A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Cnidários ou Celenterados. Características Gerais São animais aquáticos do corpo mole e gelatinoso. Ex.: águas-vivas, anêmonas-do-mar e os corais.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Cnidários ou Celenterados. Características Gerais São animais aquáticos do corpo mole e gelatinoso. Ex.: águas-vivas, anêmonas-do-mar e os corais."— Transcrição da apresentação:

1 Cnidários ou Celenterados

2 Características Gerais São animais aquáticos do corpo mole e gelatinoso. Ex.: águas-vivas, anêmonas-do-mar e os corais

3 São muito poucas as espécies de água doce. Poucos são parasitas de peixes. São animais que queimam ou irritam a pele humana devido a um tipo de células típicas – o cnidoblasto. Podem ser sésseis, como as anêmonas e os corais, que vivem fixos e nadar ativamente como as águas-vivas ou flutuar como as caravelas.

4 Organização Corporal A maioria apresenta em seu ciclo de vida duas formas corporais: pólipo e medusa. A forma de pólipo lembra um cilindro fixo. Alguns podem deslizar. Ex.: anêmonas-do-mar

5 A forma de medusa lembra um guarda-chuva com a boca na posição de baixo. Nadam com eficiência devido a jatos de água que está sendo expulsa do corpo do animal.

6 Tanto pólipos como medusas tem simetria radial. Ou seja, se cortarmos o corpo ao meio obteremos dois lados equivalentes. O corpo é revestido por uma epiderme, e no interior do corpo tem uma gastroderme, onde ocorre a digestão e absorção de alimento. Entre a epiderme e a gastroderme tem a mesogléia, uma massa gelatinosa que dá suporte ao corpo, constituindo um esqueleto elástico e flexível. Na epiderme tem células sensoriais que recebe estímulos ambientais e transmite as células nervosas da mesogléia. Algumas anêmonas e águas-vivas tem células sensoriais tem a capacidade de perceber a luz.

7 Os cnidoblastos ou células urticantes, estão distribuídos por toda a epiderme, concentrando-se nos tentáculos e ao redor da boca. No interior dessa células tem um líquido tóxico mantido sobre pressão. Ele fica dentro de um cnidocílio, que se comporta como um gatilho, disparando o nematocisto ao toque. Depois de liberado ele não se recompõe e se degenera e outro cnidoblasto será formado.

8

9 O sistema nervoso é difuso, ou seja, espalhado por todo o corpo. Os cnidários são carnívoros. Ao redor da boca existem tentáculos, que permitem capturar seu alimento e levá-lo até a boca. Existe somente uma abertura que serve para ingestão de alimento e para eliminar os resíduos. O sistema digestório é incompleto, justamente, por apresentar uma única abertura. Algumas espécies apresentam uma estrutura semelhante a faringe, cavidade com pregas que aumenta a área de contato com o alimento.

10 Não possuem sistemas circulatório, respiratório e excretor. Muitos cnidários vivem associados a algas unicelulares fotossintetizantes, que produzem nutrientes aproveitados por eles, em uma relação denominada endossimbiose.

11 Classificação do Cnidários Hidrozoários Vivem em água salgada e a forma é polipóide. Na maioria das espécies os pólipos produzem assexuadamente pequenas medusas de vida relativamente curta, estas se reproduzem sexuadamente e originam novos pólipos, que fecham o ciclo. Formam colônias de centenas ou milhares de indivíduos.

12

13 Cifozoários São marinhos, tem forma medusóide de tamanho variado desde 2 centímetros até 4 metros de diâmetro. Os tentáculos de algumas medusas gigantes que vivem em alto mar podem chegar até 40 metros de comprimento. São a maioria das águas-vivas encontradas nas praias.

14 Cubozoários São marinhos que predomina a forma de medusas. Elas são relativamente compactas e lembra um sino. Seus cnidoblastos tem substâncias tóxicas poderosas.

15 Antozoários É o grupo das anêmonas-do-mar e os corais, são marinhos e tem apenas formas polipóides. Os corais tem substâncias calcárias em sua mesogléia que fornece sustentação esquelética. Quando os corais morrem só são decompostos os tecidos, o esqueleto permanece e novos pólipos se formam sobre esses esqueletos.

16 Estaurozoários São marinhos e pequenos, a maioria com menos de 5 cm de diâmetro, típicos de águas frias e profundas. Apresentam só a fase de medusas, mas permanecem a vida fixos a um substrato.

17 Reprodução do Cnidários Assexuada Todos os grupos apresentam. Em certos Hidrozoários e Antozoários os pólipos formam pequenos brotos que se soltam, originando indivíduos independentes. Alguns brotos podem ficar unidos e formar colônias. Em outros grupos os pólipos formam assexuadamente medusas, num processo chamado de estrobilização.

18

19 Sexuada Todos os grupos apresentam. Há tanto espécies monóicas como dióicas. Em diversas espécies a fecundação é externa: óvulos e espermatozóides são liberados na água. Há espécies com fecundação interna, em que os óvulos ficam na região gastrovascular do corpo da fêmea e os espermatozóides que entram pela boca o fecundam. São poucos que apresentam desenvolvimento direto – sem estágios de larvas, como nas Hidras.

20 Alguns grupos apresentam alternância de gerações: Hidrozoários, Cifozoários e Cubozoários. As medusas machos liberam seus espermatozóides na água e as medusas fêmeas depende. O zigoto desenvolve-se em uma larva ciliada – a plânula – que fixa-se, perde os cílios e transforma-se em um pólipo. Este se desenvolve e origina, assexuadamente, novas medusas, fechando o ciclo.

21

22 Nenhum Antozoário apresenta medusas em seu ciclo. Nessa classe os gametas são formados pelos pólipos e a fecundação pode ser interna ou externamente.


Carregar ppt "Cnidários ou Celenterados. Características Gerais São animais aquáticos do corpo mole e gelatinoso. Ex.: águas-vivas, anêmonas-do-mar e os corais."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google