A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O que é o Bullying? Onde o Bullying ocorre? De que maneira os alunos se envolvem com o Bullying? E o Bullying envolve muita gente?

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O que é o Bullying? Onde o Bullying ocorre? De que maneira os alunos se envolvem com o Bullying? E o Bullying envolve muita gente?"— Transcrição da apresentação:

1 O que é o Bullying? Onde o Bullying ocorre? De que maneira os alunos se envolvem com o Bullying? E o Bullying envolve muita gente?

2 O que é o Bullying Termo BULLYING compreende todas as formas de atitudes agressivas, intencionais e repetidas, que ocorrem sem motivação evidente, adoptadas por um ou mais estudantes contra outro(s), causando dor e angustia, e executadas dentro de uma relação de desigual de poder. Portanto, os actos repetidos entre iguais(estudantes) e o desequilíbrio de poder são as características essenciais,que tornam possível a intimidação da vítima. Por não existir uma palavra na língua portuguesa capaz de expressar todas as situações de BULLYING possíveis, o quadro, a seguir, relaciona algumas acções que podem estar presentes.

3 Onde ocorre o Bullying? O bullying é um problema mundial, sendo encontrado em toda e qualquer escola, não estando restrito a nenhum tipo específico de instituição: secundária, pública ou privada, rural ou urbana. Pode-se afirmar que as escolas que não admitem a ocorrência de BULLYING entre seus alunos, ou desconhecem o problema, ou se negam a enfrentá- lo.

4 De que maneira os alunos se envolvem com o Bullying? Seja qual for a actuação de cada aluno, algumas características podem ser destacadas, como relacionadas aos papeis que venham a representar:  Alvos de Bullying – são os alunos que só sofrem BULLYING;  Alvos/autores de Bullying – são os alunos que ora sofrem, ora praticam BULLYING;  Autores de Bullying – são os alunos que só praticam BULLYING;  Testemunhas de Bullying – são os alunos que não sofrem nem praticam Bullying, mas convivem em um ambiente onde isso ocorre. Os autores são, comumente, indivíduos que têm pouca empatia. Frequentemente, pertencem a famílias desestruturadas, nas quais há pouco relacionamento afectivo entre seus membros. Seus pais exercem uma supervisão pobre sobre eles, toleram e oferecem como modelo para solucionar conflitos o comportamento agressivo ou explosivo. Admite- -se que os que praticam o BULLYING têm grande probabilidade de se tornarem adultos com comportamentos violentos, podendo vir adoptar, inclusive, atitudes delinquentes ou criminosas.

5 E o Bullying envolve muita gente? A pesquisa mais extensa sobre Bullying, realizada na Grã-Bretanha, regista que 37% dos alunos do primeiro grau e 10% do segundo grau admitem ter sofrido BULLYING, pelo menos, uma vez por semana. O levantamento realizado pela ABRAPIA, em 2002, envolvendo 5875 estudantes de 5 a 8 série, de onze escolas localizadas no município do Rio de Janeiro, revelou que 40,5% desses alunos admitiram ter estado directamente envolvidos em actos de Bullying, naquele ano, sendo 16,9% alvos, 10,9% alvos/autores e 12,7% autores de Bullying. Os meninos, c0m uma frequência muito maior, estão mais envolvidos com o Bullying, tanto como autores quanto como alvos. Já entre as meninas, embora, com menor frequência, o BULLYING também ocorre e se caracteriza, principalmente, como prática de exclusão ou difamação.

6 bullying É uma forma de violência verbal e psicológica, usada por crianças ou adolescentes, com a intenção de humilhar, envergonhar, atormentar, ou incomodar outras crianças ou adolescentes, indefesos (embora por vezes os papeis se invertam e o agressor passe a vítima). Usualmente são usadas as tecnologias, telemóveis ou internet, geralmente através do . Usam uma conta de que não a sua e de forma anónima fazem cadeias de s entre colegas ou entrando em redes sociais fazem comentários depreciativos sobre fotos, gozando e humilhando a vitima.

7 -O cyberbuling pode transformar a personalidade de uma criança ou adolescente, diminuir a sua auto-estima e transformando o seu comportamento passivo demais ou em agressivo (por vezes tornam-se agressores também), tornando-o incapaz de se afirmar a nível social, pessoal, e mais tarde em adulto a nível profissional e mesmo num relacionamento, por não conseguirem ultrapassar o trauma de infância.

8 Em certos casos a violência acaba por levar as crianças ou adolescentes ao suicídio. Para detectar casos de cyberbulling os pais ou educadores devem estar sempre atentos a alterações de comportamento, como por exemplo: -Afastamento -Tristeza -Depressão -Agitação

9 -Expressões de raiva ou revolta -Dificuldade em dormir -Dores de cabeça ou de barriga -Alteração nos hábitos alimentares -Perda de interesse na escola, quando antes gostava -Perda de interesse em brincar ou fazer as coisas que antes gostava -Alterações no uso das novas tecnologias, como o computador e a internet

10 Formas de combater o cyberbulling: -Os pais, familiares têm de estar sempre atentos a mudanças de comportamento na criança; -Criar um clima de confiança e conversa aberta, em que a criança ou adolescente possa desabafar sabendo que está a ser ouvida e que vai ser ajudada; -Explicar-lhes que devem pedir ajuda e que isso não é um sinal de fraqueza, pois só assim vão conseguir parar o agressor;

11 -Os pais, familiares devem explicar- lhes que não se devem sentir culpados, eles são as vítimas; -Ensina-los a não colocarem fotos, filmes ou dados pessoais on-line Não banalize as queixas do seu filho, nem lhe dê falsas seguranças; -Convença-o de que há uma solução;

12 -Não proíba de usar o computador, mas coloque-o num local da casa que não seja isolado; -É necessário educa-los a comunicarem de forma ética, responsável e segura, só assim poderão evitar o cyberbulling.


Carregar ppt "O que é o Bullying? Onde o Bullying ocorre? De que maneira os alunos se envolvem com o Bullying? E o Bullying envolve muita gente?"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google