A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

BRINCAR O DESPERTAR PSICOMOTOR Atividades lúdicas e sua importância na alfabetização. Profª.Gislei Amorim de S.Rondon Lilia Márcia Figueiredo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "BRINCAR O DESPERTAR PSICOMOTOR Atividades lúdicas e sua importância na alfabetização. Profª.Gislei Amorim de S.Rondon Lilia Márcia Figueiredo."— Transcrição da apresentação:

1

2 BRINCAR O DESPERTAR PSICOMOTOR Atividades lúdicas e sua importância na alfabetização. Profª.Gislei Amorim de S.Rondon Lilia Márcia Figueiredo

3 Ao alfabetizador cabe a responsabilidade de, através de situações concretas envolvendo objetos e o próprio corpo do aluno, com atividades motoras,preparar a criança antes de expô-la a atividades gráficas.

4 O desenvolvimento psicomotor obedece a estruturação de três condutas a saber: CONDUTAS MOTORAS DE BASE: Equilíbrio. Coordenação dinâmica geral Respiração consciente Coordenação motora fina. CONDUTAS NEURO-MOTORAS: Esquema corporal Controle psicomotor Lateralidade CONDUTAS PERCEPTIVO-MOTORAS: Orientação corporal Orientação espacial Orientação temporal

5 O Equilíbrio  Esta conduta motora começa a ser elaborada na medida em que a criança muda sua posição corporal.  Para que ele se estruture é necessário que o tônus muscular (afetivo e mental) da criança estejam adequados.  Nas brincadeiras mais informais há estimulação para o equilíbrio.

6 Coordenação Dinâmica Global A maturação motora e neurológica da criança é que concretiza esta conduta motora de base. Para vencê-la haverá um refinamento das sensações e percepções: visual,auditiva,cinestésica,tátil. Comprovadamente ela ocorre devido a grande solicitação motora e muscular que as atividades infantis requerem.

7 Respiração Consciente  Uma das condutas mais importantes.  Mas muitas vezes evolui de maneira inadequada.  Enquanto criança há toda uma pulsão vital, que nos energiza motoramente,daí a agitação da criança.  A criança realmente não cansa,pois ela oxigeniza seu organismo adequadamente.

8 Coordenação Motora Fina É a boa utilização de nossas extremidades. Essa conduta abrange três aspectos : a coordenação visomotora, a motora fina e a músculo-facial.

9 Coordenação Viso-motora Na medida em que visualizar objetos ou pessoas realizam as ações de interações.Por exemplo, a criança ao pegar a bola, logo lança ou chuta numa relação de brincadeira.

10 Coordenação motora-fina Começa a ser elaborada quando a criança interage com objetos pequenos. Atividades que exigem dela movimentos de pinça e preensão que são a base para essa coordenação. É um treino que ela estará fazendo para a escrita.

11 A Coordenação Músculo-Facial É aquela que a criança está utilizando a todo momento. Demonstra com sua expressão facial o que lhe agrada ou desagrada. São sentimentos e emoções são traduzidos através da comunicação corporal, com objetos e as pessoas.

12 Esquema Corporal Como se coloca através do outro a criança se faz sujeito. É na interação informal de grandes relações com o meio, com os objetos e as pessoas, que a criança reconhece as partes de seu corpo.

13 Controle Psicomotor Para que ocorra o controle psicomotor haverá necessidade que haja, além da maturação orgânica e neurológica, a integração motora da criança em relação ao meio ambiente. Os estímulos representam grande importância nas respostas psicomotoras.

14 Lateralidade Hoje respeitamos a dominância lateral da criança. Brincar oferece a possibilidade de experimentação global do corpo da criança. Ela mais livre e espontaneamente fará a opção lateral de atuação. A definição ocorre por volta dos 6 a 7 anos,o que não significa que a sua opção não possa ter sido percebida antes dessa idade.

15 Orientação Corporal É uma conduta que surge por volta dos 5 anos e acontece pela maturação orgânica e neurológica. A criança primeiro sente,depois usa e só depois controla seu equipamento(corpo).

16 Orientação Espacial É através do movimento que imprime ao objeto e ao próprio corpo que a criança descobre o espaço. Estar dentro/fora, em cima/embaixo, de um lado e de outro vai fazer com que ela dimensione e descubra o espaço que a cerca.

17 Orientação Temporal Pelo ritmo das ações e dos acontecimentos, num contexto de rotinas,é que a criança adquire noção temporal necessária para conviver com antes e depois, com o passado e o presente.

18 “O desenhar e brincar deveriam ser estágios preparatórios ao desenvolvimento da linguagem escrita das crianças.Os educadores devem organizar todas essas ações e todo o complexo processo de transição de um tipo de linguagem para outro....( VYGOTSKY)

19


Carregar ppt "BRINCAR O DESPERTAR PSICOMOTOR Atividades lúdicas e sua importância na alfabetização. Profª.Gislei Amorim de S.Rondon Lilia Márcia Figueiredo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google