A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 Orientações para acessar o Sistema Educacenso Censo Escolar -2012 Secretaria de Estado da Educação – SEE/SP DEPARTAMENTO DE INFORMAÇÕES E MONITORAMENTO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 Orientações para acessar o Sistema Educacenso Censo Escolar -2012 Secretaria de Estado da Educação – SEE/SP DEPARTAMENTO DE INFORMAÇÕES E MONITORAMENTO."— Transcrição da apresentação:

1 1 Orientações para acessar o Sistema Educacenso Censo Escolar Secretaria de Estado da Educação – SEE/SP DEPARTAMENTO DE INFORMAÇÕES E MONITORAMENTO - DEINF

2 2 OBSERVAÇÕES 1.Segue anexo o relatório da escolas. As escolas com status IMPORTADA OU PARCIALMENTE IMPORTADA deverão seguir os procedimentos abaixo e comparecer no Núcleo de Gestão da Rede e Matricula na data e horário de acordo com o cronograma anexo. Neste dia deverão estar munidos do CPF e da senha do Educacenso. 2.Nesta dia somente faremos o fechamento. Os dados deverão estar conferidos e caso tenha alguma correção deverá entrar em contato com o Núcleo por antes da dia marcado para que possamos efetuar as correções no sistema. A ESCOLA NÃO DEVE ALTERAR NENHUM DADO. 3. As demais escolas com status ESCOLA SUBSTÍTUIDAS, ESCOLAS PROBLEMA INTERNO, ECOLAS RECUSADAS deverão aguardar pois a Coordenadoria está providenciando a migração. Solicitamos que fiquem atentos pois disponibilizaremos a nova relação no site. 4.A escola deverá somente conferir os dados. Caso encontre alguma divergência deverá entrar em contato com o Núcleo de Gestão da Rede e Matricula. 5.Para a conferência utilizar o Navegador - Mozilla Firefox 6 - Endereço:

3 3 A senha é a mesma usada anteriormente. Caso não lembre a senha seguir os procedimentos abaixo. PROCEDIMENTOS PARA OBTER SENHA 1- Informar o CPF do usuário cadastrado 2- Clicar em “Solicitar Nova Senha” *Obs.: A Diretoria ou a SME pode pesquisar o CPF do usuário cadastrado ou o

4 4 *Obs.: Caso não lembre o CPF cadastrado, entrar em contato com o Núcleo de Gestão da Rede e Matricula a Diretoria para pesquisar o CPF ou do usuário cadastrado PROCEDIMENTOS PARA OBTER SENHA Informar o CPF do usuário 2- Informar o e- mail * que foi cadastrado para este CPF 3- Após cinco segundos que clicar em “Enviar” a senha provisória será encaminhada para o informado.

5 5 PROCEDIMENTOS PARA ACESSAR O SISTEMA EDUCACENSO O Sistema exibirá mensagem de conclusão e envio da senha O usuário deverá novamente digitar o CPF e a senha provisória enviado no

6 6 PROCEDIMENTOS PARA ACESSAR O SISTEMA EDUCACENSO O usuário deverá preencher todos os campos e criar senha definitiva

7 O Cadastro da escola possui informações divididas em três grandes grupos: IDENTIFICAÇÃO, CARACTERIZAÇÃO e DADOS EDUCACIONAIS o repasse dos recursos públicos em 2012, para as escolas e sistemas públicos terá como referencia as informações dos campos do cadastro da escola, além dos campos das turmas, alunos e docentes por essa razão cada link do Cadastro da Escola deve ser verificado e, se necessário, corrigido Orientações para verificação do Cadastro da Escola nos próximos slides VERIFICAR O CADASTRO DE CADA ESCOLA 7

8 8

9 ao selecionar a escola o sistema exibirá o “Termo de compromisso” Necessário ler atentamente e declarar estar de acordo com o Termo de Compromisso para prosseguir nas verificações/alterações, assinalar de acordo e continuar 9

10 Qualquer alteração no campo “Nome da Escola” deverá ser informada à equipe de Cadastro de Escolas da SEE/SP através do envio do ato legal que alterou o nome da escola. Lembramos que não pode haver divergências entre os Sistemas. Alterações nos campos referentes à ENDEREÇO devem necessariamente ser informadas à SEE/SP através do envio da ficha cadastral. Alterações indevidas, sem a atualização do Cadastro da Escola na SEE/SP podem causar problemas para a entidade. 10

11 NOVIDADE O Sistema exibirá a Localização Geográfica da Escola. Obs.: Para localidades com problemas de CEP não será possível realizar a migração deste dado. Caso a escola tenha as coordenadas poderá informar. Não é campo obrigatório.

12 Alterações nos campos referentes à TELEFONE devem necessariamente também serem realizadas no Sistema de Cadastro de Escolas da SEE/SP. Alterações indevidas, sem a atualização do Cadastro da Escola na SEE/SP podem causar problemas para a entidade. 12

13 Os campos de 19 (Código do órgão regional de ensino) 19a (Nome do órgão regional de ensino) e 20 (Dependência administrativa e Entidade Superior) são campos fechados para alteração pois são definidos pela SEE/SP 13

14 No campo 20 verificar a Localização/Zona da escola se está preenchido corretamente. As alterações devem ser inicialmente feitas junto ao Cadastro de Escolas da SEE/SP 14

15 no campo 22a verificar se o poder público está assinalado corretamente. Escola PARTICULAR não poderá ser CONVENIADA (somente as escolas comunitárias, confessionais e filantrópicas ) no campo 22 verificar se a categoria da escola privada está correta DESTACAMOS o campo 21a somente poderá ser assinalado como CONVENIADA COM PODER PUBLICO se a entidade encaminhou para a equipe de Cadastro de Escolas da SEE/SP cópia do convênio. Se existe erro, entrar em contato com a Coordenação do Cadastro de Escolas. 15

16 Se a escola for CONVENIADA com o Poder Público deverá constar “Instituições sem fins lucrativos” Mantenedora da Escola Privada (campo 23). Campo obrigatório! Informação obrigatória para criação de escola privada Atenção! Em 2012, foi criada uma nova opção para o “Sistema S (Sesi, Senai, Sesc, outros)”. Esse item no ano anterior estava vinculado a opção Sindicatos de trabalhadores ou patronais, associações e cooperativas. Os campos com o número do CNAS e CEBAS da escola não serão mais coletados 16

17 Verificar CNPJ da escola privada A CIMA adotou o procedimento de repetir o CNPJ da escola para a mantenedora ou vice-versa quando na publicação do ato legal de autorização não constar um dos CNPJs. Por essa razão a conferência é fundamental porque qualquer divergência pode impedir o cadastramento da instituição junto ao SISCEBASc Alteração do termo “credenciamento” por “autorização” no campo 26 – Regulamentação/credenciamento no conselho municipal, estadual ou federal de educação. 17

18 As informações dos campos 27 ao 30 foram coletadas no LINK CENSO 2012 no site Deve ser este o CPF do responsável pelo “fechamento” final da escola no Sistema Educacenso O CPF e Nome do Diretor/Responsável passa a ser um USUÁRIO (ainda sem perfil definido) ao ser informado neste campo. Somente a entidade superior poderá atribuir perfil. 18

19 Alteração da nomenclatura da opção “Unidade de internação” para “Unidade de internação socioeducativa” no campo 31 Verificar se os campos estão preenchidos corretamente. Quem compartilha é quem cede o espaço. 19

20 verificar todos os campos da Caracterização da Escola 20

21 verificar todos os campos da Caracterização da Escola Qualquer alteração no campo 38 – “Dependências existentes na escola” deverá ser informada à equipe de Cadastro de Escolas através da Ficha Cadastral. Não pode haver divergências entre os Sistemas. Todas as escolas que tenham marcado alojamento no Cadastro de Escolas será migrado como alojamento de aluno. Se alguma escola tiver algo diferente disto alterar no EDUCACENSO (campo 43). 21

22 Importante! Algumas opções de dependências existentes na escola e equipamentos foram acrescentados. Fique atento aos conceitos ! Dependências existentes na escola Banheiro com chuveiro Banheiro equipado com aparelho que jorra água dirigida sobre o corpo (ducha). Refeitório Local onde se serve e tomam as refeições em comum. Despensa Espaço destinado à guarda ou armazenagem de gêneros alimentícios entre outros produtos. Almoxarifado Local de guarda e controle de materiais escolares, didáticos e brinquedos. Auditório Local onde podem ser realizadas atividades culturais e reuniões com muitas pessoas. Pátio coberto Espaço coberto onde podem ser realizadas atividades recreativas, esportivas ou outras atividades. Pátio descoberto Espaço descoberto onde podem ser realizadas atividades recreativas, esportivas ou outras atividades. Alojamento de aluno Local,na escola, onde alunos podem residir por mais ou menos tempo. Alojamento de professor Local, na escola, onde professores podem residir por mais ou menos tempo. Importante! Algumas opções de dependências existentes na escola e equipamentos foram acrescentados. Fique atento aos conceitos ! Dependências existentes na escola Banheiro com chuveiro Banheiro equipado com aparelho que jorra água dirigida sobre o corpo (ducha). Refeitório Local onde se serve e tomam as refeições em comum. Despensa Espaço destinado à guarda ou armazenagem de gêneros alimentícios entre outros produtos. Almoxarifado Local de guarda e controle de materiais escolares, didáticos e brinquedos. Auditório Local onde podem ser realizadas atividades culturais e reuniões com muitas pessoas. Pátio coberto Espaço coberto onde podem ser realizadas atividades recreativas, esportivas ou outras atividades. Pátio descoberto Espaço descoberto onde podem ser realizadas atividades recreativas, esportivas ou outras atividades. Alojamento de aluno Local,na escola, onde alunos podem residir por mais ou menos tempo. Alojamento de professor Local, na escola, onde professores podem residir por mais ou menos tempo. 22

23 verificar todos os campos da Caracterização da Escola 23

24 Atenção para os campos 45 e 46 dos Dados Educacionais: as escolas que também oferecem Atividade Complementar ou/e Atendimento Educacional Especializado – AEE, os campos 44 e 45 constam informação NÃO EXCLUSIVAMENTE já as escolas EXCLUSIVAS de Atividade Complementar ou Atendimento Educacional Especializado – AEE o campo 44 e 45 trazem a informação EXCLUSIVAMENTE. Atividade Complementar: atividades de livre escolha da escola, que se enquadram como complementares ao currículo obrigatório, tais como: atividades recreativas, artesanais, artísticas, de esporte, lazer, culturais, de acompanhamento e reforço ao conteúdo escolar, aulas de informática, línguas estrangeiras, educação para a cidadania e direitos humanos, dentre outras, oferecidas no contra turno da escolarização. Atendimento Educacional Especializado - AEE: serviço da Educação Especial, de caráter complementar ou suplementar, voltado para a formação dos alunos com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades/superdotação realizado no turno inverso ao da escolarização. 24

25 “Educação Especial – Modalidade Substitutiva” (representada no Cadastro de Alunos como Tipo de Ensino 33 – EEE Modalidade (campo 47) 25

26 Nova etapa de ensino: EJA - Ensino Fundamental – Projovem Programa Projovem voltado a elevação da escolaridade de jovens de 18 a 29 anos, que não completaram o ensino fundamental, com ações integradas com qualificação profissional inicial e a participação cidadã. O Programa é desenvolvido no âmbito da modalidade de Educação de Jovens e Adultos presencial e agrega as etapas dos anos iniciais e finais do ensino fundamental. Consistência: A opção só é aberta quando informada a modalidade Educação de Jovens e Adultos. todas as etapas de ensino devem ser verificadas 26

27 Nova etapa de ensino: EJA - Ensino Fundamental – Projovem A informação foi coletada no link CENSO 2012 no site e será migrada para o campo 48 pela CIMA. Toda escola que informou que possui o PROJOVEM deverá identificar no cadastro das turmas qual é a turma formada por alunos do programa. 27

28 Novas opções para localização diferenciada  Unidade de uso sustentável Espaço territorial e seus recursos ambientais, incluindo as águas jurisdicionais, com características naturais relevantes, legalmente instituído pelo Poder Público, com objetivos de conservação e limites definidos, sob regime especial de administração, ao qual se aplicam garantias adequadas de proteção a fim de compatibilizar a conservação da natureza com o uso sustentável de parcela dos seus recursos naturais. Constituem o Grupo das Unidades de Uso Sustentável as seguintes categorias de unidade de conservação: I - Área de Proteção Ambiental; II - Área de Relevante Interesse Ecológico; III - Floresta Nacional; IV - Reserva Extrativista; V - Reserva de Fauna; VI – Reserva de Desenvolvimento Sustentável; e VII - Reserva Particular do Patrimônio Natural.  Unidade de uso sustentável em terra indígena Área demarcada como Terra Indígena e também instituída como uma unidade de uso sustentável.  Unidade de uso sustentável em área remanescente de quilombos Área demarcada como área remanescente de quilombos e também instituída como uma unidade de uso sustentável. 28

29 verificar o correto preenchimento dos campos (alguns foram carregados do link Censo 2012) 29

30 Atenção! Atenção! Com a implementação do campo dias da semana houve a necessidade de alterar as regras de horários coincidentes (também para as turmas de Atividade Complementar e AEE). CADASTRO DE TURMAS 30

31 Nova etapa de ensino: EJA - Ensino Fundamental – Projovem Programa Projovem voltado a elevação da escolaridade de jovens de 18 a 29 anos, que não completaram o ensino fundamental, com ações integradas com qualificação profissional inicial e a participação cidadã. O Programa é desenvolvido no âmbito da modalidade de Educação de Jovens e Adultos presencial e agrega as etapas dos anos iniciais e finais do ensino fundamental. As escolas que informaram no link CENSO 2012 no site que participam do programa deverão identificar a TURMA que faz parte do PROJOVEM no campo Etapawww.gdae.sp.gov.br 31

32 Turma participante do Programa Mais Educação e Ensino Médio Inovador A migração vai carregar esta informação para o Sistema Educacenso (se a turma de escolarização ou atividade complementar faz parte do Programa Mais Educação ou do Programa Ensino Médio Inovador); A verificação desta informação é muito importante porque não pode haver divergências entre os dados dos Sistemas do MEC/Inep 32

33 Disciplinas que podem ser informadas em cada turma Novas Consistências 2012: Alteração na tabela de regras de disciplinas.  Estudos Sociais - Séries iniciais do Ensino Fundamental - Turmas Multi/ Multietapa e correção de fluxo - EJA anos iniciais - EJA anos iniciais e finais - EJA Fic e EJA Projovem  Sociologia - Séries finais do Ensino Fundamental - Turmas Multi/ Multietapa e correção de fluxo - Ensino Médio - EJA anos finais e médio - EJA anos iniciais e finais - EJA Fic e EJA Projovem - EJA Integrada a Educação Profissional de Nível Médio  Língua / Literatura estrangeira – Francês - Todas as etapas exceto educação infantil e educação profissional 33

34 Clicar em Aluno / Pesquisar e em seguida digitar o nº da Identificação única e/ou nome e data de nascimento, CPF. Finalmente clicar em Pesquisar Caso seja necessário fazer qualquer alteração nas informações do Cadastro do Aluno ou do seu vinculo seguir os passos abaixo. CADASTRO DE ALUNOS 34

35 O Sistema exibirá o cadastro do aluno que para ser alterado está dividido em “Identificação”; “Dados Pessoais” e “Vínculo” 35

36 O Sistema exibirá o cadastro do aluno que para ser alterado está dividido em “Identificação”; “Dados Pessoais” e “Vínculo” 36

37 Qualquer alteração na Identificação do Aluno deve ser replicada no SCA - Sistema de Cadastro de Alunos Atenção para o campo 12 – deficiência do aluno corrigir até dois campos de cada vez quando corrigir os campos dos nomes. O sistema não permite mais que dois campos alterados! 37

38 Qualquer alteração dos Dados Pessoais do Aluno deve ser replicada no SCA - Sistema de Cadastro de Alunos A CIMA não migra as informações de ENDEREÇO RESIDENCIAL, portanto não deverão ser preenchidos estes campos. 38

39 NOVIDADE 2012: obrigatório justificar porque o aluno não possui dados de nenhum documento; A CIMA informará na migração o motivo: “Escola não possui informação de documentação do aluno”. Caso a escola tenha outra justificativa (“Aluno não possui os documentos” deverá ser alterado no campo Justificar a falta de documento 39

40 Ao clicar em “Editar Vinculo” o usuário poderá alterar: deficiência; espaço onde o aluno recebe a escolarização e a situação do transporte 40

41 no campo 29a poderá ser alterado/incluído o Poder Público responsável pelo transporte escolar No campo 29b poderá ser alterado/incluído o Tipo de Veículo utilizado no transporte escolar Importante: 1- Caso exista alguma escola comunitária ou confessional que possua convênio com poder público, deverá ser informado no campo 29a (a CIMA não coletou esta informação) 2- O Tipo de veículo utilizado BICICLETA também não foi coletado pela CIMA (portanto deverá ser informado). Informar somente se a bicicleta for patrimônio do poder publico 41

42 Clicar em Docente/ Pesquisar e em seguida digitar o nº da Identificação única, ou o CPF ou ainda o nome e data de nascimento. Finalmente clicar em Pesquisar 42

43 O Sistema exibirá o cadastro do docente que encontra-se dividido em “Identificação”; “Dados Pessoais” e “Vínculo” 43

44 Novidade 2012: campo 14 Deficiência do Docente 44

45 Nos campos referentes aos Dados Pessoais é possível alterar Escolaridade e cursos do docente IMPORTANTE: não deve ser preenchido o campo Endereço! 45

46 Ao clicar em Editar Vinculo poderá ser alterado no campo 26 a Função que o profissional exerce na turma (docente, auxiliar/assistente educacionsl ou tradutor intérprete de libras) no campo 27 a Situação funcional/regime de contratação/tipo de vínculo (concursado/efetivo/estável, contrato temporário/contrato terceirizado/CLT) No campo 28 a turma em que atua No campo 29 as disciplinas que leciona 46

47 47


Carregar ppt "1 Orientações para acessar o Sistema Educacenso Censo Escolar -2012 Secretaria de Estado da Educação – SEE/SP DEPARTAMENTO DE INFORMAÇÕES E MONITORAMENTO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google