A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Cólica Nefrética na criança: Como conduzir ? Mônica Pacífico Mônica Pacífico.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Cólica Nefrética na criança: Como conduzir ? Mônica Pacífico Mônica Pacífico."— Transcrição da apresentação:

1 Cólica Nefrética na criança: Como conduzir ? Mônica Pacífico Mônica Pacífico

2 Cólica Nefrética  Conceito: Dor originária do aparelho urinário,descrita desde a antiguidade,geralmente decorrente de obstrução ureteral aguda em qualquer porção,sendo uma das dores mais intensas e um dos sintomas mais incapacitantes nos serviços de urgência. Dor originária do aparelho urinário,descrita desde a antiguidade,geralmente decorrente de obstrução ureteral aguda em qualquer porção,sendo uma das dores mais intensas e um dos sintomas mais incapacitantes nos serviços de urgência.

3 Cólica Nefrética  Incidência: 1 a 20 % com taxa de recidiva em 5 anos de 30 a 50 %;  Frequentemente o primeiro episódio de cólica nefrética ocorre na infância;  Homens são mais acometidos que as mulheres numa proporção de 3:1.  Cada vez mais, o número de crianças com cálculo renal aumenta.

4 Cólica Nefrética  Fatores associados e predisponentes: Herança Genética Herança Genética Hábitos de vida Hábitos de vida Distúrbios Metabólicos (Hipercalciúria idiopática) Distúrbios Metabólicos (Hipercalciúria idiopática) Uso crônico de medicações litogênicas Uso crônico de medicações litogênicas Alterações anatômicas do trato urinário Alterações anatômicas do trato urinário ITU ITU Alterações de ph urinário Alterações de ph urinário Imobilização prolongada Imobilização prolongada

5 Cólica Nefrética  História clínica e exame físico  Sinais de ALERTA: Insuficiência Renal Insuficiência Renal Rim único Rim único Febre alta Febre alta

6 Cólica Nefrética  Diagnóstico: Laboratorial (na crise): sumário de urina;urocultura;uréia e creatinina;ionograma;hemograma. Laboratorial (na crise): sumário de urina;urocultura;uréia e creatinina;ionograma;hemograma.

7 Cólica Nefrética  Diagnóstico por imagem:  1.Rx simples de abdome;  2.USG com e sem doppler;  3.TC de abdome e pelve, sem contraste, com cortes de 5 mm;  4.Cintilografia renal com DMSA  5.Estudo renal dinâmico com DTPA ou MAG3 e teste do diurético

8 Cólica Nefrética Exame Rx simples TC TCUSG US com doppler UGE Urina 1 sens50-79% %88-90%64-95%78% espec65-78% % F neg 17 % 17 % 6% 6% 5% 5%4-18% F pos 10% 10% 9% 9% 17% 17% P pos 98% 98% 98% Acurá cia 78% 78% % 87% 89% 89% 72% 72% D.alt 27% 27% 4% 4%

9 Cólica Nefrética  Tratamento: Crise Aguda: Crise Aguda: Hidratação: não deve ser exagerada(evitar hiperidratação,pois aumenta a pressão das vias excretoras,diminuindo a peristalse ureteral ). Hidratação: não deve ser exagerada(evitar hiperidratação,pois aumenta a pressão das vias excretoras,diminuindo a peristalse ureteral ). Não fazer diuréticos. Não fazer diuréticos.

10 Cólica Nefrética  Repouso  Internação: vômitos incoercíveis sinais de desidratação sinais de desidratação dist. metabólicos dist. metabólicos dor refratária ao tratamento dor refratária ao tratamento infecção associada com necessidade de ATB EV. infecção associada com necessidade de ATB EV.

11 Cólica Nefrética  Anti-eméticos S/N: Metoclopramida Metoclopramida Bromoprida Bromoprida Ondansetron – 4 mg 3x/ dia 4 – 11 anos Ondansetron – 4 mg 3x/ dia 4 – 11 anos Dimenidrinato – 1,25 mg/k 4x/dia Dimenidrinato – 1,25 mg/k 4x/dia

12 Cólica Nefrética  Medicamentos para analgesia:  AINH  Opióides  Dipirona  Antiespasmódicos Classicamente,a analgesia na cólica nefrética é realizada com opióides e antiespasmódicos. Classicamente,a analgesia na cólica nefrética é realizada com opióides e antiespasmódicos.

13 Cólica Nefrética  AINH: inibidores das PGs = diminuem distensão de vias excretoras e espasmos (contra-indicações:IR / Dça péptica/Gravidez) Cetoprofeno: <1: 1 mg/k/dose 3-4x Cetoprofeno: <1: 1 mg/k/dose 3-4x 7- 11anos:25 mg 3-4x 7- 11anos:25 mg 3-4x > 11 anos:50 mg 3-4x > 11 anos:50 mg 3-4x Ibuprofeno: 4 – 10 mg/k/dose 3x Ibuprofeno: 4 – 10 mg/k/dose 3x Diclofenaco sódico:2-3 mg/k/dia 2-4x(1-12 anos). Diclofenaco sódico:2-3 mg/k/dia 2-4x(1-12 anos).

14 Cólica Nefrética  Opióides: Morfina (0,1 – 0,2 mg/k/dose em intervalos de 2 – 4 horas em bolus EV/IM/SC) Morfina (0,1 – 0,2 mg/k/dose em intervalos de 2 – 4 horas em bolus EV/IM/SC) Dolantina ( não fazer) Dolantina ( não fazer) Tramadol : 5 mg/k/dia de 8/8 hs, ou BIC Tramadol : 5 mg/k/dia de 8/8 hs, ou BIC

15 Cólica Nefrética  Antiespasmódicos: N-metilbrometo de hioscina,associado a Dipirona (Buscopan composto)= deve ser evitado em lactentes/ 1 – 6 anos : 0,1 – 0,3 mg/k/dose de 8/8 hs EV ou IM ou 5mg/dose/ escolares: 10 – 20 mg/dose.  Dipirona  Drogas que aceleram o trânsito do cálculo:Oxoprenolol/ Nifedipina ass a Metilprednisolona.  Dores refratárias:peridural contínua.

16 Cólica Nefrética  Tratamento Intervencionista ( cirurgias minimamente invasivas):  LECO  Nefrolitotripsia percutânea(PCN)  Ureterolitotripsia transureteroscópica (UL)  Ureterolitotripsia laparoscópica (ULL) Cirurgias Convencionais Cirurgias Convencionais

17 Cólica Nefrética  Seguimento ambulatorial para investigação de possiveis causas metabólicas;  Modificação dos hábitos de vida;  Tratamento dietético e medicamentoso;  Controles periódicos;

18 UNIDADE DA CRIANÇA  Parabéns pelos 25 anos !  Agradeço a todos por ter feito parte desta equipe (ainda me considero parte dela)  Desejo que alcancemos mais e mais 25 anos de existência!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!  MUITO OBRIGADA!


Carregar ppt "Cólica Nefrética na criança: Como conduzir ? Mônica Pacífico Mônica Pacífico."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google