A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Unidade 4: Panorama da Vigilância Epidemiológica em Saúde # 1-4-1 Unidade 4: Panorama da Vigilância Epidemiológica em Saúde.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Unidade 4: Panorama da Vigilância Epidemiológica em Saúde # 1-4-1 Unidade 4: Panorama da Vigilância Epidemiológica em Saúde."— Transcrição da apresentação:

1 Unidade 4: Panorama da Vigilância Epidemiológica em Saúde # Unidade 4: Panorama da Vigilância Epidemiológica em Saúde

2 Questões de Aquecimento: Instruções v Durante os próximos cinco minutos, responda às questões de aquecimento da unidade 4 do seu manual v Por favor, não compare as suas respostas com as dos demais participantes v As respostas não serão recolhidas nem avaliadas v As respostas serão revistas no final da unidade #1-7-2

3 Conteúdo da Unidade v No final da unidade, deverá estar apto(a) a: © Descrever as componentes de um sistema de vigilância © Definir vigilância sentinela, vigilância de laboratório e definições de caso © Definir incidência e prevalência #1-7-3

4 O que é Vigilância Epidemiológica?  Colecta sistemática de informação sobre uma doença específica ou sobre outro evento relacionado com a saúde  Deve ocorrer de forma continuada, precisa e completa, para que os dados sejam analisados  Deve haver utilização da informação para a prevenção e o controlo de doenças # 1-4-4

5 Actores da Vigilância Epidemiológica v Um sistema de vigilância é um ciclo de informações que envolve © profissionais de saúde © instituições de saúde pública © a sociedade civil organizada © a população # 1-4-5

6 Figura 4.1. Fluxo dos dados de vigilância Colecta Interpretação e análise Disseminação e Utilização Compilação # 1-4-6

7 Termos Relacionados com a Vigilância v Definição de Caso – características clínicas e laboratoriais que devem estar presentes num paciente ou em situação relacionada com a saúde, para que este seja considerado um caso para propósitos de vigilância v Notificação Universal de Casos – sistema de vigilância no qual todos os casos da doença sob vigilância devem ser notificados v Vigilância Sentinela – sistema de vigilância no qual as notificações obtidas são provenientes de locais ou populações seleccionados # 1-4-7

8 Termos Relacionados com a Vigilância v Vigilância Baseada em Laboratórios – sistema de vigilância no qual as notificações de casos são provenientes de laboratórios clínicos, e não de profissionais de saúde ou hospitais v Prevalência – número ou proporção de pessoas portadoras de uma doença numa determinada população e num determinado ponto no tempo v Incidência – número de pessoas que desenvolvem uma doença ou determinadas condições de saúde (casos novos) num período específico # 1-4-8

9 Termos Relacionados com a Vigilância v Vigilância Passiva – um sistema que se vale dos dados gerados pelas instituições de saúde, sem que haja solicitação, intervenção ou contactos específicos por parte da agência que conduz a vigilância. Outras agências iniciam a notificação v Vigilância Activa – a organização que está conduzindo a vigilância implementa procedimentos para obter notificações # 1-4-9

10 Tabela 4.1. Relação entre doença e definição de casos Doença Definição de Caso PresenteAusenteTotal Presenteaba+b Ausentecdc+d Totala+cb+dN #

11 Termos Adicionais em Vigilância v Sensibilidade – habilidade da definição de caso (ou de um teste laboratorial) para identificar a presença de doença (a/(a+c)) v Especificidade – habilidade da definição de caso (ou de um teste laboratorial) para identificar a ausência de doença (d/(b+d)) #

12 Termos Adicionais em Vigilância v Valor Preditivo Positivo – proporção de pessoas que preenchem critérios de uma definição de caso (ou que tenham um teste laboratorial positivo) e que realmente têm a doença (a/(a+b)) v Valor Preditivo Negativo – proporção de pessoas que não preenchem critérios para uma definição de caso (ou que tenham um teste laboratorial negativo) e que não têm realmente a doença (d/(c+d)) #

13 Problemas Comuns em Sistemas de Vigilância v Duplicação de esforços e/ou recursos  Atraso na notificação de casos e na identificação de epidemias  Falta de integração nas actividades de treinamento de vigilância  Falta de avaliação #

14 Problemas Comuns em Sistemas de Vigilância  Falta de envolvimento e coordenação por parte dos laboratórios  Notificação Incompleta e falta de suporte e supervisão  Falta de disseminação e retroalimentação para o âmbito distrital #

15 Vigilância Integradada de Doenças (VID) v Integra as actividades de vigilância das doenças prioritárias no âmbito distrital v Proporciona suporte para treinamento e supervisão v Pessoal do distrito com dedicação em tempo integral a actividades de © monitorização de eventos relacionados com a saúde na comunidade © mobilização de acções comunitárias © captação e uso de recursos regionais © reforço da participação nacional v Recursos combinados para colectar informações em cada nível #

16 Objectivos da VID v Fortalecer a capacidade dos países de conduzir actividades efectivas de vigilância v Integrar os múltiplos sistemas de vigilância para que formulários, equipa e recursos sejam aproveitados de forma eficiente e efectiva v Aperfeiçoar o uso da informação para tomada de decisão v Aperfeiçoar o fluxo de informação de vigilância entre e nos diferentes níveis do sistema de saúde #

17 Objectivos da VID v Aperfeiçoar a capacidade laboratorial para a identificação de patógenos e monitorar a susceptibilidade a drogas v Aumentar o envolvimento dos profissionais clínicos no sistema de vigilância v Enfatizar a participação comunitária na detecção e na resposta aos problemas de saúde pública v Fortalecer a participação das equipas de laboratório na vigilância epidemiológica #

18 Exemplos de Doenças Prioritárias para VID v Doenças com propensão à epidemia © Cólera © Febre amarela v Doenças-alvo de erradicação ou eliminação © Poliomielite © Tétano neonatal v Outras doenças de importância para a saúde pública © Malária © DTS #

19 Em Resumo v Vigilância é a reunião sistemática de dados relevantes para saúde pública que podem ser analisados para orientar programas de prevenção e tratamento v Vigilância sentinela envolve a colecta de dados mais detalhados provenientes de uma amostra reduzida de locais v Vigilância baseada em laboratórios envolve notificações que têm origem em laboratórios e não em unidades sanitárias #

20 Em Resumo (2) v Prevalência é a proporção ou o número de pessoas com uma doença numa determinada população v Incidência indica o número de novas infecções durante determinado período #

21 Revisão das Questões de Aquecimento v Durante alguns minutos, volte às questões de aquecimento do início da unidade v Faça as modificações que desejar v As questões serão discutidas em alguns minutos #1-4-21

22 Respostas às Questões de Aquecimento 1. Qual é o nome do sistema que integra as actividades de notificação de doenças prioritárias no âmbito dos distritos, proporcionando apoio para actividades de treinamento, supervisão e recursos? #1-4-22

23 Respostas às Questões de Aquecimento 1. Qual é o nome do sistema que integra as actividades de notificação de doenças prioritárias no âmbito dos distritos, proporcionando apoio para actividades de treinamento, supervisão e recursos? Vigilância Integrada de Doenças #1-4-22

24 Respostas às Questões de Aquecimento 2. Qual dos seguintes termos indica o número ou proporção de pessoas portadoras de doença numa determinada população e num determinado ponto no tempo? a. sensibilidade b. prevalência c. valor preditivo negativo d. nenhuma das alternativas acima mencionadas #1-4-24

25 Respostas às Questões de Aquecimento 2. Qual dos seguintes termos indica o número ou proporção de pessoas portadoras de doença numa determinada população e num determinado ponto no tempo? a. sensibilidade b. prevalência c. valor preditivo negativo d. nenhuma das alternativas acima mencionadas #1-4-24

26 Respostas às Questões de Aquecimento 3. Verdadeiro ou Falso? Estudos transversais feitos uma só vez são métodos válidos para a vigilância de HIV/SIDA. #1-4-26

27 Respostas às Questões de Aquecimento 3. Verdadeiro ou Falso? Estudos transversais feitos uma só vez são métodos válidos para a vigilância de HIV/SIDA. Falso #1-4-26

28 Respostas às Questões de Aquecimento 4. Preencha as lacunas dos termos de acordo com as suas respectivas definições : # ___ vigilância sentinela a. Sistema de vigilância no qual o registo de casos é proveniente de laboratórios clínicos, em vez de profissionais de saúde ou hospitais. ___ notificações baseadas em laboratórios b. Características clínicas e laboratoriais que devem estar presentes num paciente, para que este seja considerado um caso para propósitos de vigilância. ___ definição de caso c. Sistema de vigilância no qual o registo de casos é obtido somente em certos locais ou populações.

29 Respostas às Questões de Aquecimento 4. Preencha as lacunas dos termos de acordo com suas respectivas definições : # _c__ vigilância sentinela a. Sistema de vigilância no qual o registo de casos é proveniente de laboratórios clínicos, em vez de profissionais de saúde ou hospitais. _a__ notificações baseadas em laboratórios b. Características clínicas e laboratoriais que devem estar presentes num paciente, para que este seja considerado um caso para propósitos de vigilância. _b__ definição de caso c. Sistema de vigilância no qual o registo de casos é obtido somente em certos locais ou populações.

30 Respostas às Questões de Aquecimento 5. Qual dos seguintes termos indica o número de pessoas que desenvolvem uma doença dentro de um período específico de tempo? a. especificidade b. valor preditivo positivo c. incidência d. nenhuma das alternativas acima mencionadas #1-4-30

31 Respostas às Questões de Aquecimento 5. Qual dos seguintes termos indica o número de pessoas que desenvolvem uma doença dentro de um período específico de tempo? a. especificidade b. valor preditivo positivo c. incidência d. nenhuma das alternativas acima mencionadas #1-4-30

32 Discussão em Pequenos Grupos: Instruções v Reúnam-se em pequenos grupos para discutir as questões v Seleccionem um membro do grupo para apresentar as respostas #1-4-32

33 Relatos dos Pequenos Grupos v O relator do grupo apresenta as respostas v Façam uma discussão com os demais colegas #1-4-33

34 Estudo de Caso: Instruções v Leia o estudo de caso individualmente v As respostas serão discutidas em aula #1-4-34

35 Revisão de Estudo de Caso v Acompanhe a discussão em aula v Discuta as suas respostas com o resto da classe #1-4-35

36 Verificação do Processo v Tem alguma dúvida quanto às informações vistas até ao momento? v Está satisfeito(a) com a forma de trabalho da unidade 4? v Gostaria de mudar alguma coisa, a fim de beneficiar o grupo? #1-4-36


Carregar ppt "Unidade 4: Panorama da Vigilância Epidemiológica em Saúde # 1-4-1 Unidade 4: Panorama da Vigilância Epidemiológica em Saúde."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google