a boa permanência do paciente.

8 Fazendo diferença EFICIÊNCIA: Com certeza o pilar mais polêmico, quando consideramos o conceito eficiência apenas pelo aspecto técnico (clínico) estamos minimizando a abrangência do conceito. Quando a eficiência não é cultural estaremos com certeza trabalhando sobre pressão e mais sujeito a erros. A melhor definição seria saber tratar com segurança, com cortesia e boa apresentação de forma eficiente.

9 Fazendo diferença Com base nos pilares Segurança – Cortesia – Apresentação – Eficiência (ou outros definidos) o objetivo é ter as responsabilidades orientadas a estrutura do hospital e desta forma contar com esta estrutura para a definição de uma cultura própria e eficiente.

10 Fazendo diferença Eficiência das unidades em primeiro lugar Foco Interno Proteção do território Disputar recursos Resulta em ineficiência geral Eficiência

11 Fazendo diferença Cortesia e atendimento em primeiro lugar Foco Externo Capacidade de resposta Disputar recursos Resultado em Eficiência Geral Cortesia

12 Fazendo diferença Gestão da Saúde, história, realidade e tendência. Passado Presente Futuro

13 Fazendo diferença Gestão da Saúde, história, realidade e tendência. Seguro Saúde Normas de coberturas Estrutura de prestação dos serviços de saúde

14 Fazendo diferença O foco estava nos custos, no poder de negociação e no racionamento Sistema caracterizado por: Transferência de custos entre pacientes, prestadores, médicos, pagadores, empregadores e o governo. Limite no acesso aos serviços. Negociações para baratear preços de medicamentos e serviços. Preços não relacionados à economia na prestação dos serviços de assistência à saúde. Foco era em recursos legais e regulamentação Sistema caracterizado por: Direitos do paciente. Regras detalhadas para os participantes do sistema. Maior dependência do setor judiciário. PASSADO: Objetivo: Reduzir custos – evitar custos

15 Fazendo diferença O foco está na escolha do plano de saúde Sistema caracterizado por: Competição entre os planos de saúde. Informação sobre os planos de saúde. Incentivos financeiros aos pacientes. O foco está no prestador e nas unidades de prática dos hospitalares Sistema caracterizado por: Entrada on-line das solicitações. Prática Seis Sigma. Adequação dos profissionais nas UTIs. Patamares de volume para encaminhamentos complexos. Diretrizes compulsórias. Pagamento por desempenho quando os padrões de atendimento são cumpridos. PRESENTE: Objetivo: permitir escolha – reduzir erros

16 Fazendo diferença Sistema caracterizado por: Competição no nível de doenças e condições especificas. Estratégia distintas para pagadores e prestadores. Incentivos para melhorar o valor em vez de transferir os custos. Informações sobre as experiências, resultados e preços dos prestadores. Escolha do consumidor. O foco deveria estar na natureza da competição FUTURO: Objetivo: aumentar valores

17 Fazendo diferença Gestão da Saúde, história, realidade e tendência. Planos de Saúde Papel Antigo: cultura de negação 1.Restringir a escolha de prestadores e de tratamento 2.Micro gerenciar os processos dos prestadores e as escolhas feitas por eles. 3.Minimizar custos de cada serviço e tratamento 4.Engajar-se em papelada e transações administrativas complexas com os prestadores e clientes para controlar os custos e liquidar faturas. 5.Competir na minimização dos aumentos das mensalidades pagas pelos clientes. Papel Novo: possibilitar a competição baseada em valor facada em resultados 1.Possibilitar a escolha bem embasada por pacientes e médicos e o gerenciamento da saúde dos pacientes. 2.Mensurar e recompensar os prestadores com base nos resultados. 3.Minimizar o valor dos serviços de saúde ao longo do ciclo de atendimento. 4.Minimizar a necessidade de transações administrativas e simplificar o faturamento. 5.Competir em resultados de saúde para os clientes.

18 Fazendo diferença O Círculo virtuoso na assistência a Saúde Maior presença Acúmulo de experiência Aumento da eficiência Informações dados clínicos Equipe integrada e dedicada Instalações mais especializadas Maior alavancagem nas compras Aumento da capacidade Melhor atendimento no ciclo Maior volume de pacientes – diluindo custos Inovações mais rápidas Melhores resultados – menor riscos Melhoria na reputação

19 Fazendo diferença Princípios da competição na saúde: 1.O foco deve ser o valor para os pacientes, e não simplesmente a redução de custos. 2.A competição tem que ser baseada em resultados. 3.A competição deve estar centrada nas condições de saúde durante todo o ciclo do atendimento. 4.O atendimento de alta qualidade deve ser menos dispendioso. 5.O valor tem ser gerado pela experiência, escala e aprendizado do prestador na doença/condição médica em questão. 6.A competição deve ser regional e nacional, não apenas local. 7.Informações sobre resultados tem que ser amplamente divulgados para apoiar a competição baseada em valor. 8.Inovações que aumentem o valor tem que ser altamente recompensadas.

20 Fazendo diferença “ Vender é tentar fazer com que as pessoas queiram o que você tem - Marketing é procurar ter o que as pessoas desejam” Terence Rynn Obrigado Pedro Paulo Andrade


Carregar ppt "Qualidade Fazendo diferença Hospital Quando a qualidade realmente faz diferença Ano 2010 Se você pode sonhar, pode fazer Walt Disney Modulo II."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google