A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A importância da Responsabilidade Social e Empresarial como diferencial frente a consumidores e competitividade mercadológica.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A importância da Responsabilidade Social e Empresarial como diferencial frente a consumidores e competitividade mercadológica."— Transcrição da apresentação:

1 A importância da Responsabilidade Social e Empresarial como diferencial frente a consumidores e competitividade mercadológica.

2 Responsabilidade Social (RS) Definição Em muitos casos, as empresas brasileiras acabaram por associar Responsabilidade Social à Ação Social, seja pela via do investimento social privado, seja pela via do estímulo ao Voluntariado. A Responsabilidade Social é sempre do Indivíduo, nunca de uma Empresa jurídica O que é Ação Social atividade realizada pela empresas para atender às comunidades em suas diversas formas (conselhos comunitários, organizações não governamentais, associações comunitárias, etc.), em áreas como assistência social, alimentação, saúde, educação, cultura, meio ambiente e desenvolvimento comunitário. Abrange desde pequenas doações a pessoas ou instituições até ações estruturadas, com uso planejado e monitorado de recursos, seja pela própria empresa, por fundações e institutos de origem empresarial, ou por indivíduos especialmente contratados para a atividade. Campanha do Agasalho / Campanha Livros Sesc Voluntariado Ação de auxílio desenvolvida basicamente sem visar ganho financeiro ou por obrigação; pode ir além da ação individual e tornar-se atividade grupal. Palavras Chave: Voluntariado Doação Amor Compaixão Visibilidade Mercadológica - Incentivar funcionários e parceiros

3 Anos 80, período de transição democrática, explosão de diversos grupos de defesa de minorias. Nascia, um conjunto de iniciativas privadas de caráter público, sem fins lucrativos, sem discurso partidário, conhecido como Terceiro Setor O primeiro setor é o governo, que é responsável pelas questões sociais. O segundo setor é o privado, responsável pelas questões individuais. Com a falência do Estado, o setor privado começou a ajudar nas questões sociais, através das inúmeras instituições que compõem o chamado Terceiro Setor. o terceiro setor é constituído por organizações sem fins lucrativos e não governamentais, que tem como objetivo gerar serviços de caráter público. Principais personagens do Terceiro Setor : Fundações / Fundação : financiam o terceiro setor - Bradesco Entidades Beneficentes : dão suporte à carentes ou atendem pessoas com algum tipo de doença ; Fundação Dorina Nowill, CVV entre outras. Fundos Comunitários : empresas doam para um fundo – Empresas doadoras : Parceiras do Terceiro Setor - Natura, Nestlé, Globo (Criança Esperança) Elite Filantrópica : 54 bilionários que o Brasil possui, somente 2 são considerados bons parceiros do terceiro setor (Lehman família Ermírio de Moraes) Pessoas Físicas : em média, R$23,00 por ano, menos que 28% do total das doações. As fundações doam 40%, o governo repassa 26% e o resto vem de bingos beneficentes, leilões e eventos. Palavra Chave ONGs OSIP Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) Terceiro Setor

4 Enquanto o Terceiro Setor engatinhava, o Estado arrastava-se entre problemas econômicos e o empresariado começava a entender seu papel social. Era o início de uma política de responsabilidade social dentro das empresas. O Segundo Setor tornava-se, então, parceiro e co-responsável pelo desenvolvimento social com projetos em diversas áreas: educação e cultura, saúde e prevenção, promoção social e capacitação, ecologia e preservação, etc. Ajudando o Terceiro Setor : Empresas com Responsabilidade Social O espírito do Terceiro Setor é “servir o outro”, e isto significa perguntar primeiro: “O que vocês precisam?” Stephen Kanitz Assumir uma responsabilidade social é coisa séria. Creches não mandam embora órfãos porque a diretoria mudou de idéia. Sua empresa estaria disposta a morrer pela sua causa social? A maioria das empresas ao primeiro sinal de recessão corta 30% da propaganda, 50% do treinamento e 90% dos projetos sociais. Justamente quando os problemas sociais tendem a aumentar. O Consumidor está ligado !! Afirmar que o projeto social é custeado pelo lucro da empresa, e não entra como despesa, não convence ninguém. O lucro pertence aos acionistas, não aos executivos da empresa. A Responsabilidade Social é sempre do indivíduo, do voluntário, do funcionário, do dono, do acionista, do cliente, porque requer amor, afeto e compaixão. Visibilidade Mercadológica - Ajudar com Responsabilidade

5 No Brasil são chamados de 8 Jeitos de Mudar o Mundo Organização das Nações Unidas, ao analisar os maiores problemas mundiais, estabeleceu 8 Objetivos do Milênio –

6 Responsabilidade Social Empresarial (RSE) Conceitos A Responsabilidade Social Empresarial é sempre de uma Empresa Jurídica Define o grau de amadurecimento de uma Empresa Privada em relação ao impacto social de suas atividades; abrange, em termos gerais, desenvolvimento comunitário, equilíbrio ambiental, tratamento justo aos funcionários, comunicações transparentes, retorno aos investidores, sinergia com parceiros e satisfação do consumidor. A Revista Exame conceituou como : a Empresa é socialmente responsável quando vai além da obrigação de respeitar as leis, pagar impostos e observar as condições adequadas de segurança e saúde para os trabalhadores (...) A empresa demonstra sua Responsabilidade Social ao comprometer-se com programas sociais voltados para o futuro da comunidade e da sociedade. Instituto Ethos, a declaração de visão ou missão da Empresa Socialmente Responsável freqüentemente vai além do propósito “lucrar” ou “ser melhor”, e especifica que a empresa procurará agregar o valor a todos os envolvidos no ambiente empresarial: acionistas/proprietários, clientes, fornecedores, consumidores e o próprio meio ambiente. Palavras Chave: TRANSPARENCIA ETICA MEIO AMBIENTE RESPEITO STEAKHOLDERS,

7 Gestão Socialmente Responsável Ética/ Transparência/Excelência na qualidade Abrangência – Atuação – Postura publico interno – valorização profissional - cursos de capacitação/programa educacional/creches/programas sociais jovem cidadão/ aposentadoria (evita turnover) – estimular voluntariado. Fornecedores – parceiros éticos e socialmente responsáveis (trabalho escravo e infantil) - responsabilidade ambiental e fiscal. Consumidores e Clientes – comunicação transparente - instruções claras nas embalagens – cuidados com a saúde – propaganda enganosa – pós venda eficiente. Comunidade – oficinas de aprendizado/cursos profissionalizantes/esportes coletivos Meio Ambiente – embalagens – uniformes – papel – produtos extraídos legalmente descarte responsável – programa junto à clientes e fornecedores- sustentabilidade.

8 A RSE deixou de ser apenas um dado localizado nos gastos da empresa, mas contabilizada, também nos lucros. Isto ocorre, porque o cidadão (consumidor) tem suas atitudes minuciosamente analisadas e pesquisadas pelas grandes corporações e, através de pesquisas foi observado que o fator Responsabilidade Social, cada vez mais, influencia na compra/escolha do produto. RSE - Percepção do Consumidor Pesquisa 2004 está disponível no site na área de "Publicações

9 A percepção do cidadão, acerca da imagem da empresa e do produto, tem reflexo direto na sua escolha sobre os produtos e empresas que irá favorecer. O consumidor, mais crítico e consciente, evoluiu e deu um salto de quantidade e qualidade dos requisitos para a compra. Fatores como qualidade, favorecimento da saúde e Responsabilidade Social estão inseridos neste contexto valorativo do consumidor. Desta forma, ser uma empresa socialmente responsável passou a ser uma exigência do sistema capitalista da economia de mercado, podendo inclusive ser fator determinante para o sucesso ou fracasso de um produto. RSE – Imagem da Empresa

10 “empresa que contribui para o meio ambiente ecologicamente equilibrado”, “produto feito sem degradação ambiental” ou com “madeira reflorestada” têm sido inseridos nos produtos como estratégia (eficaz) de marketing e como se sabe, o produto tem que se tornar singular, diferenciado dos demais concorrentes e nisto, a responsabilidade social tem desempenhado, por vezes, fator de desempate entre produtos. RSE – Estratégia de Marketing

11 RSE – Faça parte

12 Coordenado pelo GVcev – Centro de Excelência em Varejo da Fundação Getulio Vargas (FGV-EAESP), o fórum reuniu, entre junho de 2008 e setembro de 2009, mais de 30 palestrantes e 600 participantes em 11 reuniões de trabalho e visitas técnicas para debater sobre a melhor maneira de estimular e implantar práticas de sustentabilidade no setor varejista brasileiro

13 Programa Latino-Americano de RSE

14 Em 2006, o Inmetro publicou através da Portaria Inmetro nº 027, de 09/02/2006, um Regulamento de Avaliação da Conformidade (RAC) com base na NBR – Responsabilidade Social - Requisitos. O processo de elaboração do RAC foi extremamente participativo e contou com o apoio e envolvimento de todos os setores da sociedade. O regulamento foi revisado em Homologadas 17 Empresas Programa Brasileiro de Certificação em Responsabilidade Social Serasa SA; JBR Engenharia Ltda; Maia Melo Engenharia Ltda; Odonto Saúde Empresarial Ltda; Provider Soluções Tecnológicas Ltda; Provider Tecnologia de Sistemas Ltda; Infotec Consultoria e Planejamento Ltda; Petróleo Brasileiro S/A - Engenharia / IEABAST / IERB; CCT Conceitual Construções Ltda; Camp-SBC Centro de Formação e Integração Social; Campos Advogados S/C; Instituto Maximiano Campos; Construções e Comércio Camargo Corrêa S/A; Consórcio Camargo Corrêa - Promon - MPE; Temape - Terminais Marítimos de Pernambuco S/A; Associação Comercial de São Paulo; Setha Indústria Eletrônica Ltda.

15 As empresas brasileiras estão aumentando seus investimentos para obter o certificado Social. O Brasil já é o quinto país com maior número de certificados: são 96 selos, 4,5% do total de emitidos até dezembro de De acordo com a organização não-governamental Social Accountability Internacional (SAI), cerca de 70 mil empregados brasileiros são beneficiados com a medida, que ainda projeta a empresa no mercado internacional e melhora resultados econômicos SA Social Accountability 8000 SA8000 é a primeira norma voltada à melhoria das condições de trabalho, abrangendo os principais direitos trabalhistas e certificando o cumprimento destes através de auditores independentes. Foi desenvolvido pela SAI - Social Accountability International, organização não-governamental criada em 1997 nos EUA, e que tem ação voltada à preocupação dos consumidores quanto às condições de trabalho no mundo. A norma segue o padrão da ISO 9000 e da ISO 14000, o que facilita a implantação por empresas que já conhecem este sistema. f

16 A ISO será a norma internacional de Responsabilidade Social e está prevista para ser concluída em O Grupo de Trabalho de Responsabilidade Social da ISO (ISO/TMB WG) – responsável pela elaboração da ISO é liderado em conjunto pelo Instituto Sueco de Normalização (SIS - Swedish Standards Institute) e pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Assim, em decisão histórica o Brasil, juntamente com a Suécia, passou a presidir de maneira compartilhada o grupo de trabalho que está construindo a norma internacional de Responsabilidade Social. não terá caráter de sistema de gestão; não reduzirá a autoridade governamental; será aplicável a qualquer tipo e porte de organização ( empresas, governo, organizações não governamentais, etc); será construída com base em iniciativas já existentes (não será conflitante com tratados e convenções existentes); enfatizará os resultados e melhoria de desempenho; prescreverá maneiras de se implementar a Responsabilidade Social nas organizações; promoverá a sensibilização para a Responsabilidade Social ;

17 Projetos ABRALIMP Missão : Incentivar Apoiar e divulgar os Trabalhos de RS e RSE, e de Seus Associados. Responsabilidade Social Corporativa é uma necessidade empresarial Práticas Inclusivas - movimento que ganha cada vez mais Adeptos.

18 Limppano Kärcher Grupo Verzani & Sandrini GTP Serviços Projetos de Associados

19 Obrigada ! Clara Barreiros


Carregar ppt "A importância da Responsabilidade Social e Empresarial como diferencial frente a consumidores e competitividade mercadológica."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google