A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R001 A META DOS SONHOS APRESENTAÇÃO ORPLAN a c b d.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R001 A META DOS SONHOS APRESENTAÇÃO ORPLAN a c b d."— Transcrição da apresentação:

1

2 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R001 A META DOS SONHOS APRESENTAÇÃO ORPLAN a c b d

3 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R002 FechoTWV00x1R 59 SLIDES TELEWORK 2003 CENÁRIOS PLASMÁTICOS (Derivações de Reflexões em Busca de Soluções) A CONCRETUDE DA IDÉIA

4 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R003 No Universo Infinito, É o tempo que recupera, A linha de uma esfera, Que tende pelo progresso, Abrir-se numa espiral. Para se abraçar o mundo Num voto mui especial É preciso que se busque, O ALGORITMO GLOBAL! AS CONVICÇÕES PRODUZINDO HORIZONTES

5 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R004 Análise da concorrência NÃO HÁ PRODUTOS CONCORRENTES! a c b d

6 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R005 Nossos pontos fortes

7 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R006 A ORIGINALIDADE

8 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R007 A FLEXIBILIDADE

9 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R008 A FUNCIONALIDADE

10 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R009 a c b d UM PODEROSO COMPLEXO EMPRESARIAL VIRTUAL AO SEU DISPOR!

11 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R0010 A SÍNTESE DA AÇÃO EIXO “A” EIXO “B” EIXO “C” OBJETIVOS MEIOS FINS PENSAMENTO DECISÃO AÇÃO Módulo Vetorial

12 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R0011 A PLATAFORMA DE TRABALHO ESPECIALISTA a c b d SISTEMAS DE SISTEMAS QUE VIABILIZAM ESTRATÉGIAS DE NEGÓCIOS EXECUTADAS POR FUNÇÕES ESPECIALISTAS : –A TRAJETÓRIA DA AÇÃO

13 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R0012 NO SEU ESCRITÓRIO PROFISSIONAL NO RECESSO DO SEU LAR NO PLATÔ DE UMA MONTANHA NA CASA DE PRAIA a c b d SEU POSTO DE TRABALHO É DE SUA LIVRE ESCOLHA E PODE SE LOCALIZAR: NA CASA DE CAMPO

14 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R0013 HIERARQUIA CABEÇA NÍVEL PENSA 1.2. DECIDE 1.3. AGE CORPO NÍVEL ESTRATÉGIA 2.2. TÁTICA 2.3. OPERAÇÃO MEMBROS NÍVEL OBJETIVOS 3.2. MEIOS 3.3. FINS O SEQUENCIAMENTO ESTRUTURADO a c b d

15 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R0014 O CRONOGRAMA FIXANDO HORIZONTES

16 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R0015 DIREÇÃO SENTIDO MÓDULO O VETOR DE FORÇA => AS UNIDADES DE SERVIÇOS ATINGINDO O ALVO FORÇA VETORIAL MÓDULO-DIREÇÃO-SENTIDO

17 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R0016 MODELAGEM DE FORMAS PROGRAMAS ATIVIDADEAGENTE UNIDADE DE SERVIÇO CLIENTE FAIXA ETÁRIA ÓRGÃO/FUNÇÃO PROCEDIMENTOS FINALIDADE PLANO DE INSERÇÃO

18 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R0017 PLASMA SOCIAL CONCEITOS ORGANIZADORES CICLO DE DESENVOLVIMENTO HUMANO E SOCIAL FORMATIVOSINFORMATIVOS INSTRUÇÃO EDUCAÇÃO SOCIABI- LIZAÇÃO PROFISSIO- NALIZAÇÃO INTERAÇÃO SOCIAL COMUNI- CAÇÃO INTEGRAÇÃO SOCIAL PRUMO SOCIAL NATOSINATOS Cultura Esporte Lazer Turismo

19 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R0018 AÇÕES CONSTRUTIVAS INSERÇÕES AGENTE PACIENTE REGULADORES FUNDAMENTOS HISTÓRICOS EVOLUTIVOS CORPORATIVOS CONJUGAÇÕES METODOLÓGICAS TÉCNICAS DIDÁTICAS PROGRAMA PEDAGÓGICO ARREGIMENTANDO FORÇAS a c b d

20 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R Pensamento a c b d 2. Decisão 3. Ação Nível TELEMPATIA O Sublime O Singelo O Puro

21 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R0020 METAS DE AÇÃO METAS DE RESULTADOS ENTRADASAÍDA MODELO REFERENCIAL PROCESSO DE TRATAMENTO PRUMO DE QUALIDADE MODO OPERACIONAL AFERIÇÃO DE VALORESAJUSTES & REAJUSTES ABSTRAÇÃO MÁXIMA

22 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R0021 EIXO B4 = ÓRGÃOS EXECUTORES PROGRAMA DE TRABALHO ATIVIDADE UNIDADES DE SERVIÇOS A1, A2,..., AN INSERÇÃO DE VALORES us1,us2,...,usN iv1,ivF2,...,ivN

23 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R0022 EIXO B5 = ÓRGÃOS EXECUTORES A TRAJETÓRIA DA AÇÃO META ORIENTADA META DE RESULTADO A1, A2,..., AN REGULADORES us1,us2,...,usN iv1,ivF2,...,ivN SUBORDINAÇÃO MEDIATA SUBORDINAÇÃO IMEDIATA ORGANOGRAMA FUNCIONAL ESTRUTURA DE ORGANIZAÇÃO ATRIBUIÇÕES E COMPETÊNCIAS

24 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R0023 PROJETO EDUCATIVO PARA O ENSINO DA CIÊNCIA (FONTE BIBLIOGRÁFICA: EDGARD MORIN / ANDRÉ GIORDANO) MODELIZAÇÃO E ESTIMULAÇÃO MEMORIZAÇÃO DO SABER ARGUMENTAÇÃO GERADORA DA INFORMAÇÃO MÉTODO EXPERIMENTAL CLARIFICAÇÃO DE SITUAÇÃO PROBLEMA MÉTODO SISTEMÁTICO

25 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R0024 AUTO CONFIANÇA IMAGINAÇÃO CRIATIVA DESEJO DE COMUNICAR ABERTURA SOBRE O AMBIENTE ESPÍRITO CRÍTICO CURIOSIDADE DESEJO DE BUSCAR TER ACESSO À CIDADANIA GERENCIAR SUA PRÓPRIA FORMAÇÃO NEGOCIAR E TOMAR DECISÕES ORGANIZAR-SE E TRABALHAR EM REDES EXPLICITAR PROCEDIMENTOS DE PENSAMENTOS CONCEITOS ORGANIZADORES PROCESSO FORMATIVO/INFORMATIVO “CONHECIMENTO DO CONHECIMENTO” AÇÃO MODO DIRECIONAL ALVO ENFOQUE: PRINCIPAIS FUNÇÕES DA REGULAÇÃO HUMANA FONTE: A RELIGAÇÃO DOS SABERES EDGAR MORIN / ANDRÉ GIORDANO

26 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R0025 PROCESSO CONSTRUTIVO INTERAÇÃO CÍCLICA EMBASAMENTO TEÓRICO 1. O Caminho das Soluções 2. Do Virtual ao Objeto 3. A Forma é o Produto da Força Dinâmica que Resulta de suas Relações 4. A Conjuminação de Técnicas Viabiliza as Finalidades 5. As Regulações Biológicas => A Bússola Interior => EFICÁCIA => O Cronômetro Interior => EFICIÊNCIA 5. O Trabalho é o Sacramento do Princípio Criativo da Vida, pois, Agrega Valores e Substâncias às Formas

27 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R0026 A EFICÁCIA DO VERBO IDÉIASDEBATES CRÍTICASOPOSIÇÃO DISCORDÂNCIAPERSUASÃO CONVENCIMENTOACORDO CONCORDÂNCIAENTENDIMENTO CONTEÚDO PRAGRAMÁTICO " A IDENTIFICAÇÃO DO VERDADEIRO COM O ÚTIL " CONTEÚDO MORAL "A FUSÂO DA ENERGIA COM SENTIMENTO DE JUSTIÇA" DIÁLOGO AMISTOSO ( + ) DETERMINAÇÃO RESPEITO ESTÍMULOS MOTIVAÇÃO INCENTIVO RENOVAÇÃO EMPATIA

28 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R0027 LIBERANDO FORÇAS ATIVANDO A CLARIVIDÊNCIA IDÉIASDEBATES CRÍTICASOPOSIÇÃO DISCORDÂNCIAPERSUASÃO CONVENCIMENTOACORDO CONCORDÂNCIAENTENDIMENTO FORÇA DETERMINANTE " A IDENTIFICAÇÃO DO VERDADEIRO COM O ÚTIL " RESPEITO ESTÍMULOS MOTIVAÇÃO INCENTIVO RENOVAÇÃO EMPATIA CONTEÚDO MORAL "A FUSÂO DA ENERGIA COM SENTIMENTO DE JUSTIÇA" TELEPATIAEMPATIA VONTADEDISCERNIMENTO RADARES EVOLUÍDOS FUSÃO DE FORÇAS RESULTÂNCIA PROGRESSÃO GEOMÉTRICA RADARES MENTAIS ( + ) COMANDO SUPERIOR EQUAÇÃO TRABALHO FORÇA MENTAL TELE-EMPATIA

29 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R0028 COMANDANDO AS EVIDÊNCIAS EQUAÇÃO TRABALHO FORÇA MENTAL TELE-EMPATIA A FORÇA DINÂMICA TRABALHO EQUACIONAMENTO DO TRABALHO Campos de Delegações Embuídos de Esforços de Dedicação Especial Fóruns de Realizações Eximidos do sentimento de Domínio Pessoal INSTÂNCIAS DA AÇÃO Pertinências Evidências COMPENETRAÇÃO Senso Crítico Impulsor do Livre Arbítrio DISCERNIMENTO Diligência DEDICAÇÃO Persistência Perseverança FATORES ASSOCIADOS Consistência de Valores Investimento Íntimo Endosso Interior EQUAÇÃO TRABALHO

30 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R0029 O VÔO DO PÁSSARO CELESTE A PRÁTICA Garantia de Decolagem A TEORIA Garantia de Retorno Que a distância entre a Prática e a Teoria não seja um simples divisor de águas e sim a ponte de união causadora da PURA CONVERGÊNCIA. O Ponto “Ômega” de Teilhard de Chardin. PRÁTICA & TEORIA AS FORÇAS DE ASSUNÇÃO

31 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R0030 PROCESSOS EVOLUTIVOS AGENTES VETORIAIS A Forma é o Produto da Força Dinâmica que Resulta de suas Relações INTERAÇÃO ATRAÇÃO TENDÊNCIA EQUILÍBRIO TEMPERATURA Milhares de raios de múltiplas direções elétrons prótons

32 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R0031 CINEMÁTICA VETORIAL (1) “ Se não tivéssemos os sentidos para nos ajudar, o raciocínio ou a imaginação não chegariam nunca a alguma conclusão.” Galileu

33 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R0032 GRAVITAÇÃO (2) “ Se fui capaz de ver mais longe, é porque me apoiei nos ombros de gigantes.” Isaac Newton

34 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R0033 ESTÁTICA (3) “ Dai-me um ponto de apoio e levantarei o mundo.” Arquimedes

35 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R0034 ESTÁTICA DOS FLUÍDOS (4) “ Afinal, que é o homem na Natureza? Um nada, se comparado ao infinito; um tudo, se comparado ao nada; um meio entre nada e tudo.” Pascal

36 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R0035 A REAL COMPOSIÇÃO DE FORÇAS 180.o A Ação Dinâmica gera a Força Conjuntural Mecanismo => Força Estática Organismo => Força Dinâmica A=90.oC1=90.o C2=90.oB=90.o A REAL COMPOSIÇÃO DE FORÇAS

37 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R0036 A HIERARQUIA DE ESFORÇOS NA CONSTRUÇÃO DE VALORES 2.1. ESTRATÉGIA 2.2. TÁTICA 2.3. OPERACÃO 1.1. PENSA 1.2. DECIDE 1.3. AGE 3.1. OBJETIVOS 3.2. MEIOS 3.3. FINS COMPASSO RITMICO INTERMITENTE ENERGIA PULSANTE

38 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R0037 METAS DE AÇÃO COESÃO/CONCENTRAÇÃO DE FORÇAS METAS DE RESULTADOS LEQUE DE PRIORIZAÇÕES RESISTÊNCIA = ZERO MEIOS DE VIABILIZAÇÃO REGULADORES DAS INSERÇÕES CIRCUÍTO LÓGICO FORÇAS VETORIAIS

39 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R0038 ENFOQUES QUANTO A MÉRITO ESTRUTURA CONJUNTURA OBJETIVOS FINALIDADES MEIOS MECANISMO ORGANISMO REALIDADE=> PRODUÇÕES MATERIAIS/IMATERIAIS FORÇAS CAUSADORAS DO MOMENTO HISTÓRICO ASPECTOS & DIMENSÕES REGULADORES SOLUÇÕES ENCONTRADAS “TRABALHO & SINTONIA DE GRUPO” ASPECTOS DE AVALIAÇÃO DE PROJETOS

40 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R0039 SONHOS & DIGRESSÕES DERIVAÇÕES DE REFLEXÕES EM BUSCA DE SOLUÇÕES Autoria: Otavio Soares de Carvalho FBN/RJ Registro N.º Livro 508 Folha 297 EIXO 1 => UMA VISÃO SISTÊMICA

41 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R0040 A SÍNTESE DA AÇÃ0 O PENSAMENTO ARISTOTÉLICO QUE LEVA DA VIRTUALIDADE AO ATO

42 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R0041 CENÁRIOS PLASMÁTICOS DERIVAÇÕES DE REFLEXÕES EM BUSCA DE SOLUÇÕES Autoria: Otavio Soares de Carvalho FBN/RJ - Registro N.º Livro 532 Folha 312 A SÍNTESE DA AÇÃO (Finalidade:Uma Visão Sistêmica) EIXO 1 => UMA VISÃO SISTÊMICA

43 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R0042 A SÍNTESE DA AÇÃO E a SÍNTESE DA AÇÃO tem causa, Na pura racionalidade, Do ato se chega ao fruto, Do retorno devoluto, De premissas respeitadas, Obedecendo princípios, Do mérito que são calçadas,

44 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R0043 O CONSENSO DA IDÉIA Na ressonância do fato, Do geral ao particular, É um simples ponto de vista,

45 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R0044 O VETOR DE FORÇA Poesia só a poesia, Abre o ritmo do saber, Na instância solidária, Todos podem aprender. Na empreitada do sonho, Nesta rota que proponho, Tudo tem o seu começo, No impulso do arremesso, De uma única decisão.

46 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R0045 IGUALDADE A ENERGIA PERENE A JUSTA-POSIÇÃO DO DIREITO LIBERDADE Os três caminhos Pontes de Miranda DEMOCRACIA

47 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R0046 SER OU NÃO SER EIS A QUESTÃO VONTADE DETER MINAÇÃO MUNDO IMAGINÁRIO MUNDO REAL PODER SER MOTIVAÇÃO SENSO CRÍTICO IMPULSOR DO LIVRE ARBÍTRIO

48 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R0047 PROPOSIÇÕES REDUCIONISTAS + -- x / SOMAR MULTIPLICANDO SUBTRAIR DIVIDINDO a c b d CADINHO DE VALORES Só a hipótese é solidária, No Reino do Dividir, Na empreitada dos sonhos, Nesta rota que proponho, Tudo tem o seu começo, No impulso do arremesso, De uma única decisão.

49 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R0048 AS VOLUTAS DA ESPIRAL (1) 3 ESFERA DO PURO 2. ESFER A ‘ SINGEL O O PÊNDULO DE AFERIÇÃO DE VALORES DO INDELÉVEL ACONTECER PROCESSO CONSTRUTIVO DE VALORES ENTRADA COISAS PESSOAS IDÉIAS SAÍDA PRODUÇÕES MATERIAIS/IMATERIAIS 1. ESFERA DO SUBLIM E a c b d A GRANDE LEI DE LAVOISIER “ NA NATUREZA NADA SE CRIA, TUDO SE TRANFORMA... ” INTERAÇÃO ATRAÇÃO TENDÊNCIA EQUILÍBRIO TEMPERATURA CADINHO DE VALORES

50 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R0049 AS VOLUTAS DA ESPIRAL (2) 3 ESFERA DO PURO 2. ESFERA ‘ SINGELO O PÊNDULO DE AFERIÇÃO DE VALORES DO INDELÉVEL ACONTECER PROCESSO CONSTRUTIVO DE VALORES ENTRADA COISAS PESSOAS IDÉIAS SAÍDA PRODUÇÕES MATERIAIS/IMATERIAIS 1. ESFERA DO SUBLIME a c b d CADINHO DE VALORES

51 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R0050 Na busca das finalidades da vida: –“NAS SUAS VERDADEIRAS CARACTERÍSTICAS DE INFINITO, ETERNIDADE, RENOVAÇÃO E BELEZA”. (DO LIVRO: PÃO NOSSO/EMMANUEL/FCX) A META DOS SONHOS

52 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R0051 “O SINGELO” BATATINHA QUANDO NASCE ESPARRAMA PELO CHÃO MENININHA QUANDO DORME PÕE A MÃO NO CORAÇÃO. EU PEDÍ UM COPO D’ÁGUA ME TROUXERAM NA CANECA ISTO MESMO QUE EU QUERIA CINTURINHA DE BONECA. (AUTOR IGNORADO)

53 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R0052 “O PURO’ SUBÍ NUMA ÁRVORE PARA VER MEU AMOR PASSAR ÊLE PASSOU E EU DESCÍ. ( NÉRSON DA CAPITINGA )

54 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R0053 “O IDEAL EMBLEMÁTICO.” Estamos num mesmo barco Buscamos os mesmos rumos Na fronteira da razão A sua percepção Eivada de emoção É sempre um sinal Do puro ideal De um Ser Universal!

55 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R0054 a c b d A DINÂMICA DA EVOLUÇÃO É O LABOR Emoções Humanas Fluído Vital Veículo do Pensamento IMPREGNAÇÃO FORÇA VOTORIAL ATIVA INTERAÇÃO CIRCUÍTO LÓGICO 1. Emoções Humanas 2. Fluído Vital 3. Veículo do Pensamento

56 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R0055 DERIVAÇÕES ORIUNDAS DE REFLEXÕES EM BUSCA DE SOLUÇÕES TEMA DERIVATIVO DE CENÁRIOS PLASMÁTICOS REDE CORPORATIVA “UM COMPLEXO EMPRESARIAL OFERECENDO SOLUÇÕES OTIMIZADAS” TELEWORK 2003

57 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R Os enfoques são de ordem geral 2. O específico sugere sempre uma particularidade 3. A temática evolui por sí e sua exatidão é negociável 4. Não houve a intenção de esgotar os temas Anexo A1. ESCLARECIMENTOS IMPORTANTES (1)

58 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R As metodologias tradicionais se aplicam onde se ajustem 6. A Visão Sistêmica deve ser preservada 7. A modularidade é transparente 8. A Evolução Sistêmica acontece naturalmente Anexo A2. ESCLARECIMENTOS IMPORTANTES (2)

59 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R A Visão Sistêmica Global é domínio da Função Especialista 10. O despertamento da criatividade é meta prioritária 11. A visão generalista e a especialista são pontos de vistas decorrentes do ângulo de observação Anexo A3. ESCLARECIMENTOS IMPORTANTES (3)

60 FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R As referências bibliográficas foram nomeadas em sua generalidade no “Paper” original; 13. Excusas por eventuais menções ou fragmentos desvestidos de autorias; 14. Omissões de autoria serão reconhecidas se for o caso. 15. Eternos agradecimentos às fontes inspirativas deste trabalho. Anexo A4. ESCLARECIMENTOS IMPORTANTES (4)


Carregar ppt "FECHOTWV00x1CenáriosPlasmáticosTelework2003R001 A META DOS SONHOS APRESENTAÇÃO ORPLAN a c b d."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google