A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PRODEL 2014 Universidade do Sul de Santa Catarina Programa de Desenvolvimento Local Instrumentos Gerenciais para a consolidação da estratégia competitiva.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PRODEL 2014 Universidade do Sul de Santa Catarina Programa de Desenvolvimento Local Instrumentos Gerenciais para a consolidação da estratégia competitiva."— Transcrição da apresentação:

1 PRODEL 2014 Universidade do Sul de Santa Catarina Programa de Desenvolvimento Local Instrumentos Gerenciais para a consolidação da estratégia competitiva nas micro e pequenas empresas associadas à AMPE

2 Universidade do Sul De Santa Catarina PRODEL Sumário 2. Leis complementares 3. Legislação: Atividade de Extensão 3. Legislação: Atividade de Extensão 4. Atividade de Extensão na Unisul 5. Etapas 6. Justificativa 9. Objetivos Específicos 8. Objetivo Geral 7. Justificativa 1. Art. 170/CE/SC 11. Associação das Micro e Pequenas Empresas (AMPE) 12. Resultados Esperados 13. Cronograma 14. Bibliografia 10. Metodologia

3 Art. 170/CE/SC DA EDUCAÇAO, CULTURA E DESPORTO - ENSINO SUPERIOR DA CONSTITUIÇÃO DO ESTADO, Art. 170 [TEXTO INTEGRAL] Art. 170 — O Estado prestara, anualmente, assistência financei­ra as fundações educacionais de ensino superior instituídas por lei municipal. Parágrafo único - Os recursos relativos a assistência financeira: I — não serão inferiores a cinco por cento do mínimo constitucional que o Estado tem o dever de aplicar na manutenção e no desenvolvimento do ensino; II — serão repartidos entre as fundações de acordo com os critérios fixados na lei de diretrizes orçamentárias. EC/15 Art. 1º O art. 170 da Constituição do Estado de Santa Catarina passa a vigorar com a seguinte redação: “Art O Estado prestará anualmente, na forma da lei complementar, assistência financeira aos alunos matriculados nas instituições de educação superior legalmente habilitadas a funcionar no Estado de Santa Catarina. Parágrafo único. Os recursos relativos à assistência financeira não serão inferiores a cinco por cento do mínimo constitucional que o Estado tem o dever de aplicar na manutenção e no desenvolvimento do ensino.” Ver: LC 281/05 Universidade do Sul De Santa Catarina PRODEL Legislação

4 Leis complementares O Art. 170/CE/SC é um recurso financeiro, oferecido em forma de bolsas de estudo pelo Governo do Estado de Santa Catarina, de acordo com as Leis Complementares nº 281/2005, 296/2005 e 420/2008, concedido aos alunos economicamente carentes. O governo repassa os recursos para as Universidades não públicas, ficando sob responsabilidade destas a organização, divulgação e critérios do processo seletivo das Bolsas do Art. 170/CE/SC. Universidade do Sul De Santa Catarina PRODEL Legislação

5 Legislação: Atividade de Extensão A Lei Complementar nº 281, de 20 de janeiro de 2005 do Estado de Santa Catarina regulamenta o art. 170, os arts. 46 a 49 do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias, da Constituição Estadual e estabelece algumas providências chaves para o entendimento do PRODEL: O artigo 2, inciso V estabelece: - a obtenção ou a renovação do benefício pelo aluno ficará vinculado à participação em programas e projetos sociais, com visão educativa, propostos pelas universidades em seus projetos de extensão aprovados pelo conselho de desenvolvimento regional, comprovando 20 (vinte) horas semestrais. Universidade do Sul De Santa Catarina PRODEL Legislação

6 Atividade de Extensão na Unisul No Campus Sul da Unisul, todos os bolsistas,tanto calouros como formandos, devem cumprir as 20 horas de atividades extensionistas no PRODEL, como exige a Lei. Programa de Desenvolvimento Local Universidade do Sul De Santa Catarina PRODEL Extensão

7 Etapas Universidade do Sul De Santa Catarina Módulo I Módulo II Etapa 1 - Inscrição Etapa 2- 1º Encontro Etapa 3 - Leitura Etapa 4 - Equipe Etapa 5 – 2º Encontro Etapa 6 - Autoavaliação Etapa 7 - Intervenção Etapa 8 - Relatório Etapa 9 – Comprovante PRODEL Organização

8 Justificativa Os empreendimentos historicamente buscam por excelência e por diferenciais nesse competitivo mercado globalizado. Contudo muitas empresas (especialmente as pequenas), tem dificuldade de acompanhar o ritmo acelerado do mercado, pecando muitas vezes na área de gestão e tecnologia. Universidade do Sul De Santa Catarina PRODEL

9 Justificativa Buscar instrumentos que atendam ao processo de gestão organizacional torna-se essencial para a permanência das empresas no mercado. Instrumentos que demonstram a situação da empresa e apresentam indicadores que possibilitam a tomada de decisões sobre o rumo da empresa e de ações corretivas contra eventuais problemas e ineficiências do processo organizacional (RAUPP; MARTINS; BEUREN, 2006, p. 121). Universidade do Sul De Santa Catarina PRODEL Justificativa

10 Objetivo Geral Aplicar instrumentos gerenciais para a consolidação da estratégia competitiva em empresas de micro e pequeno porte associadas à AMPE.. Universidade do Sul De Santa Catarina PRODEL Objetivo Geral

11 Objetivos Específicos a) Sensibilizar as empresas associadas à AMPE quanto à importância da utilização dos principais instrumentos gerenciais. b) Realizar cursos sobre os principais instrumentos gerenciais utilizados nas empresas de micro e pequeno porte. c) Realizar cursos sobre estratégias competitivas voltadas para micro e pequenas empresas. d) Identificar os principais instrumentos gerenciais utilizadas pelas empresas associadas à AMPE. e) Aplicar os instrumentos gerenciais em uma empresa piloto. f) Propor instrumentos gerenciais para a realidade das empresas estudadas. g) Socializar os resultados para todas as empresas na forma de um seminário, incluindo o estudo piloto. h) Disponibilizar para a AMPE os instrumentos gerenciais propostos. Universidade do Sul De Santa Catarina PRODEL Objetivos Específicos

12 Metodologia A seguir as etapas do projeto: 1 - Apresentar o projeto para os alunos do Prodel e para o estagiário de extensão. 2 - Capacitar os alunos do Prodel e o estagiário de extensão. 3 - Apresentar o projeto para a AMPE. 4 - Sensibilizar as empresas associadas à AMPE quanto à importância da utilização dos principais instrumentos gerenciais. 5 - Realizar cursos sobre os principais instrumentos gerenciais utilizados nas empresas de micro e pequeno porte. 6 - Realizar cursos sobre estratégias competitivas voltadas para micro e pequenas empresas. 7 - Identificar os principais instrumentos gerenciais utilizadas pelas empresas associadas à AMPE. 8 - Aplicar os instrumentos gerenciais em uma empresa piloto. 9 - Propor instrumentos gerenciais para a realidade das empresas estudadas Socializar os resultados para todas as empresas na forma de um seminário, incluindo o estudo piloto Disponibilizar para a AMPE os instrumentos gerenciais propostos. Universidade do Sul De Santa Catarina PRODEL Metodologia

13 Associação das Micro e Pequenas empresas (AMPE) A AMPE tem o intuito de desenvolver melhor as condições de gestão e assim proporcionar melhores condições competitivas nas áreas tributária, legislativa, creditícia, trabalhista e sócioeconômica nas esferas municipal, estadual e federal. Atualmente a AMPE de Tubarão é composta por 140 empresas aproximadamente e está a procura de mais associados visando um melhor desenvolvimento. Universidade do Sul De Santa Catarina PRODEL AMPE

14 Resultados Esperados Espera-se com esse projeto: a) contribuir para a inovação no processo de gestão das micro e pequenas empresas, gerando informações que auxiliem os gestores na gerência dos negócios. b) contribuir para o aumento do índice de sobrevivência dos pequenos negócios e consequentemente para o desenvolvimento regional. c) contribuir para a competitividade dos pequenos negócios. d) permitir uma formação integral aos alunos envolvidos, pois além da técnica trabalhada em sala de aula eles poderão exercer a sua cidadania. e) contribuir para fortalecer as competências empreendedoras e o desenvolvimento local.. Universidade do Sul De Santa Catarina PRODEL Resultados

15 Item EtapasResponsáveis Meses set out nov dez abr mai jun set out nov dez Apresentar o projeto para os alunos do Prodel e para o estagiário de extensão ProfessoresX Capacitar os alunos do Prodel e o estagiário de extensão. ProfessoresXXX Sensibilizar as empresas associadas à AMPE quanto à importância da utilização dos principais instrumentos gerenciais. Professores, estagiário e alunos do Prodel XX Realizar cursos sobre os principais instrumentos gerenciais utilizados nas empresas de micro e pequeno porte. Professores, estagiário e alunos do Prodel X Realizar cursos sobre estratégias competitivas voltadas para micro e pequenas empresas. Professores, estagiário e alunos do Prodel X Identificar os principais instrumentos gerenciais utilizadas pelas empresas associadas à AMPE. Professores, estagiário e alunos do Prodel XXX Aplicar os instrumentos gerenciais em uma empresa piloto. Professores, estagiário e alunos do Prodel XX Propor instrumentos gerenciais para a realidade das empresas estudadas. Professores, estagiário e alunos do Prodel XX Socializar os resultados para todas as empresas na forma de um seminário, incluindo o estudo piloto. Professores, estagiário e alunos do Prodel XX Disponibilizar para a AMPE os instrumentos gerenciais propostos. Professores, estagiário e alunos do Prodel X

16 Bibliografias ATKINSON, Antony et al.. Contabilidade gerencial. São Paulo: Atlas, FERRAZ, J. C.; KUPLER, D.; HAGUENAUER, L. Made in Brazil: desafios competitivos para a indústria. Rio de Janeiro: Campus, GOMES, Josir S.; SALAS, Joan M.. Controles de gestão: uma abordagem contextual e organizacional. São Paulo: Atlas, PORTER, M. Competição on competition: estratégias competitivas essenciais. Rio de Janeiro: Campus, 1999 DORNELAS, José Carlos Assis. Empreendedorismo: Transformando idéias em negócios. 4ª. ed. Rio de Janeiro: Campus, ACHIZAWA, Takeshy; FARIA, Marília de Sant'Anna. Criação de novos negócios: gestão de micro e pequenas empresas. 2. ed. Rio de Janeiro: FGV, SEBRAE Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas. As 40 perguntas mais frequentes dos empresários. São Paulo: Fevereiro/2008. Disponível em: Acesso em: RAUPP, Fabiano Maury.MARTINS, Samuel João. BEUREN. Ilse Maria. Utilização de controles de gestão nas maiores indústrias catarinenses. Revista de Contabilidade e Finanças – USP, São Paulo, n. 40, p. 120 – 132, Jan./Abr Universidade do Sul De Santa Catarina PRODEL Bibliografias

17 PRODEL 2014 Universidade do Sul de Santa Catarina Programa de Desenvolvimento Local Gerência de Ensino, Pesquisa e Extensão


Carregar ppt "PRODEL 2014 Universidade do Sul de Santa Catarina Programa de Desenvolvimento Local Instrumentos Gerenciais para a consolidação da estratégia competitiva."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google