A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Linux Prof.: Antonio Reis Escola Brasileira. Histórico  Richard Stallman Personalidade importante da comunidade do software livre Ingressou no MIT em.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Linux Prof.: Antonio Reis Escola Brasileira. Histórico  Richard Stallman Personalidade importante da comunidade do software livre Ingressou no MIT em."— Transcrição da apresentação:

1 Linux Prof.: Antonio Reis Escola Brasileira

2 Histórico  Richard Stallman Personalidade importante da comunidade do software livre Ingressou no MIT em 1971, onde existia um grupo de programadores que tinham por hábito compartilhar o desenvolvimento de software

3 Histórico  Stallman começou a trabalhar no desenvolvimento de um sistema operacional compatível com o UNIX, porém livre

4 Histórico  Em 1984 Stallman saiu do MIT e passou a se dedicar ao projeto GNU  Em 1985 criou a Free Software Foundation  Foi ainda criada GPL (Licença Pública GNU) ‏ Conjunto de regras para garantir a liberdade no uso e distribuição de software livre

5 Software livre  Quatro tipos de liberdade para os usuários de software: De executar o software para qualquer propósito De estudar como o programa funciona e adaptá-lo para suas necessidades De acesso ao código fonte De melhorá-lo e lançar suas melhorias ao público

6 O GNU/Linux  Até 1990 o Sistema GNU estava quase completo, mas não dispunha de um kernel Kernel: contém as rotinas fundamentais (críticas) de um sistema operacional

7 O GNU/Linux  Em 1991, Linus Torvalds, na época com 21 anos, estudante da Universidade de Helsinky, começou a trabalhar no projeto de um Kernel baseado no MINIX, e compatível com o UNIX MINIX: clone do UNIX, desenvolvido por Andrew Tanenbaum UNIX: sistema operacional comercial para computadores de grande porte

8 O GNU/Linux  Em agosto de 1991, Torvalds enviou um à lista comp.os.minix anunciando o seu projeto e liberando os fontes para aqueles que quiserem modificá-lo

9 O GNU/Linux  Você sente falta dos dias do Minix/1.1 quando homens eram homens e escreviam seus próprios drivers? Você está sem nenhum projeto legal e está ansioso para mexer num sistema operacional que você possa modificar para atender às suas necessidades? Você está achando chato quando tudo funciona no minix? Não ficar mais a noite inteira tentando arrumar um programa legal? Então esta mensagem pode ser para você.

10 O GNU/Linux  Como eu disse há um mês (?) atrás, eu estou trabalhando numa versão grátis dum similar para o Minix, para computadores AT-386. Ela finalmente atingiu o estágio onde já é usável (apesar de talvez não ser, dependendo do que você quer), e eu estou a fim de colocar (online) o código fonte para uma distribuição melhor. É apenas a versão 0.02 (com mais um patch) mas eu já rodei bash/gcc/gnu- make/gnu-sed/compress dentro dela.

11 GNU/Linux - Definição  Sistema Operacional,implementado sobre o padrão POSIX (compatível com o UNIX), de livre distribuição, multiusuário, multitarefa, disponível para diversas plataformas (x86 Intel, Motorola, Power PC, MIPS, entre outros) ‏  Pode ser obtido na Internet ou com CDs com custo relativamente baixo

12 Características do Linux  Escrito em linguagem C  Disponibilidade de código fonte: adaptação para as necessidades do usuário  Multiusuário  Multitarefa  Gerenciamento de memória eficiente  Permissões de acesso a arquivos,diretórios e programas

13 Distribuições do Linux  Somente o Linux não é suficiente para se ter um sistema funcional  Grupos de pessoas, empresas e organizações “distribuem” o Linux com outros programas essenciais (editores gráficos, planilhas, bancos de dados, ambientes de programação) ‏

14 Red Hat  Distribuição clássica  Uma das mais conhecidas 

15 Mandriva Conectiva  Fruto da fusão da Mandrake (distribuição francesa) com a Conectiva (brasileira)  Conectiva: começou como uma tradução do Red Hat para português. Agregou funções do Debian.  Mandrake: possui recursos do Red Hat. Fácil instalação. Indicada para principiantes 

16 Slackware  Uma das mais antigas e tradicionais distribuições  Utilizada por usuários experientes  Praticamente todo configurável em modo texto 

17 Debian  Distribuição clássica  Distribuição oficial do projeto GNU  Desenvolvido por voluntários e estudantes preocupados com a qualidade do produto  Indicada para usuários experientes 

18 Kurumin  Distribuição nacional  Desenvolvida pela equipe do Guia do Hardware  Baseada no Debian 

19 Comandos básicos  Aviso de comando: Usuário root é o # Usuário comum é o $  O Linux é “Case sensitive”

20 Comandos básicos  cd – alternar entre diretórios Cd  mkdir – criar pastas mkdir  rmdir – remover diretório Rmdir

21 Comandos básicos  ls ou dir – listar arquivos ls [opções]  -t – listar em ordem de criação  -a – listar todos os arquivos  -l – listar de modo completo  mv – permite mover e renomear arquivos  chmod – permite estabelecer as regras de acesso à um arquivo

22 Comandos básicos  tar – permite compactar e descompactar arquivos  passwd – alterar a senha de um usuário  ifconfig – informações relativas a rede e conectividade  ping – testa a conectividade e busca endereço de ip de servidores

23 Sistema de arquivos  EXT2 ( similar ao FAT32 ) Sistema de arquivos de disco de alta performance usado para HD e mídias removíveis  EXT3 ( similar ao NTFS ) Nova geração de sistema de gestão de arquivos do Linux

24 Sistema de diretórios  Diretório Raiz (/) – todos os arquivos fazem parte deste diretório, inclusive cdrom, disquetes e outros dispositivos.

25 Conhecendo diretórios  /bin – armazena executáveis  /usr – armazena aplicativos Unix System Resources  /boot – armazena o kernel e alguns arquivos usados no boot.  /dev – ponteiros para o hardware  /etc – arquivos de configuração do sistema  /mnt – ponto de montagem para drive.


Carregar ppt "Linux Prof.: Antonio Reis Escola Brasileira. Histórico  Richard Stallman Personalidade importante da comunidade do software livre Ingressou no MIT em."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google