A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Sistemas de Informação Professor: António Manuel Ricarte.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Sistemas de Informação Professor: António Manuel Ricarte."— Transcrição da apresentação:

1 Sistemas de Informação Professor: António Manuel Ricarte

2 Características de um Sistema Razão fundamental da existência do sistemaRazão fundamental da existência do sistema Objectivo Partes do sistema que funcionam juntas para alcançar o objectivoPartes do sistema que funcionam juntas para alcançar o objectivo Componentes Relação existente entre os componentes, definindo a fronteira entre o sistema e o seu meio ambienteRelação existente entre os componentes, definindo a fronteira entre o sistema e o seu meio ambiente Estrutura Maneira do sistema reagir ao seu ambienteManeira do sistema reagir ao seu ambiente Comportamento Inclui evolução, desgaste, envelhecimento, substituição e morteInclui evolução, desgaste, envelhecimento, substituição e morte Ciclo de vida

3 As Organizações vistas como um sistema

4 Necessidade de Informação Qualquer organização para sobreviver necessita de informação, quer para poder interactuar com o seu meio ambiente, quer para permitir a interacção entre os diferentes componentes da organização. Este fluxo de informação permite que a organização possa alcançar os objectivos que se propõe atingir.

5 Tipos de Informação Informação operacional A qual é usada diariamente e permite que a organização leve a cabo eficientemente as suas actividades de rotina Informação de Gestão A que suporta o processo de tomada de decisão dos níveis de gestão; é uma informação menos rotineira que a operacional

6 Valor da Informação Qualquer tipo de informação deve estar disponível na organização de uma forma facilmente utilizável e compreensível, estar disponível a tempo e ser obtida a custo razoável

7 Fluxo de Informação JOÃO Presidente da Direcção Gestor Produção Vendedor Secretária

8 Necessidades de Sistemas de Informação Processamentos complexos Número de utilizadores envolvidos Volume de dados Diversas técnicas e tecnologias Contextos dinâmicos Ferramentas disponíveis Sistemas de Informação

9 Necessidades de Sistemas de Informação As organizações precisam de ter um tipo especial de sistema SISTEMA DE INFORMAÇÃO o qual serve todos os outros subsistemas da organização, ligando-os através da informação

10 Sistemas de Informação É o meio que providencia os meios de armazenamento, geração e distribuição de informação com o objectivo de suportar as funções de operação e gestão de uma organização.

11 Sistemas de Informação Os sistemas podem ser ManuaisComputorizados Mistos

12 Os SI vistos como um Sistema  Objectivo  Orientar a tomada de decisão  Componentes  Dados, sistema de processamento de dados, canal de comunicação  Estrutura  Maneira como os diferentes processamentos de dados estão ligados entre si  Comportamento  Conjunto de procedimentos que se seguem para obter os dados, os processar e os enviar  Ciclo de vida  Se organização muda >> SI muda  Se organização não precisa mais do SI >> SI morre

13 Exemplos de Sistemas de Informação Sistemas de informação de contabilidade Sistemas de controlo de existências (stocks) Sistemas de apoio à navegação Sistemas de apoio a vendas Sistemas de apoio a profissões liberais Outros...

14 Desenvolvimento de Sist. Informação É importante:  Modelar o sistema  Providenciar regras para modelar  Providenciar ferramentas para modelar  Transformar gradualmente os modelos de uma forma “humana” para “máquina”

15 Linguagens de 1a / 2a Geração Linguagens de 3a Geração e Programação Estruturada Projeto e Análise Estruturado Modelagem de Informação / Modelagem Essencial / Ferramentas CASE Programação Orientada a Objeto e Análise Orientada a Objeto. Análise Histórica

16 Capacidade e ComplexidadeConhecimento dos Sistemas Informação Dados Números Crescimento dos Sistemas

17 Evolução no Processo de Desenvolvimento de SI AntigamenteHoje Sistemas pequenos Uma pessoa Qualidade era estar preocupado em escrever o código Sistemas complexos Grupos de pessoas Qualidade é estar preocupado em perceber o que a organização, e em mais particular, o que sistema requerido necessita

18 Necessidades de um Desenvolvimento Estruturado  Sistemas grandes e complexos  Necessidade de compreender o que a organização necessita  Várias pessoas a desenvolver um SI  Cada pessoa faz uma dada tarefa específica  Necessidade de coordenar as várias pessoas e tarefas  Sistemas desenvolvidos por processos antigos tinham muitos erros

19 Características de um Desenvolvimento Estruturado Desenvolvimento sistemático Entender o problema Descrever o problema Desenhar a solução baseada na compreensão do problema Construir modelos que assentem em regras bem definidas Modelos revistos e comentados pelos utilizadores Documentar todo o processo de desenvolvimento Usar de preferência notações gráficas para representar o modelo do sistema

20 Paradigmas para o Desenvolvimento de SI  Modelo Espiral  Prototipagem  Modelo de 4ª Geração  Ciclo convencional de desenvolvimento de sistemas de informação (Waterfall Model) Devemos escolher consoante a natureza do Sistema de Informação a desenvolver

21 Modelo Espiral Planejamento Engenharia Análise dos riscos Avaliação do cliente Coleta inicial dos requisitos e planejamento do projeto Planejamento baseado nos comentários do cliente Avaliação do cliente Decisão de prosseguir/não prosseguir Na direção de um sistema concluído Protótipo de software inicial Sistema construído pela engenharia

22 Prototipação Coleta e refinamento dos requisitos Refinamento do protótipo Engenharia do produto Projeto rápido Construção do protótipo Avaliação do protótipo pelo cliente Fim Início

23 Técnicas de Quarta Geração Engenharia de sistemas Estratégia de “projeto” Implementação usando 4GL Teste

24 Ciclo convencional de desenvolvimento de SI O ciclo de desenvolvimento de um SI é um conjunto de actividades que os analistas, projectistas do SI e utilizadores desenvolvem para conceber e implementar um SI

25 Ciclo convencional de desenvolvimento de SI Waterfall Model Modelo Cascata O ciclo de desenvolvimento de um SI pode ser visto como um conjunto de actividades integradas. Existem vários modelos para o ciclo de desenvolvimento sendo que o apresentado é um modelo clássico designado

26 Waterfall Model (Modelo Cascata) Estudo Preliminar Estudo de Viabilidade Projecto Codificação Manutenção Análise detalhada Testes e Implementação

27 Waterfall Model

28 Combinando Paradigmas Obtenção preliminar dos requisitos Análise de requisitos Prototipação4GT(técnicas de Quarta Geração) Modelo Espiral 4GT(técnicas de Quarta Geração) Modelo Espiral: enésima iteração Prototipação: enésima iteração Projeto Codificação 4GT(técnicas de Quarta Geração) Realização de testes Sistema Operacional Manutenção

29 Estudo Preliminar Compilar informação que permita avaliar o SI requerido e dar uma opinião fundamentada sobre a praticabilidade do projecto.

30 Estudo Preliminar O SI requerido permite que a organização atinja os seus objectivos? Definir os Objectivos Que problemas o SI requerido vai resolver? Que situações o SI requerido vai melhorar?

31 Primeira Documentação Segunda Documentação Programas de trabalho;Programas de trabalho; Objetivos e organização do projeto;Objetivos e organização do projeto; Filosofia e objetivos quanto aos sistemas de informação;Filosofia e objetivos quanto aos sistemas de informação; Conhecimento genérico da empresa.Conhecimento genérico da empresa. Recursos e custos dos sistemas atuais;Recursos e custos dos sistemas atuais; Necessidades atendidas e não atendidas pelos sistemas atuais;Necessidades atendidas e não atendidas pelos sistemas atuais; Sistemas existentes ( visão geral de cada subsistema ).Sistemas existentes ( visão geral de cada subsistema ). Levantamento de Dados

32 Terceira Documentação Quarta Documentação Quinta Documentação Modelo Global do Sistema de Informação.Modelo Global do Sistema de Informação. Recursos de processamento de dados requeridos;Recursos de processamento de dados requeridos; Política de automação.Política de automação. Cronograma geral de desenvolvimento;Cronograma geral de desenvolvimento; Benefícios esperados;Benefícios esperados; Custos estimados;Custos estimados; Programa de instalação dos recursosPrograma de instalação dos recursos Levantamento de Dados

33 HÁ UMA SOLUÇÃO VIÁVEL ? Objetivo:  Determinar rapidamente se o problema pode ser resolvido  As funções que o sistema deve executar  Desenvolver alternativas  Baixo custo serviços básicos  Médio custo  Alto custo todos os serviços que o usuário deseja Pessoas Envolvidas:   Utilizador   Administração Estudo de Viabilidade

34 Definir a delimitação e os objetivos do sistema Estudar o sistema existente (caso exista) Desenvolver o modelo lógico de alto nível do sistema proposto Desenvolver e avaliar soluções alternativas Decidir sobre o curso de acção recomendada Desenhar um plano de desenvolvimento Redigir o estudo de viabilidade Apresentar os resultados p/a administração/usuários. Tipos de Viabilidade:   Técnica   Económica   Operacional Etapas do Estudo de Viabilidade

35 É possível desenvolver o SI requerido com os recursos da organização? Verificar a viabilidade técnica Os recursos técnicos existentes chegam, podem ser actualizados ou aumentados para satisfazer os requisitos do SI requerido? Verificar a viabilidade económica Quais os custos e benefícios do SI requerido? Verificar a viabilidade operacional Existem pessoas e com conhecimentos necessários para o desenvolvimento do SI requerido?

36 Identificação de Requisitos Deve ser realizado um estudo completo pelos analistas para obter uma compreensão clara do sistema Atingir tal compreensão não é fácil A visão que o analista tem do sistema tem que coincidir com a do utilizador apesar de não ser necessariamente segundo a mesma perspectiva

37 Identificação de Requisitos Como recolher informação sobre o sistema? Análise de documentaçãoAnálise de documentação EntrevistasEntrevistas QuestionáriosQuestionários ObservaçãoObservação Diálogo com os utilizadoresDiálogo com os utilizadores

38 Análise de documentação Regulações governamentais Relatórios internos – Vendas, Stocks, Produção Registos periódicos – Registo pagamentos fornecedores – Registo de encomendas Formulários

39 Entrevistas Através da entrevista obtém-se do entrevistado As suas opiniões A sua sensação sobre o estado actual do sistema Objectivos organizacionais e pessoais Procedimentos

40 Entrevistas Preparação da entrevista Ler material sobre o entrevistado e a organização Estabelecer um objectivo da entrevista Decidir quem entrevistar Marcar a entrevista Decidir tipo de perguntas

41 o quê (What?); quando (When?); onde (Where?); porquê (Why?); quem (Who?) e ainda pode acrescentar a pergunta quanto (How?). Técnica de Entrevista

42 Questionários Permite obter das diferentes pessoas: O que querem do novo sistema O que pensam que está actualmente correcto O que fazem (comportamento) Características de pessoas ou coisas

43 Questionários Desenhar o Questionário Definir objectivo do questionário Decidir a quem entregar o questionário Elaborar questões – Decidir tipo de questões: Abertas/Pré-codificadas – Definir ordem das questões – Manter o mesmo estilo ao longo do questionário – Deixar espaço adequado para as respostas – Fazer instruções de preenchimento

44 Observação Através da observação obtém-se O que está actualmente a ser feito Relações que existem entre as pessoas Influências Comportamento

45 Observação Preparação da Observação Decidir o que vai ser observado Decidir quando vai ser observado Preparar uma lista do que vai ser observado

46 Custo de desenvolvimento Pessoal Analista Programadores Operadores Administrativo Extern Custo operacional Equipamento Materiais Externos Pessoal Análise do Custo

47 Relatório Inicial

48 Alternativa

49 Custo / Benefício BENEFICIO LÍQUIDO  500 VIDA ÚTIL  5 ANOS 500 POR ANO  FINAL DE 5 000(18%) VALOR ATUAL  1 563,58 VALOR LIQUIDO  ,42

50 Desenvolvimento de SI Se viável Planear o desenvolvimento SI Desenvolver um Projecto

51 Planear o Desenvolvimento de SI Definir a equipa de desenvolvimento Definir que actividades vão ser necessárias Designar pessoas para cada actividade Estimar o tempo para completar cada actividade, bem como, todo o projecto

52 Análise Detalhada Organizar Opiniões Regras Procedimentos Dados em modelos coerentes do sistema requerido Uso de Diagramas

53 Análise Detalhada UTILIZADOR ANALISTA PROPOR E DOCUMENTAR NOVO SISTEMA “DESIGNER” DIÁLOGO DOCUMENTAR SISTEMA EXISTENTE “RETRATO DO QUE EXISTE”

54 “Linguagem” do Analista O que é uma ENTIDADE ? Objecto, concreto ou abstracto, de interesse para o sistema, que possa ser identificável de forma inequívoca exemplos: Cliente Produto Factura Aluno Livros

55 “Linguagem” do Analista O que é um ACONTECIMENTO ? Algo que ocorre no sistema num determinado instante exemplos: Pedir Produto Pagar Produto Requisitar Livro

56 “Linguagem” do Analista O que é um PROCESSO ? Actividade que ocorre no sistema exemplos: Verificar estado stock Calcular total da factura Verificar disponibilidade do livro

57 “Linguagem” do Analista O que é um ATRIBUTO ? As Entidades são descritas pelos seus Atributos EntidadeNome do Atributo LivroCódigo Nome Editora Ano de Edição Estado

58 “Linguagem” do Analista O que é uma RELAÇÃO ? As Entidades estão associadas através de Relações exemplos: Clientes compram Produtos Alunos requisitam Livros

59 Análise Detalhada ACONTECIMENTO PROCESSO PROVOCAEXECUÇÃO REQUISITAR LIVRO VERIFICAR A DISPONIBILIDADE DO LIVRO

60 Perspectivas de Modelar o SI Orientada a Comportamento O que acontece e quando? Orientada a Processos Orientada a Dados O que o Sistema faz? Que informação é usada pelo Sistema? Ex: Diag. Fluxo Dados Ex: Diag. Vida Entidade Ex: Diag. E-R


Carregar ppt "Sistemas de Informação Professor: António Manuel Ricarte."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google