A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Rómulo de Carvalho ou António Gedeão

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Rómulo de Carvalho ou António Gedeão"— Transcrição da apresentação:

1 Rómulo de Carvalho ou António Gedeão
DEPOIS Rómulo de Carvalho ou António Gedeão ANTES

2 António Gedeão por Rómulo de Carvalho (desenho com pena) -1958-
Caricaturas António Gedeão por Rómulo de Carvalho (desenho com pena) Caricatura

3 Auto-retrato de Rómulo de Carvalho (1928)

4 Poema de Rómulo de Carvalho
Arma Secreta Tenho uma arma secreta ao serviço das nações. Não tem carga nem espoleta mas dispara em linha recta mais longe que os foguetões. Não é Júpiter, nem Thor, nem Snark ou outros que tais. É coisa muito melhor que todo o vasto teor dos Cabos Canaverais. A potência destinada às rotações da turbina não vem da nafta queimada, nem é de água oxigenada nem de ergóis da furalina. Erecta, na torre erguida, em alerta permanente, espera o sinal da partida. Podia chamar-se VIDA. Chama-se AMOR, simplesmente.

5 Biografia     Rómulo Vasco da Gama de Carvalho nasceu em Lisboa em 1906 e licenciou-se em Ciências Físico-Químicas pela universidade do Porto em Foi professor, pedagogo, cientista e investigador de História das ciências.   Publicou diversos livros de divulgação científica, assim como livros escolares especializados, nomeadamente na área da matemática.   Mas para além de homem da ciência, Rómulo de Carvalho é um grande poeta. Sob o pseudónimo de António Gedeão enriqueceu de forma decisiva a literatura portuguesa do século XX. Gedeão é autor de inúmeros belos poemas, “A Pedra Filosofal” ou “Lágrima de Preta” são dois exemplos bem conhecidos. Estes e outros mostram uma originalidade indiscutível e um génio poético impar! Apesar do enorme génio poético, só aos 50 anos decide publicar o seu primeiro livro de poesia.       O autor incorpora na sua poesia uma cultura científica actual numa mistura de meios de expressão tradicionais, e deixa ao mesmo tempo transparecer uma clara visão do mundo moderno. António Gedeão morreu em 19 de Fevereiro de 1997, meses antes de ter sido homenageado pelo Ministério de Ciência e de Tecnologia.   Rómulo de Carvalho ou António Gedeão, um cientista e um grande poeta português. Este nosso exemplo, mostra bem como a ciência e a arte têm uma fronteira ténue!

6 Homenagem a Rómulo de Carvalho
Homem da ciência Fez um bom trabalho Era cheio de sapiência Era um cientista Escrevia poemas Não era dentista Nem batia gemas António Gedeão Poeta de Portugal Escreveu uma canção Que não soava mal Tinha um pseudónimo Rimava com aldeão Não era anónimo Seu nome era António Gedeão

7 Manuscritos

8 FIM Trabalho elaborado por: Ana Moura Nº1 – 9ºB


Carregar ppt "Rómulo de Carvalho ou António Gedeão"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google