A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O PROCESSO DE INTEGRAÇÕES NA PORBASE Dulce Fontes, Biblioteca Nacional.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O PROCESSO DE INTEGRAÇÕES NA PORBASE Dulce Fontes, Biblioteca Nacional."— Transcrição da apresentação:

1 O PROCESSO DE INTEGRAÇÕES NA PORBASE Dulce Fontes, Biblioteca Nacional

2 PORBASE - Base Nacional de Dados Bibliográficos O processo de integrações na PORBASE É uma base de dados cooperativa Tem actualmente 164 bibliotecas cooperantes Tem mais de registos bibliográficos Tem mais de registos de exemplar (cotas)

3 O processo de integrações na PORBASE

4 IRIS – funcionalidades: 1. Conversão de ficheiros segundo o sistema proveniente (aplicação de conversores) 2. Produção de relatórios 3. Correcções automáticas e aplicação de filtros 4. Detecção de registos duplicados 5. Integração de registos bibliográficos e de exemplar na PORBASE

5 Conversores: O processo de integrações na PORBASE Uniformizam algumas características dos ficheiros recebidos: caracteres de repetição de campos e subcampos limpeza de pontuação conversão para o código de página da PORBASE (caracteres acentuados)

6 O processo de integrações na PORBASE Produção de relatórios (através da ferramenta MANGAS) 1.Relatórios de conteúdo: reporta aspectos estatísticos que caracterizam o lote 2.Relatórios de erros: reporta os erros de UNIMARC

7 O processo de integrações na PORBASE a.Tipos de material catalogado b. País de Publicação c.Língua de Publicação d.Classes CDU e.Datas de Publicação 1.Relatório de conteúdo

8 2. Relatório de erros O processo de integrações na PORBASE a.Preenchimento incorrecto da Etiqueta de Registo b.Campos, subcampos e indicadores obrigatórios não preenchidos c.Campos, subcampos e indicadores indevidos d.Repetição indevida de campos e subcampos e.Preenchimento incorrecto de indicadores f.Preenchimento incorrecto de subcampos

9 O processo de integrações na PORBASE  Limpeza de campos não utilizados na PORBASE (campos de uso local);  Remoção dos campos e subcampos vazios e dos campos 035  Correcção e /ou adição dos subcampos $v e $z do campo 675  Correcção e /ou adição do campo 801  Correcção do subcampo $l do campo 966  Correcção do campo 100 e etiqueta de registo  Correcções de códigos de língua e país Operações de correcção (através da ferramenta MANGAS)

10 O processo de integrações na PORBASE  Adição do campo 001 (035 na PORBASE ): Identifica cada registo dos cooperantes Operações de correcção (continuação) sigla + lote + data

11 O processo de integrações na PORBASE  Filtro de registos analíticos  Filtro de registos com campos do bloco 4XX Aplicação de filtros (através da ferramenta MANGAS)

12 O processo de integrações na PORBASE

13 Detecção de registos duplicados Comparação de cada registo com toda a PORBASE através da aplicação de regras pré-estabelecidas de análise

14 O processo de integrações na PORBASE

15

16

17 Detecção de registos duplicados Dá origem a 3 lotes de registos: 1.Duplicados 2.Possíveis duplicados 3.Novos

18 O processo de integrações na PORBASE Detecção de registos duplicados Com exemplares duplicados Com exemplares novos 1.Lote de registos duplicados: os novos exemplares são adicionados ao duplicado na PORBASE

19 O processo de integrações na PORBASE Detecção de registos duplicados Aguardam verificação Com exemplares duplicados Com exemplares novos 2.Lote de registos possíveis duplicados:

20 O processo de integrações na PORBASE Detecção de registos duplicados Aplicação do filtro de nível mínimo 3.Lote de registos novos:

21 O processo de integrações na PORBASE Filtro de nível mínimo Estrutura do formato UNIMARC Campos e subcampos definidos como essenciais para a cooperação

22 O processo de integrações na PORBASE Dá origem a 2 lotes de registos: Aplicação do filtro de nível mínimo (através da ferramenta MANGAS) 1.Registos novos que não correspondem ao nível mínimo 2.Registos novos que correspondem ao nível mínimo os registos que correspondem ao nível mínimo são integrados na PORBASE

23 O processo de integrações na PORBASE IRIS Processamento dos lotes 1. Processo Teste 2. Processo Corrente 3. Processo das Bases Completas (ainda em fase de teste)

24 O processo de integrações na PORBASE

25 Dulce Fontes, O processo de integrações na PORBASE Obrigada!


Carregar ppt "O PROCESSO DE INTEGRAÇÕES NA PORBASE Dulce Fontes, Biblioteca Nacional."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google