A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PUCC 1 Agenda Modos de Endereçamento. PUCC 2 Instrução de Máquina Cód. Operação: indica o tipo da operação a ser realizada Operando: endereço do dado.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PUCC 1 Agenda Modos de Endereçamento. PUCC 2 Instrução de Máquina Cód. Operação: indica o tipo da operação a ser realizada Operando: endereço do dado."— Transcrição da apresentação:

1 PUCC 1 Agenda Modos de Endereçamento

2 PUCC 2 Instrução de Máquina Cód. Operação: indica o tipo da operação a ser realizada Operando: endereço do dado Cód. Operação Operando Conjunto de bits

3 PUCC 3 Instrução Na prática, o conjunto de instruções definidos para uma determinada CPU, é sempre constituído de uma mistura de formatos diferentes, para otimizar cada caso. Para se compreender a representação das instruções podemos efetuar a análise segundo dois aspectos: –Quantidade de Operandos –Modo de interpretação do valor armazenado no campo operando.

4 PUCC 4 Quantidade de Operandos Além dos bits do código de operação, as instruções possuem um ou mais grupos de bits chamados operandos que têm por função identificar e localizar o dado a ser processado. SEAC COpOP 1OP 2OP 3&Próx.Inst. Quantos Bits?

5 PUCC 5 SEAC Instrução de Soma: ADD X,Y,Z,P (Z) (X)+(Y), (P) Vantagens –A instrução possui todos os operandos para uma operação aritmética. –Menor quantidade de Instruções em um Programa. Desvantagem –Ocupação demasiada de espaço em memória; a maioria das instruções não necessitam de três operandos.

6 PUCC 6 Instruções com 3 OP ADD A,B,X (X) (A)+(B) SUB A,B,X (X) (A)-(B) MPY A,B,X (X) (A)*(B) DIV A,B,X (X) (A)/(B) X= A*(B+C*D-E/F) COpOP 1OP 2OP 3

7 PUCC 7 Instruções com 2 OP ADD A,B (A) (A)+(B) SUB A,B (A) (A)-(B) MPY A,B (A) (A)*(B) DIV A,B (A) (A)/(B) X= A*(B+C*D-E/F) COpOP 1OP 2

8 PUCC 8 Instruções com 1 OP ADD OP ACC ACC +(OP) SUB OP ACC ACC -(OP) MPY OP ACC ACC *(OP) DIV OP ACC ACC / (OP) LDA OP ACC (OP) STA OP (OP) ACC COpOP

9 PUCC 9 Modos Endereçamento O endereçamento de uma instrução é sempre realizado através do valor armazenado em PC Todo ciclo de instrução é iniciado pela transferência da instrução para o IR Toda instrução consiste em uma ordem codificada (Cód.Oper.) para a CPU executar uma operação qualquer sobre dados. A localização dos dados pode estar indicada explicitamente na própria instrução, por um ou mais conjunto de bits, denominados campos operando, ou implicitamente (dado armazenado no ACC, que é único).

10 PUCC 10 Modo Imediato O modo mais simples de se obter um dado é indicar seu próprio valor no campo operando ao invés de buscá-lo na memória. O dado é transferido juntamente com a instrução para o IR. Utilizado na inicialização de contadores, operações com constantes matemáticas... Problema: limitação do tamanho do campo operando nas instruções, o que reduz o valor máximo a ser manipulado

11 PUCC 11 Modo Direto O valor binário contido no campo operando da instrução indica o endereço da memória onde se localiza o dado. O endereço pode ser de uma célula onde o dado está contido ou o endereço de uma célula inicial, quando o dado usa várias células. Uma única referência para à MP para buscar o dado. Desvantagem: limitação de memória a ser usada conforme o tamanho do campo operando. –Memória de 256 MB - ?? Bits no campo operando

12 PUCC 12 Modo Indireto O valor binário do campo operando representa o endereço de uma célula, porém o conteúdo dessa célula não é o valor do dado, é um outro endereço cujo conteúdo é o valor do dado. Endereçamento duplo, mais ciclos de memória para buscar o dado. Elimina-se o problema do modo direto, pois estando o endereço armazenado na memória ele poderá ocupar mais que uma célula.

13 PUCC 13 Endereçamento por Registrador Características semelhantes aos modos direto e indireto, exceto que a célula de memória referenciada na instrução é substituída por um dos registradores da CPU. Vantagem: número menor de bits para referenciar os registradores. Tempo de Acesso ao dado é melhor. Modo direto e Modo Indireto.

14 PUCC 14 Modo Indexado Manipular endereços de acesso a elementos de certos tipos especiais de dados –Vetores são armazenados seqüencialmente na memória e que sua localização pode ser referenciada por um ponteiro que é alterado para indicar o elemento desejado. O nome indexado vem do fato que a obtenção do endereço de um dado relaciona- se com seu índice.

15 PUCC 15 Moda Base mais Deslocamento Utilizado com o propósito de reduzir o tamanho das instruções e facilitar o processo de realocação dinâmica de programas. Em vez de ser necessário que o campo operando tenha um tamanho correspondente à capacidade total de endereçamento da MP, basta que o endereço desejado seja obtido pela soma de um valor existente em um dos registradores da CPU com o valor contido na instrução. Dois campos na instrução substituem o operando: BASE e o Deslocamento

16 PUCC 16


Carregar ppt "PUCC 1 Agenda Modos de Endereçamento. PUCC 2 Instrução de Máquina Cód. Operação: indica o tipo da operação a ser realizada Operando: endereço do dado."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google