A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Arquitetura de computadores  Componentes B á sicos de um computador  Gabinete e Fonte de Alimenta ç ão – AT, ATX...  Placas de Expansão diversas – V.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Arquitetura de computadores  Componentes B á sicos de um computador  Gabinete e Fonte de Alimenta ç ão – AT, ATX...  Placas de Expansão diversas – V."— Transcrição da apresentação:

1 Arquitetura de computadores  Componentes B á sicos de um computador  Gabinete e Fonte de Alimenta ç ão – AT, ATX...  Placas de Expansão diversas – V í deo, Som, Rede, Modem  Dispositivos de Armazenamento – HD ’ s,Drives, CD ’ s, DVD ’ s.  Processadores  Barramentos F í sicos

2 Gabinete e Fonte  Cada formato de placa-mãe seja AT, ATX. necessita de um gabinete apropriado, pois há diferença física na instalação de cada formato de placa-mãe.  Gabinetes ATX utiliza um novo padrão de fonte de alimentação.  Fonte de alimentação chamada ATX12V, têm três concectores de alimentação: o tradicional de 20 pinos, um de quatro pinos contendo alimentação de 12 V e um conector de seis pinos contendo alimentação extra de 3,3 V e 5 V.

3 Gabinete e Fonte  O formato AT têm alguns problemas técnicos:  A posição do processador dificulta a inserção de placas nos slots, em especial placas maiores, como de som;  Os soquetes para módulos de memória ficam “espremidos” ao lado da fonte de alimentação;  A posição dos plugs das portas IDE e da controladora da unidade de disquete faz com que o gabinete fique repleto de cabos;  A fonte de alimentação não traz tensões de 3,3 V;  Não obedece à padronização de gerenciamento de consumo elétrico avançado.

4 Gabinete e Fonte  Os novos padrões(ATX) traz algumas vantagens  Nenhuma placa dificulta a troca do processador no caso de upgrade;  Os soquetes para módulos de memória estão em uma posição que facilita a inserção e remoção de módulos de memória;  O novo layout melhora a circulação de ar e a dissipação térmica;  Uma nova fonte de alimentação com tensão de 3,3 V e função de desligamento por software;além de barramento USB.

5 Gabinete e Fonte de Alimentação  Tipos de Pinagem: Conector AT

6 Gabinete e Fonte de Alimentação  Tipos de Pinagem: Conector ATX

7 Processadores  Os processadores são circuitos integrados passíveis de ser programados para executar uma tarefa predefinida, basicamente manipulando e processando dados. Entrada de Dados a serem Processados Processador Saída de Dados Processados

8 Processadores  CISC  uma instrução complexa equivale a várias microinstruções presentes no microcódigo do processador.  Quando o compilador encontra um comando complexo, ele converte esse comando em uma instrução complexa do processador.  Essa instrução complexa na verdade é desmembrada internamente pelo decodificador de instruções em diversas microinstruções simples, o que é feito consultando o microcódigo

9 Processadores  CISC - Complex Instruction Set Computer Programa (linguagem de alto nível) Compilador Simples Linguagem de Máquina (Inst. Compl, CISC x86) Programa.exe ou.com a ser executado pelo proc. Instruções Complexas (CISC) Decodificador de Instruções Unidade de execução Microcódigo Software Hardware

10 Processadores  RISC  Como não existem instruções complexas, o compilador deve converter comandos complexos em diversas instruções simples que deêm o mesmo resultado da operação.  Assim, enquanto que CISC um comando de alto nível é convertido pelo compilador em poucas instruções, em um processador RISC esse comando é convertido em várias instruções.  Conclusão: o código de programas RISC é maior, necessitando, portanto, de mais memória RAM.

11 Processadores  RISC - Reduced Instruction Set Computer Programa (linguagem de alto nível) Compilador Complexo Linguagem de Máquina (Inst. Complexas, RISC) Programa.Exe ou.Com a ser executado pelo proc. Instruções Simples Unidade de execução Software Hardware

12 Placas de Expansão  PLACAS DE VÍDEO  A função da placa de vídeo é construir as imagens que serão exibidas no monitor, com o qual forma o principal meio de comunicação entre o micro e o usuário.  PLACAS DE VÍDEO 3D  A função de uma placa de vídeo 3D, é auxiliar o processador na exibição de imagens tridimensionais. Uma imagem em três dimensões é formada por inúmeros polígonos, sobre os quais são aplicadas texturas.

13 Placas de Expansão  PLACAS DE SOM  Os sons emitidos pelo speaker são gerados pelo próprio processador, que por lidar apenas com números binários, pode apenas combinar seqüências de bits 1 e 0 para gerar alguns sons rudimentares.  A placa de som, na verdade, é um dispositivo chamado DAC (Digital Analogic Conversor), que transforma os dados digitais em ondas analógicas, de alta qualidade.

14 Placas de Expansão  PLACAS DE REDE  A placa de rede é o hardware que permite aos micros conversarem entre sí através da rede.  Sua função é controlar todo o envio e recebimento de dados através da rede.  Cada arquitetura de rede exige um tipo específico de placa de rede.

15 Placas de Expansão  PLACAS DE MODEM  Modem é a contração de duas ações: Modulação e Demodulação;  Modulação quando transforma dados digitais em forma de ondas analógicas; demodulação quando transforma ondas analógicas em dados digitais.

16 Dispositivos de Armazenamento  DRIVES DE DISQUETE  Elemento responsável pela leitura/gravação em um disquete.  A mídia magnética de um disquete é composta de óxido de ferro, simplesmente ferrugem.  Um disquete de 1,44 MB possui apenas 80 trilhas. O número de setores também é menor, apenas 18 setores por trilha.  É utilizado um antiquado motor de passo. Quando recebe uma carga elétrica, este motor dá um giro completo, giro que através de um sistema de engrenagens faz com que a cabeça de leitura se mova a distância correspondente a uma trilha.

17 Dispositivos de Armazenamento  DISCOS RÍGIDOS (HD)  Elemento responsável pela leitura/gravação em um sistema de controle fixo e rígido.  Não é utilizado um só disco e sim um conjunto deles, dois três, quatro. Para cada um, existe uma cabeça de leitura/gravação específica.  O motor do disco rígido faz com que o conjunto dos discos gire a uma velocidade elevadíssima, pelo menos 7200 rpm.

18 Dispositivos de Armazenamento  DISCOS RÍGIDOS (HD)  Utilizam vários sistemas de arquivos durante a formatação (FAT 16, FAT 32, NTFS, EXT/2...)  Dividem-se em vários padões – IDE, SCSI, ESDI...

19

20 Dispositivos de Armazenamento  CD  A leitura é realizada através de um feixe óptico(laser), o que permite que informações sejam gravadas muito próximas umas das outras.  Durante a gravação, a superfície é alterada.  Capacidade: 2048 x = bytes (650 MB)

21 Dispositivos de Armazenamento  CD  As undidades de CD podem ser conectadas ao micro através de vários tipos: –Interface Proprietária –Interface SCSI –Interface IDE –Porta Paralela –Porta USB

22 Dispositivos de Armazenamento  DVD  A mais recente tecnologia em mídia óptica.  Trata-se de um CD com uma capacidade de armazenamento elevada, e pode ser usado para filmes, áudio e dados.

23 Dispositivos de Armazenamento  DVD  Existe um padrão de zonas de reprodução.  São visualizados em vários formatos de tela: Full Frame, Letter Box, Pan & Scan e Widescreen.  Os padrões de conexões são os mesmo dos CD´s. DVD+RW DVD´s DVD-DA DVD-ROM DVD-R DVD-RW


Carregar ppt "Arquitetura de computadores  Componentes B á sicos de um computador  Gabinete e Fonte de Alimenta ç ão – AT, ATX...  Placas de Expansão diversas – V."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google