A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Sistema Operacional FreeBSD. Introdução A sigla BSD “Berkeley Software Distributions”, na verdade é referente ao UNIX desenvolvido pela Universidade da.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Sistema Operacional FreeBSD. Introdução A sigla BSD “Berkeley Software Distributions”, na verdade é referente ao UNIX desenvolvido pela Universidade da."— Transcrição da apresentação:

1 Sistema Operacional FreeBSD

2 Introdução A sigla BSD “Berkeley Software Distributions”, na verdade é referente ao UNIX desenvolvido pela Universidade da Califórnia, em Berkeley. Criado por estudantes e pela faculdade, o BSD nunca foi parte do projeto UNIX em si, (UNIX criado pela Bell Labs); O FreeBSD atualmente roda em processadores intel 32-bit- e compatíveis. Apenas 16 MB de RAM e 500 MB de espaço no disco são suficientes para instalação em plataforma compatível com x86;

3 Gerencia de processo Ao usar um editor, é fácil controlá-lo, indicar que ele deve carregar arquivos, e assim por diante. Você pode fazê-lo pois o editor oferece algumas opções para fazê-lo, e por que o editor é diretamente interligado a um terminal. Alguns programas não são projetados de forma a utilizar informações contínuas do usuário, e assim ele se desconecta do terminal em sua primeira oportunidade. Algumas vezes será necessário se comunicar com um processo daemon. Essa comunicação é chamada de sinais, e você pode se comunicar com o daemon (ou qualquer outro processo em execussão) enviando-o um sinal.

4 Gerencia de Arquivo No Unix BSD não existe uma dependência entre a estrutura lógica dos diretórios e o local onde os arquivos estão fisicamente armazenados. Dessa forma é possível adicionar novos discos ao sistema de arquivos sempre que necessário. Quando utilizado, serve para realizar a carga do sistema (boot). Possui informações sobre a estrutura do sistema de arquivos, incluindo o número de i-nodes, o número de blocos do disco e o início da listas de blocos. Qualquer problema com o super block ocasionará a perda de todo o sistema de arquivos. Entrada e Saída É uma seqüência de bytes que podem ser acessados randomicamente ou seqüencialmente. Diferentes programas esperam vários níveis de estrutura, mas o kernel não impõe estrutura de I/O.

5 Gerencia de Memória Inicialmente a alocação de memória no FreeBSD utilizou somente Swapping. Processo de swapping: Swapper executa periodicamente. Processos prontos são escalonados para uso da memória física. Bibliografia


Carregar ppt "Sistema Operacional FreeBSD. Introdução A sigla BSD “Berkeley Software Distributions”, na verdade é referente ao UNIX desenvolvido pela Universidade da."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google