A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1. LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS 2º PERÍODO CURSO: 2.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1. LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS 2º PERÍODO CURSO: 2."— Transcrição da apresentação:

1 1

2 LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS 2º PERÍODO CURSO: 2

3 © Prof. Marcelo Xavier Travassos - Curso: Ciências Biológicas – UNIMONTES  É a junção da ciência computacional e da biologia molecular. BIOINFORMÁTICA  Para tal associação utiliza conhecimentos: Da física; Da física; Biologia; Biologia; Química; Química; INFORMÁTICA; INFORMÁTICA; CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO; CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO; Matemática. Matemática. 3

4 © Prof. Marcelo Xavier Travassos - Curso: Ciências Biológicas – UNIMONTES PORQUÊ O USO DA INFORMÁTICA NO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS? Por que a bioinformática tem o conhecimento essencial para a construção e a análise das bases de dados genômicas e de proteínas, a descoberta de novos genes, de novas moléculas de atividade terapêutica, e de muitas outras aplicações de alta tecnologia. O verdadeiro oceano de dados que está sendo gerado por projetos como o Genoma Humano, e a expansão no setor de biotecnologia médica, são os principais responsáveis por esta explosão na demanda por bioinformatas. 4

5 © Prof. Marcelo Xavier Travassos - Curso: Ciências Biológicas – UNIMONTES O que é um Bioinformata?  Geralmente é um biólogo ou médico que tem altos conhecimentos: De informática; De Genética; De bioquímica;  Característica básica: É preciso ter uma cabeça interdisciplinar, ser polímata (ter múltiplos talentos, tais como matemática, estatística, computação, instrumentação e bioengenharia, genética, biologia, etc.) e ter gosto por trabalhar em equipes multidisciplinares. 5

6 © Prof. Marcelo Xavier Travassos - Curso: Ciências Biológicas – UNIMONTES6 PENSANDO E ENSINANDO: BIOLOGIA

7 © Prof. Marcelo Xavier Travassos - Curso: Ciências Biológicas – UNIMONTES7 O que diz a LDB(9.394/96) sobre os objetivos gerais do Ensino Médio? A educação básica tem por finalidade desenvolver o educando, assegurar-lhe a formação comum indispensável para o exercício da cidadania e fornecer-lhe meios para progredir no trabalho e em estudos superiores. Logo, cabe ao Ensino Médio: Retomar, ampliar e aprofundar a aprendizagem desenvolvida pelo educando no E.F., diminuindo o degrau existente entre este nível e o E.M. Com isso, procura-se garantir uma continuidade natural no processo de aprendizagem. Preparar o educando para um eventual ingresso no mundo do trabalho. Contribuir para o desenvolvimento ético, humano e social do educando, favorecendo a aquisição de conhecimentos socialmente relevantes e pertinentes para exercer plenamente sua cidadania.

8 © Prof. Marcelo Xavier Travassos - Curso: Ciências Biológicas – UNIMONTES8 Em resumo o que a LDB, sugere é que o Ensino Médio, como parte da Educação Básica, seja desenvolvido de forma CONTEXTUALIZADA e INTERDISCIPLINAR.

9 © Prof. Marcelo Xavier Travassos - Curso: Ciências Biológicas – UNIMONTES 9 Propõe que a organização e o tratamento dos conteúdos do ensino e as situações de aprendizagem sejam feitos de modo a destacar as múltiplas interações entre as várias disciplinas do currículo, superando sempre que possível a fragmentação entre elas. Tratar os conteúdos de ensino de forma contextualizada significa aproveitar ao máximo as relações existentes entre esses conteúdos e o contexto pessoal ou social do educando, de modo a dar significado ao que está sendo aprendido, levando-se em conta que todo conhecimento envolve uma relação ativa entre o sujeito e o objeto do conhecimento.

10 © Prof. Marcelo Xavier Travassos - Curso: Ciências Biológicas – UNIMONTES OS PRINCÍPIOS NORTEADORES PARA O ENSINO DA BIOLOGIA 1º As diferentes especialidades da Biologia, como a Bioquímica, Ecologia, Genética, Evolução, Zoologia, Botânica, entre outras, incorporam um debate filosófico sobre origem e significado da vida, assim como fundamenta saberes práticos, próprios da medicina, pecuária, agricultura, engenharia sanitária, industrialização de alimentos, para isso precisa-se:  Saber informar-se, comunicar-se, argumentar, compreender e agir;  Enfrentar problemas de diferentes naturezas;  Participar de um convívio social de forma prática e solidária;  Ser capaz de elaborar críticas, fazer escolhas e proposições;  Tomar gosto pelo conhecimento e adquirir uma atitude de permanente aprendizado. 2º O educando conseguindo perceber isso, tem condições de compreender o mundo à sua volta, podendo atuar nele. Logo devemos diminuir a distância do educando com a compreensão da.

11 © Prof. Marcelo Xavier Travassos - Curso: Ciências Biológicas – UNIMONTES11 3º A Biologia pode e deve ser trabalhada em parceria, de preferência em dupla. Onde os educandos colocaram o que pensam respeitando o pensamento do seu colega. 4º Os conteúdos ministrados, necessitam terem uma relevância social, propiciando conhecimentos básicos essenciais para qualquer cidadão. É necessário haver a interdisciplinaridade. 5º Aprender Biologia é aprender a resolver problemas. Para tanto torna-se necessário ter conhecimento sobre o significado de conceitos e suas aplicações em situações novas. 6º A didática do professor é de suma importância, com certeza é o maior dos norteadores. 7º Por fim saber estipular uma avaliação equilibrada, junto aos educandos, não ficar preso a mecanismos ultrapassado e conservadores.

12 © Prof. Marcelo Xavier Travassos - Curso: Ciências Biológicas – UNIMONTES OBJETIVOS GERAIS DO ENSINO DA BIOLOGIA NO ENSINO MÉDIO 1º Em pleno séc.XXI tido como a era da informação globalizada, torna-se de suma importância que se desenvolva no educando a capacidade de:  Comunicar-se em várias linguagens;  Investigar, resolver e elaborar problemas;  Tomar decisões, fazer conjecturas, hipóteses e inferências;  Criar estratégias e procedimentos;  Adquirir e aperfeiçoar conhecimentos e valores;  Trabalhar solidária e cooperativamente;  E estar sempre aprendendo.

13 © Prof. Marcelo Xavier Travassos - Curso: Ciências Biológicas – UNIMONTES13 2º No E.M. o educando deverá ter uma ampliação e aprofundamento dos conhecimentos adquiridos no E.F.:  Estudar outros temas;  Desenvolver ainda mais a capacidade de raciocinar, de resolver problemas, generalizar, abstrair;  Interpretar a realidade que nos cerca, usando para isso o instrumental que lhe é colocado. Em resumo: A Biologia no Ensino Médio tem um caráter tanto formativo, que auxilia a estruturação do pensamento, assim como a Matemática, do raciocínio lógico, quanto instrumental, utilitário, de aplicação no dia-a-dia, em outras áreas do conhecimento e nas atividades profissionais.

14 © Prof. Marcelo Xavier Travassos - Curso: Ciências Biológicas – UNIMONTES RECURSOS DIDÁTICOS AUXILIARES Ao trabalhar com a Biologia o professor deverá de observar os seguintes aspectos didáticos: 1º O conteúdo trabalhado com o educando seja significativo, que ele sinta que é importante saber aquilo para a sua vida em sociedade ou que lhe será útil para entender o mundo em que vive; 2º Valorizar a experiência acumulada pelo educando fora da escola; 3º Estimular o educando a fazer cálculo mental, estimativa e arredondamentos, obtendo resultados aproximados; 4º Considerar mais o processo do que o produto da aprendizagem – aprender a aprender – mais do que resultados prontos e acabados; 5º Compreender a aprendizagem da Biologia como um processo ativo; 6º Permitir o uso adequado das calculadores e computadores; 7º Utilizar a história da Biologia como um excelente recurso didático; 8º Utilizar jogos.

15 © Prof. Marcelo Xavier Travassos - Curso: Ciências Biológicas – UNIMONTES RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS Ao ter como prioridade a construção do conhecimento pelo fazer e pensar, o papel da resolução de problemas é fundamental para auxiliar o educando na apreensão dos significados. SUGESTÕES: 1.- OBJETIVOS A resolução de problemas deve ter por meta:  Fazer o educando pensar;  Desenvolver o raciocínio lógico do educando;  Ensinar o educando a enfrentar situações novas;  Levar o educando a conhecer as primeiras aplicações da Biologia;  Tornar as aulas mais interessantes e motivadoras;

16 © Prof. Marcelo Xavier Travassos - Curso: Ciências Biológicas – UNIMONTES As fases da resolução de um problema 5.1- Compreensão do problema; 5.2- Elaboração de um plano de solução; 5.3- Execução do plano; 5.4- Verificação ou retrospectiva; 5.5- Emissão da resposta;

17 © Prof. Marcelo Xavier Travassos - Curso: Ciências Biológicas – UNIMONTES17 FIM DA PRIMEIRA FASE


Carregar ppt "1. LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS 2º PERÍODO CURSO: 2."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google