A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

“A situação Sócio-Econômica dos Trabalhadores Terceirizados e Temporários no Brasil Os setores já representam 15 MILHÕES de Empregos formais no Brasil.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "“A situação Sócio-Econômica dos Trabalhadores Terceirizados e Temporários no Brasil Os setores já representam 15 MILHÕES de Empregos formais no Brasil."— Transcrição da apresentação:

1 “A situação Sócio-Econômica dos Trabalhadores Terceirizados e Temporários no Brasil Os setores já representam 15 MILHÕES de Empregos formais no Brasil. Quais os mercados que compõem este crescente e fundamental segmento no país, a contribuição econômica e social para a economia nacional e a sua realidade laboral.

2 PROF. LÍVIO GIOSA Foi o introdutor do tema no Brasil Consultor especialista em modelos de Gestão Empresarial Consultor em Terceirização para diversas empresas e órgãos públicos Sócio-Diretor da G, LM Assessoria Empresarial Presidente do CENAM: Centro Nacional de Modernização Empresarial Autor dos Livros: “Terceirização: Uma abordagem estratégica” – Ed. Pioneira/Meca - 9º edição; “O Brasil Profissional: a hora e a vez da competência” - Ed. Meta; “As Grandes Sacadas de Marketing do Brasil” – Ed. Senac Foi Deputado Estadual (1995/1999)

3 Livro - “Terceirização: uma abordagem estratégica”

4 DOWSING HISTÓRICO DA TERCEIRIZAÇÃO OUTSOURCING QUALIDADE  1ª Palestra sobre o tema  02/02/1990  Impactos no arranjo sindical na época - Metalúrgicos - Bancários RESULTADOS CONCESSÃO PRIVATIVAÇÃO DÉCADA DE 1980 LINHA DO TEMPO

5 TERCEIRIZAÇÃO SOB FOCO  A TERCEIRIZAÇÃO É CONSIDERADA UM DOS MODERNOS INSTRUMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA PARA AS ORGANIZAÇÕES ATINGIREM MAIOR COMPETITIVIDADE  A TERCEIRIZAÇÃO PODE OU NÃO SER UTILIZADA PELO GESTOR. É UMA “FERRAMENTA” À DISPOSIÇÃO DO ADMINISTRADOR.  SE BEM UTILIZADA, AGREGA VALOR ÀS ORGANIZAÇÕES SOMANDO COMPETÊNCIAS “NUM REGIME DE COMPETITIVIDADE DE MERCADO VENCE QUEM TEM MAIS COMPETÊNCIA” (Lívio Giosa)  A TERCEIRIZAÇÃO PROVOCOU O CRESCIMENTO DO SETOR SERVIÇOS NO BRASIL E NO MUNDO  AS EMPRESAS PRATICANTES DA TERCEIRIZAÇÃO PASSAM A SER CONSIDERADAS “PRESTADORAS DE SERVIÇOS”, INTEGRANTES DAS DIVERSAS CATEGORIAS QUE COMPOEM O SETOR SERVIÇOS.

6 A NOVA REALIDADE DO MERCADO: “Uma vez que tantas empresas consideram os serviços prestados a clientes como uma de suas competências chave, a terceirização pode ser uma boa escolha estratégica. A realidade para muitas empresas é que a prestação de serviços terceirizados com qualidade está surgindo como o único e verdadeiro diferenciador.” Peter Drucker

7 A MUDANÇA DE PARADIGMAS COM A TERCEIRIZAÇÃO (a empresa se preparando para a terceirização) Visão estratégica da implantação Revisão da estrutura organizacional Sistema aperfeiçoado de custeio Remanejamento de funcionários Convivência com o parceiro Processo de avaliação da parceria, com a criação de indicadores de desempenho Alteração de postura, de execução para coordenação

8 UMA DAS CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS DA TERCEIRIZAÇÃO SER UTILIZADA NAS EMPRESAS ESTÁ NA IDENTIFICAÇÃO E CONCENTRAÇÃO EFETIVA NO SEU “CORE BUSINESS” (atividade principal)

9 A TERCEIRIZAÇÃO SE CARACTERIZA PELA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS QUE ENVOLVE  METODOLOGIA  USO DE MATERIAIS DIVERSOS  EMPREGO DE EQUIPAMENTOS E TECNOLOGIA  RECURSOS FINANCEIROS INVESTIDOS NO CONTRATO E OUTROS INDIRETOS  CAPITAL HUMANO (PESSOAS) RECURSOS

10 C O N S T A T A Ç Ã O NO QUE TANGE À APLICAÇÃO DA TERCEIRIZAÇÃO, VIVEMOS NO BRASIL DOIS CENÁRIOS:  CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS TERCEIRIZADOS PELA INICIATIVA PRIVADA  CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS TERCEIRIZADOS PELO SETOR PÚBLICO (ADMINISTRAÇÃO DIRETA, INDIRETA, AUTARQUIAS E FUNDAÇÕES) – (BASE: ENUNCIADO 331 E LEI 8666)

11 A QUESTÃO DA ATIVIDADE FIM E ATIVIDADE MEIO = ABORDAGEM CONTINGENCIAL EX.: NIKE TUDO PODE NUMA RELAÇÃO COMERCIAL (CÓDIGO CIVIL) CONSTATAÇÃO

12 A ESSÊNCIA DO PROBLEMA DA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TERCEIRIZADOS NO BRASIL ESTÁ NO PROCESSO DE CONTRATAÇÃO DESTES SERVIÇOS PELO SETOR PÚBLICO. A LEI 8666 DETERMINA QUE: O OBJETO ESTEJA DESCRITO EM EDITAL; A PROPOSTA TEM QUE SER APRESENTADA SEGUINDO A REGRA ÚNICA: MENOR PREÇO QUAL O ESTADO DA ARTE DA TERCEIRIZAÇÃO, HOJE, NO BRASIL?

13 NÃO SÃO ANALISADAS (diferentemente da contratação dos mesmos serviços pela iniciativa privada): A QUALIDADE DOS SERVIÇOS; A METODOLOGIA APLICADA; A CAPACITAÇÃO TÉCNICA DOS FUNCIONÁRIOS; OS EQUIPAMENTOS E TECNOLOGIA EMBARCADA; O CUMPRIMENTO DOS PRAZOS PREVISTOS; A OPINIÃO DOS EVENTUAIS CLIENTES SOBRE A ENTREGA DOS SERVIÇOS; OUTROS ITENS EVENTUAIS DE INTERESSE (EXPERIÊNCIA ANTERIOR, NOVOS RECURSOS A SEREM APLICADOS, ITENS DE SEGURANÇA – EPI’S, ETC.)...continuação

14 SE FOR PREGÃO ELETRÔNICO O RISCO, ENTÃO, SE EVIDENCIA EM TER UM SERVIÇO MAL PRESTADO EM TODOS OS SENTIDOS! “O QUE PODERÁ REFLETIR EM UMA RELAÇÃO ANORMAL ENTRE EMPREGADOR/ EMPREGADO E, POR FINAL, UM PROCESSO TRABALHISTA...” PREGÃO PARA COMPRA DE PRODUTO – OK PREGÃO PARA COMPRA DE SERVIÇO - NÃO...continuação

15  Conceitualmente, se enquadra como uma moderna prática de gestão  Em um ambiente de competitividade, a terceirização é fator diferencial  Qualidade da prestação de serviços agrega valor  É um modelo de gestão com sucesso, desde que siga seu CONCEITO...continuação

16  Há cada vez mais exigências quanto ao parceiro  Exige-se preço, principalmente, do prestador de serviço, além de capacitação dos trabalhadores terceirizados e metodologia aplicada ao serviço prestado  Os serviços especializados estão sendo cada vez mais solicitados...continuação

17  Exige-se do prestador de serviço revisão constante da metodologia e aplicação contínua de recursos tecnológicos  Cabe à empresa contratante desenvolver para cada processo/ atividade a ser terceirizado, os indicadores de desempenho e a sistemática de controle destas ações (a empresa prestadora de serviços precisa ser avisada sobre estes critérios)

18 ...continuação Análise constante/ periódica das cláusulas dos contratos de Terceirização Critérios de contratação: empresa privada X empresa pública A área de serviços é a que menos certificação de qualidade obteve no Brasil

19 ...continuação As relação trabalhistas e a precarização de algumas contratações, refletem ainda negativamente na prática da terceirização Forte presença de Sindicalistas em cargos executivos do Governo Federal, além de Sindicalistas no Poder Legislativo Federal principalmente, aumentando o poder de influência nas decisões A Lei da Terceirização é uma novidade que pode minimizar a aplicação de serviços terceirizados

20 TERCEIRIZAÇÃO: IMPACTOS E INFLUÊNCIAS MERCADO Competitividade Baixa Lucratividade Inovação Lei 8666 (poder público)/ Enunciado 331 Inciativa privada (modelos diferenciados de contratação e acompanhamento) POLÍTICA Lei da Terceirização Ação constante dos Sindicatos dos Trabalhadores Representatividade política junto à sociedade LEGAL/ JURÍDICA Denúncias de precarização Juízes cada vez mais exigentes Salários e benefícios justos GESTÃO Metodologia Controles Qualidade Preço Cumprimento de prazos Inovação Tecnológica Sustentabilidade

21 LICITAÇÃO PÚBLICA: CONTRATAÇÃO SOMENTE POR TÉCNICA E PREÇO ELIMINAR A POSSIBILIDADE DE CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS POR MEIO DE PREGÃO ELETRÔNICO A TERCEIRIZAÇÃO PODE SER APLICADA SEM LIMITES (NÃO IMPORTA SE A ATIVIDADE É FIM OU MEIO) A LEI DA TERCEIRIZAÇÃO  INCLUSÃO DE ITENS QUE MELHOREM A COMPREENSÃO DA LEGISLAÇÃO TRABALHISTA PELAS PARTES ENVOLVIDAS NOSSO ENTENDIMENTO:

22 VI PESQUISA PESQUISA NACIONAL SOBRE TERCEIRIZAÇÃO NAS EMPRESAS/ 2013 Fonte: CENAM – Centro Nacional de Modernização Empresarial (www.terceirizacaoestrategica.com.br)

23

24

25

26

27

28

29

30

31 CONCLUSÃO A modernização dos métodos de gestão é um desafio para atingir maior competitividade e retomar o desenvolvimento econômico e social. Não se deve aderir a modismos, mudando apenas por querer mudar. É necessário verificar a viabilidade e encarar esses processos como um meio para administrar melhor e não como um fim em si mesmo. A terceirização é uma prática consagrada de gestão e definida como modelo e instrumento de aperfeiçoamento dos métodos administrativos nas organizações.

32 Mais informações acesse nosso site: Fone/ Fax: (11)

33


Carregar ppt "“A situação Sócio-Econômica dos Trabalhadores Terceirizados e Temporários no Brasil Os setores já representam 15 MILHÕES de Empregos formais no Brasil."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google