A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 FMU – Direito - Psicologia Jurídica BEHAVIORISMO II Prof. Dr. Leandro Feitosa Andrade.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 FMU – Direito - Psicologia Jurídica BEHAVIORISMO II Prof. Dr. Leandro Feitosa Andrade."— Transcrição da apresentação:

1 1 FMU – Direito - Psicologia Jurídica BEHAVIORISMO II Prof. Dr. Leandro Feitosa Andrade

2 2 Comportamento operante (R  S)

3 3

4 Linha do Tempo 1904 Em 23 de março, Burrhus Frederic Skinner nasce, na Pensilvânia, Estados Unidos. 1928Inicia a pós-graduação em Psicologia, em Harvard. 1938Publica o livro O Comportamento dos Organismos. 1948Começa a lecionar em Harvard, onde trabalhou até o fim da vida Publica o livro Walden Two, em que idealiza uma sociedade do futuro, organizada segundo os princípios comportamentais que ele defendia. 1953Publica o livro Ciência e Comportamento Humano. 1957Publica o livro O comportamento Verbal. 1968Publica o livro Tecnologia do Ensino Publica o livro Além da Liberdade e da Dignidade, que se tornou um best- seller nos Estados Unidos. 1974Publica o livro Sobre o Behaviorismo Publica, com M. E. Vaughan, o livro Viva bem a velhice: aprendendo a programar sua vida. 1989Publica o livro Questóes Recentes na Análise Comportamental. 1990Em 18 de agosto morre, aos 86 anos, de leucemia. B. F. Skinner

5 5 O Comportamento Operante é todo movimento de um organismo que atuação sobre o mundo ao redor. Respostas voluntárias. Ler, escrever, andar, falar, dirigir um carro, tocar um instrumento. Lei do efeito: faz – acontece – repete. faz – não acontece – para de fazer. Rapaz – mexe – garota Mexer – comportamento operante – primeiro ele mexeu com a garota Resposta – sim/não – experiências anteriores que reforça ou não a ação. Respostas emitidas sem que se possa relacionar com algum estímulo conhecido (que apenas ocorrem). Diferença – não há, no começo, nenhum estímulo específico com os quais se possa evocá-los. Tem que esperar que apareçam antes que se possa fazer qualquer coisa com eles. Comportamento operante (R  S)

6 6 Reforço é qualquer estimulo que aumenta a probabilidade de uma resposta. REFORÇO POSITIVO Todo organismo vivo tende a repetir o mesmo comportamento se ele for recompensado assim que for emitido. O comportamento se fortalece quando imediatamente recompensado. Rato. Pressiona a barra (R) – Recebe água (S) – reforça o comportamento. Estímulo (S), água, acontece depois do comportamento (R), tocar a barra. Toca um instrumento para ouvir o som. Mexe com o garoto para receber atenção. Comportamento operante (R  S) 4 mecanismos básicos REFORÇO – EXTINÇÃO – GENERALIZAÇÃO – DISCRIMINAÇÃO

7 7 REFORÇO NEGATIVO É o que fortalece a resposta que remove/evita o estímulo indesejável. Permite retirar algo indesejável. Rato – choque no assoalho – que é removido quando aperta a barra. Toda vez que bater na barra ficará associado a remover o choque. Coloca blusa para não sentir frio. Liga ventilador para não sentir calor. Diminui velocidade para evitar acidente. Fecha o vidro para diminuir barulho. Comportamento operante (R  S)

8 8 EXTINÇÃO Quando uma resposta deixa de ser reforçada o comportamento diminuirá de frequência e poderá deixar de ser emitida. 1. Ausência de resposta. Pela suspensão de reforço. Rato. Bate na barra e não sai água. Deixa de telefonar para alguém que nunca atende/responde nossa ligação. 2. Punição. Todo organismo tende a fugir de estímulos indesejáveis. Apresenta um estímulo aversivo. Rato – choque na barra. Multa de trânsito. Desconto no salário quando chega atrasado. Informam sobre o que não se deve fazer ao invés do que fazer. * Muitas vezes o comportamento punido não desaparece, depende do grau de motivação do comportamento. “Não doeu”. * Reforça a pessoa que esta punindo. * A punição esta condicionada à presença do punidor e dos fatores de punição. Comportamento operante (R  S)

9 9

10 10 Discriminação É a capacidade de perceber semelhanças entre estímulos e responder de maneira semelhante a todos eles. Treinar cachorro para obedecer ao dono e não todas as pessoas. Não responder com formalidade em todas as situações. Generalização Capacidade de responder de forma semelhante a situações que percebemos como semelhantes. Ensinar as crianças sempre olharem para os lados antes de atravessar a rua. Aprendizagem escolar: fazer contas e escrever... Comportamento operante (R  S)

11 11 FORMAS DE REFORÇO De Intervalo: é o reforço apresentado em intervalos de tempo. Aprende a controlar o tempo. De Razão: o reforço é apresentado após determinado número de respostas. Aprende a contar. Reforço de intervalo fixo. De intervalo fixo: de 1 em 1 minuto. De razão fixa: depois de 10 batidas na barra. Reforço intermitente. De intervalo variável: não determinado o tempo. De razão variável: não determinado o número de batidas. O reforço intermitente é o mais efetivo e eficiente na manutenção do comportamento – resistente a extinção. Cria pessoas persistentes e resistentes a frustração. Comportamento operante (R  S)

12 12 Behaviorismo radical radical em dois sentidos: por negar a existência de algo que escapa ao mundo físico, que não tenha uma existência identificável no espaço e no tempo. por aceitar todos os fenômenos comportamentais.


Carregar ppt "1 FMU – Direito - Psicologia Jurídica BEHAVIORISMO II Prof. Dr. Leandro Feitosa Andrade."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google