A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ENTRADA EM AMBIENTES CONFINADOS Silvio Batista Téc.Seg.Trabalho...........................

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ENTRADA EM AMBIENTES CONFINADOS Silvio Batista Téc.Seg.Trabalho..........................."— Transcrição da apresentação:

1 ENTRADA EM AMBIENTES CONFINADOS Silvio Batista Téc.Seg.Trabalho

2 AMBIENTES CONFINADOS São espaços com aberturas limitadas para entrada e saída, nos quais podem se formar atmosferas tóxicas, explosivas ou com deficiëncia de oxigënio, que não foram concebidos para permanëncia de trabalhadores

3 Exemplos de Ambientes confinados: Torres, tanques, vasos, reatores, caixas subterräneas de esgoto ou elétricas, caixas de água ou qualquer outra substäncia, cisternas, poços, fornos, caminhões-tanque, porões de navios, chaminés e etc

4 A entrada em ambientes confinados constitui um dos maiores riscos encontrados no trabalho, causador de ínumeras mortes, que poderiam ser evitadas, planejando o trabalho e seguindo regras de segurança imprescindíveis

5 Os acidentes na entrada em ambientes confinados, em sua maioria fatais, são causados pela deficiëncia de oxigënio, cuja ocorrëncia não é detectável sem o uso de aparelhagem especializada

6 Não entre sem autorização prévia

7 Providëncias a serem tomadas antes da entrada nos AMBIENTES CONFINADOS. 1. Reunião de Planejamento entre o executante e os acompanhantes, que de preferëncia devem ser especialistas em segurança

8 Providenciar a devida autorização, por escrito, comunicando ao trabalhador as medidas de segurança adotadas

9 2. Esvaziamento e drenagem do equipamento. 3. Limpeza com água, vapor ou outras substäncias conforme a necessidade e natureza do produto que o equipamento continha

10 4. Avaliações do ambiente

11 5. Avaliação do Teor de de oxigënio contido no ambiente. Usando-se um OXÍMETRO, realizar as medições antes e durante a permanëncia do trabalhador no interior do equipamento

12 6. Avaliação e quantificação de toxicidade e explosividade dos eventuais contaminantes. Usando EXPLOSÍMETROS e outros detectores realizar avaliações antes da entrada e durante a permanëncia do trabalhador no ambiente

13 Vale lembrar, que na indústria petroquímica e petrolífera costuma-se usar Nitrogënio para inertizar atmosferas gasosas. Porém a presença do Nitrogënio inibe as leituras realizadas pelos aparelhos de medição, é necessário ventilar os ambientes antes das avaliações

14 7. Providenciar iluminação provisória, de preferëncia à prova de explosão. 8. Garantir a renovação do oxigënio, usando ventiladores e exaustores

15 Caso não seja possível garantir a qualidade do ar respirável, o trabalhador deverá ser equipado com sistema de ar mandado ou com cilindros de ar respirável, portáteis. O uso de máscaras de filtro não é recomendável, a menos que se possa garantir a qualidade do ar

16 9. O trabalho deverá ser acompanhado em tempo integral, mantendo uma corda-guia presa ao corpo do trabalhador

17 10. Se o trabalho no interior do equipamento envolver corte a maçarico e solda, a exaustão da fumaça será indispensável

18 11. O equipamento para um eventual resgate do trabalhador deverá estar disponível para uso imediato, bem como deve-se providenciar extintores

19 12. Algumas providëncias complementares deverão ser previstas: * comunicação via rádio; * temperatura (frio ou calor) *ruído e vibração *incëndio e reações químicas * poeiras e fumos *queda de materiais e ferramentas

20 13. Finalmente, recomenda-se que o trabalho seja acompanhado em tempo integral por pessoal de SESMT, treinado e conhecedor dos riscos. Lembrando, que de seu trabalho, depende a vida do trabalhador que adentrar o ambiente confinado

21 Neste trabalho usamos ilustrações obtidas de um documento editado por: Silvio Batista Téc. Seg. Trabalho


Carregar ppt "ENTRADA EM AMBIENTES CONFINADOS Silvio Batista Téc.Seg.Trabalho..........................."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google