A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Diocese de Guarapuava Faculdade Missioneira do Paraná (FAMIPAR) Curso de extensão em Teologia para Leigos - PROFETAS Frei Roberto Aula 2 em 02 de setembro.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Diocese de Guarapuava Faculdade Missioneira do Paraná (FAMIPAR) Curso de extensão em Teologia para Leigos - PROFETAS Frei Roberto Aula 2 em 02 de setembro."— Transcrição da apresentação:

1 Diocese de Guarapuava Faculdade Missioneira do Paraná (FAMIPAR) Curso de extensão em Teologia para Leigos - PROFETAS Frei Roberto Aula 2 em 02 de setembro 2014 Os Profetas

2 Revisão  O Profetismo era prática comum às diversas religiões e culturas do Antigo Oriente Médio;  O profeta era figura expoente de sua sociedade: portador de uma mensagem divina;  O termo ‘profeta’ se utilizava genericamente para todas as formas de ‘mensageiros’: homem de deus, vidente, visionário...  o profetismo israelita é um fenômeno singular no antigo Oriente: em termos de essência, duração e volume, sobretudo em seu conteúdo ético e religioso;  Profetismo de característica heterogênea: profetas congregações, templo, corte, independentes, literários;

3 Vocação Profética  O Profeta não o é por profissão, por desejo pessoal, por empenho escolhido e preparado, mas sim por vocação; o conceito do profeta como um enviado;  Assim, o profeta é caracterizado como: a) homem da palavra b) mensageiro e porta-voz de Deus c) pregador

4 Palavra e ação = dabar  Em hebraico um substantivo de importância é dabar, que pode significar palavra ou ação;  dabar é palavra — O Profeta é, primeiramente um homem de palavra, em seguida um homem de ação. O que o Profeta comunica não é fruto apenas de uma visão; Esta é uma chave de leitura dos Profetas: enquanto nos textos apocalípticos existe uma proeminência da visão, nos proféticos a proeminência é da voz, da Palavra que é dirigida ao Profeta

5  dabar é ação — a Palavra entra no âmbito da vida. A própria vida do profeta é Palavra. — (Os1,2) Oséias demonstra isto com seu matrimônio, quando a palavra profética vem através de um ato simbólico de grande eloquência — (Is7,3) Isaías tem um filho que recebe o nome de Sear Yasub - um resto retornará - anunciando em uma ação, na identidade de um de seus filhos, o simbolismo de alta eloquência: apesar da destruição que ocorrerá haverá ainda uma salvação, um resto que retornará de um já pré- anunciado exílio; — (Jr16,1–4) Jeremias por sua vez, não desposa uma mulher nem tem filhos, pois traz consigo uma experiência acentuada de solidão e mesmo de rejeição: sinal de tudo o que se abaterá sobre Judá. Palavra e ação = dabar

6  As ações simbólicas estão no âmbito da palavra que os Profetas transmitem. — Is20,2ss — Jr18,1–13 ; e ainda 32,2.6–15 —Ez 12,3–7 Palavra e ação = dabar

7  O profeta fala em nome do Senhor. O mais importante na sua missão é anunciar a Palavra de Deus;  fundamentalmente o profeta é o Oráculo do Senhor, agindo em Nome do Senhor, isto é, na Sua pessoa e autoridade; Palavra e ação = dabar

8  essa palavra de Deus dita/vivida pelo profeta reveste-se de importância pois é uma palavra que se cumpre na história. Não se trata de uma palavra vazia, destituída de poder, mas uma vez pronunciada atinge sua finalidade. Palavra e ação = dabar

9  Palavra criadora (Gn1,3.6.7)  Palavra que chama, elege, envia, denuncia, anuncia: Gn 12,1–6: Abrão/Abraão ouve o chamado e segue o que ouviu; Ex3,4-6: Moisés ouve a Palavra do Senhor que o envia para a missão de libertação e legislação; Palavra e ação = dabar

10  A Palavra–Oráculo é transformadora da realidade na medida em que vai se tornando ela mesma uma realidade; Palavra e ação = dabar

11 “o profeta é um homem que tem uma experiência imediata de Deus, que recebeu a revelação de sua santidade e de seus desígnios, que julga o presente e vê o futuro à luz de Deus e que é enviado por Deus para recordar aos homens suas exigências e conduzi-los pelo caminho de sua obediência e de seu amor.”

12 VERDADEIRO PROFETA  Jr7; 27-28; cf.1Rs22; o profeta não estava comprometidos com a política estatal, mas com a Palavra de Deus;  falava somente aquilo que Deus ordenava (Dt18,18-20; cf.1Rs17,24; 22,28;  O verdadeiro profeta era avaliado por sua lealdade à Lei (Dt13,1-6)

13  os profetas não são criadores de uma nova religião, mas estão integrados nas tradições sacras que seu povo há séculos articulava. Isso não implica em firmar os profetas como meros conservadores das tradições israelitas: a missão profética específica consistia antes em um trabalho de preservação que atualizasse constantemente a ordem jurídica aos tempos dos ouvintes sempre renovados. VERDADEIRO PROFETA

14 Temas Proféticos  experimentaram pessoalmente a realidade divina e toda a sua atividade é sustentada por essa experiência;  profunda consciência de ser Javé o Deus de Israel, o Deus santo e vivo que se aliou a Israel e exige uma resposta verdadeira e sincera. Por terem plena clareza disso o tema principal de sua pregação é reconduzir os homens a essa compreensão


Carregar ppt "Diocese de Guarapuava Faculdade Missioneira do Paraná (FAMIPAR) Curso de extensão em Teologia para Leigos - PROFETAS Frei Roberto Aula 2 em 02 de setembro."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google