A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Autarquia Educacional do Vale do São Francisco – AEVSF Faculdade de Ciências Sociais e Aplicadas de Petrolina - FACAPE PROJETOS II Projeto Econômico-Financeiro.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Autarquia Educacional do Vale do São Francisco – AEVSF Faculdade de Ciências Sociais e Aplicadas de Petrolina - FACAPE PROJETOS II Projeto Econômico-Financeiro."— Transcrição da apresentação:

1 Autarquia Educacional do Vale do São Francisco – AEVSF Faculdade de Ciências Sociais e Aplicadas de Petrolina - FACAPE PROJETOS II Projeto Econômico-Financeiro Cláudia Regina C. Cappellaro Iris Daiane Gomes de Amorim Joaquim Dantas de Almeida Neto Mário Cleone de Souza Júnior Patricia de Assis Rodrigues Paula Cristina Barros de Araújo Wagner Coelho de Oliveira

2 A EMPRESA - Histórico Plásticos Opará Artigos Reciclados Ltda. Ano de fundação: 2006 Capacidade estimada de reciclagem: 180 ton./mês Capacidade estimada de produção: 180 ton./mês Logomarca

3 ORGANIZAÇÃO ADMINISTRATIVA SALÁRIOS EM R$ 1,00 FUNÇÃO / DISCRIMINAÇÃO QUANTUNITÁRIOMENSALANUAL MÃO-DE-OBRA INDIRETA.Sócios-diretores 8---.Gerente Industrial , ,00.Gerente Administrativo , ,00.Assistente Administrativo 1750, ,00.Vendedores 2350,00700, ,00.Operadores de máquina 4550, , ,00.Vigilante 2350,00700, ,00.Zelador 1350, ,00.Office-boy 1350, ,00.Auxiliar de Serv. Gerais 2350,00700, ,00 TOTAL DOS SALÁRIOS , , ,00 ENCARGOS SOCIAIS (105%) , , ,50 TOTAL GERAL , , ,50

4 ORGANIZAÇÃO ADMINISTRATIVA

5 MISSÃO Fornecer aos clientes produtos de qualidade, conscientizando os mesmos da necessidade da preservação ambiental e social na região.

6 Tornar-se a maior empresa do Vale do São Francisco no ramo de reciclagem de plásticos e produção de artigos reciclados. VISÃO

7 ANÁLISE MERCADOLÓGICA Investimentos altos Tempo de retorno de investimento rápido Não admite incursões improvisadas Requer elevado nível de especialização e conhecimento técnico sobre o negócio.

8

9 ARTIGOS PRODUZIDOS Produtos produzidos fita de amarração; fita de amarração;

10 fita de enxertia; fita de enxertia; ARTIGOS PRODUZIDOS Sacos para mudas de vários tamanhos; Sacos para mudas de vários tamanhos; Sacos para lixo de polietileno de baixa densidade. Sacos para lixo de polietileno de baixa densidade.

11 MERCADO CONSUMIDOR Mercado agrícola – principal mercado: Vale do São Francisco com hectares de área plantada; Mercado urbano – sacos plásticos de uso doméstico, hospitalar e industrial Projeção para ampliação de mercado consumidor, através da expansão para as cidades de Salvador e Recife. Área abrangida pelo Vale do São Francisco

12 CONCORRENTES Reciclagem de plástico: Presença de indústrias na região com demanda nas cidades de Recife e Salvador Produção de artigos plásticos: A análise preliminar de concorrentes permite verificar que na região o mercado encontra-se totalmente aberto diante da inexistência de grandes produtores capazes de atender a demanda;

13 FORNECEDORES Matéria-prima: Principal ofertante – Sanvale/Petrolina-PE Vantagens: Plástico triado e organizado em fardos que facilitam o manuseio;Vantagens: Plástico triado e organizado em fardos que facilitam o manuseio; Desvantagens: Preço maior do que o verificado quando comprado em cooperativas de catadores de lixo.Desvantagens: Preço maior do que o verificado quando comprado em cooperativas de catadores de lixo. Máquinas e equipamentos: Principal ofertante – SEIBT Máquinas para plásticos

14 LOCALIZAÇÃO Boas condições físico-climáticas;Boas condições físico-climáticas; Grande disponibilidade de recursos hídricos;Grande disponibilidade de recursos hídricos; Localização geográfica do município de Petrolina; eqüidistância dos principais centros consumidores da Região Nordeste;Localização geográfica do município de Petrolina; eqüidistância dos principais centros consumidores da Região Nordeste; Condições de infra-estrutura existente, dispondo de vários modais de transporte e acesso fácil às capitais e aos demais municípios de médio e grande portes.Condições de infra-estrutura existente, dispondo de vários modais de transporte e acesso fácil às capitais e aos demais municípios de médio e grande portes.

15 CONDICIONANTES SECUNDÁRIOS A produção agrícola de frutas, legumes e verduras, tanto para o mercado interno quanto para o mercado externo tem gerado elevados indicadores de riqueza, ofertando vagas para ocupação de mão-de-obra local e microrregional. A produção agrícola de frutas, legumes e verduras, tanto para o mercado interno quanto para o mercado externo tem gerado elevados indicadores de riqueza, ofertando vagas para ocupação de mão-de-obra local e microrregional. O Vale do São Francisco com cerca de hectares de área plantada O Vale do São Francisco com cerca de hectares de área plantada Além de atender o setor agrícola ampliou-se a necessidade de abranger os grandes centros urbanos com a oferta de plásticos reciclados para confecção de sacolas de diversos tipos. Além de atender o setor agrícola ampliou-se a necessidade de abranger os grandes centros urbanos com a oferta de plásticos reciclados para confecção de sacolas de diversos tipos.

16 PROCESSO PRODUTIVO As máquinas e os equipamentos básicos para reciclagem de plástico são: Prensa;Prensa; Extrusora;Extrusora; Moinho;Moinho; Triturador;Triturador; Aglutinador;Aglutinador; Centrífuga;Centrífuga; Batedor.Batedor.

17 PROCESSO PRODUTIVO Equipamentos necessários Moinho Extrusora Picotadora Aglutinadora Corte e solda

18 Lavadora e secadora Balança

19 FLUXOGRAMA DO PROCESSO DE RECICLAGEM DE PLÁSTICO

20 COMPOSIÇÃO SOCIETÁRIA COMPOSIÇÃO SOCIETÁRIA – ABRIL DE 2006 SóciosIntegralizadoA Integralizar (R$)Total (R$) Part. Relat. (%) Cláudia Regina C. Cappellaro ,82 14,28% Iris Daiane Gomes de Amorim ,82 14,28% Joaquim Dantas de Almeida Neto ,82 14,28% Mário Cleone de Souza Júnior ,82 14,28% Patricia de Assis Rodrigues ,82 14,28% Paula Cristina Barros de Araújo ,82 14,28% Wagner Coelho de Oliveira ,82 14,28% Total ,79 100%

21 INVESTIMENTO – Edificações e instalações VALOR TOTAL EMPARTICIP D I S C R I M I N A Ç Ã OREFERÊNCIAQUANTUNITÁRIOR$ 1,00RELATIVA.Serviços Preliminaresa bc11.178,24 7,45.Infra-estruturaabc37.802,84 25,20.Superestruturaabc19.245,76 12,83.Alvenariam2bc8.301,20 5,53.Coberturam2bc20.664,77 13,78.Esquadrias de Madeiram2bc4.814,55 3,21.Esquadrias Metálicasm2bc4.215,81 2,81.Instalações Hidro-sanitáriasptbc4.904,54 3,27.Instalações Elétricas/Telefoneabc8.208,32 5,47.Revestimentom2bc4.822,66 3,22.Pavimentom2bc8.550,02 5,70.Pinturam2bc4.106,29 2,74.Limpeza da Obravbbc2.950,00 1,97.Projetos / Taxasabc4.114,88 2,74.Diversosabc6.120,12 4,08 T O T A I S ,00100,00

22 INVESTIMENTO – Equipamentos VALOR TOTAL EMPARTICIP D I S C R I M I N A Ç Ã OQUANTUNITÁRIOR$ 1,00RELATIVA MÁQUINAS DE PRODUÇÃO Moinho/Triturador ,00 1,83 Lavadora ,00 1,10 Secadora ,00 1,10 Silo ,00 0,37 Aglutinador ,00 1,83 Extrusora/Recuperadora ,00 18,31 Banheira ,00 0,37 Picotadora ,00 0,73 Extrusora blow-up ,00 21,98 Impressora ,00 29,30 Corte e solda ,00 10,99

23 INVESTIMENTO – Usos e fontes dos recursos DISCRIMINAÇÃOREALIZADOA REALIZAR VALOR TOTAL EM PARTIC RELATIVAS R$ 1,00 A R$ 1,00 B R$ 1,00 CA/CB/CC USOS0, ,79 0,00100,00 INVERSÕES FIXAS0, ,00 0,00100,0078,67.Móveis e utensílios 0, ,00 0,00100,001,08.Máquinas e Equipamentos 0, ,00 0,00100,0068,33.Edificações e Instalações 0, ,00 0,00100,007,51.Terrenos 0, ,00 0,00100,001,75.Sistema de Comunicação 0,00.Veículos 0,00 OUTROS INVESTIMENTOS0, ,30 0,00100,001,50.Projeto Econômico-Financeiro 0, ,00 0,00100,000,46.Projetos Arquitetônicos 0, ,00 0,00100,000,16.Montagem/Instalações do Projeto 0, ,00 0,00100,000,40.Diversos 0, ,30 0,00100,000,48 INVERSÕES CIRCULANTES0, ,49 0,00100,0019,83.Capital de Giro 0, ,49 0,00100,0019,83

24 FONTES0, ,79 0,00100,00 RECURSOS PRÓPRIOS0, ,79 0,00100,0079,98.Capital Social0, ,79 0,00100,0079,98.Reservas de Capital0,00.Reservas de Reavaliação0,00.Reservas de Lucro0,00.Lucros Acumulados0,00.Aporte de Recursos Próprios0,00 RECURSOS DE TERCEIROS0, ,00 0,00100,0020,02.Bancários0, ,00 0,00100,0020,02.Diversos0,00

25 INVESTIMENTO – Calendário das inversões e mobilização dos recursos EXISTENTES VALORES A REALIZAR EM R$ 1,00 VALOR TOTAL EM D I S C R I M I N A Ç Ã Oem em 30 dias em 60 dias em 90 dias em 120 dias TOTAL R$ 1,00 R$ 1,00 A B C = A + B 1. INVERSÕES TOTAIS0, , , , ,79 Terrenos0, ,00 Obras Civis0, , ,00 Máq, Equip, Aparelhos, Instal.0, , , ,00 Veículos0,00 - Móveis e Utensílios0, , ,00 Marcas e Patentes0,00 - Gastos de Implantação Projeto0, ,00 Capital de Trabalho0, , , ,49 Outras Inversões0, , ,30

26 2. MOBILIZAÇÃO RECURSOS , , , , , , , Recursos Próprios ,790, ,79 Capital Social ,79 - Reservas de Capital - 0,00 Reservas de Reavaliação - 0,00 Reservas de Lucros - Lucros Acumulados - 0,00 Aporte de Recursos - 0, Recursos de Terceiros0, , , , , ,00 Financiamentos Bancários0, , , , , ,00 Outras Fontes0,00 -

27 PRODUÇÃO ANUAL – Programa de Produção Ano 1Ano 2Ano 3Ano DISCRIMINAÇÃO Peso% do Total (em Kg)Produzido Fita para amarrio ,0030% Fita para enxertia ,0038% Sacos para mudas ,0016% Sacolas vários tamanhos ,0016% Total ,00100% Memória de Cálculo: (818 Kg/h x 08h/Dia x 300 Dias/Ano) x % da capacidade utilizada Com o maquinário a ser utilizado a fábrica terá uma capacidade nominal de 818 Kg/Hora. Considerou-se como percentual da capacidade instalada, os seguintes valores: Ano 1 = 60%, Ano 2 = 86,66% Ano 3 = 90%, Anos 4 a 10 = 100%.

28 RECEITAS ANUAIS PREVISTAS Ano 1Ano 2 PRODUTOProdução anualPreço Unit.Valor (R$)Produção anualPreço Unit.Valor (R$) em Kg. Fita para amarrio ,002, , , ,00 Fita para enxertia ,004, , , ,00 Sacos para mudas ,004, , , ,00 Sacolas vários tamanhos ,005, , , ,00 Total , ,00

29 Ano 3Anos 4 a 10Total PRODUTOProdução anual Preço Unit.Valor (R$) Produção anual Preço Unit.Valor (R$)R$ em Kg. Fita para amarrio , , , , ,00 Fita para enxertia , , , , ,00 Sacos para mudas , , , , ,00 Sacolas vários tamanhos , , , , ,00 Total , , ,00

30 DESPESAS ADMINISTRATIVAS – Salários e encargos sociais SALÁRIOS EM R$ 1,00 FUNÇÃO / DISCRIMINAÇÃOQUANTUNITÁRIOMENSALANUAL MÃO-DE-OBRA INDIRETA.Sócios-diretores8---.Gerente Industrial11.500, ,00.Gerente Administrativo11.500, ,00.Assistente Administrativo1750, ,00.Vendedores2350,00700, ,00.Operadores de máquina4550, , ,00.Vigilante2350,00700, ,00.Zelador1350, ,00.Office-boy1350, ,00.Auxiliar de Serv. Gerais2350,00700, ,00 TOTAL DOS SALÁRIOS , , ,00 ENCARGOS SOCIAIS (105%) , , ,50 TOTAL GERAL , , ,50

31 SEGUROS DISCRIMINAÇÃOVALOR (R$) Móveis e Utensílios (A) ,00 Instalações (B) ,00 Valor (A+B) ,00 Seguro (%) 0,01 TOTAL DO SEGURO 1.715,54 DEPRECIAÇÃO DISCRIMINAÇÃOVALOR (R$) Móveis e Utensílios (A) ,00 Instalações (B) ,00 Valor (A+B) ,00 Depreciação (%) 0,10 TOTAL DA DEPRECIAÇÃO ,40 MANUTENÇÃO DISCRIMINAÇÃOVALOR (R$) Móveis e Utensílios (A) ,00 Instalações (B) ,00 Valor (A+B) ,00 Manutenção (%)0,01 TOTAL DA MANUTENÇÃO 1.715,54 DESPESAS ADMINISTRATIVAS – Manutenção, Depreciação e Seguros

32 DESPESAS COM VENDAS Anos 01 e 02 FUNÇÃO / DISCRIMINAÇÃOQUANT SALÁRIOS (EM R$) UNITÁRIOTOTAL Vendedor (1) ,00 TOTAL DAS COMISSÕES (2% das Vendas) , ,00 ENCARGOS SOCIAIS (105%) , ,60 TOTAL GERAL , ,60

33 Ano 03 FUNÇÃO / DISCRIMINAÇÃOQUANT SALÁRIOS (EM R$) UNITÁRIOTOTAL Vendedor (1) ,00 TOTAL DAS COMISSÕES (2% das Vendas) , ,20 ENCARGOS SOCIAIS (105%) , ,56 TOTAL GERAL , ,76

34 Anos 4 a 10 FUNÇÃO / DISCRIMINAÇÃOQUANT SALÁRIOS (EM R$) UNITÁRIOTOTAL Vendedor (1) ,00 TOTAL DAS COMISSÕES (2% das Vendas) , ,60 ENCARGOS SOCIAIS (105%) , ,08 TOTAL GERAL , ,68

35 OUTRAS DESPESAS Anos 01 e 02 DISCRIMINAÇÃO% do Valor baseValor baseTotal (em R$) Publicidade e Propaganda ,001,00%47.328,00 Prov. Dev. Duvidosos ,003,00% ,00 Fretes (1) ,005,00% ,00 Cobrança de Duplicatas ,001,00%35.496,00 Diversos ,601,00%8.495,38 TOTAL GERAL ,38

36 Ano 03 DISCRIMINAÇÃO% do Valor baseValor baseTotal (em R$) Publicidade e Propaganda ,001,00%79.200,00 Prov. Dev. Duvidosos ,003,00% ,00 Fretes (1) ,005,00% ,00 Cobrança de Duplicatas ,001,00%59.400,00 Diversos ,761,00%13.484,70 TOTAL GERAL ,70

37 Anos 4 a 10 DISCRIMINAÇÃO% do Valor baseValor baseTotal (em R$) Publicidade e Propaganda ,001,00%98.267,40 Prov. Dev. Duvidosos ,003,00% ,20 Fretes (1) ,005,00% ,00 Cobrança de Duplicatas ,001,00%73.700,55 Diversos ,831,00%17.639,00 TOTAL GERAL ,15

38 DESPESAS TRIBUTÁRIAS ICMS – Ano 01 DISCRIMINAÇÃOALÍQUOTABASE DEIMPOSTOPARTICIP. %CÁLCULOEM R$ 1,00RELATIVA 1.ICMS DEVIDO , ,00100,00 dentro do Estado (40%)17, , ,4054,40 fora do Estado (60%) (a)9, , ,6045,60 2.ICMS RECUPERADO , ,50100,00 rias-primas : ,0035,15. Dentro do Estado (80%)17, , ,4030,85. Fora do Estado (20%) (a)9, , ,604,31 riais Secundários : ,5045,92.Dentro do Estado (85%)17, , ,0041,80.Fora do Estado (15%) (a)9, , ,504,12 riais de Embalagens : ,0018,92.Dentro de Estado (85%)17, , ,0012,14.Fora do Estado (15%) (a)9, , ,006,78 3. IMPOSTO A PAGAR (1-2) ,50

39 DESPESAS TRIBUTÁRIAS OUTRAS DESPESAS TRIBUTÁRIAS – Ano 01 DISCRIMINAÇÃOAliquota Anos 01 Valor base (em R$)Total (em R$) IPI2,00% , ,00 PIS/PASEP0,65% , ,20 COFINS3,00% , ,00 IPTU0,80% , ,00 TOTAIS ,20

40 MÃO-DE-OBRA REQUERIDA DISCRIMINACAOSalario medio Ano 1 Ano 2 Ano 3Ano 4 e Seg. mensal (R$)QuantCusto anualQuantCusto anualQuantCusto anualQuantCusto anual MAO-DE-OBRA FIXA Supervisores750, , ,005 Operários350, , , , ,00 TOTAL M. O. FIXA , , , ,00 MAO-DE-OBRA VARIAVEL Especializada Semi-especializada Nao especializada TOTAL M.O.VARIAVEL ENCARGOS SOCIAISIncidencia(%) Custo anual S/Honorarios0 0,00 S/M.O. Fixa , , ,00 S/M.O. Variavel105 TOTAL DOS ENCARGOS - X ,00 - X ,00 - X ,00 - X ,00 MAO-DE-OBRA TOTAL - X , , , ,00 T O T A L G E R A L - X , , , ,00 Obs.: Mão-de-obra fixa não varia com a quantidade produzida. Mão-de-obra variável acompanha a variação da produção. Foi atribuído para os encargos sociais um percentual de 105% sobre o valor da mão-de-obra total como forma de garantir todos os encargos previstos, bem como os imprevistos.

41 CUSTOS COM FINANCIAMENTO DE LONGO PRAZO CUSTOS COM FINANCIAMENTOS COM LONGO PRAZOS Juros: 5,33% a.a. nominais, equivalentes a 5,462 efetivos ao ano. Número de parcelas: 60. Carência: 12 meses. Parcela Data do Pagamento Amortização de Principal Encargos Básicos Projetados Pgto. de Encargos Básicos Pgto. de Encargos Adicionais Prestação Total Saldo Devedor 1ª08/07/06Carência2.620,18Carência1.788, ,18 2ª08/08/06Carência2.725,55Carência1.860, ,72 3ª08/09/06Carência2.744,00Carência1.873, ,72 4ª08/10/06Carência2.673,17Carência1.824, ,89 5ª08/11/06Carência2.780,67Carência1.898, ,56 6ª08/12/06Carência2.708,89Carência1.848, ,45 7ª08/01/07Carência2.817,83Carência1.923, ,29 8ª08/02/07Carência2.836,91Carência1.936, ,19 9ª08/03/07Carência2.578,87Carência1.759, ,07 10ª08/04/07Carência2.873,57Carência1.961, ,64 11ª08/05/07Carência2.799,39Carência1.910, ,03 12ª08/06/07Carência2.911,97Carência1.987, ,00 Valor do Financiamento Pretendido: R$ 400, TJLP: 8,15%.

42 DESPESAS COM ENCAIXE MÍNIMO Ano 01 DISCRIMINAÇÃOVALORES EM R$ Custos de Produção ,61 Despesas Administrativas ,52 Despesas com Vendas ,98 Despesas Tributárias ,02 Depreciação ,30 Amortização dos Intangíveis2.038,00 Provisão p/ Deved. Duvidosos ,00 Matérias-primas ,00 Material Secundário ,00 Materiais de Embalagem ,00 Desembolso Total ,83 Encaixe Mínimo ,49

43 DESPESAS COM CAPITAL DE GIRO DESPESAS COM CAPITAL DE GIRO – Ano 01 DISCRIMINAÇÃOVALORES EM R$ Encaixe Mínimo ,49 Estoques ,33 Matérias-primas44.100,00 Material Secundário56.250,00 Material de Embalagem16.333,33 Duplicatas em Carteira ,00 Crédito de Fornecedores ,33 Capital de Giro Próprio ,49

44 SUMÁRIO DE CUSTOS CUSTOS EM R$ 1,00 TOTAL ANUAL EMPARTICIP DISCRIMINAÇÃOFIXOSVARIÁVEIS R$ 1,00RELATIVA 1.CUSTOS DE PRODUÇÃO , , ,6169,685 Salários e Enc. Sociais (Diretos) ,00 4,298 Salários e Enc. Sociais (Indiretos) 0,000,000 Matérias-Primas ,00 22,416 Materiais Secundários ,00 28,592 Materiais de Embalagem ,00 8,302 Depreciação ,90 2,891 Manutenção40.954,77 0,867 Seguros8.873,53 0,188 Energia Elétrica, Água, Lenha ,40 1,440 Outros3.892, , ,010,690 2.DESPESAS ADMINISTRATIVAS ,520, ,523,752 Pró-Labore29.400,00 0,623 Salários e Enc. Sociais ,50 2,530 Depreciação17.155,40 0,363 Manutenção1.715,54 0,036 Seguros1.715,54 0,036 Água e Energia Elétrica1.710,00 0,036 Amortização dos Intangíveis2.038,00 0,043 Material de Escritório872,50 0,018 Comunicações1.360,00 0,029 Outras Despesas1.754,04 0,037

45 3.DESPESAS COM VENDAS8.495, , ,9818,172 Fretes ,00 5,012 Provisão Dev. Duvidosos ,00 3,007 Cobrança de Duplicatas ,00 0,752 Publicidade e Propaganda ,00 1,002 Comissões sobre Vendas ,60 8,219 Diversas 8.495,38 0,180 4.DESPESAS TRIBUTÁRIAS 3.817, , ,028,390 I.C.M.S ,50 2,646 P.I.S ,20 0,652 COFINS ,00 3,007 I.P.T.U.1.200,00 0,025 IPI ,00 2,005 Diversas2.617,32 0,055 T O T A I S , , ,13 100,00 PARTICIPAÇÃO % 12,3487,66100,00

46 ANÁLISE DO PROJETO – LUCRO OPERACIONAL VALORES EMPARTICIP. DISCRIMINAÇÃO R$ 1,00RELATIVA 1.RECEITA OPERACIONAL ,00100,00 2.CUSTOS DOS PRODUTOS VENDIDOS ,6169,52 3.DESPESAS OPERACIONAIS ,5230,24 Despesas de Administração ,523,74 Despesas de Vendas ,9818,13 Despesas Tributárias ,028,37 4.LUCRO OPERACIONAL11.172,870,24 (-) Juros s/empréstimos :. Recursos55.643,461,18

47 5.LUCRO LÍQUIDO ANTES DO IMPOSTO DE RENDA ,59-0,94 (-) Imposto de Renda (6.670,59)-0,14 6.LUCRO LÍQUIDO DEPOIS DO IMPOSTO DE RENDA ,00-0,80 (+) Depreciação ,303,25 7.CAPACIDADE DE PAGAMENTO ,302,45

48 ANÁLISE DO PROJETO – ÍNDICES OPERACIONAIS DESCRIÇÃOREPRESENTAÇÃO % 1. Índices de Rentabilidade Lucro Operacional / Recursos Próprios 0,70 Lucro Operacional / Investimento Total 0,56 Lucro Operacional / Receita Total 0,24 2. Índices de custos Custo de produção / Receita Total 69,52 Despesas de Vendas / Receita Total 18,13 3. Recursos Próprios / Investimento Total 79,98 4. Receita Total / Investimento Total 236,90 Lucro Operacional11.172,87 Recursos Próprios ,79 Investimento Total ,79 Receita Total ,00 Custos de Produção ,61 Despesas de Vendas ,98

49 ANÁLISE DO PROJETO – LUCRATIVIDADE TOTAL POR ANO V A L O R E S E M R $ 1,00 LUCRO LIQ ANTES IR EM ANORECEITASCUSTOSMARGEM DECUSTOS R$ 1,00 ANUAISVARIAVEISCONTRIBUIÇÃOFIXOS a b c = a - b d e = c - d I , , , , ,17 II , , , , ,18 III , , , , ,92 IV , , , , ,39 V , , , , ,39 VI , , , , ,39 VII , , , , ,39 VIII , , , , ,39 IX , , , , ,39 X , , , , ,39

50 ANÁLISE DO PROJETO – FLUXO DE CAIXA E N T R A D A S A S A Í D A S B SALDO DE CAIXA EM ANOLL ANTESDEPRECIAÇÃOAMORTIZAÇÃOCAPACIDADEAMORTIZAÇÃOREPOSIÇÕESIMPOSTO R$ 1,00 IMP RENDA GASTOS IMPPAGAMENTOFINANCIAMPREVISTASDE RENDA (a) (b) (c) (d=a+b+c) (e) (f) (g){h=(d)-(e+f+g) I , , , , , ,68 II , , , , , , ,98 III , , , , ,960, , ,03 IV , , , , ,960, , ,38 V , , , , ,960, , ,38 VI , , , ,690, , ,38 VII , , , ,690, , ,34 VIII , , , ,690, , ,34 IX , , , ,690, , ,34 X , , , ,69 0, , ,34

51 ANÁLISE DO PROJETO – ANÁLISE DE SENSIBILIDADE/LUCRATIVIDADE TOTAL V A L O R E S E M R $ 1,00 LUCRO LIQ ANTES IR EM ANORECEITASCUSTOSMARGEM DECUSTOS R$ 1,00 ANUAISVARIAVEISCONTRIBUIÇÃOFIXOS a b c = a - b d e = c - d I , , , , ,00 II , , , , ,68 III , , , , ,63 IV , , , , ,58 V , , , , ,58 VI , , , , ,58 VII , , , , ,58 VIII , , , , ,58 IX , , , , ,58 X , , , , ,58 Acréscimo de 10% no preço de venda dos artigos

52 ANÁLISE DO PROJETO – ANÁLISE DE SENSIBILIDADE/FLUXO DE CAIXA E N T R A D A S A S A Í D A S B SALDO DE CAIXA EM AN OLL ANTESDEPRECIAÇÃOAMORTIZAÇÃOCAPACIDADEAMORTIZAÇÃOREPOSIÇÕESIMPOSTO R$ 1,00 IMP RENDA GASTOS IMPPAGAMENTOFINANCIAMPREVISTASDE RENDA (a) (b) (c) (d=a+b+c) (e) (f) (g){h=(d)-(e+f+g) I , , , , , ,30 II , , , , , ,81 III , , , , ,960, , ,81 IV , , , , ,960, , ,78 V , , , , ,960, , ,78 VI , , , ,880, , ,74 VII , , , ,880, , ,74 VIII , , , ,880, , ,74 IX , , , ,880, , ,74 X , , , ,88 0, , ,74 Acréscimo de 10% no preço de venda dos artigos

53 ANÁLISE DO PROJETO – ANÁLISE DE SENSIBILIDADE/LUCRATIVIDADE TOTAL Decréscimo de 10% no preço de venda dos artigos V A L O R E S E M R $ 1,00 LUCRO LIQ ANTES IR EM ANORECEITASCUSTOSMARGEM DECUSTOS R$ 1,00 ANUAISVARIAVEISCONTRIBUIÇÃOFIXOS a b c = a - b d e = c - d I , , , , ,13 II , , , , ,50 III , , , , ,71 IV , , , , ,19 V , , , , ,19 VI , , , , ,19 VII , , , , ,19 VIII , , , , ,19 IX , , , , ,19 X , , , , ,19

54 ANÁLISE DO PROJETO – ANÁLISE DE SENSIBILIDADE/FLUXO DE CAIXA E N T R A D A S A S A Í D A S B SALDO DE CAIXA EM ANOLL ANTESDEPRECIAÇÃOAMORTIZAÇÃOCAPACIDADEAMORTIZAÇÃOREPOSIÇÕESIMPOSTO R$ 1,00 IMP RENDA GASTOS IMPPAGAMENTOFINANCIAMPREVISTASDE RENDA (a) (b) (c) (d=a+b+c) (e) (f) (g)h=(d)-(e+f+g) I , , , ,83 - II , , , ,20 - III , , , , ,960, ,37 IV , , , , ,960,00 (58.839,48) ,37 V , , , , ,960,00 (58.839,48) ,37 VI , , , ,890,00 (58.839,48) ,41 VII , , , ,890,00 (58.839,48) ,41 VIII , , , ,890,00 (58.839,48) ,41 IX , , , ,890,00 (58.839,48) ,41 X , , , ,89 0,00 (58.839,48) ,41 Decréscimo de 10% no preço de venda dos artigos

55 ANÁLISE DO PROJETO – PONTO DE EQUILÍBRIO ANO DE OPERAÇÃO% Anos 1108,26 Ano 2126,96 Ano 376,60 Anos 4 a 1059,99 Nota: O Ponto de Equilíbrio do Projeto é obtido a partir do seguinte modelo matemático: P.E. = Custo Fixo Receita Total - (Custo Variável + Desp. Financ.)

56 ANO 1ANO 2ANO 3ANO 4 A 10 CUSTOS FIXOS R$ ,37 R$ ,71 R$ ,33 R$ ,21 CUSTOS VARIÁVEIS R$ ,76 R$ ,79 R$ ,39 R$ ,98 DESP. FINANCEIRAS R$ ,46 R$ ,13 R$ ,94 R$ ,22 RECEITA OPER. LÍQUIDA R$ ,00 R$ ,00 R$ ,00 R$ ,00

57 ANÁLISE DO PROJETO – TAXA INTERNA DE RETORNO SITUAÇÃO NORMAL ANO 0 R$ ( ,79) ANO 1 R$ ,68 ANO 2 R$ ,98 ANO 3 R$ ,03 ANO 4 R$ ,38 ANO 5 R$ ,38 ANO 6 R$ ,38 ANO 7 R$ ,34 ANO 8 R$ ,34 ANO 9 R$ ,34 ANO 10 R$ ,34 TIR72% SITUAÇÃO COM INCREMENTO DE 10% ANO 0 R$ ( ,79) ANO 1 R$ ,44 ANO 2 R$ ,68 ANO 3 R$ ,63 ANO 4 R$ ,02 ANO 5 R$ ,02 ANO 6 R$ ,02 ANO 7 R$ ,97 ANO 8 R$ ,97 ANO 9 R$ ,97 ANO 10 R$ ,97 TIR78%

58 SITUAÇÃO COM DECREMENTO DE 10% ANO 0 R$ ( ,79) ANO 1 R$ ,91 ANO 2 R$ ,28 ANO 3 R$ ,42 ANO 4 R$ ,74 ANO 5 R$ ,74 ANO 6 R$ ,74 ANO 7 R$ ,71 ANO 8 R$ ,71 ANO 9 R$ ,71 ANO 10 R$ ,71 TIR66%

59 BRASIL RUMO AO HEXA!!!!!! “Quando você pensa que tem todas as respostas, vem o mundo e muda todas as perguntas” Anônimo


Carregar ppt "Autarquia Educacional do Vale do São Francisco – AEVSF Faculdade de Ciências Sociais e Aplicadas de Petrolina - FACAPE PROJETOS II Projeto Econômico-Financeiro."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google