A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

9/16/2014 Celso Roberto Ritter SuperintendenteCREA-PR Os Conselhos Profissionais.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "9/16/2014 Celso Roberto Ritter SuperintendenteCREA-PR Os Conselhos Profissionais."— Transcrição da apresentação:

1 9/16/2014 Celso Roberto Ritter SuperintendenteCREA-PR Os Conselhos Profissionais

2 Por quê a sociedade necessita de Conselhos? O papel do Conselho é defender o profissional? Qual é o papel dos Conselhos ?

3 Algumas Crenças “As decisões cabem ao empresário / cliente” “O papel do profissional é apenas orientar” “O profissional deve sempre priorizar o interesse do seu cliente/patrão” “Quem executa a obra/serviço é o proprietário, o profissional apenas orienta tecnicamente a execução”

4 Se quem decide sou eu!!! Se é simples assim: Se quem decide sou eu!!! ENTÃO POR QUÊ EU SOU OBRIGADO OBRIGADO A CONTRATAR O PROFISSIONAL ??????

5 PROFISSÃO REGULAMENTADA? O quê caracteriza a PROFISSÃO REGULAMENTADA? PRODUÇÃO X PRODUTIVIDADE X IMPACTOS Reflexão

6 Pressupostos CONDUTA!! Engenheiros, Arquitetos, Agrônomos, Prof. Geociências, Técnicos e Tecnólogos são PROFISSIONAIS LIBERAIS, e assim o são a fim de contarem com LIBERDADE PARA DECIDIR, priorizando os interesses sociais e humanos nos RESULTADOS de suas realizações. CONDUTA!!

7 O exercício profissional deve se dar no LIMITE DA CAPACIDADE PESSOAL DE REALIZAÇÃO de cada profissional. “Pior das pragas que ameaçam as profissões”. Jaime Bernardo Pusch Pressupostos

8 A Hierarquia dos Interesses 1.O Interesse da Sociedade: Saúde/Segurança/Meio Ambiente 2.O Interesse da Profissão: Código de Ética 3.O Interesse do Cliente: O Contrato 4.O Interesse do Profissional: Honorários/Remuneração/Carreira/Sucesso

9 O CONSELHO

10 ORGANIZAÇÃO PROFISSIONAL AS PROFISSÕES NA HISTÓRIA O INTERESSE PÚBLICO X O INTERESSE PRIVADO

11 FUNÇÃO: Disciplinar e Fiscalizar o Exercício Profissional; CARACTERÍSTICA: Autarquia Federal com poderes delegados pela União; CREA-PR

12 TIPO DE ORGANIZAÇÃO AUTARQUIA Definição Legal: Serviço autônomo criado por lei: Personalidade jurídica de direito público; Patrimônio e receitas próprios; Executa atividades típicas de administração pública; Atividade que requer gestão administrativa e financeira descentralizada.

13 TIPO DE ORGANIZAÇÃO AUTARQUIA Peculiaridades: Criadas para promover com eficiência a execução do serviço publico; Possuem autonomia de decisões técnicas e ausência de subordinação hierárquica externa; Os Conselhos Profissionais, são organismos de Estado incumbidos de relevante função pública.

14 CREA-PR ENGENHARIAS GEOGRAFIA ARQUITETURA METEREOLOGIA MODALIDADES AGRONOMIA GEOLOGIA

15 PROMOVER A VALORIZAÇÃO PROFISSIONAL E GARANTIR A EFETIVA PARTICIPAÇÃO DOS PROFISSIONAIS NAS ÁREAS DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E AGRONOMIA, BUSCANDO A DEFESA DA SOCIEDADE, FUNDAMENTADO NA ÉTICA, PROTEÇÃO DO MEIO AMBIENTE, ASSIM COMO NOS ASPECTOS HUMANOS, SOCIAIS E ECONÔMICOS. MISSÃO DO CREA-PR

16 DISTRIBUIÇÃO ESPACIAL 35 INSPETORIAS E 2 POSTOS DE ATENDIMENTO

17 REGIONAIS ASSESSORAMENTO E APOIO DTI DECOP DESUS DAFIS DEJUR CURITIBA PONTA GROSSA LONDRINA MARINGÁ CASCAVEL PATO BRANCO APUCARANA DEPARTAMENTOS SUPERINTENDÊNCIA APOIO ÀS ENT. DE CLASSE RELAÇÕES INSTITUCIONAIS RELAÇÕES COM INST. ENSINO QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL SECRETARIA GERAL OUVIDORIA INSPETORES CHEFIA DE GABINETE ASSESSORIA COMUNICAÇÃO ASSESSORIA PARLAMENTAR DIRETORIAPRESIDÊNCIA ORGANIZAÇÃOPLENÁRIO 107 CONSELHEIROS 78 E.C. N/S 23 I.E 6 E.C. N/M *CÂMARAS COMISSÕES CEA – 29 CEARQ – 15 CEEC - 29 CEEE - 16 CEEMM - 7 CEEQ – 4* CEGEM – 4 CEEST - 3

18 Obrigado! (41)


Carregar ppt "9/16/2014 Celso Roberto Ritter SuperintendenteCREA-PR Os Conselhos Profissionais."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google