A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

História e Geografia de Portugal. A pesca e as actividades a ela ligadas continuam a ter alguma importância na economia nacional. Porém, tem-se registado.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "História e Geografia de Portugal. A pesca e as actividades a ela ligadas continuam a ter alguma importância na economia nacional. Porém, tem-se registado."— Transcrição da apresentação:

1 História e Geografia de Portugal

2 A pesca e as actividades a ela ligadas continuam a ter alguma importância na economia nacional. Porém, tem-se registado uma diminuição da população activa deste sector (fig.1). pesca é uma actividade ligada ao mar, que tem grande importância na produção de recursos alimentares. Por isso, o espaço marítimo está repartido pelos diferentes países. À zona reservada a cada uma das nações chama-se Zona Económica Exclusiva – ZEE. A ZEE portuguesa subdivide-se em três áreas distintas (fig. 2).

3 As espécies mais pescadas nas águas portuguesas são a sardinha, o carapau, o polvo, o peixe-espada preto, o atum, a cavala e a faneca (fig. 3). As espécies mais pescadas nas águas portuguesas são a sardinha, o carapau, o polvo, o peixe-espada preto, o atum, a cavala e a faneca (fig. 3). Os pescadores portugueses capturam ainda outras espécies em águas mais longínquas, como acontece com o bacalhau Os pescadores portugueses capturam ainda outras espécies em águas mais longínquas, como acontece com o bacalhau e a pescada. É na pesca longínqua que são utilizadas É na pesca longínqua que são utilizadas as embarcações mais potentes (fig. 4). De entre os portos de pesca portugueses, destacam-se, pela quantidade de pescado desembarcado, os de Matosinhos, Peniche e Sesimbra (fig.5). De entre os portos de pesca portugueses, destacam-se, pela quantidade de pescado desembarcado, os de Matosinhos, Peniche e Sesimbra (fig.5).

4 Outra forma de produzir recursos alimentares e ajudar à preservação das espécies é a aquacultura – produção de espécies aquáticas em ambientes controlados pelo homem (fig. 6). Em Portugal, as espécies mais produzidas em aquacultura são a truta, a dourada, o robalo e os bivalves, como a amêijoa e o berbigão. A produção destas espécies tem vindo a aumentar (fig.7).

5 Com este trabalho aprendemos mais sobre a pesca e a aquacultura, aprofundando os seguintes assuntos: - que a pesca é uma actividade económica que se dedica à captura de espécies aquáticas; - o espaço marítimo reservado a cada uma das nações chama- se Zona Económica Exclusiva – ZEE; - a ZEE Portuguesa subdivide-se em três áreas distintas; - as espécies mais pescadas nas águas portuguesas são a sardinha, o carapau, o polvo, o peixe-espada preto, o atum, a cavala, e a faneca; - a definição de quotas de pesca é a quantidade máxima de pesca permitida; - a aquacultura é a produção de espécies aquáticas em ambientes controlados pelo Homem; - as espécies mais produzidas em Portugal na aquacultura são a truta, a dourada, o robalo, e os bivalves. Ainda tivemos oportunidade de trabalhar em conjunto e com os computadores portáteis.

6 Título: História e Geografia de Portugal, volume 2 Autores: Ana Rodrigues Oliveira, Arlinda Rodrigues e Francisco Cantanhede Editora: Textos Editores Local de Edição: Lisboa Data de Edição: 2005 Ainda fomos buscar imagens ao site: 120&120&sa=N 120&


Carregar ppt "História e Geografia de Portugal. A pesca e as actividades a ela ligadas continuam a ter alguma importância na economia nacional. Porém, tem-se registado."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google