A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Geografia Adilson Basto POSSÍVEIS TEMAS DO VESTIBULAR Colégio Euclides da Cunha Nove temas da atualidade que podem cair no Enem e nos vestibulares de 2012/2013.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Geografia Adilson Basto POSSÍVEIS TEMAS DO VESTIBULAR Colégio Euclides da Cunha Nove temas da atualidade que podem cair no Enem e nos vestibulares de 2012/2013."— Transcrição da apresentação:

1 Geografia Adilson Basto POSSÍVEIS TEMAS DO VESTIBULAR Colégio Euclides da Cunha Nove temas da atualidade que podem cair no Enem e nos vestibulares de 2012/2013

2 Temas de estudo da Geografia  Energia: acidente nuclear no Japão;  Meio ambiente: Código Florestal, derramamento de petróleo e Rio+20;  Meio ambiente: catástrofes naturais;  Tecnologia: internet;  Geopolítica: papel do Brasil no cenário internacional;  Crise econômica mundial;  Geopolítica: 30 anos da Guerra das Malvinas;  Geopolítica: Primavera Árabe;  Cidadania: eleições municipais.

3 Energia: acidente nuclear no Japão  Energia é assunto cuja presença é garantida nas provas. Os professores aconselham um estudo aprofundado sobre vantagens e desvantagens das diferentes matrizes energéticas do Brasil e dos principais atores globais. O acidente nuclear na usina de Fukushima, no Japão, após o terremoto seguido de tsunami que atingiu a costa nordeste do país, reacendeu a discussão sobre o assunto. Na Europa, a Alemanha fechou metade de suas usinas e pretende aposentar mais nove reatores até No Brasil, o Plano Nacional de Energia prevê a construção de quatro novas usinas até 2030, além de Angra 1 e 2, que já operam, e Angra 3, que deve ser inaugurada em Também no capítulo energia, vale lembrar as controvérsias causadas pela construção da usina de Belo Monte, no Pará. Planejada para ser a terceira maior hidrelétrica do mundo, Belo Monte vem provocando reações de grupos de preservação, que questionam os impactos ambiental e humano.acidente nuclear na usina de Fukushima terremoto seguido de tsunami que atingiu a costa nordeste do paísAlemanha fechou metade de suas usinasprevê a construção de quatro novas usinas

4 Meio ambiente: Código Florestal, derramamento de petróleo e Rio+20  É bom preparar-se para questões sobre meio ambiente. O tema é recorrente no Enem e nos vestibulares. No Brasil, ainda tramita no Congresso Nacional o novo Código Florestal, que divide ambientalistas e ruralistas. Para os professores, é uma oportunidade para questionamentos sobre sustentabilidade, utilização de recursos naturais e até mesmo agronegócio. Dois derramamentos de petróleo no litoral brasileiro – o primeiro ocorrido em novembro de 2011 e o segundo anunciado em março de 2012 – também apontam para a discussão de questões ambientais. É importante não perder de vista o Rio+20, conferência que acontece em junho na capital fluminense vinte anos após a Eco92, histórica reunião que colocou o ativismo ambiental definitivamente no debate mundial.Código Florestalprimeiro ocorrido em novembrosegundo anunciado em março de 2012Rio+20

5 Meio ambiente: catástrofes naturais  Do terremoto no Japão às enchentes que assolam cidades em diversas regiões do Brasil periodicamente, os desastres naturais devem ser olhados com atenção. Segundo os professores, é preciso diferenciar os acidentes causados pela ação humana – como o episódio da tragédia na região serrana do Rio de Janeiro – daqueles operados pela força da natureza, como o terremoto que devastou parte do Japão. Em relação o primeiro exemplo, conceitos como urbanização, ocupação territorial desordenada e déficit habitacional devem ser estudados pelos candidatos. No segundo, movimentos de placas tectônicas e formação de tempestades tropicais precisam estar na ponta da língua.terremoto no Japãoenchentes que assolam cidades em diversas regiões do Brasil

6 Tecnologia: internet  Em 2011, "Viver em rede no século XXI" foi o tema da redação do Enem. A internet, ao que tudo indica, é um assunto que veio para ficar na avaliação federal e é possível que se estenda a outros exames de seleção. A utilização da ferramenta como catalisador de mobilizações sociais, como a Primavera Árabe, pode motivar questões objetivas. Para os professores, no caso do Enem, é importante ter uma visão crítica sobre tecnologia, já que o exame costuma cobrar um posicionamento claro dos candidatos. como a Primavera Árabe

7 Geopolítica: papel do Brasil no cenário internacional  A importância do Brasil enquanto ator global tem crescido nos últimos anos e os desafios que o país enfrenta enquanto potência emergente podem motivar questões nas provas. Desde o governo do ex-presidente Lula, o Brasil busca uma vaga permanente no Conselho de Segurança da ONU e os professores sugerem que os candidatos se debrucem sobre o funcionamento dessa importante organização internacional. Em 2012, a economia brasileira se consolidou como sexta maior do mundo e, por isso, é bom estar atento às principais atividades econômicas do país também. A tentativa frustrada de mediação de conflitos internacionais por parte do governo brasileiro também deve ser alvo de atenção. sexta maior do mundo

8 Crise econômica mundial  A indisciplina fiscal e o descontrole das contas públicas em países da zona do euro, em particular na Grécia, arrastaram o bloco para uma crise financeira sem precedentes. Os gregos amargam altos índices de desemprego – mais da metade dos jovens não encontra trabalho. Em seguida, a Itália anunciou oficialmente a recessão de sua economia. Enquanto isso, a dívida pública bate recorde na Espanha. De acordo com os professores, é importante entender os caminhos que levaram o Velho Continente à crise e as consequências do cenário devastador, inclusive para o Brasil. Questões sobre blocos econômicos e a formação e solidificação da União Europeia também podem aparecer em exames deste ano.crise financeira sem precedentesmais da metade dos jovens não encontra trabalhooficialmente a recessão de sua economiaa dívida pública bate recorde

9 Geopolítica: 30 anos da Guerra das Malvinas  As Ilhas Malvinas – Falkland para os britânicos – ficam a cerca de 500 quilômetros do litoral argentino, mas são administradas e ocupadas pela Grã-Bretanha desde Isso já trouxe tensão entre os dois países, que entraram em guerra em Derrotada em dois meses de conflito, a Argentina se rendeu e os britânicos seguiram como donos do território, onde hoje vivem hoje cerca de pessoas. Recentemente, a presidente argentina, Cristina Kirchner, decidiu reclamar novamente a soberania sobre a ilha, o que reacendeu a tensão internacional. O assunto pode suscitar questões sobre a ditadura argentina ou as antigas colônias britânicas, como a Índia. O governo da premiê Margareth Tatcher, que liderou a vitória da Grã-Bretanha na guerra, também pode aparecer no Enem.

10 Geopolítica: Primavera Árabe  A onde de protesto que varreu do poder o tunisiano Zine El Abidine Ben Ali e o egípcio Hosni Mubarak alcançou o norte da África e diversos países do Oriente Médio. A agitação em nações como Síria e Líbia pode motivar questões conceituais sobre a região e seus conflitos, assim como a utilização da internet como ferramenta de organização social. Perguntas envolvendo a Guerra Fria e disputas pelo domínio do petróleo também podem aparecer. Para os professores, um aspecto importante das revoltas no mundo islâmico é a participação das mulheres, que lutam para ganhar espaço na região.

11 Cidadania: eleições municipais  Em outubro, os brasileiros irão às urnas para escolher prefeitos e vereadores. De acordo com os professores, questões sobre o processo eleitoral brasileiro e comparações entre diferentes momentos da história do Brasil podem aparecer nas provas. É importante ter em mente a divisão política e administrativa do país e as atribuições de casa um dos poderes: Executivo, Legislativo e Judiciário.


Carregar ppt "Geografia Adilson Basto POSSÍVEIS TEMAS DO VESTIBULAR Colégio Euclides da Cunha Nove temas da atualidade que podem cair no Enem e nos vestibulares de 2012/2013."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google